Problemas resultantes do excesso de vitaminas

As vitaminas são muito utilizadas por aqueles que desejam equilibrar a alimentação em busca da boa saúde. Mas é importante se atentar em ingeri-las na quantidade correta.

Os suplementos, na maior parte das vezes, são receitados por médicos para pessoas que possuem alguma deficiência de determinada vitamina no seu organismo. Porém, a maioria das pessoas estão buscando fontes naturais, focando na ingestão de frutas, legumes, entre outros.

E para não ter problemas resultantes do excesso de vitaminas, é importante seguir a orientação de um especialista. Com o intuito de cuidar melhor da ingestão de alimentos, selecionamos aqui alguns desses principais problemas. Confira!

Cuidado com o excesso de vitaminas

Muitas pessoas não sabem, mas há um certo risco de ingerir determinas vitaminas, e quantidades elevadas. Isso se forem tomadas de forma irregular ou sem a orientação de um médico.

Portanto, neste artigo iremos apontar alguns problemas que são resultantes do excesso de vitaminas. Fique atento!

1. Hipervitaminose A

O termo hipervitaminose está relacionado diretamente com a excessiva ingestão de vitaminas. Esse excesso é classificado de acordo com cada vitamina. A primeira a ser abordada será a A.

Existem três formas de manifestar os sintomas da hipervitaminose A. A primeira delas é o embaçamento da visão, perda de pelos, perda de apetite e fraturas ósseas fazem parte das manifestações agudas.

Outra forma é a crônica, podendo vir a se tornar doença óssea e outras determinadas fraturas.

2. Hipervitaminose B

A ingestão excessiva da vitamina B se trata de reações alérgicas, convulsões e podendo até vir a ter óbito por paralisia respiratória.

3. Hipervitaminose C

O consumo exagerado da vitamina C pode vir a resultar em cólicas, dor abdominal e diarreias, por ela ser absorvida no intestino. Estudos também demonstram que a hipervitaminose C pode causar o aparecimento de pedras no rim e cálculos renais.

Na grande parte dos casos ingerir cápsulas de vitamina C não é necessário, pois ela já está presente nos alimentos bases que nós consumimos em uma quantidade suficiente. Porém, se ainda assim for necessário a suplementação, o que pode ser recomendado pelo especialista é de 75 mg para mulheres e 90 mg para homens. Lembrando da importância de se consultar com um especialista.

4. Hipervitaminose D

A vitamina D é fundamental para a regulação de cálcio no organismo. Porém, o seu consumo excessivo pode trazer graves riscos à saúde.

De acordo com a SBEM-SP (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Regional) a hipervitaminose D pode resultar em calculose renal e perda da função renal, além da perda óssea.

Ainda de acordo com a SBEM, o consumo máximo de suplementação da vitamina D é de 20 ng/Ml. Já para pessoas deficientes, esse valor é um pouco maior, sendo de 30 e 60 ng/Ml.

5. Hipervitaminose K

Se comparada com as outras hipervitaminoses, a da vitamina K é a menos comum de acontecer, porém não impossível. Sua suplementação excessiva pode vir a causar alguns sintomas como anemia e doenças hepáticas.  Em crianças pode ser que cause algum tipo de dano cerebral.

O importante é que, para o consumo de qualquer vitamina, o ideal é ter a indicação de um especialista, tanto para aqueles que têm alguma deficiência, quanto para aqueles que querem agregar à sua rotina alimentar.

Considere marcar uma consulta com um nutricionista ou outros profissionais especializados, conforme as coberturas do plano de saúde oferecer. Se houver a necessidade, não deixe de agendar consulta particular, mas caso não seja possível, converse com seu clínico geral. Só não faça uso de suplementos alimentares sem indicação, a fim de evitar o excesso de vitaminas.

Então, perceberam quantos problemas podem vir a ocorrer com o consumo exagerado de vitaminas?

Por: Andreia Silveira, editora no site PlanodeSaude.net.

Publicado em Dicas, Saúde | Marcado com , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Confira 10 sites com cursos grátis para fazer durante a quarentena

Durante a pandemia do Coronavírus, o que é mais difícil é manter a mente ativa e saudável durante os dias em casa. Exercícios físicos, meditação e livros são formas de se distrair, mas podemos aproveitar esse tempo útil para aprender coisas novas. Para isso, selecionamos uma lista de sites que oferecem cursos grátis online para fazer durante a quarentena. Vai ser difícil escolher um só! Confira abaixo:

1. Perestroika 

A “Escola de atividades criativas” disponibilizou o curso “Clip”, que fala um pouco sobre colaboratividade, economia criativa e rede, mas a partir do olhar do indivíduo, para aprender a lidar e resolver conflitos e situações delicadas. É um curso voltado para pessoas que desenvolvem projetos em equipes… Então, por que não saber como liderar melhor o seu time? Além do “Clip”, todos os cursos da Perestroika estão com 30% de desconto para quem se inscrever até dia 19/04 utilizando o cupom VAILAEFICA.  Clique aqui para saber mais.

2. Domestika

Para quem gosta de criatividade e atividades manuais, os cursos da Domestika são perfeitos. A plataforma oferece aulas gratuitas de introdução à fotografia, técnicas básicas de bordado, ilustração, design e impressão 3D e até blogging! A lista de todos os cursos você pode conferir aqui.

3. Faber-Castell

A marca de lápis-de-cor mais conhecida está disponibilizando todos os cursos do site gratuitamente até o dia 19/04! São diversas opções para crianças e adultos, como composição, lettering, desenvolvimento de personagens, desenho e muito mais! Clique aqui para ver a lista.

