7 erros de higiene que fazemos na cozinha

Conhecido por suas aparições na televisão, o biomédico Roberto Figueiredo, o famoso Dr. Bactéria, ganhou popularidade por ensinar de forma simples como manter a casa sempre higienizada.

Em diversas entrevistas o profissional listou uma série de erros que quase todo mundo comete na cozinha e que devem ser evitados em nome da saúde. Confira alguns dos mais comuns e por que você deve abandonar os hábitos ultrapassados:

Erros de higiene que fazemos na cozinha

1. O hábito de lavar o arroz antes do preparo é antigo, mas considerado equivocado pelo Dr. Bactéria. Segundo o biomédico, eliminar a “água branca”, que nada mais é do que o amido do alimento, faz com que ele perca 75% de sua propriedade nutricional.

2. Lavar a carne em água corrente é outro erro que deve ser evitado. O processo não elimina bactérias e até aumenta as chances de contaminação. O especialista afirma que não há necessidade alguma em “limpar” o alimento. Também não há necessidade de lavar o frango antes de preparar.

3. Você também usa pregadores de roupa para fechar pacotes de bolachas e salgadinhos? O hábito é prejudicial porque o objeto, que normalmente fica na lavanderia, pode contaminar o alimento quando entra em contado com suas mãos.

4. Outro equívoco comum é armazenar o ovo na porta da geladeira. A região é a menos gelada e não oferece a refrigeração necessária para a manutenção adequada do alimento.

5. Exagerar na quantidade de detergente na hora de lavar a louça. O produto nunca dever ser aplicado na esponja, mas sim em uma bacia de água que deve ficar na pia enquanto você faz a higienização. O ideal é adicionar 8 gotas de detergente para cada litro de água.

6. Guardar o vinagre sob a pia é outro erro que muitas pessoas comentem. Segundo o Dr. Bactéria, o alimento, depois de aberto, deve ser mantido sob refrigeração, na geladeira, preferencialmente na porta.

7. A lixeira pequena que fica na pia da cozinha também deve ser abandonada. O profissional explica que o lixo deve estar sempre no chão e ser trocado diariamente.

8. O biomédico também recomenda que a tábua de carne feita de madeira que você possui na cozinha seja aposentada. O objeto favorece a contaminação dos alimentos e deve ser substituído por uma de vidro, preferencialmente.

9. É comum no dia a dia colocar para secar, na pia ou no fogão, o pano de louça úmido. O que você não sabe, no entanto, é que este pedaço de pano pode abrigar até 1 milhão de bactérias a mais que um vaso sanitário de banheiro público. Melhor dispensá-lo.

Anúncios
Publicado em Achado, Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Nada é permanente, nada é realmente nosso

O apego é entendido como um vínculo, um laço afetivo muito forte que determina o desenvolvimento da personalidade, a forma de nos relacionarmos com os outros e com tudo o que nos rodeia e, inclusive, a forma como nós vemos a vida. No entanto, o apego tem um inconveniente: nada é permanente, nada disso é realmente nosso.

Um certo tipo de apego é necessário. Trata-se daquele que precisa de uma figura estável nos primeiros anos de vida para um correto desenvolvimento cognitivo e emocional posterior. Por outro lado, o apego inseguro é aquele que nos preenche com ansiedade e medo diante do objeto ou da pessoa pela qual sentimos esse apego. Na verdade, todas as relações têm um certo componente de apego, apesar de nem todos os tipos serem saudáveis.

Algumas das nossas relações podem nos provocar ansiedade diante da perspectiva de perda. Para evitar isso, devemos lembrar que, seja o que for que a vida nos tenha dado, é apenas um empréstimo, pois nada é permanente. Ser grato é o primeiro passo para ter um apego seguro com as pessoas ao nosso redor. O mesmo ocorre com o trabalho, as férias e com qualquer situação do momento presente.

“Agradeça com todo o seu ser por tudo que a vida lhe traz; afinal de contas, é o que você cultivou”.

Precisamos entender que nada é permanente

Ter relacionamentos nos quais nos sentimos seguros não é um dom, mas uma arte que exige vontade e prática. Quando uma relação se mantém somente por hábito, e não existem outras razões que lhe deem sentido, estamos diante de um apego inseguro. O ideal para a nossa higiene mental é acabar com essa situação.

Se não aprendermos a soltar, se não deixarmos ir, as consequências serão muito mais negativas. Se o apego pode mais do que nós e ficamos presos, grudados aos sonhos, fantasias e ilusões, o sofrimento vai crescer sem parar e a tristeza será a nossa companheira de viagem. Buda, em umas de suas famosas frases, indicou que a origem do sofrimento está, precisamente, no apego.

Nada é completamente seu, a vida te empresta, te presenteia para que você aprenda a apreciar e também a se despedir.

No entanto, nem todos os apegos são ruins, existem alguns que são necessários e úteis. Um apego seguro se baseia em saber aproveitar o que nós temos neste momento, sem precisar que continue ao nosso lado para estarmos bem. Se olharmos o que está nos provocando sofrimento com uma nova visão, compreenderemos que não é esse objeto o que nos causa dor, mas a maneira como nos prendemos a ele.

Nosso problema com o apego acontece porque percebemos as coisas como entidades permanentes. No empenho de alcançar os nossos objetivos, empregamos a agressividade e a competição como ferramentas supostamente eficazes, e nos destruímos cada vez mais durante o processo. Para evitar isso, é necessário que você entenda que nada é permanente.

“As pessoas são tão lindas quanto o pôr do sol, se permitirmos que elas sejam assim. Na realidade, pode ser que a razão pela qual apreciamos verdadeiramente um pôr do sol é porque não podemos controlá-lo”.
– Carl Rogers –

Dependência diante da independência

Nosso contexto cultural nos convida a viver dependendo de outras pessoas: pais, filhos, companheiros amorosos, etc. Desde pequenos nos impõem a ideia do amor romântico, aquele no qual os membros do casal não podem, nem devem viver longe um do outro. No entanto, a dependência nas relações românticas é altamente prejudicial, nos transformando em pessoas totalmente incapazes a nível emocional.

A dependência, assim como qualquer outro construto (construção mental criada a partir de elementos simples para ser parte de uma teoria), não é boa nem ruim por si só. Em um certo grau, ela sempre está presente em nossas vidas. É algo que todos nós deveríamos admitir diante do mundo e de nós mesmos, já que nos levaria a reconhecer e adquirir estilos de relacionamento mais saudáveis com as outras pessoas.

Atualmente, existe uma tendência a tratar a dependência com um certo desprezo, como se ela fosse um sinal de fraqueza. No entanto, se pararmos para pensar, qu

ase todos os aspectos da vida são o resultado de esforços alheios. A nossa preciosa e magnífica independência pode ser mais uma ilusão, ou uma fantasia, do que um fato tangível. Para ter uma vida feliz, precisamos de amigos, boa saúde e bens materiais; curiosamente, são âmbitos nos quais dependemos de outras pessoas.

Nossa necessidade dos outros é um paradoxo. Ao mesmo tempo em que, na nossa cultura atual, exaltamos a mais feroz independência, também ansiamos a intimidade e a conexão com uma pessoa especial e querida. O segredo, portanto, está em amar, mas sem precisar. 

“Em nossas loucas tentativas, renunciamos ao que somos por aquilo que queremos ser”.
– William Shakespeare –

Anúncios

Publicado em Comportamento | Marcado com , , , , , , , | 5 Comentários

Confira 13 alimentos que ajudam a controlar a diabetes

Diabetes mellitus é uma doença do metabolismo da glicose causada pela falta ou má absorção de insulina, hormônio produzido pelo pâncreas e cuja função é quebrar as moléculas de glicose para transformá-las em energia, a fim de que seja aproveitada por todas as células. A ausência total ou parcial desse hormônio interfere não só na queima do açúcar como na sua transformação em outras substâncias (proteínas, músculos e gordura).

Na verdade, não se trata de uma doença única, mas de um conjunto de doenças com uma característica em comum: aumento da concentração de glicose no sangue provocado por duas diferentes situações:

Diabetes tipo 1: O pâncreas produz pouca ou nenhuma insulina. A instalação da doença ocorre mais na infância e adolescência e é insulinodependente, isto é, exige a aplicação de injeções diárias de insulina.

Diabetes tipo 2: As células são resistentes à ação da insulina. A incidência da doença que pode não ser insulinodependente, em geral, acomete as pessoas depois dos 40 anos de idade.

Sintomas:

  • Poliúria – a pessoa urina demais e, como isso a desidrata, sente muita sede (polidpsia);
  • Aumento do apetite;
  • Alterações visuais;
  • Impotência sexual;
  • Infecções fúngicas na pele e nas unhas;
  • Feridas, especialmente nos membros inferiores, que demoram a cicatrizar;
  • Neuropatias diabéticas provocada pelo comprometimento das terminações nervosas;
  • Distúrbios cardíacos e renais.

Veja uma lista de 13 alimentos que ajudam a controlar a diabetes:

1) Carboidratos integrais: são fundamentais para o diabético, pois contêm nutrientes e fibras que ajudam a controlar o nível de glicemia no sangue. O principal ingrediente do carboidrato integral é o cromo, que ajuda no metabolismo da glicose, na manutenção da glicemia (níveis da glicose no sangue), e contribui ainda para a regulação do apetite e da vontade de comer doce, ajudando no controle do peso, que é muito importante para o diabético.

É preciso ficar atento aos rótulos dos alimentos: produtos diet feitos com farinha branca, por exemplo, não são adequados para diabéticos. Ela aconselha substituir o arroz branco pelo arroz integral, o pão branco pelo pão 100% integral e consumir os diversos cereais integrais existentes.

2) Salsa: possui vanádio na sua composição, que ajuda no aumento da captação de glicose, prolonga a ação da insulina e ainda aumenta a sensibilidade do organismo à insulina. Dica: acrescente salsa à salada, ao arroz, etc, sempre deixando-a o máximo possível in natura, sem cozinhar.

3) Folhas verdes: são abundantes em magnésio, mineral essencial ao organismo que melhora o comportamento dos receptores hormonais da insulina, o que melhora a captação de glicose pelas células. Isso melhora os níveis de glicose e a sensibilidade à insulina. A nutricionista ressalta que é importante que a salada crua seja consumida diariamente pelo diabético, pois é onde estão os nutrientes e as fibras mais intactos, de preferência no almoço e no jantar.

4) Espinafre e tomate: representam o ácido lipóico, um antioxidante que melhora muito a sensibilidade à insulina, ajudando no controle do açúcar no sangue. O espinafre pode ser consumido cozido ou cru em saladas.

5) Frutas: a nutricionista Carolina Santos explica que, de maneira geral, os diabéticos podem sim comer frutas. Existem apenas alguns casos específicos, quando a glicemia está muito descontrolada, em que o médico pode prescrever uma dieta mais restrita temporariamente. O recomendado é que diabéticos optem por frutas ricas em fibras, como a maçã com casca, especialmente após as refeições, quando a absorção da glicose se dá de forma mais lenta. Frutas também são fontes de flavonoides, com função antioxidante.

6) Amêndoas: alimento rico em zinco, que protege as células beta do pâncreas, produtoras da insulina (no caso dos diabéticos do tipo 2). O zinco também contribui na síntese, secreção e utilização da insulina.

7) Gérmen de trigo: rico em fibras e em vitamina E, importante para melhorar a sensibilidade à insulina. Possui ainda o manganês, que ajuda na síntese e na sensibilidade à insulina. Uma colher de sopa do gérmen de trigo ao dia já supre a necessidade diária de manganês.

8) Yacon: é uma batata de textura macia, saborosa e levemente adocicada que lembra o sabor da pêra ou do melão. Pode ser consumida crua, como uma fruta. Além de ter baixos índices glicêmicos, tem frutooligossacarídeo em quantidades que ajudam a melhorar a sensibilidade à insulina.

9) Farinha de casca de maracujá: tem fibra solúvel na sua composição, que ajuda a controlar os níveis de glicose no sangue. Pode ser misturada nas refeições em alimentos como arroz ou feijão, para ajudar a retardar a absorção dos açúcares.

10) Linhaça: o consumo de 40g de linhaça por dia (cerca de 2 colheres de sopa) ajuda a melhorar a sensibilidade à insulina. Pode ser misturada à salada, de preferência moída, ou em sucos e vitaminas.

11) Canela: tem polifenóis e cromo, nutriente fundamental para o metabolismo da glicose. Além de melhorar a resistência à insulina, ajuda a melhorar os níveis de glicose em jejum. Pode ser consumida em bebidas como café ou chá, por exemplo.

12) Farelo de aveia: é a parte da aveia com maior concentração das fibras beta-glucanas, que ajudam a controlar a glicemia. Duas colheres de sopa de farelo de aveia ao dia já ajudam no controle da glicemia.

13) Chocolate com alto teor de cacau: tem alto teor de flavonoides, que ajudam no controle da pressão arterial e melhoram a sensibilidade à insulina de hipertensos. O ideal para os diabéticos é consumir o chocolate diet (sem açúcar) com alto teor de cacau (amargo).

Fonte: portalraizes

Anúncios
Publicado em Dicas, Saúde | Marcado com , , , , , , , , , , , | 12 Comentários

Volte a ser criança e ganhe leveza no dia-a-dia

Ser adulto é chato. Difícil encontrar quem, diante de tantas responsabilidades, nunca tenha pensado nisso e sonhe em voltar para os dias em que as obrigações eram apenas ir para a cama no horário e fazer a lição de casa. A tarde jogando videogame, as brincadeiras de rua e as guloseimas na sobremesa tornavam a infância uma fase bastante divertida e ficam na memória.

Mas a graça não precisa ficar restrita às suas lembranças. Volta e meia, o resgate de algum desse s hábitos pode adoçar a sua rotina e torná-la mais agradável. A infância e as memórias que ficaram guardadas dentro de cada um são um tesouro maravilhoso. Conseguir, mesmo depois de adulta, brincar como criança é admirável e ainda contribui com a sua saúde mental , afirma a psicanalista Dorli Kamkhagi. Abaixo, você encontra algumas sugestões de passatempos para matar as saudades.

Pirulito , chiclete e papinha
Quem disse que adulto também não chupa pirulito? Claro, nada de abrir um desses no meio de uma reunião da empresa. Mas, em situações informais, o doce até tem um charme. Há festas em que eles são distribuídos aos convidados e é fácil encontrar pirulitos até nas lanchonetes das empresas. Mas a recomendação de criança ainda vale: nada de ficar sem escovar os dentes.

Rumo ao videogame
O videogame, principalmente para os homens, não é apenas um volta à infância, mas sinal de que a competição ainda está em alta. Nos games o que acontece é diferente: existe algo de competição, de estímulo, de luta. O competidor entra no jogo com o impulso de ganhar e vencer explica a especialista. Para aproveitar essa atividade de forma a relembrar a infância, é preciso tentar manter essa competição de lado , sugere.

