10 alimentos indicados para comer nos dias de sol

Precisamos estar com o corpo saudável para curtir os dias de sol. Veja alimentos indicados para a estação, como a laranja

Sol, praia, mar, sombra, água fresca, natureza e atividades ao ar livre… É tudo que desejamos quando acordamos em um lindo dia de verão, não é mesmo? E, para aproveitar o melhor dessa estação, é preciso ter uma alimentação saudável, com ingredientes que garantam ânimo, disposição e energia para driblar o forte calor da época. Sendo assim, tome nota: veja os 10 alimentos indicados para o seu bem-estar durante esse período.

No verão, a temperatura sobe e, para tentar regular a temperatura corporal, o nosso organismo aciona mecanismos como, por exemplo, aumento da produção de suor, para tentar regular a temperatura interna. Devido ao aumento da transpiração, eliminamos muita água e minerais, que devem ser repostos para evitar a desidratação. Além da hidratação, também é essencial investir em alimentos que reponham esses nutrientes perdidos por meio do suor e dar preferência por refeições de fácil digestão.

O que devemos comer durante o verão?

1 – Água de coco: Carine destaca que a bebida é perfeita para hidratar, repor a água e para aumentar os níveis de potássio no corpo, visto que esse mineral é perdido durante a transpiração intensa.

2 – Melão: Essa fruta refrescante, além de ajudar na hidratação por ter muita água em sua composição, também contém a zeaxantina, que é um tipo de carotenoide, que protege os olhos da radiação solar. O melão pode ser acrescido em saladas, de folhas ou frutas, em forma de sucos ou consumido em sua forma natural.

3 – Abacaxi: Essa fruta refrescante vai ajudar a aliviar o calor excessivo nos dias mais quentes e vai ajudar a manter o corpo mais hidratado. O abacaxi também é fonte de vitaminas e minerais que garantem o equilíbrio do corpo e impedem o desenvolvimento de doenças, além de gripes e resfriados.

4 – Alface: Perfeita para uma salada refrescante como refeição principal, as folhas de alface são de fácil digestão e também possui minerais como fósforo e potássio, ajudando a equilibrar o organismo e fazer com que ele funcione da maneira correta.

5 – Cenoura: Perfeita para tornar o bronzeado mais duradouro e natural, a cenoura é uma fonte riquíssima de betacaroteno, um poderoso agente antioxidante que estimula a melanina, protege a pele e ainda retarda o envelhecimento precoce das células, impedindo o desenvolvimento de rugas e marcas de expressão.

6 – Chás gelados: Limão, hortelã, chá preto, mate… A variedade pode ser infinita dessas bebidas, basta você escolher seu sabor preferido e degustar. Essas bebidas são energizantes, ajudando a melhorar na disposição que acaba ficando baixa devido o calor excessivo. Os chás também podem ser preparados com sucos de frutas, formando um delicioso suchá, saudável e refrescante.

7 – Couve: A couve é um dos vegetais verdes escuros mais indicados para consumo. Além de possuir pouquíssimas calorias, o alimento contém fibras alimentares que ajudam no funcionamento do intestino e auxiliam na digestão. Fonte de minerais como ferro, potássio e fósforo, as folhas ajudam a repor os nutrientes que são perdidos no suor.

8 – Peixes: Os mais variados tipos de peixe, como salmão, tilápia, bacalhau, atum, sardinha, etc, são também boas fontes de proteínas para o organismo, bem como de gorduras boas, como o ômega 3, um ácido graxo essencial para o bom funcionamento do sistema nervoso central e para o coração.

9 – Ovo: Para quem gosta de evitar o consumo de carnes no verão, os ovos se tornam alternativas para aumentar a ingestão de proteínas nas principais refeições. Também é indicado para o café da manhã e lanches alternativos. Rico em vitaminas A, do complexo B, C, D, E e K, o alimento ajuda na síntese dos músculos e também protege o sistema imunológico.

10 – Laranja: Rica em vitamina C, esse nutriente torna a laranja um potente antioxidante, que ajudar a combater os radicais livres produzidos durante alguma atividade física feita ao livre, por exemplo.

Anúncios
Publicado em Dicas, Saúde | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Sabia que viajar faz bem à saúde? Entenda o porquê!

Pitacos e Achados

Quem coloca o pé na estrada não está apenas conhecendo lugares novos. Viajar faz bem à saúde epode até mesmo prevenir algumas doenças.