4. Senai

Para quem quer melhorar o currículo em época de quarentena, o Senai oferece 16 cursos online grátis, como empreendedorismo, educação ambiental, segurança do trabalho e desenho arquitetônico. Para se inscrever, você precisa ter mais de 14 anos e, no mínimo, o 6º ano do ensino fundamental. Saiba mais neste link.

5. Udemy

O Udemy já é uma plataforma conhecida para quem gosta de fazer cursos online. O site oferece 20 cursos online grátis sobre liderança, Excel, WordPress, entre outros. Veja aqui todos os cursos.

6. FGV

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) está oferecendo 60 cursos online gratuitos, de curta e média duração nas áreas de Direito, Marketing Administração e Finanças. Basta escolher a sua cidade e a área de interesse. Veja a lista aqui.

7. Sebrae 

A plataforma do Sebrae está com uma lista de cursos gratuitos nas áreas de empreendedorismo (tanto para quem tem um negócio como para quem quer abrir um negócio), leis, finanças, planejamento, gestão de pessoas, vendas e outras. Os cursos possuem carga horária e prazo para conclusão diferenciados. Saiba mais aqui.

8. Harvard

A famosa Universidade Harvard, nos Estados Unidos, liberou mais de 100 cursos gratuitos (totalmente em inglês) em sua plataforma online para diversas áreas. Entre elas, estão: Artes e Design, Ciências Sociais, História e Ciência Ambiental. Os cursos podem ser acessados diretamente no site da universidade.

9. LinkedIn

O LinkedIn liberou gratuitamente o conteúdo chamado “Trabalho Remoto: Colaboração, foco e produtividade”. São mais de 10 tópicos de estudo com professores, escritores e especialistas de diversas áreas, somando mais de 10 horas de curso. Para acessar o conteúdo, basta ir ao site do LinkedIn e escolher o tópico que você quer estudar.

10. IFRS

O Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) também disponibilizou diversos cursos online de diferentes áreas – a lista completa de opções está no site. Para escolher o curso e se inscrever, acesse o portal de cursos do IFRS.

Pitaco: Em tempos de pandemia, quanto mais ficar em casa, melhor, certo? Então, enquanto não podemos voltar para rotina normal de estudo e trabalho por causa do novo coronavírus, a melhor saída é se adaptar à nova realidade e aproveitar as oportunidades que surgirem.

Fontes: Guia do Estudante / Seleções

Publicado em Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , | 13 Comentários

5 efeitos psicológicos da quarentena e como lidar com eles

Os efeitos psicológicos do confinamento podem piorar com o passar dos dias. É necessário saber quais estratégias e abordagens mentais devemos ter para lidar melhor com essa circunstância, ajudando a nós mesmos e também aos outros.

Vários países já aplicaram medidas de confinamento para a população. É verdade que alguns fazem isso de maneira flexível e outros com protocolos mais rígidos. O objetivo não é outro senão proteger a nós mesmos e reduzir a taxa de infecções pelo coronavírus. No entanto, há também um fator decisivo que deve ser abordado: os efeitos psicológicos da quarentena por COVID-19.

Para enfrentar o dia a dia da melhor maneira, não há outra opção além de se conscientizar e adotar uma série de estratégias mentais. Não existe uma receita magistral que possa servir a todos nós, especialmente porque cada pessoa terá que passar por circunstâncias muito particulares.

As únicas referências científicas de que dispomos sobre casos semelhantes foram publicadas há alguns dias na revista The Lancet. Neste trabalho, especialistas analisaram as quarentenas realizadas nas últimas décadas como efeito do SARS, em 2003, do Ebola, da influenza A (H1N1) e do MERS, que ocorreu no Oriente Médio. Em todas essas experiências relativamente recentes, os efeitos da angústia psicológica foram evidentes.

Portanto, é necessário conhecê-las para tentar enfrentá-los, gerenciá-las e reduzir seu impacto. Com informações e ferramentas, todos nós, nos apoiando mutuamente, poderemos suportar muito melhor esses dias.

Pandemia de coronavírus

5 efeitos psicológicos da quarentena

Ninguém nos preparou para uma pandemia. Também é verdade que há momentos em que experimentamos uma sensação de irrealidade; vemos o mundo pela janela e custamos a aceitar que o que está acontecendo é real.

Sentir isso é completamente normal e mais uma fase nesse processo tão delicado que é a aceitação. Devemos assumir que estamos diante de um momento complicado e, acima de tudo, inesperado.

Isso significa que por não termos passado por isso antes nos sentimos menos preparados? A resposta é não. Estamos preparados para quase tudo, desde que aceitemos a realidade.

A melhor defesa contra qualquer circunstância adversa é a informação e a capacidade de reagir. Vejamos, portanto, quais são os efeitos psicológicos da quarentena que podemos sofrer e o que fazer diante deles.

1. A angústia causada pela incerteza: quanto tempo isso vai durar?

O pior inimigo em tempos de adversidade é a incerteza, o fato de não saber o que vai acontecer. No momento, não sabemos quantos dias ou semanas nosso confinamento pode durar para achatar a curva de contágio. Portanto, devemos levar em conta as seguintes dimensões:

  • A ansiedade se alimenta da dúvida e da incerteza. Se nos perguntarmos continuamente quanto tempo isso pode durar, a angústia será maior. Não devemos alimentar a mente ansiosa.
  • Lembremos a razão pela qual estamos em quarentena: reduzir o contágio, proteger a nós mesmos e as pessoas mais vulneráveis.
  • Devemos nos concentrar no momento presente. É a única coisa que importa, o aqui e o agora, cuidar de nós mesmos.
  • Ocupemos nossa mente para focarmos no momento presente: Ler, assistir séries, filmes, montar quebra-cabeças, conversar com amigos, familiares…

2. Medo de ser infectado, medo de perder alguém que amamos

Um dos efeitos psicológicos mais evidentes da quarentena é o medo de ser infectado. Além disso, às vezes é ainda mais assustador pensar que alguém próximo e vulnerável pode ser infectado. Como controlar esses pensamentos?