Amarelinha; pular corda e pique-esconde
Ver adultos pulando corda parece estranho. Mas a companhia dos sobrinhos, filhos, netos e afilhados pode ajudar a quebrar a vergonha na brincadeira. Além de divertida, ela é saudável e revela como anda o seu condicionamento físico.

Assistir a desenhos
Existe alguma coisa mais gostosa do que uma rodada de pipoca ou chocolate acompanhada de uma sessão de desenhos animados? Aproveite as manhãs dos finais de semana e levante da cama direto para frente da TV. Mas nada de abandonar as obrigações em nome da folia. A ideia é, simplesmente, passar o tempo livre de maneira inusitada.

Colecionar bonecos
As coleções de bugigangas infantis podem resgatar diversas lembranças. Dá para recriar histórias, recordar suas peripécias de menino e ainda dividir as memórias com a família e os amigos.

Ler gibi
Ler é maravilhoso em qualquer idade e as narrativas infantis e têm uma simplicidade que cativam todos os adultos. Vale ler gibis antigos ou passar na banca para conhecer as novidades. Se você tem crianças em casa, organize uma tarde de leituras e não economize nas risadas.

Criança ou criancinha
Recuperar as memórias da infância é divertido, mas precisa de limites. Crescer impõe muitas responsabilidades e é difícil manter uma relação com adultos infantilizados demais. A brincadeira não pode ter exageros, evitando o comportamento infantilizado que pode estar mascarando outras dificuldades. Por exemplo, gostar de assistir a desenhos infantis pode ser algo muito prazeroso, mas um adulto que só assiste a filmes de Tom e Jerry precisa pensar por que o universo adulto não está sendo atraente diz Dorli Kamkhagi.

Pitaco: Leve a vida com a leveza de uma criança! Aprenda a ser mais leve, sonhe mais e fique feliz simplesmente por ficar. Seja espontâneo como uma criança. Acredite na pureza do ser humano, na pureza da criança, que talvez esteja escondida, mas que existe em cada um de nós.

Feliz dia da criança que existe em você!

Anúncios

Publicado em Comportamento, Dicas | Marcado com , , , , , , , , , | 19 Comentários

Como organizar suas roupas para uma mudança de casa

Quando chega a hora de mudar de casa… É uma mistura de emoções: Alegria e entusiasmo por uma nova vida, uma casa melhor etc. E também preocupação, por medo de nem tudo sair como planejado.

Bom, para que você não tenha problemas com a sua mudança, é preciso planejar bem, desde a organização até o transporte. Se possível, é interessante fazer um checklist com tudo que você precisa fazer, se não você pode até acabar esquecendo de algumas coisas.

Uma das coisas que damos menor importância durante uma mudança de casa são as roupas. Geralmente jogamos de qualquer jeito em um lençol e amarramos, fazendo uma trouxa de roupas. Porém, quando chegamos na casa nova, o que mais dá trabalho para arrumar são justamente elas, pois além de bagunçadas estão emboladas e acabam aumentando o serviço.

Por isso, é necessário dar um pouco mais de atenção para as roupas antes de organizá-las para a sua mudança. Por isso trouxemos hoje um artigo sobre como organizar suas roupas para uma mudança de casa.

Passo a passo para organizar suas roupas para mudança

Vamos lá! Confira o passo a passo para não ter trabalho em dobro com suas roupas na sua casa nova.

Separe por ocasiões

A primeira coisa a se fazer é separar as peças por ocasiões. Por exemplo: As roupas de sair você coloca de um lado e as de ficar dentro de casa de outro, pois assim você saberá o tamanho do cuidado que você deve ter com cada uma.

Prepare os recipientes

Agora, separe os recipientes nos quais você levará as suas roupas. O ideal é levar em caixas de papelão, porém, há alguns objetos que podem substituir as caixas, como por exemplo as malas. Prepare um para cada dos grupos de roupas que você fez.

As roupas mais sensíveis, geralmente as usadas para sair, tente colocar sem dobrar, pois assim elas não irão amassar durante o transporte. Caso não dê, tente dobrar o mínimo de vezes possível, por exemplo ao meio somente.

As roupas menos sensíveis, geralmente as usadas para ficar em casa, podem ser colocadas dobradas para ter mais espaço, em recipiente separado para não correr riscos de amassar as mais sensíveis.

Lacre para o transporte

Bom, depois disso você precisa lacrar para o transporte. Se for uma mala, é fácil, basta fechá-la. Se for uma caixa de papelão, é só seguir os mesmo passos utilizados com os demais itens da sua casa. Feche em baixo para não abrir e em cima também com fita.

Há algumas empresas que fazem todo o trabalho da sua mudança por você, desde a embalagem, como das suas roupas por exemplo, até o transporte. Para encontrar, basta pesquisar uma na sua região, por exemplo: Se for de Goiânia, pesquise por empresa de mudanças em Goiânia no Google e verá várias opções. Se for de São Paulo, pesquise por empresas de São Paulo e assim por diante.

Enfim, as roupas merecem um cuidado maior para o transporte. Principalmente para evitar desgastes na hora de organizá-las na casa nova.

Anúncios

Publicado em Achado, Dicas | Marcado com , , , , , , , , | 21 Comentários

8 comportamentos comuns capazes de afetar sua memória

À medida que envelhecemos, cada ocasião em que esquecemos o nome de uma pessoa ou onde deixamos nossas chaves causa mais e mais ansiedade, e com razão, já que o risco de sofrer de demência e Alzheimer aumenta com a idade. Dito isso, os problemas de memória nem sempre são motivo de preocupação e podem ser apenas um sintoma normal do envelhecimento.

Afinal, o tamanho do nosso cérebro começa a diminuir por volta dos 30 anos e, com essas mudanças neurológicas, o cérebro sacrifica sua capacidade de memorizar coisas novas e reter memórias mais antigas.

Na verdade, mesmo se você notar uma mudança mais repentina em sua memória, não se precipite em tirar conclusões precipitadas e supor que é demência. Isso ocorre porque a perda de memória, a dificuldade de concentração e a névoa do cérebro podem ser sinais de uma condição de saúde não relacionada, medicamentos ou mesmo algumas escolhas de estilo de vida aparentemente inofensivas.

Todas as 8 coisas que mencionamos abaixo podem se manifestar por meio da perda de memória, mas estão longe de ser demência e Alzheimer.

1. Estresse

Se você já esteve estressado, provavelmente sabe como a preocupação e a ansiedade constantes que vêm com isso o impedem de se concentrar em qualquer coisa importante, o que pode levar a ainda mais estresse. Mas não é apenas em um nível psicológico que o estresse pode afetar nossa memória.

Estudos demonstraram que o estresse é prejudicial à nossa memória em nível celular também, porque o hormônio do estresse cortisol pode interromper as conexões entre as células nervosas do cérebro, tornando a evocação e a formação de novas memórias mais desafiadoras.

Por sua vez, o estresse crônico pode ter efeitos de longo prazo na química do cérebro, portanto, certifique-se de encontrar uma estratégia de enfrentamento certa para você e aprenda a combater o estresse.

2. Certos Medicamentos

Tanto os medicamentos prescritos quanto os de venda livre são realmente capazes de mexer com sua memória, mesmo com medicamentos comuns como anti-histamínicos e analgésicos OTC tendo o potencial de causar “neblina cerebral”, um estado de sensação de menos vigília ou consciência do que o normal, muitas vezes acompanhado de problemas de memória e concentração.

Os medicamentos com maior probabilidade de apresentarem confusão cerebral como um dos efeitos colaterais são os antipsicóticos, antidepressivos e auxiliares de sono e ansiedade, que influenciam diretamente a química cerebral. Lembre-se de que isso não torna esses medicamentos ruins, e se seu médico insistir que você não pode substituí-los por outros alternativos, você deve continuar com o tratamento pelo tempo que for necessário.

3. Dieta

Acontece que tanto o que você come quanto quando você come faz uma grande diferença para sua memória. Lanches tardios, por exemplo, mostraram interromper os ritmos circadianos, que são os ciclos naturais de sono e vigília pelos quais nossos corpos passam todos os dias. “Uma das coisas consistentes que vemos em pessoas que têm distúrbios em seus ritmos circadianos são os déficits de memória”, disse Christopher Colwell, professor de psiquiatria da UCLA School of Medicine, em uma entrevista ao Insider.

Além das refeições tardias, no entanto, comer demais comidas não saudáveis, frituras e doces também pode atrapalhar a função da memória. Em vez disso, opte por alimentos para o cérebro, como nozes e peixes gordurosos.

4. Problemas com a Tireóide

Não apenas hábitos, mas também certas condições de saúde não diretamente relacionadas ao cérebro podem se manifestar por meio da perda de memória e dificuldade de concentração, e os problemas de tireóide são uma preocupação comum. A glândula tireóide está situada no pescoço e controla o metabolismo, o desenvolvimento e o crescimento das células.

Quando a glândula tireóide não produz hormônios suficientes, desenvolve-se uma condição chamada hipotireoidismo, um sintoma comum do qual é a névoa do cérebro e perda de memória. Por outro lado, uma tireoide hiperativa, conhecida como hipertireoidismo, pode causar problemas de concentração. 

5. Depressão

Não apenas as condições de saúde física, mas também a saúde mental podem ter um efeito negativo na memória. Depressão, uma condição mental cada vez mais comum que afeta mais de 264 milhões de pessoas em todo o mundo, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), está firmemente ligada a uma diminuição do funcionamento executivo, que inclui faculdades mentais como memória, concentração e até mesmo a capacidade de executar várias tarefas.

Como acontece com as condições de saúde física, a procura de tratamento também reduz a perda de memória e outros problemas mentais associados à depressão.

6. Sedentarismo como estilo de vida

Como mencionamos na introdução, o encolhimento do cérebro é um dos sintomas do envelhecimento que espera por todos, mas isso não significa que não possamos fazer nada a respeito. Na verdade, o segredo para um cérebro mais saudável são os exercícios, que, no fim das contas, são benéficos para o nosso corpo e mente! O exercício aeróbico, em particular, demonstrou aumentar o tamanho do hipocampo, um dos centros de memória mais importantes do cérebro.

Estudos envolvendo idosos descobriram que o exercício aeróbico desacelerou a perda de memória relacionada à idade em 1-2 anos. O melhor de tudo é que apenas 20 a 30 atividades moderadas, como jardinagem ou caminhadas, 5 vezes por semana parecem ser suficientes para produzir esses benefícios!

7. Tabagismo

Estamos todos bem cientes dos efeitos do fumo em nossos pulmões e até mesmo em nossa saúde cardiovascular, mas a influência negativa do hábito prejudicial em nossa saúde cerebral é geralmente esquecida. A triste verdade é, porém, que fumar torna o córtex – a camada mais externa do cérebro – mais fino em certas áreas, o que se manifesta em problemas de memória, além de outros sintomas negativos, de acordo com um estudo da Universidade McGill.

Outro estudo também descobriu que fumar pode levar à perda de até 1/3 das memórias do dia a dia. Felizmente, o primeiro estudo também aponta que abandonar o hábito prejudicial pode levar à recuperação parcial das áreas corticais afetadas pelo fumo.

8. Não Dormir o Suficiente

Você está dormindo a quantidade recomendada apropriada para sua idade todas as noites? Do contrário, você não deve se surpreender ao ver algumas mudanças na memória também, pois a perda de memória é, na verdade, um sintoma comum da insônia.

De acordo com pesquisas, a consolidação da memória, um processo em que nossas memórias são definidas em nosso cérebro por meio do fortalecimento das conexões neurais, acontece enquanto estamos dormindo. O sono de má qualidade ou a privação do sono, por sua vez, podem interromper esse processo e levar a problemas de memória.

Fonte: tudoporemail

Pitaco: Dicas para melhorar a memória de curto prazo:

– Agendas, lembretes e anotações podem ser de grande utilidade;

– É possível treinar a memória de curto prazo com atividades padronizadas, que têm como objetivo estimular a atenção;

– Atividades como jogar videogame, ler, tocar instrumentos musicais, meditar e manter um estilo de vida ativo e ocupado contribuem para estimular a cognição.

Anúncios

Publicado em Comportamento, Saúde | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , | 25 Comentários

4 dicas para trazer o Feng Shui para sua casa

Filosofia milenar utilizada como estilo de vida também é uma ótima fonte de inspiração na hora de decorar.

O Feng Shui é uma prática chinesa que tem como objetivo equilibrar a convivência e atrair energias positivas por meio da reorganização de espaços. Seu nome deriva das palavras “Feng” (Vento) e “Shui” (Água) e suas ideias trazem conceitos do Taoísmo, uma corrente filosófica e religiosa oriunda da China.

Muito bem aceito e incorporado em nossa sociedade ocidental, o Feng Shui guia seus praticantes em direção a um estilo de vida mais harmônico. Nesse artigo, traremos algumas inspirações para transformar o ambiente em que você mora ou até mesmo aquela oportunidade de apartamento a venda no Rio de Janeiro que você está de olho há algum tempo.

O segredo é a fluidez da energia

O Feng Shui cuida das energias que transitam por cada cômodo da sua casa. Ao passo que somos feitos de energia, o nosso tráfego também deve ser facilitado. Para isso, deixe o meio da sala de estar livre, sem obstáculos. Os móveis devem estar distantes desse centro, oferecendo uma locomoção tranquila dos moradores.

Outro ponto enfatizado pela doutrina é de que os sofás precisam estar encostados na parede, oferecendo maior segurança e apresentando sempre uma visão geral desse cômodo para quem se senta ali.

Em busca da constante tranquilidade

Dormitórios são, em sua essência, destinados à recuperação das energias. Seja depois de um longo dia de trabalho ou de uma tarde divertida em família, é deitados na cama que nos permitimos relaxar. Para isso, é necessário se sentir o mais seguro possível e, segundo o Feng Shui, isso pode ser alcançado ao encostar a cabeceira da cama na parede, a exemplo do sofá.

A escolha das cores é igualmente importante para esse ambiente. Dessa forma, os tons mais sóbrios e que inspiram calma como cinza, branco, azul, marrom e tons pastéis em geral são ideais para a paz pretendia pelos momentos de descanso.

Combate às energias conflitantes

A harmonia em um cômodo geralmente é provocada pelo simples reposicionamento de móveis e objetos de decoração. Mas o que fazer quando o problema foge à essa solução, como na cozinha e no banheiro onde os móveis são fixos?