Há quem pense que uma viagem é apenas uma momento para conhecer outros lugares, culturas e para sair da rotina.

Pesquisas demonstram eu viajar faz bem à saúde e que os benefícios são muitos. Se ainda não sabia disso, veja quais são os ganhos que se pode ter ao colocar o pé na estrada.

Viajar faz bem à saúde e fortalece o sistema imunológico

Quando vai para lugares diferentes acaba tendo contato com bactérias e doenças diversas, o seu corpo começa a criar anticorpos para combater todas elas.

Com o tempo o seu sistema imunológico vai se fortalecendo e fica cada mais difícil das doenças te atingirem.

Conhece lugares com propriedades medicinais

Dependendo do seu destino, pode ter acesso a lugares com propriedades medicinais, como águas…

Ver o post original 386 mais palavras

Publicado em Sem categoria | 12 Comentários

Você já aprendeu a ser forte, agora é hora de ser feliz

De alguma maneira, as épocas de adversidade são momentos em que aprendemos a ser fortes. No entanto, essa força não deve levantar cercas ou muros, não pode nos fazer esquecer que agora também é um bom momento para ser feliz.

Uma hora chega o momento em que você consegue: aprende a ser forte. A vida é mestre nesse sentido e te ensina de várias formas a construir uma atitude à prova de fogo. Então, você diz a si mesmo que vai conseguir lidar com tudo, que tem recursos para enfrentar qualquer tipo de adversidade… Mas talvez você esteja se esquecendo do mais importante: o tempo não é apenas um meio para conquistar metas futuras; agora também é hora de ser feliz.

A felicidade não está em outro lugar. Está no agora, aqui mesmo. A pessoa feliz não posterga a sua felicidade. A vida acontece agora, sendo incerto o que virá depois. Essas palavras do poeta Walt Whitman não poderiam ser mais certeiras e inspiradoras.

No entanto, para quem acaba de passar por uma fase complicada, não é nada fácil aplicar esse conselho. E não é, em primeiro lugar, porque quando passamos por momentos difíceis, temos muita dificuldade em voltar nosso olhar para o presente.

Além disso, andamos pelo mundo na defensiva, tomando cuidado para que nada do que aconteceu anteriormente volte a acontecer. Voltamos nosso olhar para o retrovisor da nossa memória, revendo o ontem, tentando obter o máximo de aprendizado para estarmos preparados para o que pode acontecer.

Se você passou por um episódio negativo, complexo ou traumático, não fique obcecado em ser forte: pense em ser flexível. A tentação de se colocar na defensiva pode ser muito grande, protegendo-se para que nada levante o curativo de onde houve a ferida.

 “Aquele que vence os outros é forte. Aquele que vence a si mesmo é poderoso”.
-Lao Tse-

Você já aprendeu a ser forte, mas agora é hora de ser feliz

O equilíbrio cotidiano nos ensina, assim como nossas vivências e relações, e cada coisa que lemos e que descobrimos a cada instante. No entanto, há um fato no qual devemos nos aprofundar: as pessoas que passaram por um acontecimento traumático nem sempre sabem se dar novas oportunidades para alcançar a felicidade. É como se saíssem todos os dias com um enorme guarda-chuva, mesmo que nada pareça indicar que vai chover.

Antístenes, filósofo grego e fundador da escola cínica, dizia que um de nossos propósitos deve ser fazer da nossa alma uma força inexpugnável. Mas qual é a utilidade de nos transformarmos em uma muralha grandiosa e intransponível? A luz raramente passa por uma parede de pedra, nada se pode ver através dela e, o que é pior, sua entrada é intransponível para aqueles que desejam nos conhecer.

Portanto, quem desenvolve uma obsessão por ter uma personalidade forte acaba vivendo sempre na defensiva pelo medo de ser ferido novamente. Essa não é a melhor estratégia. Porque a felicidade não harmoniza com o medo, nem com quem acumula um excesso de mecanismos de defesa.

Você pode ser feliz: agora você sabe quais são suas prioridades de vida

O mundo está repleto de rostos com sorrisos amarelos e gurus que prometem nos entregar os segredos para nos realizarmos como seres humanos.