  • Precisamos aceitar esse medo e validá-lo, mas sem entrar em pânico: a doença é contagiosa e há perdas. No entanto, uma vez que que assumimos esse fato, dispomos de mecanismos para enfrentá-lo melhor.
  • Devemos tomar as medidas necessárias para evitar o contágio, mas sem ficar obcecados, sem que isso nos leve a comportamentos obsessivo-compulsivos. Da mesma forma, reduzir (na medida do possível) o medo de que pessoas próximas sejam infectadas se baseia na mesma estratégia: protegê-las e lembrá-las de cuidar de si mesmas.
  • Por outro lado, se você testar positivo para o COVID-19, lembre-se de que, em boa parte dos casos, a doença pode ser transmitida em casa ainda que as medidas de isolamento apropriadas sejam tomadas. Devemos estar cientes dos sintomas o tempo todo.

3. Estresse por falta de contato social

Os seres humanos são seres sociais acostumados a hábitos e rotinas. Quando isso se quebra repentinamente, o cérebro dispara um alarme e experimenta um alto nível de estresse.

Essa mudança abrupta e inesperada pode ser bem administrada por 5 ou 10 dias. No entanto, após 12 dias, podemos sentir como a angústia aumenta.

Sentimos falta de pessoas, dos familiares que não estão perto de nós. Ansiamos por nossas rotinas. O que podemos fazer diante disso?

  • Nessa situação, a tecnologia está a nosso favor. As ligações telefônicas, as mensagens e as videochamadas são as nossas melhores aliadas.
  • Por outro lado, para aliviar a angústia que o cérebro experimenta quando seus hábitos são quebrados, é essencial ter rotinas claras em relação ao trabalho em casa, ao lazer, ao descanso e aos exercícios físicos.

4. Efeitos psicológicos da quarentena: o que será de mim quando isso acabar?

O fim desta pandemia dará início à era pós-coronavírus. Um dos efeitos associados à quarentena é nos perguntar o que será de nós. Perderei meu emprego? O que será da economia global? E se eu perder um ente querido, o que farei? 

A angústia psicológica em relação ao futuro pode ser imensa. Devemos racionalizar, evitar pensar em eventos negativos que ainda não aconteceram.

Lidar com um confinamento requer controlar nossa mente, e isso, mais uma vez, envolve prender-se ao momento presente. Lembremos: a única coisa que importa agora é cuidar de nós mesmos para cuidar de outras pessoas.

Mãe brincando com os filhos

5. O peso da convivência em casa ou do isolamento solitário

Nós sabemos disso: ficar em quarentena em casa com outros membros da família pode ser uma bênção ou uma maldição. Não é fácil ficar juntos por tanto tempo; se tivermos filhos, devemos entretê-los para evitar o tédio e despertar sua alegria em dias difíceis.

A chave nessas circunstâncias é a atitude. Mantenhamos uma abordagem construtiva e positiva para fortalecer ainda mais os laços com os nossos familiares.

Usemos também a criatividade para que cada dia seja único. Estarmos juntos e cuidarmos uns dos outros é o melhor que podemos fazer. Por outro lado, também vale lembrar que muitas pessoas passam esses dias em solidão.

Nesse casos, é vital fortalecer o contato por meio da tecnologia. As conversas, as mensagens e as videochamadas devem ocupar uma parte do seu tempo para que você se sinta conectado, apoiado e amado à distância.

Pitaco: Sabemos que essa situação exigirá o melhor de nós mesmos. Portanto, estejamos preparados, consideremos os efeitos psicológicos da quarentena e aprendamos a gerenciá-los.

amenteemaravilhosa

Anúncios

Publicado em Comportamento | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , | 32 Comentários

Coronavírus: cuidados para o bem-estar dos pets

Diante da pandemia do novo coronavírus (SARS-Cov-2), que causa a Covid-19 e vem se instaurando no Brasil, o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) manifesta a necessidade de cautela nas decisões e destaca o papel do médico-veterinário como parte integrante do Sistema de Saúde Única, que envolve o ser humano, os animais e o meio ambiente.

“A relação homem/animal, intensa em todo o mundo e no Brasil, nos faz considerar que os estabelecimentos veterinários são responsáveis pela saúde animal, considerados essenciais para a harmonia dessa convivência”, afirma Wanderson Ferreira, médico-veterinário e tesoureiro do CFMV, pós-graduado em Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais.

Nessa mesma perspectiva, a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) e a Associação Mundial de Veterinária (WVA) emitiram nota defendendo que os serviços veterinários e de nutrição animal são essenciais para a saúde pública, especialmente na prevenção de doenças, no gerenciamento de emergências e enfrentamento de pandemias, como a que ocorre atualmente.

A partir desse posicionamento e com a autorização dos governos estaduais, o CFMV reforça que, por enquanto e até segunda ordem, os médicos-veterinários cumpram seu papel como profissionais de saúde e mantenham o atendimento normal em clínicas e hospitais veterinários, com algumas ressalvas que devem ser consideradas:

– CONSULTAS VETERINÁRIAS: atendimento preferencialmente agendado, com a presença de apenas um responsável (tutor), para evitar a concentração excessiva de humanos nos ambientes de espera.