O primeiro promove o choque de duas forças antagônicas – água e fogo, representadas nas figuras da pia e do fogão. Já o banheiro pode trazer energias negativas de fora para dentro da casa por meio do vaso sanitário. É aí que entra a atuação dos “sinos de vento”, utilizados pelos chineses na transformação de energias negativas e permitindo que elas fluam melhor. Se possível, posicione este item nos cômodos para equilibrá-los!

Para finalizar, uma dica óbvia!

Sempre ouvimos sobre os benefícios de cultivar plantas em casa. Elas melhoram o oxigênio dos ambientes, torna-os mais fresquinhos e o seu cuidado é um ótimo hobby que exige foco, atenção e tranquilidade.

Além disso, elas são fontes de equilíbrio para a casa e ajudam a compor a sua decoração. Escolha as espécies que mais combinam com você, descubra os cuidados necessários e transforme de forma positiva seus ambientes. O Feng Shui agradece!

Pitaco: A harmonia e a fluidez energética dentro de uma casa transformam-se em equilíbrio para seus residentes. Sucesso em suas modificações e na busca por uma vida mais leve!

Anúncios

Publicado em Achado, Dicas | Marcado com , , , , , , , , | 19 Comentários

7 passos para enfrentar a ansiedade noturna

A insônia não é uma boa companheira. Na verdade, as pessoas com insônia sofrem muito. Um bom descanso é precisamente uma das melhores ferramentas para não cometermos erros durante o dia e, portanto, para evitarmos problemas e preocupações que nos ataquem durante a noite. Estamos falando de um círculo vicioso, que pode girar tanto na direção positiva quanto na direção negativa. A boa notícia é que está nas nossas mãos girar no sentido positivo e não no negativo.

Se acordarmos no meio da noite, temos que tentar manter os olhos fechados e relaxar. O ideal contra a insônia é parar de se preocupar com problemas que não podemos resolver da cama. Liberte-se das preocupações, relaxe e o sono virá.

Aqui estão sete passos para enfrentar a ansiedade noturna:

Mantenha os horários constantes. A insônia e a ansiedade noturna também podem ocorrer por falta de um horário definido. Dormir todos os dias no mesmo horário, com uma diferença de aproximadamente 30 minutos, regula os nossos ritmos circadianos, permitindo um sono natural e de qualidade.

Evite comer demais antes de ir para a cama. Tome cuidado com a alimentação especialmente durante a noite, uma vez que as refeições pesadas podem causar dificuldades para adormecer.

Crie uma atmosfera agradável antes de dormir. Precisamos cuidar do espaço onde dormimos: um travesseiro confortável, uma temperatura correta, são fatores que podem determinar a qualidade do sono. Caso contrário, podemos acordar no meio da noite e não conseguir dormir mais.

Use a cama apenas para dormir. Os especialistas dizem que o quarto deve ser utilizado apenas para dormir ou ter relações sexuais se quisermos dormir melhor. Não é aconselhável ter um computador ou uma TV, especialmente se nos acomodarmos na cama com o aparelho ligado.

Pratique exercícios de relaxamento. Fazer exercícios de relaxamento tem um efeito positivo quando se trata de combater ansiedade, estresse ou insônia.

Faça respirações profundas. Este exercício nos permitirá concentrar nossa atenção na nossa própria respiração, evitando qualquer pensamento que possa nos deixar nervosos e que nos impeça de dormir. Aqui estão alguns exemplos de respiração profunda:

Respire profundamente através do diafragma, direcionando a sua atenção para o movimento do ar que entra e sai.

Solte o ar lentamente através da boca e, em cada inspiração, repita mentalmente uma palavra ou frase como “estou tranquilo” ou “estou calmo”. Ao mesmo tempo, imagine uma paisagem ou uma imagem mental que transmita calma e serenidade.

Não tente atrair o sono diretamente com pensamentos que façam alusão ao sono. Procure relaxar, não dormir. Se você relaxar, o sono o invadirá.

Evite os pensamentos negativos antes de ir dormir. Não tente fazer isso de forma direta: atraia pensamentos que o relaxem e, em nenhum caso, inspirem preocupação.

“A ansiedade é como um pequeno rio que flui lentamente através da nossa mente. Se for encorajado, torna-se um grande canal por onde todos os nossos pensamentos são drenados”.
 – Arthur Somers Roche –

Anúncios

Publicado em Comportamento, Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , | 24 Comentários

7 dicas para montar um canto de estudo em casa

Separamos algumas dicas para criar um espaço prático para as aulas online, que continuam durante a pandemia.

A volta às aulas presenciais nas escolas ainda não é uma realidade por causa da pandemia. Por isso, a busca por inspirações para espaços de estudo em casa no Pinterest aumentou nove vezes nos últimos meses.

E ao contrário do que muita gente pensa é sim possível montar um cantinho de estudos prático, confortável e bem organizado para você dentro da sua própria casa. E é por isso que separamos algumas dicas essenciais de como montar um cantinho de estudos em casa que com certeza vão te ajudar.

1 – Cadeira

É preciso lembrar que, além do conforto, a estrutura da peça deve ser levada em consideração, pois passa-se muito tempo sentada nela.

2 – Mesa

Tão essencial quanto a cadeira, a mesa pode ser de diversos formatos. É interessante que você tenha espaço para o computador e para apoiar um caderno para fazer anotações. Se for necessário, providencie um suporte para o notebook para ficar na altura dos seus olhos. Além disso, gavetas são ótimas para ajudar na organização do itens pequenos, como lápis e canetas.

3 – Iluminação

O cantinho de estudo precisa ter uma boa iluminação tanto natural quanto artificial. Por isso, quando for escolher o local para montar o cantinho de estudo em casa opte por fazê-lo próximo a uma janela, além disso, é indispensável o uso de uma luminária para mesa de estudos, pois ela irá direcionar melhor a iluminação, principalmente se você tem o hábito de estudar à noite.

4 – Prateleira ou nicho

Os livros didáticos e paradidáticos ocupam bastante espaço e o ideal é que fiquem próximos ao espaço de estudo. Para isso, uma prateleira ou nicho podem ajudar a deixar tudo à mão de forma organizada.

5 – Mural

Um quadro de camurça, uma lousa ou uma placa de pegboard podem te ajudar a organizar seu cronograma da semana e do dia. Além disso, ele também te deixa acrescentar imagens para dar personalidade ao seu espaço de estudo e que te ajude a se concentrar.

6 – Acessórios

Acessórios como cestinha, porta-lápis, blocos e notas auto-adesiva também para ajudar na organização, mesmo dentro das gavetas, ou nos nichos e prateleira, para dar uma cor e charme ao seu espaço de estudo.

7 – Ventilação

Assim como a iluminação a ventilação do cantinho de estudo também é importante, por isso, escolha um espaço da sua casa que tenha uma boa circulação de ar para que o ambiente fique sempre bem arejado.

Pitaco: Para que o momento de estudo dentro de casa seja produtivo é muito importante saber dividir os ambientes, pois assim você consegue criar um disciplina e também maior concentração na tarefa que está fazendo. 

Montar um cantinho de estudos não demanda muito gasto. Apenas é necessário priorizar os elementos mais importantes e ser criativo na decoração. O importante é que o ambiente fique aconchegante e apropriado para a concentração dos estudos. 

Anúncios

Publicado em Dicas, Diy | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , | 24 Comentários

7 sinais de que sua preguiça intensa pode ser um sintoma de depressão

Apesar de ser uma condição de saúde que infelizmente está em constante crescimento, muitas pessoas ainda não conhecem muito bem os sintomas da depressão, e por isso podem acabar julgando incorretamente alguns dos sintomas da depressão.

Um dos sintomas dessa condição é a intensa preguiça, fruto da falta de energia que aqueles que sofrem de depressão conhecem muito bem.

Podemos sentir preguiça por inúmeros motivos, mas se esse é o seu estado de vida natural, então alguma coisa está errada.

Para compreender melhor sobre essa relação e procurar ajuda, se necessário, mostramos abaixo 7 sinais de que ela pode ser um sintoma de depressão. Leia com atenção!

1. Desânimo

Nada nessa vida faz você ter vontade de levantar da cama e sair de casa? O desânimo excessivo é um dos sinais da depressão e reflete a falta de dopamina no corpo, que é dos mais importantes neurotransmissores que possuímos, responsável pela sensação de prazer.

2. Apatia

Muitas vezes, quando vemos uma pessoa apática, podemos pensar que ela apenas não está interessada em nós, mas nem sempre essa característica representa a arrogância. Também pode ser um sintoma de depressão, e outra pessoa pode estar vivendo uma fase muito complicada. Não sentir nada é um sinal preocupante. Esteja atento a si mesmo e às pessoas a sua volta.

3. Desejo de ficar o dia todo no quarto

Se tudo o que você pensa é ficar no seu quarto o dia inteiro, sem fazer alguma atividade que lhe prazer, trabalhar ou busca reconhecimento, algo não está certo. Somos seres ativos e motivados por novas experiências.

4. Pouca alegria

Se a alegria em sua vida parece ter sido substituída por desânimo, falta de esperança e pensamentos negativos, as coisas não estão boas e esse é um sintoma de depressão. Portanto, fique alerta. Não importa os que as pessoas lhe digam, tenha a si mesmo com prioridade.

5. As coisas parecem muito difíceis ou inalcançáveis

Como possuem baixos níveis de dopamina no organismo, essas pessoas naturalmente têm menos energia e motivação, o que torna tudo mais complicado do que deve ser. Até menos as atividades simples da vida cotidiana podem se tornar uma grande luta.

6. Cansaço frequente

O cansaço também é um resultado da baixa dopamina e também pode estar relacionado à depressão. Se mesmo sem realizar nenhuma atividade pesada você se sente cansado, esteja mais atento à sua saúde.

7. Dormir é tudo em que você pensa

Em nossas rotinas cansativas, o tempo para dormir está constantemente em nossas mentes, e isso é normal. No entanto, se a sua vida gira em torno do sono, e mesmo dormindo as horas suficientes todas as noites ainda se sente cansado, pode não ser apenas preguiça.

Pitaco: Esteja consciente de sua saúde e cuide das pessoas que você ama. Se notar algum desses sinais em sua vida, procure um profissional.

Anúncios
Publicado em Comportamento, Saúde | Marcado com , , , , , , , , , | 26 Comentários

5 segredos para poupar dinheiro e comprar um carro

O sonho do carro próprio é compartilhado por boa parte dos brasileiros, afinal, quem não deseja ter o seu meio de transporte particular, para assim evitar as lotações do transporte público e poder se locomover com mais facilidade quando bem entender?

Entretanto, há certos empecilhos que impedem o brasileiro de conseguir realizar esse sonho, o principal deles são os preços absurdos dos automóveis no nosso país.

Some isso ao aumento exponencial do custo de vida nas cidades, e o trabalhador médio, que recebe um salário comum, é impedido de conseguir adquirir o seu próprio veículo.

Mas mesmo com esses obstáculos não é um sonho impossível, há certas estratégias no que condiz a poupar dinheiro, que são eficazes na hora de conseguir montar aquele pé de meia e comprar o seu automóvel.

Neste texto você conhecerá os cinco segredos para poupar dinheiro e comprar um carro, confira a seguir.

5 segredos para economizar dinheiro e comprar um carro

Um automóvel próprio é indispensável para algumas situações da vida, uma das vantagens mais populares é possuir um meio para ir ao trabalho sem enfrentar a loucura do transporte público, que não costuma ser exatamente organizado.

Confira a seguir os 5 segredos para conseguir economizar e comprar o seu carro próprio:

Opte por um carro usado

Embora não seja a primeira escolha da maioria, quando se trata do primeiro veículo, um carro usado é uma opção inteligente, isso porque você irá pagar preços menores e mais acessíveis ao seu bolso.

Fora a questão financeira, há a diversidade na escolha do automóvel, pois o que não falta são pessoas buscando vender seus carros e comprar novos.

Um evento muito comum são os feirões de carros usados, pois por ser oferecido por uma companhia especializada, você terá total conhecimento das particularidades do veículo, tais como quilômetros rodados, tempo de uso ou estado de conservação.

Agora caso você vá fazer a compra diretamente com uma pessoa, há a possibilidade estar se sujeitando a defeitos no veículo, a menos que essa seja uma pessoa da sua confiança. Nesses casos a falta da garantia costuma pesar, por isso é bom ficar atento no momento da compra.

Definição de valores

Após decidir se vai optar por um carro novo ou um usado, é preciso passar para definição de valores, ou seja, saber o quanto você está disposto a gastar na compra do carro.

Isso é importante pois assim será possível calcular a quantia necessária do seu salário para poupar a cada mês.

Lembre-se de não focar apenas no preço do automóvel, mas também para outros gastos tais como seguro e manutenção, se necessário.

Poupando uma parte do salário

Agora você decidiu qual opção vai escolher, usado ou novo e definiu valores, quanto vai gastar, quando é necessário poupar mensalmente, agora é a hora de pôr em prática o planejamento.

Economizar dinheiro nem sempre é fácil, a nossa vida cotidiana sempre exige certos gastos extras, especialmente com eventos não previstos, ou mesmo você acaba perdendo o foco e gastando com coisas supérfluas.

Escolha um banco onde ofereça um bom rendimento sobre o dinheiro guardado, os bancos digitais estão se popularizando a cada dia mais, por oferecer boas quantias de rendimento.

Dê início ao controle de despesas

O controle de despesas exige que você organize seus gastos, ou seja, utilizando uma planilha que contenha todas as suas despesas, e a partir daí você poderá cortar coisas que são supérfluas.

Pequenas coisas como escolher no mercado marcas mais acessíveis ao bolso de quem está economizando, controlar o gasto de energia e o consumo de água, evitar gastar com o que não é estritamente necessário para a sua vida.

Controlar despesas e poupar dinheiro exige disciplina e comprometimento, não esqueça disso!

Mude sua forma de ver a poupança

Muitas vezes nós abrimos uma poupança e depositamos quantias lá, com o intuito de ter um fundo de emergência, mas nem todos possuem o controle necessário para deixar aquele dinheiro parado.

Uma dica de ouro para quem deseja economizar: Olhe para a sua poupança como se fosse uma dívida.

Funciona assim:

Ao optar por economizar uma quantia, você irá abrir uma conta poupança, a partir daí você irá gerar boletos bancários para o montante que deseja poupar e irá efetuar os pagamentos com regularidade mensal.

O dinheiro que foi depositado ficará rendendo, e isso evitará que você rompa com sua meta e gaste o dinheiro com outras coisas desnecessárias.

Esses são os 5 segredos essenciais para economizar dinheiro de forma inteligente e assim conseguir realizar o seu sonho de comprar o seu próprio carro.

Pitaco: Uma dica extra, caso você tenha muitos gastos e não seja possível reservar uma certa quantia mensal para comprar seu veículo, procure algumas formas de ganhar um dinheiro extra, nos dias atuais o que não falta na internet são oportunidades de conseguir uma renda extra.