Quem passou por momentos complicados e até traumáticos nem sempre encontra ajuda nesses livros ou manuais. Especialistas no tema, como os psicólogos Jerome Wakefield, da Universidade de Nova York, e Allan Horwitz, da Universidade Rutgers, escreveram um livro intitulado The Loss of Sadness (A perda da tristeza). Eles falam exatamente sobre aspectos muito interessantes relacionados com esse tema.

Hoje em dia, há uma prioridade excessiva em relação à obrigação de “ser feliz”. Tanto que esses especialistas afirmam que estamos nos desvirtuando e deixando de lado nosso repertorio emocional, realidades como a angústia, o medo ou a tristeza.

Assim, quem passou pela adversidade acumula, em maior grau, esses estados internos. Então, como ser feliz? O que essas pessoas podem fazer para alcançar o bem-estar?

Acreditem ou não, essas pessoas têm uma vantagem muito particular. Quem não passou por dificuldades na vida costuma ter fantasias um pouco idealistas (ter um(a) parceiro(a) perfeito(a), ter um ótimo trabalho, fazer uma viagem incrível…).

No entanto, quem aprendeu a ser forte valoriza aspectos muito mais básicos: a calma, o equilíbrio, o carinho das pessoas amadas, estar bem consigo mesmo…

Todas essas dimensões realmente constroem os pilares da autêntica felicidade.

O segredo do bem-estar, na verdade, é uma combinação inteligente de muitos segredos

A vida te fez forte e, agora, é hora de ser feliz. Você passou por diferentes tempestades, por mudanças de sentido, às vezes bruscas, em sua trajetória de vida. E, de fato, olhe para si! Você se tornou alguém que sabe ser forte como o grafeno.

No entanto, você deve acrescentar outras propriedades a esse material que agora te reveste. Uma delas é a flexibilidade, outra é ser receptivo, aceitar a mudança, e trabalhar sua abertura para o que está ao seu redor para continuar se encontrando e encontrando aquilo que combina com você.

No meio desse percurso, existe um segredo que te permitirá trabalhar sua felicidade. Esse componente talvez seja o mais importante. Viktor E. Frankl, em sua época, falou dele em seu famoso livro O homem em busca de um sentido. Nós nos referimos, naturalmente, a encontrar um propósito para nossas vidas. 

É dar a ela um significado, uma força motivadora e intrínseca que motive nossos sonhos. Esse motor interno deve funcionar como um impulso todas as manhãs para que continuemos nos superando, estabelecendo metas a conquistar no horizonte e tomando como base o que é significativo para nós. Vamos trabalhar nisso.

amenteemaravilhosa.

Anúncios
Publicado em Comportamento | Marcado com , , , , , , , , , , , , | 8 Comentários

Variante ômicron: 4 hábitos comuns que transmitem o vírus

variante ômicron é um vírus que pode ser transmitido de forma direta e indireta com alguns hábitos.

Além disso, poucas pessoas sabem, por razão é importante ficar atentos para prevenir e combater esse vírus.

variante ômicron deixou o mundo todo em estado de alerta, pois com a circulação de um vírus, é comum que ocorram mutações ao longo do tempo.

No entanto, o que se sabe até o momento é que essa evolução ocorreu em países com baixa cobertura vacinal, e ainda não se sabe qual será o comportamento dela em populações com alta cobertura vacinal.

Sobretudo, estudos estão sendo realizados diariamente com o objetivo de fornecer maiores informações sobre a transmissão, sintomas e diagnóstico.

A ômicron é uma variante com 50 mutações, sendo 30 delas na espícula viral (proteína S), fato que causou grande preocupação e rapidamente ocasionou sua classificação como VOC (variante de preocupação) pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Além disso, as mutações ocorrem devido as mudanças constantes de um vírus, sendo comum que ocorram com o tempo quando se trata de infecções virais.

Portanto, é importante saber os hábitos comuns que transmitem o vírus e evitar a propagação. [1]

Hábitos comuns que transmitem a variante ômicron:

Além disso, a ômicron é uma infecção respiratória aguda causada pelo coronavírus,  de elevada transmissibilidade e de distribuição global.

De acordo com as evidências mais atuais, o SARS-CoV-2, da mesma forma que outros vírus respiratórios, é transmitido principalmente por alguns hábitos como pro exemplo:

  • Esfregar os olhos sem antes de lavar as mãos:

Embora a principal via de contágio seja respiratória, a variante ômicron também pode ser transmitida por meio ocular, ou seja, tocar ou esfregar a mão contaminada nos olhos.