– HIGIENIZAÇÃO: adoção de regras básicas de higiene e assepsia pessoais e do ambiente, antes e após cada atendimento. Usar o máximo de descartáveis (jalecos, luvas etc.). Consultas em domicílio devem seguir rigidamente essas normas de higiene e assepsia, além de manter um intervalo mínimo de duas horas entre os atendimentos.

– INTERNAÇÃO: desestímulo às visitas aos animais internados, oferecendo maior número de boletins médicos dos pacientes.

– PET-SHOPS: são muito importantes na nutrição dos animais, devendo manter estoque normal dos alimentos, evitando deslocamentos incertos dos tutores à procura da ração ideal para seu animal.

– ESTÉTICA ANIMAL: incentivo aos tutores a diminuir a frequência de banhos e tosas de seus pets, diminuindo a circulação das pessoas. Preferencialmente, realizar a higiene dos pets no próprio domicílio.

– PASSEIOS COM PETS: devem ser reduzidos, feitos em pequenas distâncias, apenas para atender às necessidades fisiológicas dos animais, também evitando concentrações em parques e praças.

– QUARENTENA E AS CLÍNICAS: o CFMV considera que os serviços clínicos veterinários são essenciais e devem ser mantidos à disposição da população, assim como os de nutrição animal, desde que reforcem os cuidados com a higienização a cada atendimento e organizem o agendamento das consultas com antecedência para evitar concentração excessiva de pessoas no mesmo ambiente.

Colaboração: médico-veterinário Roberto Lange, da Comissão Nacional de Estabelecimentos Veterinários (CNEV/CFMV)

TUTORES

Para esclarecer dúvidas gerais da sociedade e dos tutores, o CFMV divulga perguntas e respostas sobre o assunto.

O coronavírus é transmitido pelos animais? Devo evitar contato com os meus pets?

A Organização Mundial da Saúde (OMS) diz que, até o momento, não há evidência significativa de que animais de estimação possam ficar doentes ou transmitir o novo coronavírus.

Mesmo assim, a recomendação é de que pessoas infectadas evitem o contato com seus cães e gatos e também façam quarentena de convivência com eles.

Se o animal não transmite o novo coronavírus, nem pega a Covid-19, por que não posso ficar perto do meu pet se eu estiver com o coronavírus?

Realmente, não há comprovação científica de que o animal transmita o novo coronavírus (SARS-Cov-2), mas o tutor infectado, ao espirrar ou tossir, poderá espalhar partículas com vírus na pelagem do animal. Até o momento, não há informações de que o animal em si desenvolva a doença, mas se o pelo estiver contaminado e outra pessoa o tocar, não há garantia de que não haverá transmissão. Nesse momento de incertezas, todo cuidado faz a diferença para evitar o contágio.

Existe um coronavírus que atinge o cachorro?

SIM, existe o coronavírus canino, que atinge o trato gastrointestinal de cães, podendo desencadear um processo de diarreia e vômito. Mas o homem é resistente a esse vírus, que não tem nada a ver com o novo coronavírus, que causa a Covid-19 e ataca as vias respiratórias.

Tem vacina para o coronavírus de cachorro? Humanos podem tomá-la?

As vacinas múltiplas, como a V-8 e a V-10, imunizam o cachorro contra o corononavírus canino, que não é o mesmo que está se espalhando agora, causando a pandemia. Essas vacinas não podem ser aplicadas em humanos e não são eficazes contra a Covid-19.

Posso passear com o meu cachorro na rua?

Nesse período de contenção do novo coronavírus, a recomendação é que as saídas ao ar livre com os animais de estimação sejam curtas e objetivas, acompanhadas de apenas um responsável, apenas para atender às necessidades fisiológicas – sempre evitando contato com outros animais e pessoas, buscando os lugares menos aglomerados e os horários mais tranquilos.

Como devem ser as consultas veterinárias em domicílio?

Os médicos-veterinários devem redobrar os cuidados com a higiene; usar o máximo de material descartável possível, inclusive o jaleco; e reservar os resíduos para dar a destinação adequada, especialmente o material biológico. Assim como no atendimento em clínicas, orientar que apenas um tutor acompanhe a consulta para evitar concentração de pessoas.

Meu animal está internado. Posso visitá-lo?

Durante o período crítico de surto do novo coronavírus, recomenda-se que os tutores evitem visitar os animais internados. Também sugere-se que os serviços que não são de urgência e emergência sejam reprogramados, para não haver uma exposição desnecessária nesse momento crítico de propagação do novo coronavírus.

O médico-veterinário pode fazer atendimento a distância?

NÃO, o atendimento a distância continua proibido, conforme determina o Código de Ética do Médico-Veterinário. A consulta clínica deve ser presencial, seja no consultório ou em domicílio, mas sempre que possível, de forma restrita, individualizada, reduzindo aglomerações.

Como deve ser a higienização dos estabelecimentos veterinários?

Os médicos-veterinários devem ser mais severos com a higienização dos ambientes, limpando o recinto a cada atendimento. Limpar, principalmente, o mobiliário e os utensílios que tiveram contato direto com o animal ou com o tutor, como mesas, bancadas, instrumentos, cadeiras e tudo o que foi utilizado durante o atendimento dos pacientes. As recepções também devem intensificar a limpeza.