Anúncios

Publicado em Achado, Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | 21 Comentários

Solte! O Universo está refletindo

Você tem o poder, o direito, a chance e a possibilidade de soltar e de ser merecedor ! Na verdade, é assim que operam as leis do universo: soltar para liberar as vias, ordenar, equilibrar porque a natureza do universo é o caos ordenado. Nada flui se existir pressão, força e contra vontade. O movimento é fluido como o rio que corre paro mar.

Querer controlar, manipular, forçar algo antes do tempo vai contra a corrente. É o próprio ego que deseja estar sempre no controle, não permitindo assim que a alma se expresse de forma verdadeira e singular. Quando ha dominação do ego, há perda da real identidade do ser e este se limita a ponto de não confiar no fluxo natural das coisas.

Quando soltamos, na intenção de realizar, tudo se organiza de acordo, a vida se encaminha para atingirmos nosso objetivo pois o real propósito dela é a nossa felicidade. Nada será para nos causar sofrimento, mas sim para expandirmos. Tudo é uma bela oportunidade para vivermos mais felizes e realizados. Aprenda a reconhecer. Assim é no universo macro, assim é no universo micro que somos nós.

Solte na intenção, na boa vibração para que o universo reflita seus desejos de forma abundante e próspera . Se conecte com a natureza, daquilo que é e observe como a vida é bela e sincrônica. Aceite com o coração aquilo que chega até você. Tudo parte da co-criação. Seja o verdadeiro autor da sua vida. Assim como um artista não sabe expressar sua arte na pressão, você não deve fazer da sua vida um borrão por apego, pressa, condicionamento e ansiedade.

Pitaco: Aprenda a soltar, confiar e ter fé. Confie em você , no seu poder interno e na divina força do universo.

resilienciamag

Anúncios

Publicado em Comportamento | Marcado com , , , , , , , , , , , | 23 Comentários

5 dicas preciosas para prevenir o roubo do aparelho celular!

A violência nas grandes cidades é um mal que assola uma grande parte da sociedade, a insegurança em sair na rua portando o seu aparelho celular ou outros bens valiosos, é enorme.

Esse medo e insegurança das pessoas em ter o celular roubado, não são fortuitos, o Brasil é um dos países campeões na categoria de roubo ou furto de aparelhos.

Passar por esta situação, que muitas vezes pode ser bem traumática, dependendo da abordagem que os ladrões vão aplicar, traz prejuízos também para o lado financeiro, afinal, celulares não são baratos.

Entretanto, mesmo que seja um incidente comum na vida social, há certas estratégias que você pode adotar para evitar sofrer prejuízos financeiros ou traumas causados por assaltos.

Confira a seguir algumas dessas dicas de prevenção!

1.   Dê preferência a locais sem aglomerações

Esta é uma situação de furto muito comum tanto nos transportes públicos quanto em festas e micaretas. Aglomerações nos deixam distraídos e é muito fácil para um criminoso pegar algo dos nossos bolsos ou bolsa, sem que a gente sequer seja capaz de perceber.

Caso não seja possível evitar locais aglomerados, esconda o seu aparelho em um canto seguro ou inacessível para as mãos leves dos assaltantes, não facilite a vida deles deixando em bolsos expostos.

2.    Não use o celular em público

Andar na rua utilizando o celular é quase um pedido de assalto. Os criminosos costumam observar de longe ou “rondar” algumas áreas usando carros e motos para perceber se há alguém na rua com um aparelho dando sopa.

Segundo um ditado da Polícia Militar: Aquilo que não é visto, não desperta atenção.

Se você estiver na rua e houver uma necessidade inevitável de utilizar o celular, então busque entrar em algum local seguro para fazer a ligação, evitando assim a exposição na rua.

Obviamente pessoas que não expõe o aparelho também são assaltadas, às vezes é inevitável, porém andar com ele escondido diminui as chances dos ladrões prestarem atenção em você.

3.    Proteja bem a sua bolsa

Seja você homem ou mulher, se há um hábito de deixar o celular na bolsa, é preciso muito cuidado e redobrar a segurança do objeto. Muitas vezes os bandidos conseguem, em um momento de descuido, puxar rapidamente o seu aparelho de dentro da sua bolsa, especialmente se esta não estiver fechada.

Guarde o telefone em um bolso que tenha zíper, e mantenha a bolsa fechada. Fique sempre atento e não perca a bolsa de vista, um rápido descuido é o suficiente para os criminosos agirem.

4.    Evite andar com a janela do carro aberta

Por mais absurdo que pareça, há bandidos especializadas em tipos de assalto, alguns deles por exemplo, só atacam a vítima que estão com a janela do carro aberta ou utilizando o celular na janela do ônibus (É bem comum).

Se você estiver dirigindo e for passar por uma região mais isolada, ou o semáforo ficar vermelho e for preciso parar, feche o vidro e tranque as portas, a preferência é que os vidros do seu carro sejam blindados ou pelo menos mais resistentes a impactos.

Os ônibus atuais costumam utilizar ar condicionado e é difícil ver um veículo desses com janelas abertas, mas há situações em que é inevitável, e muitas pessoas tem o péssimo costume de utilizar o celular próximo a janela ou apoiado nela, o que facilita bastante a vida do criminoso.

5.    Sempre leve com você um “celular pro ladrão”

A ideia é até risível, ter a necessidade de sair com um celular extra para evitar perder o seu principal em um assalto. Entretanto, com os preços altos dos smartphones, essa dica é bastante útil no dia a dia.

O segundo aparelho, próprio para o assaltante, deve ser mais velho, porém, não velho demais, ou o ladrão acaba ficando irritado e não acredita que aquele seja o seu celular original.

Dica extra

Busque uma corretora de seguros que ofereça bons planos para te amparar em emergências e assine um seguro para o seu aparelho!

Mesmo que você adote todas as dicas acima, ainda assim isso não torna impossível o assalto de acontecer, há várias situações cotidianas em que você pode acabar perdendo o seu aparelho para um criminoso, nesse caso é bom estar amparado por uma seguradora.

Ao contrário do que muitos pensam, um seguro para celular não tem preços exorbitantes e, em caso de assalto, você terá a garantia de receber de volta o valor do seu investimento no aparelho.

Lembre-se que para isso é preciso que você apresente o boletim de ocorrência do assalto e os documentos requisitados pela seguradora.

Anúncios

Publicado em Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , | 29 Comentários

Comece a semana com essas palavras poderosas…

Às vezes só precisamos de coragem para ganhar o impulso que precisamos para tomar determinadas atitudes na vida. Comece bem sua semana com essas palavras inspiradoras que, com certeza, aquecerão seu coração. Quem sabe esse não é o impulso que você precisava, afinal? Reflita e compartilhe!

Fonte: tudoporemail
Anúncios

Publicado em Comportamento, Dicas | Marcado com , , , , , | 28 Comentários

Dicas de exercícios físicos para fazer em casa e desestressar

Os exercícios físicos para fazer em casa são excelentes opções para manter a saúde e bem-estar em tempo de quarentena. Principalmente pra não pirar.

Mesmo com uma dieta balanceada e alimentos ricos em vitamina D que proporcionam um bom funcionamento do organismo, ficar em casa sem fazer nada, ou apenas trabalhando em home office pode ser um pouco estressante.

Além disso, a falta de exercícios físicos e deficiência de vitamina D pode agravar os casos de ansiedade e depressão, já que ambos proporcionam substâncias e nutrientes que geram energia e disposição. 

Exercícios para queimar as calorias e desestressar

Os exercícios físicos ajudam a aliviar a ansiedade do coronavírus e o estresse do dia a dia, além de auxiliar na perda de uns quilinhos a mais ganhos nessa quarentena.

Pegue seu melhor tênis e confira as dicas de exercícios físicos que preparamos para você.

Corrida estacionária

Também conhecida como marcha estacionária, esse exercício aeróbico é uma ótima opção para se fazer em casa, já que não demanda equipamento específico ou muito espaço.

A corrida estacionária é similar a uma corrida normal, mas sem sair do lugar. Ela ajuda a aumentar a resistência física, exercita os músculos das pernas, além de ajudar a perder aquela barriguinha indesejada. Fora que corrida costuma ser bem cansativa, exigindo bastante  da pessoa.

Sequência de treino funcional

Para a dica de sequência em treino funcional e demais exercícios que geram maiores impactos, invista em um calçado mais adequado, que adere conforto e alívio para antes e depois dos treinos. Não esqueça de beber um pouco de água nos intervalos!

Agachamento simples 

O agachamento simples é um dos primeiros exercícios do treino funcional, e ele pode ser feito com os braços estendidos para frente do corpo, joelhos flexionados e bumbum para trás.

Repita o movimento por pelo menos 15 vezes.

Polichinelo 

O polichinelo já é um exercício bastante conhecido, podendo fazer parte da sequência de treino funcional.

Ele ajuda a aumentar o ritmo do coração, aquece os músculos e articulações e ajuda na coordenação motora.

Agachamento com salto e afundo

O agachamento com salto é bem simples, basta flexionar os joelhos e braços para frente, mantendo o peso do corpo no calcanhar.

Depois dê um salto e empurre o corpo para frente. Faça esse exercício por pelo menos 15 vezes, sem acrescentar parada.

E para o agachamento afundo, é só manter a perna para frente e descer o joelho, mantendo-a flexionada a 90º.

Faça o movimento por pelo menos 10 vezes, sem parada.

Panturrilha

Em uma superfície um pouco mais elevada que o chão, faça repetidos movimentos de subida e descida na ponta dos dedos, por pelo menos dois segundo, em uma sequência de 20 repetições.

Prancha

A prancha também é um exercício bem conhecido, onde se estende os braços para frente e as pernas para trás, apoiando o corpo sobre o movimento.

Depois faça a sequência da prancha escalador flexionando um dos joelhos ao lado do cotovelo, de modo a parecer escalar algo.

Repita com a outra perna e vice-versa por 30 segundos cada uma, e em um mesmo ritmo.

Contudo, entre uma sequência de exercícios e outra, descanse por pelo menos um minuto. É importante separar um colchonete ou toalha para os exercícios no chão. 

Assim como uma boa alimentação, exercícios físicos podem ajudar na melhora do humor, queima de calorias e ajudar na concentração.

Por isso, vale a pena investir uns 20 minutinhos do seu dia para fazer uma das opções em exercícios que trouxemos aqui neste post. Tente fazer tudo com bastante intensidade. Os resultados são ainda melhores.

Anúncios
Publicado em Dicas, Saúde | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , | 25 Comentários

15 dicas para se sentir melhor em 15 minutos

Atitudes simples no seu dia a dia podem fazer aquele desânimo ou estresse ir embora rapidinhos.

Tem dias em que é normal estar se sentindo para baixo. Às vezes, acontece sem qualquer explicação. Simplesmente, você não está legal, sentindo-se desmotivado ou angustiado. Nessas horas, é preciso agir em benefício próprio para virar o jogo e dar um novo rumo ao seu dia. Veja algumas ações bem simples que podem ajudar a melhorar o seu humor e fazê-lo se sentir melhor em poucos minutos.

1. Fique sozinha

Na era da tecnologia, esquecemos como é o sentimento de ficar sozinhos e a paz que isso pode nos trazer. Quando sentir falta da própria companhia, não hesite: vá ao cinema, ao teatro ou ao seu restaurante favorito. Tudo sem se preocupar em dar satisfações de onde você está ou ter de encontrar alguém para acompanhá-lo.

2. Desconecte-se

Quer relaxar o corpo e a mente? Abandone os dispositivos móveis – isso inclui celular, tablets, computadores e televisão –, pois eles estimulam a mente e provocam insônia.

3. Alivie dores de cabeça

Mesmo se não estiver com dor de cabeça, massageá-la pode ser muito relaxante. Com as pontas dos dedos, basta desenhar círculos no couro cabeludo, fazendo movimentos maiores a cada vez e aumentando suavemente a pressão.

Além disso, existem pontos de acupressão que ajudam você a desestressar e ainda minimizam as dores de cabeça: no meio da testa, entre os olhos e nos cantos internos dos olhos. Basta pressioná-los por alguns segundos com as pontas dos dedos.

4. Meditação

Se você já tem o hábito de meditar, sabe que essa atividade certamente vai ajudar. Se ainda não tem, é bem simples. Vá para um lugar tranquilo, coloque uma roupa confortável, sente-se ou deite-se. Fique em silêncio, de olhos fechados ou semiabertos, apenas prestando atenção na sua respiração. Se corpo vai entrar em equilíbrio e ajudá-lo a se sentir melhor, mesmo fazendo isso por 5 minutos.

5. Vá ao seu jardim

Se você tem um jardim ou um pequeno quintal em casa, onde há flores e plantas que goste, pare o que estiver fazendo e vá ter esse breve contato com a natureza, longe das suas redes sociais. Observe as plantas, sinta o aroma das flores e pense no quanto você tem sorte por estar ali revigorando suas energias.

6. Assista a vídeos engraçados

Quando está se sentindo para baixo, nada melhor do que dar boas risadas. Então, mesmo antes de precisar, faça um compilado de vídeos que você pode acessar quando precisar dar risadas e mandar o seu estresse ou desmotivação embora. Em poucos minutos o seu astral vai melhorar.

7. Invista na escrita

Muita gente sente dificuldade em colocar os sentimentos para fora, verbalizar o que tanto incomoda ou simplesmente desabafar. Que tal colocar seus problemas em uma folha de papel? Pode ser em forma de poesia, um registro pessoal ou apenas pensamentos positivos. E não precisa “saber escrever”, o principal é focar nos sentimentos e em buscar o equilíbrio emocional.

Escrever é uma forma útil de acalmar a mente. Além disso, se você se sente desorganizado, fazer listas de prioridades e atitudes que gostaria de desempenhar no dia a dia pode ajudar.

8. Imagine a felicidade das pessoas que ama

Se você tem pessoas com quem realmente se importa, como familiares e amigos, pare por alguns minutos e fique imaginando-se em momentos felizes com essas pessoas. Também pode imaginá-las sem você, em um momento que elas adorariam realizar. Pensar na felicidade dos outros também é uma forma de se sentir melhor em poucos minutos.

9. Faça uma caminhada

Ao caminhar, correr ou praticar outra atividade física, o seu cérebro reduz a produção do hormônio do estresse, o cortisol. Então, se o seu dia estiver ruim e travado por conta de estresse e ansiedade, vá gastar energia em uma atividade física. Além de afastar o estresse, seu cérebro vai liberar mais hormônios de bem-estar.

10. Ouça suas músicas preferidas

Assim como os vídeos engraçados que fazem dar boas gargalhadas, ouvir as suas músicas preferidas, aquelas que o animam, tem o mesmo efeito. Escolha uma playlist daquelas que você ouve para dançar e entrar no clima de uma festa.