No entanto, isso é possível porque o vírus é transmitido de forma direta e indireta, digamos que a pessoa toca em uma superfície contamina e logo após coloca as mãos nos olhos, nariz ou boca automaticamente já esta contaminado com o vírus.

  • Espirros e tosse:

O vírus também pode se propagar de pessoa para pessoa por meio de gotículas do nariz ou da boca que se espalham quando alguém contaminado tosse ou espirra.

No entanto, a maioria dessas gotículas cai em superfícies e objetos próximos, como mesas ou telefones.

Um outra forma de contagio bem comum é respirar as gotículas provenientes da tosse ou espirro de uma pessoa que está com o vírus. [2]

  • Toque ou aperto de mão:

A variante ômicron pode ser transmitido por contato durante um aperto de mão ou com objetos e superfícies contaminados seguido do toque nos olhos, nariz ou boca. [3]

  • Ficar próximo de alguém sem proteção facial:

Além disso, ficar próximo de alguém sem proteção de mascara pode ocorrer contaminação da variante ômicron.

Isso porque o vírus pode ser transmitido por meio da exposição de gotículas respiratórias quando uma pessoa infectada tosse ou espirra.

A transmissão por aerossol podem permanecer suspensas no ar, serem levadas por distâncias maiores que 1 metro e por períodos mais longos (geralmente horas).

Formas de prevenção da variante ômicron:

– Lave as mãos com água e sabão com frequência, ou se não houver água e sabão use um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evite contato próximo de pessoas doentes;
– Ficar em casa quando estiver doente, assim evita a propagação do vírus.
– Evite tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos sem serem lavadas;
– Evite o compartilhamento de copos, pratos ou outros objetos de uso pessoal;
– Cubra a boca e nariz com um lenço de papel, ao tossir ou espirrar após, jogue o papel no lixo e higienizar as mãos;
– Limpe e desinfete os objetos e superfícies que sejam tocadas com frequência por várias pessoas. [4]

Referências:

↑1https://g1.globo.com/saude/coronavirus/noticia/2021/11/29/omicron-o-que-se-sabe-sobre-a-nova-variante-do-coronavirus.ghtml
↑2, ↑4https://bvsms.saude.gov.br/novo-coronavirus-covid-19-informacoes-basicas/
↑3https://www.cmi.rj.gov.br/detalhe-da-materia/info/saiba–o-que-e-covid-19-como-e-transmitido-como-se-proteger-e-a-vacinacao-completa/18680

beneficiosnaturais

Anúncios
Publicado em covid-19, Saúde | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , | 15 Comentários

Exagerou? Aprenda a se livrar das toxinas no organismo de maneira saudável

Por mais que você mantenha uma dieta balanceada e rica em alimentos naturais e integrais, de vez em quando é possível que você acabe exagerando, seja em um almoço especial ou na comemoração de um aniversário, e consumindo substâncias que são tóxicas. Pensando nisso, separamos alguns sintomas de intoxicação e, claro, ideias para montar seu plano detox para que seu corpo fique saudável novamente.

É importante lembrar que não existem dietas milagrosas, mas sim uma educação alimentar que pode ajudar você a manter hábitos saudáveis e a preferir ingredientes naturais na maior parte do tempo. É disso que você precisa, na verdade, para uma saúde em equilíbrio, e um pequeno plano detox pode ser uma ótima forma de começar.

O que é organismo intoxicado e como funciona a dieta detox?

O consumo frequente e/ou em excesso de substâncias que fazem mal ao corpo (nitritos, nitratos, aminas, glicosídeos e inúmeros compostos fenólicos) prejudica diretamente o funcionamento das mitocôndrias, que são as organelas responsáveis pelos mecanismos de respiração celular.

Quando isso acontece, as mitocôndrias começam a produzir os famosos radicais-livres, que são conhecidos pela capacidade que têm de causar doenças degenerativas. Esses radicais atrapalham o funcionamento das células e isso acaba intoxicando o corpo, exigindo mais esforço de órgãos importantes para a eliminação de toxinas: rins e fígado.