Não abandone os animais

O abandono de animais é inaceitável e já era um problema de saúde pública no Brasil antes mesmo da ameaça do novo coronavírus (SARS-Cov-2), uma vez que cachorros e gatos errantes, sem vacinação e cuidados de saúde, além de indefesos, são potenciais transmissores de zoonoses, aquelas doenças transmitidas de animais para seres humanos, como raiva, leishmaniose, leptospirose, toxoplasmose e outras. Como afirmado anteriormente, não há ainda relação de transmissão da Covid-19 por animais. Dessa forma, reforça-se a necessidade de que as pessoas pratiquem a guarda responsável, cuidem da saúde dos seus pets e mantenham as medidas necessárias para evitar a propagação de doenças.

Conselho Federal de Medicina Veterinária

Publicado em Achado, Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , | 27 Comentários

Coronavírus: como diferenciar sintomas da covid-19 de uma gripe, um resfriado ou uma rinite?

Com a disseminação do novo coronavírus no Brasil se intensificando às vésperas do outono, aumentaram as dúvidas sobre os sintomas da doença covid-19, que, na maioria dos casos, são semelhantes aos de uma gripe comum.

No Google, termos como “coriza” e “espirro” também têm sido mais buscados em associação com a expressão “sintomas do coronavírus” no último mês, o que pode indicar uma confusão também entre a covid-19 e outras síndromes respiratórias brandas como o resfriado e a rinite alérgica.

“As pessoas precisam estar cientes de que a covid-19 é realmente um tipo de gripe, então ela tem realmente muitos sintomas em comum”, disse à BBC News Brasil o infectologista da Fiocruz Recife Paulo Sergio Ramos.

“Mas elas precisam ficar atentas para uma possível dificuldade de respirar. Isso sinaliza que a doença pode estar se complicando, e aí é necessário buscar um serviço de saúde.”

No Brasil, as pessoas não devem procurar unidade de saúde se tiverem apenas tosse, apenas coriza e mal-estar ou sensação de moleza no corpo ou apenas febre, segundo o Ministério da Saúde.

E quem precisa ir ao hospital? Só quem apresentar os sintomas mais graves, como dificuldade para respirar, respiração curta ou falta de oxigenação — que já podem ser sinais de pneumonia, um dos estágios mais graves da covid-19.

As autoridades alertam, no entanto, que é preciso se informar sobre os protocolos de saúde do seu Estado ou município.

Como diferenciar?

A doença que o vírus Sars-Cov-2 provoca, a covid-19, é uma infecção respiratória que começa com sintomas como febre e tosse seca e, ao fim de uma semana, pode provocar falta de ar.

De acordo com uma análise da OMS baseada no estudo de cerca de 56 mil pacientes na China, 80% dos infectados desenvolvem sintomas leves (febre, tosse e, em alguns casos, pneumonia), 14% têm sintomas graves (dificuldade em respirar e falta de ar) e 6%, quadros críticos (insuficiência pulmonar, choque séptico, falência de órgãos e risco de morte).

Entre os sintomas apresentados pelos pacientes, os mais comuns são a febre (cerca de 88% dos casos), a tosse seca (quase 68%) e a fadiga (38%). A dificuldade de respirar aconteceu em quase 19% dos pacientes, enquanto sintomas como dor de garganta e dor de cabeça atingiram cerca de 13%. Já a diarreia foi um sintoma de apenas 4% das pessoas com o novo coronavírus.

No entanto, um levantamento com mais de 2 mil pacientes chineses publicado nesta semana na revista científica Pediatrics indica que os sintomas digestivos, como diarreia, vômitos e dores abdominais, apareciam com frequência em crianças infectadas pelo coronavírus.

Mas, nessa época do ano, também é comum apresentar tosse, febre, dores na garganta e na cabeça e sensação de fadiga por causa dos vírus da influenza, que provocam as gripes comuns.

De acordo com os especialistas, os sintomas devem ser monitorados e, caso permaneçam leves, podem ser tratados em casa.

No entanto, é preciso ter especial atenção a idosos e pessoas com baixa imunidade, mais vulneráveis ao novo coronavírus, e consultar um médico em caso de dúvidas.

“A gripe normalmente é a única que nos faz sentir dores musculares. E costuma durar entre três e cinco dias. Essas podem ser indicações de que se trata de um vírus comum”, disse à BBC Brasil Heloisa Ravagnani, presidente da Sociedade de Infectologia do Distrito Federal.

No caso do resfriado, os sintomas costumam ser ainda mais brandos e, em geral, apenas respiratórios — coriza, congestão nasal, tosse e dor de garganta, mas nem todos ocorrem ao mesmo tempo.

“Caso a pessoa esteja tossindo e tenha outros sintomas leves, não deve esquecer de usar máscara ao entrar em contato com outras pessoas e de higienizar bem as superfícies com as quais tiver contato. Ela pode não ter covid-19, mas, em um momento como esse, todo cuidado é bem-vindo”, diz a infectologista.

‘Não é corona, é rinite’

Nos últimos dias, alérgicos têm se justificado nas redes sociais pela frequência de espirros, ou expressado confusão com os sintomas de rinite alérgica sazonal e da covid-19.

Os comentários renderam memes como a frase “não é corona, é rinite”, que já virou até proposta de camiseta para os período de distanciamento social imposto pela pandemia.

As síndromes respiratórias alérgicas, comuns em períodos como outono e primavera, podem provocar coriza e congestão nasal, comuns a gripes, resfriados e à covid-19. Mas são marcadas normalmente por espirros, e dificilmente provocam tosse ou febre, explica Paulo Sergio Ramos.