11. Resolva tarefas simples que estão pendentes na casa

Se você vive pensando naquelas tarefas domésticas que precisam ser feitas, mas nunca são, é hora de resolver algumas delas. Escolha as mais simples, como trocar uma lâmpada queimada, limpar o mofo de alguma parede ou organizar um armário. Quando você resolve pendências deixando o seu lar mais organizado, a sua mente se organiza melhor também.

12. Converse com alguém querido

Muitas vezes você está se sentindo mal e desanimado porque está com um problema na cabeça e precisa conversar com alguém. Nesse caso, não fique com medo de incomodar uma pessoa querida, aquela que é da sua confiança. Essa conversa poderá deixar a sua mente bem mais leve.

13. Coma algo leve e prazeroso

Comer costuma ser a primeira coisa que uma pessoa faz para se sentir melhor. Mas, se você procura ter cuidado com sua alimentação, evite comer coisas que o farão sentir culpa depois. Escolha um lanche bem gostoso, mas que seja leve, sem excesso de calorias. Também, não exagere na quantidade. Aprecie cada segundo daquele momento entre você e a sua guloseima para que dure mais tempo.

14. Faça algo bom para alguém

Gosta de sentir a gratidão das pessoas quando faz qualquer gesto de bondade? Então é essa ação que vai ajudar você a se sentir melhor em poucos minutos. Em uma simples ida ao mercado você tem a oportunidade de ser gentil, que seja dando bom dia ou boa tarde às pessoas que vir na rua.

15. Estique seu corpo e respire profundamente

Uma boa espreguiçada e uma série de respirações profundas e lentas também pode ajudar. Na verdade, esse pode ser o preparo para os seus 5 minutos de meditação. Dê atenção ao seu corpo para que ele entre em equilíbrio, e o seu bem-estar vai conseguir voltar. Se não quiser meditar, ande um pouco pela casa e faça um bom alongamento.

dicasonline

Anúncios
Publicado em Dicas, Saúde | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , | 24 Comentários

8 dicas de trabalhos manuais para decorar e aliviar a ansiedade

Pensando no cuidado com a saúde mental, listamos algumas atividades que podem minimizar o estresse durante este período em que ficamos mais em casa.

O cuidado com a saúde mental é um dos tópicos que mais tem sido abordados durante o isolamento social, que está sendo feito para diminuir o contágio do coronavírus. Além de terapia, algumas atividades manuais podem ser feitas para distrair e não sentir tanto os efeitos dessa época difícil. Abaixo, listamos cinco atividades que podem te ajudar com o estresse e a ansiedade, sentimentos comuns nesse período.

1. Reaproveite copos de vidro como porta-retratos

Sabe aquele copo ou pote de vidro que você nunca mais usou porque o par dele quebrou? Ou então potes que ficam no fundo do armário de cozinha sem uso? Uma dica bem simples é transformá-los em porta-retratos. Sim! Basta pegar uma foto e inseri-la no formato do objeto, fixando depois com uma fita transparente e posicionando o copo com a boca para baixo. Pronto! Além da sensação boa de relembrar momentos incríveis, você ganha um porta-retrato novo para decorar a sala ou até sua mesa do home office.

2. Caixas de madeira como organizadores de arquivos

Trabalhar em casa significa acumular documentos e papéis que, antes, ficavam no escritório. Esse amontoado de arquivos não apenas oferece energia negativa ao ambiente, como também influencia no estresse e na ansiedade. A solução é simples: reaproveite caixas de madeira que estão na sua casa sem uso — pode ser caixa de vinho ou de algum presente que tenha recebido Limpe-as bem e forre com um papel colorido ou pinte. É útil tanto como estante quanto como prateleira, potencializando a decoração e organizando melhor todos os documentos.

3. Redecore sua mesa com jogo americano e porta-talheres artesanais

Tem algum tecido ou papelão sobrando? Com planejamento e dedicação, eles podem virar jogos americanos para decorar sua mesa. É bem simples: corte o papelão (dê preferência a materiais bem resistentes e firmes) no formato desejado, passe cola e grude o tecido sem formar vincos. Espere secar e cubra o tecido com uma camada de verniz para finalizar. O porta-talher é igualmente simples: as rolhas que estiverem sobrando podem ser coladas e formar um copo para os objetos.

4. Revitalize móveis com papel de parede

Se você cansou do visual de seus móveis e pretende mudar a decoração da casa, o período de isolamento é ideal para revitalizar a mobília. Não é preciso muito esforço ou material. Papel adesivo ou de parede já consegue transformar a peça. O importante é escolher a estampa que mais agrada e, depois, fazer os cortes e ajustes com a tesoura para encapar o móvel, fixando com uma cola própria. Assim você tem um objeto novo sem gastar muito e feito com suas próprias mãos!

5. Abajur com taças de vinho

Sim, as bases são taças de vinho! A cúpula é de papel encorpado e a luz fica por conta de velas  instaladas dentro do copo. Eu já estou utilizando as velas LED. A dica é escolher taças com boca mais fina. As taças com gargalo bem largo não comportam a cúpula de papel. O arremate do papel para fechar a cúpula pode ser com cola em bastão ou pode ser com cola quente. Mas o acabamento mais bacana é com fita dupla face. Fica impecável!

6. Sabonete artesanal

Você precisa de alguns itens, que são bem fáceis de encontrar: glicerina, essência e ou óleos essenciais e molde. O bom é que depois você pode usar ou vender.

7. Mural de fotos e recados

Existem mil e uma possibilidades de exibir as suas fotos na parede: em um mural de cortiça ou de imãs, fazendo um varalzinho com pregadores de roupa, nas clássicas molduras ou até colando-as diretamente, usando fita adesiva. Neste projeto, aquelas pranchetas bem tradicionais e sem graça transformam-se em charmosos murais de fotos e recados. Veja aqui passo a passo.

8. Decorando com as canetas permanentes

Algumas coisas são tão simples mas podem ter um efeito sensacional. E quando você quer dar um presente bem especial? Nada melhor que dar algo exclusivo, feito por você. Mesmo se você não for um artista com a caneta permanente na mão, algumas coisas você consegue fazer com rabiscos. Você pode usar para fazer vários trabalhos. 

Anúncios

Publicado em Dicas, Diy | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , | 25 Comentários

Equilíbrio através do pensamento

“Conhecei a verdade e ela vos libertará”, é o que Deus nos diz. Mas, afinal, que verdade é essa?

Basicamente, posso começar dizendo que o autoconhecimento tem um grande poder libertador. Saber disso será o grande divisor de águas da sua vida.

A medida que você se conhece, que deixa de lado todas as mentiras criadas para forjar uma realidade, que retira dos olhos todas as vendas que te impediam de enxergar mais adiante, o seu mundo se abre a novas possibilidades e, consequentemente, você se sente mais livre. Livre para ser o que, de fato, é, sempre foi ou desejaria ser. Sem as preocupações exacerbadas com a opinião alheia.

Mas, quando você se reconhece sem as sombras que lhe ocultavam de si mesma, algo ainda mais mágico ocorre. Você descobre que seus pensamentos dominam tudo a sua volta. Seu jeito de ser, sua forma de agir a determinadas situações, sua visão do outro, sua saúde física e mental.

A reflexão é o melhor remédio contra todos os males da sua vida.

Refletir sobre si mesma e sobre os fatos, analisar seus comportamentos e sentimentos ao invés de simplesmente aceitá-los, é fundamental para uma vida saudável e pode te curar de toda aquela angústia que insiste em consumir seus dias e noites.

Quando você descobre que tem poder sobre seus pensamentos e que, afinal, você deve dominá-los e não o contrário, o equilíbrio se instaura e você consegue se livrar de toda forma de opressão de si mesma.

Perdemos muito tempo tentando mudar aqueles que estão a nossa volta. Temos ideias sobre como todos poderiam ser melhor nisso ou naquilo. Mas a verdade é que deveríamos mudar a nós mesmos, a nossa forma de enxergar o outro e nos portar diante dele, e então, ele também mudará sua forma de lidar conosco. Recrute mais de si mesma, ao invés de criar expectativas em relação aos outros.

Não gaste sua energia tentando mudar alguém. Apenas aceite que cada pessoa tem sua forma de pensar, formada por tudo aquilo que viu e vivenciou. Se você acredita ser impossível conviver com determinadas características, simplesmente se afaste e vá viver outras histórias. Se isso não for possível, estabeleça seus limites e aceite o outro como ele é. Respeitar a si mesma é primordial. Não deixe que o outro invada um espaço que não é dele.

Nós somos responsáveis por tudo o que acontece em nossa vida. São as sementes que escolhemos semear que nos trarão os frutos almejados. O que você tem plantado na sua vida e em seus relacionamentos?

Freud sabiamente já nos indagava. “Qual a sua responsabilidade na desordem da qual você tanto reclama?”.

Criamos o hábito de viver para fora demais. Analisamos tudo, sabemos um pouco de cada coisa, sabemos gerir empresas gigantes. Mas se confrontarmos com nós mesmos, se formos colocados diante de um espelho, nossas ideias se perdem, ficamos desequilibrados.

Deveríamos ampliar nossa visão dos fatos e das pessoas. Quando você reflete o todo, consequentemente consegue lidar melhor com toda e qualquer situação difícil.

Temos que aprender a sair da superfície. Mas o medo do sofrimento nos cala. Afinal, amadurecer não é fácil.

Não há crescimento sem alguma forma de sofrimento. Para cada caminho escolhido, haverá sempre uma renúncia. Decepções fazem parte do processo. Mas o ganho sempre valerá cada sacrifício, acredite.

O sofrimento, quando vivido do jeito certo e visto de perto, sem dramatizações desnecessárias e medos infantilizados, nos cura e nos liberta. Nos transforma em pessoas melhores e mais maduras.

Pitaco: Todo sofrimento deve ser enfrentado de frente e deve te trazer um aprendizado. Caso contrário, toda sua luta terá sido em vão. Sofrer é, de certa forma, deixar que morra algo em você para que renasça uma nova pessoa, um novo jeito de viver. Permita que a ressurreição ocorra em sua vida.

osegredo

Anúncios
Publicado em Comportamento | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | 19 Comentários

8 alimentos entre os mais ricos em vitamina D

Os alimentos mais ricos em vitamina D na natureza ajudam a formar um grupo seleto; atualmente valorizadíssimo; principalmente pelo fato de ser esse um dos nutrientes mais difíceis de serem encontrados de forma natural.

Lá se vão quase 100 anos, desde que, em 1922, o bioquímico americano Elmer McCollum, às voltas com as mais diversas teorias e fórmulas químicas no laboratório da Universidade de Wisconsin, EUA, descobriu algo que o deixou maravilhado: uma substância, presente no óleo de fígado de bacalhau, que possuía a capacidade de influenciar, positivamente, o metabolismo da estrutura óssea do corpo humano.

Estava sendo descoberta a Vitamina D! Uma substância que, de acordo com as mais recentes pesquisas científicas, pode ser melhor definida como um pré-hormônio, cuja função primordial é permitir a realização dos mais variados fenômenos ligados ao metabolismo do corpo humano.

A vitamina D pode ser adquirida por meio de suplementos. Mas a forma natural de adquiri-la (entre 80% e 90% das necessidades diárias ou 20mcg – 800 UI) é por meio da exposição diária à radiação ultravioleta B do sol, para que o 7-dehidrocolesterol da região cutânea seja convertida na vitamina após 15 minutos de exposição.

Mas existem alguns alimentos que também são capazes de fornecer quantidades significativas de vitamina D ao organismo, como uma espécie de compensação à pouca exposição solar na rotina de alguns indivíduos.

E entre os principais estão:

1. Óleo de fígado de bacalhau

Esse é o alimento rico em vitamina D por excelência! E pode ser encontrado com facilidade em supermercados, mercearias, casas de produtos naturais, entre outros estabelecimentos que comercializam produtos alimentícios.

Hoje já se sabe que o óleo de fígado de bacalhau é considerado um dos alimentos mais saudáveis da natureza; e 13,5 g do produto contêm cerca de 34 mcg de vitamina D e 116 calorias. 

O óleo de fígado de bacalhau é um alimento rico em vitamina D por natureza.

2. Sardinha

A sardinha é outro exemplo de um alimento altamente rico em vitamina D; e ela possui ainda a vantagem de ser facilmente encontrada como um enlatado — sem que nada se perca das suas propriedades nutritivas.

Além disso, a carga de ômega 3 que a sardinha oferece garante-lhe o status de um dos alimentos mais recomendados para o combate a distúrbios do metabolismo e problemas cardiovasculares.

Cada 100g do pescado contêm cerca de 7,4 mcg de vitamina D e quase 300 calorias.

A sardinha é rica em vitamina D, com a vantagem de ser um alimento dos mais populares.

3. Ostras

Não só vitamina D, como proteínas, ferro, vitamina E, A, cálcio, entre outros inúmeros sais minerais, podem ser encontrados nesse fruto do mar considerado um dos pratos mais exóticos da gastronomia mundial.

Essa iguaria é capaz de levar centenas de apreciadores até os famosos “Oysters-Bars” em Nova Iorque para saborear as diversas variedades que são servidas com os mais extravagantes acompanhamentos.

Cada 100 g de ostras possuem cerca de 8 mcg de vitamina D e 270 calorias.

Além de exóticas, as ostras são uma rica fonte de vitamina D

 4. Atum

Outro alimento rico em vitamina D é esse pescado facilmente encontrado em todos os oceanos do planeta, e “figurinha carimbada” nos restaurantes japoneses na forma do cultuado “sashimi”.

O atum também é recomendado como coadjuvante nos tratamentos que visam o restabelecimento das defesas do organismo, bem como para o fortalecimento do sangue, ossos e músculos.

100 g de atum enlatado fornecem cerca de 4 mcg de vitamina D.  

O “queridinho” dos restaurantes japoneses.

5. Salmão

Qual o apreciador de frutos do mar que não adoraria saborear um delicioso filé de salmão grelhado ou um filé de salmão com alho e especiarias, ou até mesmo o famoso hambúrguer de salmão das melhores casas especializadas.

Mas não é preciso tamanha sofisticação e extravagância para aproveitar-se de um dos alimentos mais ricos em vitamina D na natureza – e até hoje considerado um dos pratos mais requintados da culinária mundial  –, já que ele pode ser facilmente encontrado em feiras e em grandes redes de supermercados.

100 g de salmão contêm cerca de 12,6 mcg de vitamina D e 272 calorias. 

 Além de status, o salmão também oferece altos níveis de vitamina D.

6. Fígado de galinha e fígado bovino

Esse é um alimento popular, riquíssimo em vitamina D, e que já virou tradição nos churrascos de fim de semana por esse Brasil afora.