Quando seu corpo está intoxicado, ou seja, com excesso de substâncias nocivas, você pode apresentar alguns sinais clássicos:

  • Cansaço constante: é quando você sente indisposição mesmo depois de uma boa noite de sono e vive à base de estimulantes para dar conta do que precisa ser feito ao longo do dia. Essa fadiga também pode indicar desequilíbrio hormonal e baixo funcionamento do sistema imunológico.
  • Ganho de peso mesmo fazendo dieta: se você tem ganhado peso mesmo mantendo uma boa alimentação e praticando exercícios físicos, isso pode indicar que as toxinas causaram um desequilíbrio hormonal que resultou em ganho de peso.
  • Mau hálito: quando você tem mau hálito mesmo fazendo a higiene bucal de forma adequada, é provável que haja algum problema com o funcionamento do seu fígado, que pode estar trabalhando muito para se livrar das toxinas.
  • Constipação intestinal: quando o intestino não está funcionando como deveria, você acaba absorvendo as toxinas que já deveriam ter sido eliminadas com o bolo fecal. A constipação intestinal pode provocar dores de cabeça, musculares, de estômago e fadiga.
  • Problemas de pele: o aparecimento de acne, reações alérgicas e erupções cutâneas pode estar ligado com o excesso de substâncias tóxicas no corpo. O mesmo vale para olhos inchados, coceiras e crises de psoríase.

Se você se identificou com os sintomas acima, é importante seguir alguns passos e criar um plano de dieta detox para limpar seu corpo e voltar a se sentir bem. Confira:

Melhore a alimentação

Inclua em sua dieta produtos como castanhas e nozes, que são ricos em vitamina E, ômega-3, cálcio, magnésio, zinco, selênio, cobre e manganês. Não deixe de comer hortaliças como agrião, couve, couve-flor, brócolis, repolho, nabo, rabanete e rúcula, que têm ação anti-inflamatória e antioxidante (enfraquece a ação dos radicais-livres).

Coma também frutas que hidratam, como melancia, laranja, limão e abacaxi, pois elas melhoram o funcionamento dos rins. Você também pode inserir o gengibre em suas receitas, já que essa raiz tem ação adstringente e ajuda diretamente na desintoxicação do fígado.

Evite o consumo de bebidas alcoólicas

O álcool aumenta a produção de urina de uma forma diferente de quando você consome água ou frutas aquosas. Ao ir várias vezes ao banheiro depois de tomar muita cerveja, por exemplo, você elimina toda a água da bebida e seu corpo fica com o etanol, que desidrata seu organismo. Quando os rins ficam sem água torna-se difícil trabalhar normalmente.

Aumente sua ingestão de água

Tomar água é sempre um bom negócio. A água hidrata o corpo, melhora a circulação sanguínea e isso ajuda a purificar o sangue. Os rins também trabalham melhor quando você bebe água e, como você deve lembrar, esses órgãos em formato de feijão têm a função justamente de eliminar as toxinas do corpo.

Evite comidas doces e muito salgadas

Altas taxas glicêmicas no sangue estão relacionadas com doenças cardiovasculares e diabetes; e o sal, rico em cloreto de sódio, provoca retenção de líquido e desidratação.

Prefira alimentos orgânicos

Sem agrotóxicos, as versões orgânicas de alimentos comuns acabam colaborando com a limpeza do corpo e também trazem a sensação de bem-estar.

Consuma alimentos integrais

Alimentos integrais são ricos em fibras, além de outros elementos que fazem bem ao corpo. As fibras são ótimas aliadas do bom funcionamento intestinal, mas é importante se lembrar de tomar bastante água ao longo do dia para que elas cumpram o seu papel.

Planejar uma dieta detox é muito mais simples do que parece, basta seguir as recomendações acima na hora de fazer suas compras no supermercado e preparar suas refeições. Dentro de alguns dias você vai começar a sentir os efeitos dessas mudanças: mais disposição, uma pele melhor e mais bonita, funções intestinais reguladas, boa qualidade de sono e bom humor.

Investir em sua saúde e dar mais atenção aos alimentos que consome é uma atitude que só traz consequências positivas. Tendo esse cuidado, seu corpo terá mais capacidade para se recuperar sem afetar a sua disposição física e o seu humor, inclusive nos dias de festa, quando é normal consumir alimentos e bebidas nem tão saudáveis.

Pitaco: Foram citados alguns sintomas físicos de intoxicação, vale frisar que, caso você os tenha e não veja melhora com a mudança na dieta, é sempre recomendado buscar uma opinião médica.

ser.vitao

Anúncios
Publicado em Dicas, Saúde | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 11 Comentários