“O importante é que as pessoas, mesmo sofrendo de alergia, resfriado ou gripe comum, mantenham a etiqueta respiratória. Ou seja, mantenham distância de 1 metro de outros espirrando ou tossindo; ao tossir ou espirrar, utilizem o antebraço ou um lenço, que deve ser descartado; e lavem sempre as mãos após tossir ou espirrar, para evitar disseminar outros vírus no ambiente”, alerta.

Seguir estas regras também é importante pelo fato de que, de acordo com o mais amplo estudo já feito até agora sobre o novo coronavírus, realizado pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças da China, 80% dos pacientes terão apenas sintomas leves.

No entanto, há evidências científicas de que até mesmo uma pessoa sem sintomas pode transmitir o vírus.

Pitaco: Lave suas mãos, use lenços de papel para tossir e evite toca no seu rosto. É bem simples e fácil, são coisas que devem ser feitas todos os dias, todas as horas e a todo momento. Dessa forma você se protege e consegue proteger os que estão ao seu redor. Cuide-se.

Fonte: BBC

Publicado em Saúde | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , | 28 Comentários

Dicas para economizar em festas de aniversário

Uma festa de aniversário é um dia especial para comemorar a vida de alguém, seja o seu dia ou o dia de uma pessoa muito especial. Para tornar essa data inesquecível, sem muitos exageros e sem gastar muito, vamos te dar dicas cruciais para deixar a festa de aniversário com um custo benefício excelente, desde o convite e presente, até a comida e decoração.

As dicas que nós apresentaremos por aqui são interessantes para quem está montando a festa e também para quem será o convidado.

Faça o convite em casa

O convite de aniversário pode ser simples, com fotos e há vários modelos de convites prontos na internet, basta escolher aquele que tem mais a ver com você, com o tema e a decoração da festa.

Com o Adobe Spark você pode fazer online e gratuitamente o convite ideal para chamar todos os seus amigos e familiares e se não quiser gastar com a impressão, para economizar ainda mais, você pode enviar o convite através do e-mail ou das redes sociais.

Faça um cartão

Na hora de escolher o presente para dar de aniversário para uma pessoa especial, não precisa gastar muito, comprando um presente caro. Você pode confeccionar um cartão personalizado, que demonstrará todo seu amor e carinho pela pessoa.

Você pode fazer a mão, colar fotos, usar algum modelo de cartão de aniversário que tem na internet, decorar de várias formas e com vários materiais. Use sua criatividade para criar o cartão de aniversário perfeito para seu amigo ou familiar, escreva seus sentimentos sobre ela, suas qualidades, demonstra o quanto a pessoa é importante e especial para você.

Peça ajuda a sua família e amigos

Chame as pessoas mais próximas de você para ajudar nos preparativos. Podem decorar o ambiente utilizando materiais e decorações confeccionadas por vocês mesmo, confeccionar lembrancinhas, fazer as comidas, doces e bolo.

Tendo o auxílio dessas pessoas fica mais fácil organizar a festa, preparar o ambiente e as comidas para ter tudo perfeito na hora de comemorar.

Decoração da festa

Utilize elementos que você já possui em casa, reutilizar peças que você já utilizou em outras ocasiões. Na hora de comprar itens para decorar seu salão, procure objetos que tenham outras utilidades e que também possam ser utilizados na decoração da sua casa, assim não irá gastar com um objeto que será usado somente uma vez.

Você pode utilizar materiais reciclados, papéis e tecidos decorados, para compor a decoração do ambiente. Uma ideia é criar espaços no local da festa, com decorações planejadas e confeccionadas por você, para além de ter um gasto a menos, poder utilizar a decoração outras vezes e em outros locais.

Comida e bebida

Faça os doces em casa, se você tiver tempo e a habilidade necessária para cozinhar, é uma ótima opção para economizar e ainda manter uma alimentação saudável, sem falar que os doces ficarão ainda mais saborosos e farão o maior sucesso.

Outra forma é sugerir que cada leve o que deseja comer e beber, ou somente uma das opções, para que todos possam partilhar e aproveitar a festa. Assim seria uma forma de deixar a festa ainda mais econômica e ainda assim juntar todas as pessoas especiais.

Anúncios
Publicado em Achado, Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , , | 19 Comentários

Conheça as estratégias para lidar com a dor física

Existem muitas condições de saúde que incluem a dor entre os seus principais sintomas. A dor física causa sofrimento e pode ser tornar um fardo muito pesado. É importante saber que, além dos analgésicos, existem outras estratégias que ajudam a lidar com a dor física e que, eventualmente, podem substituir os medicamentos até certo ponto.

A Faculdade de Medicina da Universidade de Harvard demonstrou que a dor física está intimamente relacionada ao plano mental. Estudos indicam que a maneira como se experimenta a dor depende muito da personalidade, do estilo de vida, das emoções e experiências passadas de cada pessoa.

Cientistas já viram casos em que uma pessoa experimentou uma dor física por um tempo e depois melhorou. No entanto, ela continuou sentindo a dor apesar de estar “curada”. Isso ocorre porque o cérebro se acostuma a certas sensações e as reproduz automaticamente. 

Portanto, para lidar com a dor física, é essencial trabalhar também o plano mental ou psicológico.

Ninguém pode livrar os homens da dor, mas será bendito aquele que fizer renascer neles a coragem para a suportar”.
-Selma Lagerlöf-

A percepção mental da dor física

Não é incomum cometer o erro de tratar o corpo como se ele estivesse separado da mente. Os seres humanos não são apenas um substrato biológico. Nós temos um cérebro que interpreta e dá sentido a tudo o que ele experimenta. Como resultado, toda dor física envolve também a mente.