100 gramas de fígado de galinha ou bovino fornecem cerca de 3 mcg de vitamina D e não mais do que 156 calorias.

Sem contar a sua exuberância de ferro, cerca de 5 mg por 100 gramas de carne, o que representa a metade da necessidade diária da substância para um indivíduo adulto. 

Uma abundância de vitamina D e ferro.

 7. Cogumelos shitake

O cogumelo shitake é um fungo comestível originário do Leste Asiático, trazido para o Brasil pelos japoneses, e que, após um período de secagem e exposição aos raios UV do sol, libera até 5 mcg de vitamina D por 100 gramas.

Essa iguaria é considerada uma das melhores fontes dessa substância na natureza, e, para muitos, é o que há de melhor quando o assunto é dar sabor aos pratos mais exóticos e sofisticados.

O cogumelo shitake dá sabor e uma abundância de vitaminas.

8. Ovos cozidos

Sim, os ovos cozidos (especialmente a gema) também oferecem quantidades razoáveis de vitamina D; e ainda com a vantagem de ser um dos produtos mais acessíveis para as populações de todos os países.

A gema do ovo também é uma fonte de proteínas das mais respeitadas, além de fornecer ferro, zinco, fósforo, potássio, vitaminas (A, B e E), entre outras substâncias não menos importantes.

100 g de gema de ovo contêm cerca de 1,3 mcg de vitamina D e 155 calorias.

Desprezados por muitos, os ovos estão entre as maiores fontes de vitamina D na natureza.

E caso queira acrescentar algo a esse artigo, faça isso na forma de um comentário, logo abaixo. É por meio dele que conseguirmos aprimorar, ainda mais, os nossos conteúdos.

Fonte: sabernarede

Anúncios
Publicado em Culinária, Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , | 23 Comentários

Pessoas felizes não têm tempo para perder cuidando da vida alheia

As pessoas felizes não têm tempo para perder cuidando da vida alheia, elas estão realizando seus sonhos e construindo o próprio sucesso.

Se você é uma pessoa feliz de verdade, que está sempre correndo atrás de seus sonhos, batalhando para vencer desafios e investindo na própria felicidade e numa vida de conquistas e sucesso, provavelmente não tem tempo para cuidar da vida alheia.

Aliás, cuidar da vida alheia é um hábito daqueles que são dominados pelo medo e pela insegurança, que não sabem como lutar pela própria realização e, como forma de tentar diminuir seu sentimento de insuficiência, criticam os que estão fazendo algo por si mesmos.

Parar a própria vida para analisar a do outro e pontuar tudo aquilo que enxerga de errado, espalhando fofocas e inverdades é coisa de quem não é feliz, de quem não tem prioridades, sonhos e metas.

Deixar de cuidar de si mesmo para dedicar-se integralmente à rotina de quem está à sua volta é falta de amor e respeito por si mesmo, é abrir mão da própria felicidade apenas para poder falar mal de alguém em primeira mão.

As pessoas felizes têm pavor desse tipo de comportamento, a última coisa que elas desejam é colocar a vida de outras pessoas acima da sua.

Para quem é feliz, não há nada como cuidar de si mesmo e concentrar sua atenção no próprio sucesso. É realmente gratificante poder se libertar do peso das fofocas e começar a trabalhar pela própria vida, em que não precisam alimentar-se com inveja.

Essas pessoas não têm nem um minuto para perder falando dos outros ou impedindo sua felicidade. Querem crescer, tornar-se mais sábias, bem-sucedidas, completas, e desejam o mesmo para todos aqueles ao seu redor.

Elas sabem que há espaço para todos neste mundo, entendem que a prosperidade do outro não impede a sua e que a melhor coisa que podem fazer por si mesmas é libertar-se de toda maldade e intenções negativas, e voltar sua atenção para o próprio sucesso.

Não dependem de ninguém para construir a vida dos seus sonhos e jamais se deixam dominar pelo hábito de cuidar da vida do outro. Elas aprenderam a se educar e se concentrar no que realmente importa, por isso estão sempre avançando.

As pessoas felizes investem em si mesmas e não perdem tempo cuidando da vida dos outros. Esse é o segredo para estarem sempre prosperando!

osegredo

Anúncios
Publicado em Comportamento | Marcado com , , , , , , , , , | 17 Comentários

Dress code em casa: confira 3 peças confortáveis e estilosas para usar no trabalho remoto

Com muitas pessoas trabalhando em regime home office por conta da pandemia, fica fácil se render ao uso do pijama todos os dias.

Apesar de a prática em si não trazer problemas, é importante lembrar que uma roupa adequada para as horas de trabalho faz toda a diferença, influenciando desde o rendimento na produção durante o dia até como as outras pessoas enxergam o seu comprometimento com o trabalho.

Claro que em dias mais tranquilos, sem reuniões ou videochamadas, tudo bem apostar em um look mais informal e confortável. Mesmo assim, é importante estar pronto para um imprevisto, como uma call de emergência ou um encontro com um cliente que não estava planejado. Além disso, dependendo da atividade exercida, é importante respeitar o código de vestimenta, principalmente se a função está relacionada a um cargo oficial ou jurídico.

Quem trabalha em um ambiente mais informal não tem problema em apostar nesse tipo de composição durante o trabalho home office. Escolher uma roupa pela manhã pode ser um exercício relaxante, além de colaborar para que o organismo entenda que está na hora de começar o dia de trabalho.

Confira algumas peças confortáveis e estilosas que podem fazer parte dos looks no trabalho remoto.

Camiseta simples

As camisetas, tanto de manga longa, quanto de manga curta, são consideradas peças essenciais e que devem fazer parte do guarda-roupa. Elas são ideais para os dias em que está difícil decidir o look e ficam muito bem quando combinadas com um casaco ou acessórios interessantes. A camiseta pode ser usada como uma espécie de tela em branco, já que fica bem com a maioria das peças, independentemente de colagem e cor.

Assim como a t-shirt, o body é um ótima opção para complementar os looks do home office, também sendo muito confortável. É possível, inclusive, encontrar versões mais trabalhadas da peça, com amarração e decote transpassado, criando uma composição interessante.

Na hora de escolher os acessórios para deixar a combinação mais elegante, opte por peças finas e que não interfiram nas videochamadas, como brincos grandes ou várias pulseiras.

Tecidos leves

Investir em peças com modelagem fina, mas feitas em tecidos leves, é uma ótima maneira de juntar conforto e elegância, ideal para as horas de trabalho.

A calça pantalona de seda ou um vestido longo em viscose garantem a mobilidade necessária para as atividades do dia a dia, sem sair completamente do dress code da empresa.

Nos dias mais frios, basta escolher um casaquinho simples ou uma manta quentinha, que pode ficar sobre as pernas durante as reuniões. Para finalizar, escolha um sapato slipper, mule ou um chinelo slide para os pés, mantendo o conforto, mas evitando usar calçados muito casuais, como um chinelo simples ou uma pantufa. Investir em um calçado confortável e estiloso garante um look bonito mesmo dentro de casa.

Peça única

O macacão é uma peça versátil e interessante, além de ser muito simples na hora de combinar. Sendo encontrado em diversos tecidos, fica fácil achar versões da peça que podem ser usadas desde o inverno até o verão, aparecendo na forma de shorts, como o famoso macaquinho, ou até com mangas longas, no caso de uma peça com tecido mais pesado.

Nos pés, praticamente qualquer tipo de sapato vai bem – desde botas pesadas até um sapato mule com pedrarias. Por ser uma peça única, o macacão é ideal para quem quer se sentir confortável em um look despojado e bonito, que pode ser usado para tarefas cotidianas ou para participar de uma reunião por videochamada.

Fonte: Bonde

Pitaco: A maioria das grandes empresas e multinacionais tem um dress code definido. Este tem como objetivo transmitir aos seus colaboradores as regras e as orientações de imagem profissional, que são um reflexo da identidade corporativa, nomeadamente para quem está em contacto com o público e os clientes.

Publicado em Dicas, Moda e Beleza | Marcado com , , , , , , , , , , | 25 Comentários

Como fica a nossa saúde mental em meio ao caos?


Muitos profissionais estão atendendo online e até mesmo voluntariamente, sem nenhum custo!

O novo coronavírus é uma realidade, estamos sofrendo o seu impacto atualmente, em nível mundial. Vidas estão parando, pessoas estão sendo obrigadas a se isolar em seus lares e o tempo, que antes era frenético e destinado ao trabalho, hoje está se alongando e se tornando uma maratona de séries, filmes, livros, exercícios físicos ou quaisquer outras atividades que antes eram vistas como segunda opção, em meio ao cotidiano acelerado.

Em meio à crise, muitas são as notícias, na maioria das vezes, negativas. Estamos sofrendo agora com o impacto que ainda está por vir, levando em conta diversas notícias, sem ao menos nos questionarmos sobre a veracidade do fato.

Entretanto, peço que se questione: como fica a nossa saúde mental em meio ao caos?

O que estamos vivendo é uma realidade, é grave, as medidas como isolamento social, utilização de máscaras, álcool gel, lavar as mãos com frequência são necessárias e aptas para a atual situação.

O problema está em levar em consideração fatos que não agregam, ouvir apenas o lado negativo do contexto. Informe-se, é essencial, mas procure notícias com fundo de veracidade.

Se você está destinando todo esse tempo de quarentena apenas para ouvir, ler e assistir a notícias referentes à Covid-19 sem nenhum cunho informativo verídico, busque alternativas para dividir esse tempo, criando opções que façam bem para sua saúde mental.

É essencial cuidarmos da nossa mente para que nosso corpo fique bem, inclusive a imunidade. Programe o seu dia, leia um livro, atualize os estudos e assista àquela série que sempre quis assistir, dialogue com seus familiares, olhe para o céu e prestigie o aqui e o agora.

A ansiedade em saber o que ainda está por vir não trará respostas sobre o futuro, apenas deteriorará sua saúde mental.

Fique em casa, priorize sua vida, crie uma lista de afazeres necessários, cuide dos seus familiares, pratique uma atividade física e, se necessário, busque ajuda psicológica. Muitos profissionais estão atendendo online e até mesmo voluntariamente, sem nenhum custo!

Pitaco: Torne esse tempo o mais positivo possível. Estamos todos juntos.

osegredo

Anúncios

Publicado em Comportamento | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | 28 Comentários

Saiba qual o brinquedo ideal para o seu filho

Saber qual o brinquedo ideal para cada idade do seu filho é imprescindível, isso porque eles irão ter um papel essencial no desenvolvimento da criança, afinal, todos nós tivemos algum brinquedo que nos marcou na infância, não é mesmo?

Os brinquedos ajudam as crianças a trabalhar as mais diversas competências: Motor, cognitiva, social, linguística, e por possuir esse papel tão marcante para os pequenos, é preciso saber escolher os que sejam próprios para a faixa etária do seu filho.

Qual a importância dos brinquedos na infância?

Como dito acima, eles são ferramentas excelentes para que as crianças desenvolvam suas personalidades, habilidades sociais e mesmo a coordenação motora, além disso eles ajudam os pequenos a desenvolver uma compreensão mais aprofundada do mundo e de si mesmo, através do lúdico.

É com a ajuda desses artefatos que nós descobrimos competências que nos eram desconhecidas, despertamos algumas noções do funcionamento da sociedade e como funcionam as interações sociais.

Entretanto, mesmo que os brinquedos ofereçam todos esses benefícios, não haverá contribuição efetiva se a criança for presenteada com um brinquedo da faixa etária  da qual ela não se enquadra.

Os brinquedos e as faixas etárias adequadas

Como dito acima, é de vital importância que você, ao escolher um brinquedo para o seu filho, verifique a faixa etária na embalagem, pois assim ele será uma ferramenta efetiva para a construção do sujeito da criança.

Confira quais brinquedos são adequados para cada faixa etária abaixo:

 * 0 a 12 meses

Desde o nascimento até o primeiro ano de vida, o desenvolvimento do bebê se dará através de estímulos sensoriais, por luzes, sons, tato, olfato, então os brinquedos dessa faixa precisam estimular esses sentidos.

A preferências são animais de pelúcia, macios, que emitam sons calmos e que venham perfumados, assim o bebê poderá, a partir do contato, ir trabalhando sua percepção através dos sentidos.

Outra opção além itens de pelúcia, são os mordedores, ideais para massagear a gengiva e diminuir gradativamente o desconforto do nascimento dos primeiros dentes.

* 1 a 2 anos

É comum que as crianças desta idade já comecem a caminhar, outras vão dando os primeiros passos no decorrer desse período de tempo entre 1 aos 2 anos, por isso brinquedos de empurrar e puxar são vitais para esse período.

Embora ainda seja necessário comprar itens que trabalhem os sentidos, você já pode buscar itens que sejam bons para desenvolver a percepção de cores e formas.

Invista em brinquedos de montar e desmontar, carrinhos para empurrar, porém lembre-se de comprar itens atóxicos e com peças grandes, para evitar acidentes com o seu bebê.

* 2 a 4 anos

A partir dos 2 anos já é necessário que os brinquedos estimulem o desenvolvimento da coordenação motora, os blocos de montar ainda são bons para isso, porém é melhor comprar produtos que tenham formas mais complexas para que a criança se desafie.

Esse período de idade a criança já não é mais um bebê, ela está começando a despertar suas habilidades sociais e linguísticas, por isso brinquedos musicais são bons para ajudar nesse ponto.

Triciclos e bolas são ótimos para estimular as habilidades físicas dos pequenos, e para que ele vá construindo uma boa estrutura muscular.

* 5 a 7 anos

Nesta fase as crianças já estão no processo de alfabetização, com habilidades linguísticas mais adiantadas em relação à fase anterior, por isso jogos educativos são as melhores escolhas.

Dê preferência para os que estimulem a capacidade leitora do pequeno, eles serão fortes aliados da construção de conhecimento escolar, assim como o ato de ler estimula a imaginação infantil.

Como as crianças já estão na escola, elas já possuem uma vida social ativa, por isso jogos que sirvam para grandes grupos são muito bons para trabalhar a sociabilidade deles.

 * 8 a 11-anos

É bem comum que os jovens nessa faixa etária comecem a utilizar smartphones e deixem de lado os exercícios físicos, por isso é importante presenteá-los com itens que estimulem o trabalho muscular.

Bicicletas, skates, patins, bolas de futebol, basquete, vôlei, itens que vão encorajá-los a se movimentar.

Opte pelos brinquedos que exercitem o raciocínio lógico e a inteligência estratégica, como jogos de tabuleiro como as damas e até o dominó são boas opções para exercitar essas habilidades.

* 12 anos ou mais

Nos dias atuais já não é mais tão comum crianças de 12 anos utilizarem brinquedos para a diversão e momentos de lazer, entretanto ainda há alguns que gostam.

A recomendação dessa faixa etária não é tão diferente da anterior, aqui o principal objetivo é que os jovens estimulem sua capacidade intelectual com jogos complexos, que exijam reflexão da parte delas.

O quebra-cabeças para maiores de 12 anos costumam ser bem complicados, exige que haja muita concentração e foco por parte de quem o utiliza.

O Xadrez é um jogo de tabuleiro que pode ser utilizado por faixas etárias menores, mas é mais indicado para as crianças de 12 anos ou mais, por ser um jogo complicado e que exige muita estratégia da parte de quem joga.

Porém, continue investindo em itens que incentivem o exercício físico ao ar livre, preferencialmente. Uma criança que usa brinquedos como bicicletas, por exemplo, tende a continuar praticando mesmo na vida adulta.

Pitacos: Lembre-se de sempre consultar a faixa etária na embalagem do brinquedo antes de comprá-lo, evitando assim prejuízos para o seu bolso no caso do produto não ser indicado para a idade do seu filhos.

Preferencialmente opte por marcas já consagradas no mercado, que trabalham com produtos de qualidade e que não irão oferecer riscos às crianças, faça uma pesquisa on-line antes de consumir.

Anúncios
Publicado em Achado, Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , | 26 Comentários

Agosto será um mês de cura para a humanidade

Este novo mês trará curas divinas para as nossas vidas. Receba as grandes coisas que Deus colocará em seu caminho!

Nossas prioridades sofreram uma grande mudança neste ano. Com certeza, a grande maioria das pessoas deixou de lado os seus interesses pessoais por um momento e está concentrando as suas orações e pedidos na recuperação da humanidade da pandemia que estamos enfrentando.

Temos aprendido que mais importante do que nossos desejos é o bem-estar coletivo, que todos nós vivemos em união e que só podemos prosperar se caminharmos juntos, apesar das circunstâncias da vida.

Os desafios vividos ao longo deste ano têm transformado a nossa mente e coração, e feito de nós pessoas mais generosas, empáticas e respeitosas, o que tem contribuído para o mundo se tornar, aos poucos, um lugar melhor.

A grande maioria de nós tem lidado com sabedoria com tudo o que vem acontecendo nos últimos tempos, e isso tem trazido alegria para Deus, que reconhece os nossos esforços e lutas, e nos abençoará grandemente nos dias que virão.

Deus usará este novo mês como um período de transformação em nossas vidas, Ele trará a cura que tanto temos pedido e começará uma profunda mudança na humanidade.

Deus tem olhado para cada um de nós e percebido o quanto esta crise tem nos ajudado a ser melhores, Ele tem visto a união, o respeito e a dedicação para com nós mesmos e com o outro, e tem se orgulhado de nós.

Ele começará a mudar o curso das coisas e trará um período de calmaria e tranquilidade, do qual todos estamos precisando nestes tempos, também nos mostrará que é fiel em todos os momentos e consolará os nossos corações com o Seu amor incondicional.

Neste mês que está começando, veremos as coisas melhorando no mundo todo, e encheremos os nossos corações de esperança e fé, porque perceberemos que Deus estará caminhando conosco, guiando-nos para um período de restauração e recomeço.

Deus agirá por nós, porque estamos provando que nossa união é muito maior do que o egoísmo e a maldade, e nos abençoará porque estamos aprendendo a ser melhores a cada dia.

No mês de agosto, Deus nos presenteará com muita cura e saúde. Prepare o seu coração, porque grandes bênçãos chegarão a cada um de nós!

osegredo

Anúncios
Publicado em Comportamento | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , | 29 Comentários

Basílico, alfavaca e manjericão roxo: saiba como usar os tipos de manjericão

Basílico, alfavaca e manjericão roxo: saiba como usar os tipos de manjericão. Confira as características de cada planta e como cada uma deve ser usada na cozinha.

Quem nunca se confundiu na hora de escolher o manjericão? O que mais complica é que existem vários nomes para identificar a mesma planta, embora sejam todas espécies do mesmo gênero Ocimum, que pertencem à família das Lamiaceae. “Podemos simplificar dizendo que há duas espécies: o basílico italiano, também conhecido como basilicão, que chega a cerca de 50 cm de altura, e a alfavaca que é conhecida também como manjericão doce, e que é a espécie mais difundida no Brasil e pode chegar a 1,5 metro”, explica a engenheira agrônoma e paisagista da Enjoy Therapeutic & Garden, Joyce Nascimento.

Confira as características de cada planta e, com as instruções da chef Fernanda Zacarias, da Ragú Rotisseria & Co., como cada uma deve ser usada na cozinha.

Tipos de manjericão

Fotos de uma pequena produção para mostrar 4 tipos de plantas muito parecidos: manjericão, manjericão roxo, basílico e alfavaca. É uma matéria gráfica para mostrar as diferenças entre elas.

Alfavaca ou manjericão doce
É a espécie mais comum no Brasil. É conhecida também como manjericão doce por ter menos amargor que o basílico italiano. Tem folhas médias, pontiagudas e serrilhadas, seu sabor é marcante com notas do cravo-da-índia e toque cítrico. A rugosidade das folhas lembra as de hortelã. Fresca, pode ser usada no preparo de peixes, saladas, pizzas, massas, cogumelos, carnes, sanduíches e sopas. É amplamente empregado na culinária catarinense em ensopados de lagosta e caldos de camarão. Não é muito indicado para o pesto genovese por causa do sabor que remete à hortelã. Existem também a espécie atroveran ou alfavacão cuja função é medicinal e não culinária.

Basílico ou basilicão
É a variedade mediterrânea, introduzida no Brasil pelos imigrantes italianos. Tem folhas arredondadas, pontiagudas, levemente curvadas e brilhantes. Tem altura máxima de 50 cm. Seu aroma é intenso, o sabor amargo e tem notas de cravo. Combina com tomate, abobrinha, feijões, vagens, alho, cebola e azeitonas e aromatiza muitos pratos, como saladas, hortaliças, ovos, aves, carne suína, peixes, frutos de mar, queijos curados, massas frescas e pizzas. É usado também para o que os italianos chamam de o verdadeiro pesto alla genovese.

Manjericão francês
Essa variedade, introduzida no Brasil recentemente, é conhecida também como manjericão cravo por causa do aroma muito característico. Tem flores brancas, folhas pontudas e miúdas, parecidas com a alfavaca. Tem função principalmente medicinal, como ansiolítico, e é utilizado para fazer chá. Na comida dá um toque de leveza e frescor ao prato, mas é pouco usado porque o sabor é muito suave.

Manjericão roxo
É uma erva híbrida desenvolvida nos anos 1950 na Universidade de Connecticut, nos Estados Unidos. Sua função é basicamente decorativa e não tem sabor e perfume persistentes. É indicado para temperar saladas ou para decoração de pratos.”

Fonte: gazetadopovo

Publicado em Culinária, Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , | 32 Comentários

14 sinais de que sua alma está exausta e precisa de uma renovação

Nem todos os dias de nossas vidas são simples e descomplicados. De fato, muitas vezes enfrentamos fases de extremo estresse, cansaço, excesso de obrigações e responsabilidades. Estamos sempre exaustos e desmotivados e nos questionamos como algumas pessoas conseguem viver tão calmas e serenas, parece impossível.

Todos temos essa resiliência dentro de nós, mas quando chegamos ao nosso limite, nossas almas reagem de alguma maneira e nos desconectamos de quem verdadeiramente somos. Elas perdem a luz e a alegria, através desse caos interno, nada na vida externa nos traz verdadeiro prazer e felicidade.

Os sinais abaixo revelam uma alma cansada, que precisa de renovação. Se você se identificar com eles, procure maneiras de trazer mais vida à sua existência.

1. Não há mais excitação nem alegria em sua vida

Todas as atividades que antes lhe proporcionavam alegria, desde hobbies até atividades individuais ou com os amigos e família agora não fazem mais diferença em sua vida ou lhe trazem mais estresse do que realização. De fato, você prefere ficar fechado em casa, sozinho.

2. Você não se lembra da última vez que se divertiu de verdade

Qual foi a última vez que você se divertiu de verdade, que sorriu com a alma? Não lembra? Então tem algo errado. A alegria deve ser uma parte de nossas vidas, e quanto está em falta, mostra que estamos desconectados de nós mesmos e de nossos propósitos de vida.

3. Você não reconhece seu eu do passado

Quando você tem lembranças antigas, vê fotos com amigos e conversa sobre o passado, não se lembra ou não reconhece a pessoa que era. Seu alto astral, positividade e alegria parecem estar muito longe, não fazem parte de quem você é hoje.

4. Mesmo cercado de pessoas, você se sente solitário e sozinho

Em alguns momentos, todos nos sentimos abandonados no mundo, por conta própria, mas se esse sentimento já faz parte de você, e mesmo acompanhado a solidão o inunda, sua alma está pedindo por uma mudança, novos ares.

5. A motivação parece tê-lo abandonado

Você não se sente mais motivado a fazer nada, a inspiração parece ter adormecido e onde antes existia muitos sonhos e desejos, agora vive apenas um vazio. Essa realidade se mantém em todas as áreas de sua vida, e você faz apenas o necessário para sobreviver.

6. Você não é fiel aos desejos de seu coração

Você não consegue falar não para as outras pessoas, mesmo que a situação claramente lhe traga mais prejuízos do que benefícios. Você não se coloca mais em primeiro lugar, e sempre está ocupado demais com o outro para cuidar de sua própria vida.

7. Você se doa demais para as pessoas, mas nunca é retribuído

Sempre que as pessoas precisam de ajuda, você está por perto para ajudar, mas quando é a sua vez de ser consolado, todos estão ocupados demais para estar ao seu lado. Por saber que nunca será apoiado, você muitas vezes sofre sozinho.

8. Você está mentindo para si mesmo

Você vive um dia após o outro fingindo que tudo está bem, que você é feliz e que não precisa de nenhuma mudança em sua vida. Você acha que essas mentiras facilitam sua vida diária, e que é mais fácil mascarar a realidade do que lidar com ela, assim afasta-se cada vez mais da verdade e, consequentemente, da felicidade.

9. Você gasta muito tempo em atividades que não gosta

Suas atividades diárias não acrescentam nada em sua vida, não te trazem emoções positivas, nem o ajudam a evoluir para uma melhor versão de si mesmo. Cansado da mesmice, você apenas empurra com a barriga e não tem nenhuma perspectiva para si mesmo.

10. Você não tem limites pessoais

Você não estabelece limites pessoais para preservar sua saúde mental e emocional. Dessa maneira, as pessoas o veem como um alvo fácil para manipulação, e é por isso que muitas vezes você vive infeliz e insatisfeito consigo mesmo e com o mundo ao seu redor.

11. Você está cercado de pessoas tóxicas

Existem muitas pessoas tóxicas em sua vida, que a todo momento espalham sua negatividade em você. Sua falta de consciência e cuidado consigo mesmo o fazem procurar companhias prejudiciais à sua alma. Muitas vezes, podem chantageá-lo e manipulá-lo, para que sirva aos seus objetivos.

12. Você vive em exaustão física, mental e espiritual

Levantar-se toda manhã a enfrentar o dia que vem pela frente é quase uma missão impossível para você? Mesmo dormindo as horas necessárias todas as noites, acordar é um grande desafio? Mesmo as atividades divertidas não o motivam? É provavelmente porque sua alma está cansada e não consegue se sentir feliz ou animada porque vive sem inspiração.

13. Você está fazendo más escolhas para sua saúde

Você está tomando más decisões para sua saúde e estilo de vida, e se envolve em atividades e relacionamentos que preenchem sua vida com energias negativas e baixas vibrações. Não cuida do seu corpo, coração e espírito.

14. Você tem medo de tudo

Você perdeu a fé em si mesmo e em sua capacidade de sucesso. Por isso, sempre que tenta tomar uma atitude de transformação de vida, seu medo e insegurança o param. Você se concentra nos pontos negativos e não consegue enxergar uma luz do fim do túnel. Assim, escolhe ficar parado, não tomar decisão alguma.

Não é fácil conviver com nenhum desses sintomas. Se você se identificou com eles, saiba que você vale muito e que sua vida é importante. O mundo não virou as costas para você e sempre há pessoas que o amam próximas para ajudá-lo. Se necessário, busque ajuda profissional para ajudar a dar vida à sua alma e encontrar a alegria novamente em sua vida.

osegredo

Pitaco: Você tem o direito às melhores coisas do mundo!

Anúncios
Publicado em Comportamento | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | 24 Comentários

Confira dicas e soluções caseiras para deixar seu sofá novo

Torna-se cada vez mais comum as pessoas optarem por utilizar suas próprias soluções caseiras na hora da limpeza, isso porque as industrializadas por vezes acabam provocando reações alérgicas ou são mais danosas à saúde das pessoas.

O grande diferencial é que enquanto uma solução feita em casa vai apresentar menos química, consequentemente vai oferecer menos risco à saúde, a industrializada vai ser composta dos mais diversos produtos químicos e podem acarretar em problemas de saúde a longo prazo.

No texto de hoje nós aprenderemos como produzir uma mistura caseira que vai deixar o seu sofá novo em folha, confira a seguir como fazer a receita.

Por que conservar o sofá limpo?

O sofá é um dos móveis que costuma ser mais utilizado na casa, seja pelos moradores ou pelas visitas, seu tempo de utilização é grande, consequentemente ele acaba juntando mais sujeiras do que muitos outros móveis.

Um sofá sujo é um dos principais causadores de crises alérgicas nos moradores da casa, o tecido costuma acumular uma quantidade absurda de poeira, fora a presença de outros microorganismos que afetam o nosso sistema respiratório.

Por isso, é essencial que você mantenha uma rotina de limpeza semanal nesse móvel, com isso você evitará problemas como:

  • Desencadeamento de crises alérgicas – O acúmulo de poeira, bactérias, fungos, entre outros, são os principais causadores das crises de alergia, o que não é nada agradável para quem sofre desse mal;
  • Desenvolvimento de barreiras contra ácaros – Os ácaros são grandes vilões para quem sofre de alergias, eles costumam desencadear crises intensas, causando inchaço nos olhos, nariz e garganta, prejudicando a vida de quem sofre com episódios intensos de alergia.
  • Proteger a saúde dos moradores da casa – O acúmulo de sujeira em um móvel que é tão utilizado por todos os moradores da casa não é saudável, com a proliferação de bactérias, pode causar doenças mais sérias nos moradores;
  • Prolongar a vida útil do seu móvel, que não é barato. – O sofá é um dos móveis mais caros da casa, por isso prolongar sua vida útil é importante para quem quer evitar grandes gastos, nesse caso a limpeza semanal é indispensável.

Como fazer a mistura caseira para limpar o sofá?