Cada um de nós tem um esquema mental em relação à dor. Quando ela surge, damos sentido a ela e formamos expectativas sobre o que ela representa. Também respondemos de uma maneira específica a ela. Isso determina a intensidade da dor e o limiar de tolerância.

O limiar da dor é um conceito que se refere à capacidade do ser humano de tolerar a dor física. Isso varia de uma pessoa para outra. Para algumas, a sensação de dor é muito intensa mesmo quando confrontada com estímulos mínimos. Outras pessoas podem tolerar estímulos de dor muito intensos. As diferenças individuais nessa variável dependem, em grande parte, do estado psicológico de cada pessoa.

Estratégias para lidar com a dor

Existem várias estratégias que se mostraram eficazes quando se trata de lidar com a dor física. Em um primeiro momento, trata-se de realizar práticas de relaxamento. Isso ajuda o corpo e a mente a alcançar um estado mais calmo, tornando a dor física mais tolerável.

As principais estratégias são:

  • Prática de respiração profunda. É a estratégia mais fundamental e também a mais simples; basta inspirar e expirar profundamente. É aconselhável acompanhar a inspiração com uma mensagem positiva e a expiração com uma frase para ajudar a expulsar a dor física.
  • Prática da atenção plena. Consiste em focar na dor e prestar muita atenção à maneira como ela se manifesta. Tente não interpretá-la ou rejeitá-la, mas simplesmente observá-la.
  • Meditação básica. Você deve focar a atenção no ritmo da sua respiração e segui-lo com a mente. Pense em um local tranquilo e fixe a imagem na mente. Se alguma distração aparecer, retorne a essa imagem.
  • Resposta de relaxamento. Você deve executar essa resposta nos momentos em que há dor que gera estresse. Consiste em fazer uma meditação básica, com o objetivo de desacelerar o coração e relaxar os músculos.

Outras práticas importantes

Para aumentar o grau de controle sobre a sensação de dor física, também é importante realizar outras ações, desta vez mais direcionadas para o externo do que para o interno. É sempre uma boa ideia desenvolver algum tipo de hobby relaxante. Caminhar, cuidar de plantas e pintar, entre outras atividades semelhantes, podem ser muito adequadas.

Ler também é uma atividade altamente recomendada, pois ajuda a aumentar a capacidade de concentração, o que é bastante útil para tolerar a dor. Da mesma forma, ajuda a controlar o estresse. A poesia também pode ser uma excelente companhia nesses casos.

Não é bom ficar sozinho por muito tempo. O contato com outras pessoas é um estímulo muito positivo. No entanto, você não deve usar essas relações para falar apenas sobre os seus problemas físicos.

Pitaco: Se você acha que este é um assunto sobre o qual precisa conversar constantemente, a melhor alternativa é a psicoterapia. Dessa forma, você não vai saturar suas relações com outras pessoas e também vai obter a ajuda profissional de que precisa.

Anúncios

Publicado em Comportamento, Saúde | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , | 22 Comentários

Motivos pelos quais as mulheres devem visitar o ginecologista regularmente

Ir ao ginecologista regularmente não significa que a mulher tem de fato algum problema, mas é um ótimo jeito de prevenir ou identificar com antecedência complicações comuns no corpo de toda mulher. Isso porque algumas doenças são difíceis de diagnosticar, e quanto mais cedo identificadas e tratadas, menores são os riscos para a saúde da mulher.

Para ir ao ginecologista não tem idade. O ideal é que as mulheres comecem a fazer visitas periódicas ao médico especialista quando entram na puberdade. Algumas doenças podem deixar a mulher infértil, como a endometriose, e precisam ser tratadas com o uso de medicamentos. Além de identificados os sintomas, para diagnóstico da doença são necessários alguns exames. Deste modo, é importante que as análises sejam realizadas em um laboratório completo para diagnóstico da endometriose.

Doenças comuns que levam as mulheres a procurar tratamento

Algumas doenças como candidíase e infecção urinária são mais fáceis de identificar e são os principais motivos para a mulher procurar um médico ginecologista. Entretanto, cólicas menstruais fortes e grande fluxo menstrual podem ser sintomas de endometriose. Além disso, problemas com o período menstrual podem indicar cistos no ovário, ou mesmo miomas.

Essas doenças silenciosas podem causar problemas hormonais e até mesmo levar a mulher à infertilidade. Por este motivo deve-se fazer exames e consultar com um especialista para dar início ao tratamento adequado, e evitar consequências mais graves quando identificados os sinais que o nosso organismo emite de que algo não vai bem.

Práticas de vida saudável que ajudam a evitar doenças

Atividades físicas e uma alimentação saudável são fatores essenciais para minimizar a incidência de doenças. Além disso, o uso de anticoncepcionais pode até mesmo desencadear algumas doenças, por isso devem ser utilizados sob orientação médica.

O uso de entorpecentes, ou consumo de bebidas alcoólicas, podem acabar prejudicando diversas funções metabólicas no organismo. E assim, até transtornos de humor e crises de TPM podem ter maior intensidade. Nessa perspectiva, evitar beber e fumar ajuda à mulher a ter maior qualidade de vida.

Prezar por ter uma noite de sono regular é muito importante não só para as atividades metabólicas, mas também para a saúde emocional e mental. Aliando a alimentação saudável, prática de exercícios físicos e uma boa qualidade de sono as visitas ao médico ginecologista são a receita para uma boa saúde.