Agora que já explicamos a importância de manter o móvel limpo, vamos para a receita da mistura, confira a seguir a lista com os ingredientes necessários:

  • ½ copo de vinagre branco ou de maçã;
  • 1 litro de água;
  • 2 colheres de chá de bicarbonato de sódio.

Agora que temos os ingredientes, vamos para o passo a passo da mistura:

  1. Mistura os ingredientes citados acima em uma tigela alta;
  2. Agora é preciso tomar cuidado para não derramar, visto que a solução começará a borbulhar;
  3. Transfira a mistura para uma garrafa borrifadora;
  4. Para usar de forma eficaz, é preciso borrifar a solução em cima da sujeira e esfregar, lembre-se de usar uma escova de cerdas macias, para evitar danificar o material, em seguida retire o excesso com um pano limpo;
  5. Mantenha outro pano limpo em mãos, para secar a umidade;
  6. Lembre-se de que você só pode usar o sofá quando tudo estiver seco;
  7. A solução pode ser guardada por até 2 meses. Se precisar de mais quantidade, basta dobrar a receita.

Utilize também uma solução para eliminar o mau cheiro do móvel

A mistura acima é bastante eficaz contra as sujeiras, mas quando a questão é o odor do sofá, você pode usar essa outra solução que recomendamos abaixo, confira os ingredientes necessários:

  • 1 litro de água;
  • 1/4 de copo de álcool;
  • 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio;
  • 1/2 copo de vinagre branco;
  • 1 colher de sopa de amaciante com fragrância de sua preferência.

Ao ter em mãos todos os ingredientes, vamos ao passo a passo para fazer a mistura corretamente:

  1. Misture todos os componentes citados acima até que adquira uma aparência uniforme;
  2. Transfira para um borrifador (É sempre importante manter alguns em casa);
  3. Pronto, agora é só borrifar sobre o móvel que está fedendo e esperar que seque.

Por que contratar um profissional para realizar uma limpeza?

Bom, por mais que as soluções apresentadas acima sejam eficazes, é indiscutível que uma empresa ou profissional especializado na área, irá realizar um serviço bem mais eficiente.

Não só pela experiência que ele já terá com o serviço, mas também por possuir materiais profissionais para limpar de uma maneira que um amador não conseguiria.

Há também menos riscos para o seu móvel, afinal, como você não é especializado nessa área, pode acabar cometendo um erro e danificando o sofá permanentemente, coisa que um profissional não faria.

Anúncios
Publicado em Dicas, Diy | Marcado com , , , , , , , , , , , , | 18 Comentários

Como se preparar para voltar à rotina nas ruas?

Veja quais as possíveis mudanças a serem enfrentadas pela população após a quarentena

A vacina contra o novo coronavírus vem se desenvolvendo de maneira rigorosa ao longo do tempo, passando por estudos e testes intensos. Com isso, o fim dos meses de isolamento social pode estar cada vez mais próximo.

Com a constante evolução da flexibilização da quarentena do Covid-19 em diversos estados e países, é essencial que a população se mantenha atenta aos cuidados para seguir combatendo a propagação do vírus.

Por enquanto, devemos acreditar que teremos de acostumar com um novo normal. O cuidado básico de higiene, junto com uso de máscara e álcool em gel serão redobrados depois da exposição e idas à rua.

Dessa forma, há maneiras de conscientizar a população para possíveis mudanças e regras que deverão ser estabelecidas no período pós-quarentena. Confira a seguir algumas dicas para se preparar para um novo estilo de vida.

Seja paciente

Despertar a paciência em momentos como esse pode ser uma tarefa complicada. Entretanto, devemos lembrar que nosso corpo é nossa moradia e, assim como qualquer casa, precisa de paz e tranquilidade.

De acordo com Phillippa Lally – pesquisadora de psicologia da saúde da Universidade College London -, o cérebro humano exige de dois a oito meses para lidar, espontaneamente, com novos hábitos.

Sendo assim, cobranças e pensamentos autodestrutivos devem ser mantidos o mais longe possível diante da reviravolta que a quarentena nos impôs. A pandemia irá acabar no momento mais propício possível e, para isso, devemos manter a calma e as esperanças.

Prepare-se mentalmente

A ansiedade para rever os amigos, voltar ao trabalho e ter diferentes opções de lazer ao ar livre toma conta de grande parte da população confinada desde o mês de março. Porém, o desejo de voltar às ruas deve estar alinhado às restrições da pós-quarentena.

Para evitar futuras frustrações, é de grande importância entender algumas coisas. Por exemplo, por questões de segurança, no início, a viagem até o escritório e o contato direto com os colegas, poderão ocorrer de um jeito atípico em comparação aos outros anos.

Ou seja, ainda será preciso contar com determinada distância social entre funcionários, passageiros, clientes e etc. O uso frequente de máscara, álcool em gel e limpeza dos locais, é uma medida de precaução vantajosa.

Algumas mudanças podem ser desconfortáveis, porém necessárias. Para lidar com elas, devemos nos preparar mentalmente através de métodos que ajudam a relaxar. Caminhadas, conversas e meditação, podem ser aliadas de momentos de reflexão e autoconhecimento.

Esteja alerta às notícias

Saber como está situação é primordial para entender seu papel em meio social. Dessa forma, ficará claro o que deve ser feito para preservar sua saúde e a saúde de pessoas que estão ao seu redor.

Entretanto, também é necessário saber dosar a quantidade de informações que irá receber ao longo dos dias. O momento é delicado e, às vezes, algumas estatísticas podem nos atingir mais do que deveria.

Crie uma rotina

Embora o conforto da própria casa seja tentador, manter a rotina de dias normais é a melhor opção para fazer com que o dia renda mais e seja proveitoso.

Para bons dias de home office, é recomendado acordar, pelo menos, 40 minutos antes de seu expediente. Assim, há tempo suficiente para um banho relaxante e um café da manhã reforçado antes de colocar a mão na massa.

Manter a organização das tarefas do dia também serve de grande ajuda para a produtividade de seus objetivos. Além do mais, seguindo essa rotina, você se manterá apto para voltar aos costumes fora de casa quando for a hora certa. 

Exercite-se

Ter uma rotina de exercícios traz diversos benefícios à saúde física e mental, além de ser um dos fatores que trabalham em harmonia com uma boa imunidade.

Adaptar-se aos exercícios durante a quarentena fará com que o corpo e a mente estejam preparados para voltar à rotina fora de casa. Andar na rua, subir escadas ou até mesmo se manter equilibrado no transporte público às 7 da manhã exige um bom condicionamento físico para que não hajam complicações no final do dia.

Preserve o autocuidado

O autocuidado serve para que sentimentos negativos como bloqueio físico e psicológico, desmotivação e desinteresse sejam afastados. Problemas como estresse e ansiedade podem ter se agravado durante a quarentena e devem ser tratados para que a rotina nas ruas volte da maneira correta.

Cuidados com a saúde física e mental são compostos por momentos de relaxamento e distração. Ou seja, tirar um tempo do dia para cuidar do cabelo, do rosto, da pele e do corpo é uma ótima atividade para trabalhar a autoestima e o amor próprio.

Estar bem consigo mesmo nos traz o sentimento de auto satisfação. Consequentemente, proporciona maior produtividade, vitalidade e bem-estar para lidar com as atividades pessoais e profissionais.

Além disso, contar com um bom plano de seguro de vida e com a compreensão de seus gestores é um passo importante para manter os cuidados com a saúde, principalmente durante um período de readaptações.

Anúncios
Publicado em Comportamento, Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | 16 Comentários

Como criar sites para empreendedores? Confira aqui algumas dicas incríveis!

As pessoas estão cada vez mais conectadas à internet, passam horas e horas navegando. Seria interessante se nesse tempo de navegação elas pudessem ver a sua empresa na rede, não acha?

Este artigo vai te ensinar a como criar sites para empreendedores, com dicas especiais para você, que abriu seu próprio negócio e pretende fazê-lo aparecer. Continue lendo, você vai se interessar no que temos a lhe mostrar.

A importância do site profissional

Com o isolamento social, devido à pandemia do coronavírus, a internet tem sido o lugar onde as pessoas passam a maior parte do seu tempo.

Estar sempre onde as pessoas podem te ver é muito importante para a imagem da empresa, e a internet é, hoje, o melhor lugar para sua empresa aparecer.

O interessante é que a internet é um lugar muito democrático, dinâmico e eclético. Desta forma, podemos dizer então que tem lugar pra todo mundo nela. Todo tipo de empresa, independentemente do ramo ou do tamanho.

Portanto, a criação de um site profissional para a sua empresa vai fazer com que ela seja vista por diversas pessoas ao mesmo tempo. Pense: quando você procura por algo específico, uma loja ou um produto, geralmente é na internet que você olha, através dos sites de busca, como o Google, por exemplo.

Então, quando um internauta estiver navegando e procurar por um produto ou serviço que a sua empresa ofereça, o seu site vai surgir em suas buscas.

Mas como criar um site profissional? Nós vamos te dar um pequeno passo a passo.

Como criar um site para empreendedor?

Graças ao avanço da tecnologia, logo, da internet, as coisas estão ficando cada vez mais fáceis e acessíveis, e a facilidade para criar sites entrou nessa onda também;  mas caso queira ajuda profissional, sempre é possível buscar. Veja agora o nosso passo a passo.

  1. Crie o seu domínio

O domínio de um site nada mais é do que o nome que você vai dar a ele após o http://www., é o endereço eletrônico da sua empresa (URL). Portanto, para que seu domínio seja registrado, você deve se certificar de que ele não está em uso.

Para essa ação, você pode utilizar o site Registro.br.

Uma dica interessante é não criar domínios com muitas palavras, que se torne longo e difícil de gravar. Utilize de 2 a 3 palavras, no máximo, e faça uso de palavras-chave que tenham a ver com a sua empresa, com seus produtos ou serviços.

  1. Hospedagem

Hospedagem é o serviço de armazenamento em que o site ficará disponível. Nessa etapa é importante pesquisar o custo-benefício dos hospedeiros disponíveis.

Por isso, é importante verificar:

  • – Capacidade de armazenamento;
  • – Tráfego de usuário;
  • – Velocidade de carregamento da página;
  • – Segurança da informação;
  • – Suporte ao cliente.
  1. Escolha um construtor de site

Não é necessário anos e anos de estudo, se tornar um especialista com PHD para a criação de um site. Porém, quando se contrata o serviço de profissionais da área, pode-se ter a certeza de que o produto que lhe será entregue estará de acordo com as necessidades que a internet pede.

Esses profissionais têm um conhecimento estratégico e vão saber relacionar o seu site com as buscas feitas na rede, otimizando-os em SEO, e trazendo um maior número de visualizações para sua empresa.

Se você é empreendedor, essas dicas vão ajudar muito a desenvolver seu site e a alavancar os negócios de sua empresa. Independentemente do ramo que você siga, pois a internet está disponível para todos.

Publicado em Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | 14 Comentários

Jogos para curtir no happy hour online

O momento atual que estamos vivendo sugere que passamos a maior parte do tempo em casa, trabalhando em home office e aproveitando o uso das ferramentas online para o lazer.

Mas nem todos têm ideia do que possam fazer para se divertir em casa, além de navegar nas redes sociais.

Muitas pessoas estavam acostumadas a sair do trabalho e aproveitar com os amigos e colegas de trabalho, dar aquela saidinha direto para um bar ou restaurante, confraternizar e se distrair.

Com os efeitos do isolamento social, as pessoas passaram a ficar mais estressadas, sozinhas tendo que se adaptar a nova rotina de home office, com isso a saidinha depois do trabalho continuou porém, online.

Claro que com a convivência a distância no trabalho sendo constante, também foi aderida a saidinha pós trabalho e para tornar o happy hour online mais descontraído, surgiram apps e jogos divertidos para descontrair ainda mais o ambiente.

Com essa ideia, para ajudar a aliviar a ansiedade do coronavírus, separei algumas sugestões de jogos para curtir no happy hour online com amigos.

Jogos para Happy Hour Online

Muitos jogos clássicos ganharam versões online, que podem ser acessados por mais de uma pessoa, como se estivesse acontecendo presencialmente.

Por isso, junte os amigos em uma sala online e conheça as opções de jogos online para seu happy hour.

Risk

Para quem curte se divertir com jogos de estratégias, o Risk é uma excelente opção online para curtir com os amigos, permitindo jogar com até 6 pessoas.

Com estratégias de dominação de território, você joga os dados para movimentar a sua equipe e controlar o máximo de território do inimigo, caso contrário seu número de tropas caí e vocês perdem.

Skribbl

O Skribbl é uma versão virtual do jogo “Imagem e Ação”, que pode ser compartilhado em uma sala privada, criada pelo próprio usuário que disponibiliza os links à equipe.

Essa versão é disponível para celular ou computador, basicamente o jogo funciona como um sistema de adivinhação, onde o jogador faz o desenho da palavra escolhida e a equipe precisa adivinhar.

Para melhorar a interação, o jogo oferece um bate papo online para as pessoas se comunicarem, gerando assim boas risadas.

Outra inspiração no “Imagem e Ação é o Gartic, jogo bem parecido com Scribbl, mas que teve um recorde de downloads durante a quarentena.

Stopots

Mais um clássico para a nossa lista é o famoso Stop, Adedanha ou Adedonha como é conhecido em outros estados.

Esse jogo que era sensação nas rodas de amigos, foi adaptado para rodar de forma online, criando os mesmos objetivos que divertiam a galera.

Ele funciona através de etapas, onde o jogador tem uma letra e precisa preencher os espaços com as categorias de: Nome, Animal, Objeto, Marca, Profissão, Capital, Carro, Filme, Time esportivo, verbo, esportista e a popular “minha sogra é”.

Jogos de carta online

Jogo de poker online, assim como ao vivo, a ideia permanece a mesma, só acontece em uma sala online, onde você e seus amigos podem se aventurar no poker online.

Outro clássico de jogo de cartas é o Uno online, uma versão para celular para quem adora um jogo de “discórdia”, mas que gera boas risadas.

Assim como jogo físico de cartas, o objetivo do Uno é mesmo, com a participação de 4 jogadores, cada um vai baixando sua carta para combinar com aquela jogada na mesa.

As cartas +2 e +4 são as mais perigosas, por isso, preste muita atenção.

Golfe Battle

O Golfe Battle é uma versão online do Golfe tradicional, que exige pontaria e destaque entre os demais participantes.

Este jogo está disponível no Facebook, e pode ser jogado com até 6 amigos em cada partida.

Como vimos agora você não tem mais desculpas para não reunir a galera nesta quarentena, pois existem diversas opções de jogos para curtir um happy hour online junto com seus amigos.

Anúncios

Publicado em Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , | 18 Comentários