Aspectos importantes da prevenção do câncer de mama

O câncer de mama é uma doença que tem atingido mulheres cada vez mais cedo. Não somente mulheres com idade acima de 40 anos têm tido complicações com a doença. Isso pode estar atrelado aos hábitos alimentares e uso de substâncias. Devido a incidência da doença ser mais comum em mulheres de meia idade, as mais jovens não costumam procurar fazer exames como a mamografia. O que hoje, ginecologistas já tem pedido, ainda mais se tiver histórico de câncer de mama e ou de útero na família.

Por isso a importância da visita ao ginecologista, lá é onde poderá esclarecer dúvidas a respeito de doenças e identificar com antecedência seus sinais, mesmo em mulheres jovens. Muitas doenças quando logo tratadas de início são  curáveis, por isso não deixe de visitar seu ginecologista.

Publicado em Saúde, Sem categoria | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , | 18 Comentários

A mulher pode escolher: ser o que ela quiser ou estar onde ela quiser

Se você acredita que pode fazer, então você pode mesmo. Acreditar em si mesma é primordial para conquistar grandes frutos no seu futuro, mas principalmente no agora. Quando você acredita em você, você se permite ser o que quiser, viver o seu agora.

Se você não quer ser princesa, não seja. Por favor, encare as bruxas e madrastas malvadas, que hoje estão presentes em diferentes papeis na sua vida, e deixe claro que você pode ir a qualquer baile e chegar a hora que quiser.

A mulher carrega em si uma carga de responsabilidades muito grande. É imposta a ela uma missão: crescer, namorar, casar e ter filhos.

Muitas acreditam que a mulher hoje deve trabalhar fora, que a mulher deve ganhar igual ao homem, que a mulher deve comandar uma grande empresa.

Mas, hoje, quero lhe falar muito mais que isso. A mulher pode escolher. Escolher ser o que ela quiser, escolher estar onde ela quiser.

Se a sua vontade é trabalhar em casa, você pode. Vontade de cuidar da casa e dos filhos e não ter outro trabalho, você pode.

Muito se impõe hoje que a mulher deve buscar seu lugar de poder no mundo, mas o verdadeiro poder é se permitir escolher sua vida. Os padrões são impostos de diferentes formas e épocas.

Vemos histórias de grandes mulheres que mudaram o mundo. Nos séculos XIX e XX, o número de mulheres de destaque é bem grande e abarca vários setores, desde o cultural até o político. Nomes como Anita Garibaldi, Maria Quitéria e Princesa Isabel, no Brasil, têm lugar proeminente. Já na história da Inglaterra, por exemplo, nomes como Rainha Vitória e Margareth Thatcher também estão entre os principais. Muitos outros também poderiam ser mencionados, mas esses exemplos já depõem sobre a grande influência que as mulheres exercem em nossa história.

Mas se você é mulher e está em casa, neste momento, cuidando dos filhos, da casa, não se sinta menor do que essas que foram citadas. Você também muda o mundo, fazendo o que faz, inspirando do mesmo jeito que as outras inspiram multidões.

É preciso, sim, lutar para conquistar todos os direitos que já conquistaram até hoje. Muitas coisas ainda mudarão.

O que se torna inaceitável é ver umas contra as outras por suas escolhas. Não é regra que a mulher hoje deve escolher ser política, não existe padrão de que você precise estar em uma grande empresa.

As mulheres hoje precisam deixam os julgamentos de lado e uma apoiar a outra, independentemente de sua escolha ser de carreira promissora no trabalho ou cuidar de seu lar.

A busca pelo padrão de beleza, por exemplo, coloca mulheres que não gostam de usar maquiagem e um lugar na pirâmide abaixo das mulheres que usam maquiagem. Se você não cuida do corpo, a que cuida é melhor que você. Quando, na verdade, só importa o que há por dentro.

A essência da mulher deve prevalecer muito mais do que o que há por fora ou da tarefa que escolhe efetuar durante sua vida. Isso não deve importar.

Ser mulher é muito mais do que qualquer padrão imposto hoje, seja de beleza ou de status social. Cresceu uma briga entre todas como ser feminista ou não ser, adotar o nome do marido no casamento ou não mudar.

As mulheres deixaram de se apoiar por motivos tão banais, que no lugar onde se era para transcender, retrocede-se a tempos medievais.

Volte a acreditar que sua maior conquista como mulher é o poder de escolher. Você estudou, ou mesmo viu na televisão religiões, costumes e culturas em que as mulheres ainda não podem escolher o seu marido. Devem casar com a escolha dos pais. Já viu mulheres que escolheram não ter filhos e foram julgadas, já acompanhou centenas delas que quiseram expor sua opinião e foram julgadas por homens e, pior ainda, por outras mulheres.

Você pode querer aquele vestido rodado dos sonhos de princesa e, no outro dia, receber um martelo para sua tarefa mais árdua que tem a desenvolver.

Quando todas as mulheres se unirem pelo único propósito de serem quem elas quiserem, muitas lutam estarão ganhas. Direitos e espaços serão conquistados.

Quando entenderem que juntas farão a diferença, em suas profissões ou como as princesas que desejam ser, o mundo se abrirá para as grandes mulheres.

Fonte: osegredo

Anúncios

Publicado em Comportamento | Marcado com , , , , , , , , , | 24 Comentários

Sabia que viajar faz bem à saúde? Entenda o porquê!

Quem coloca o pé na estrada não está apenas conhecendo lugares novos. Viajar faz bem à saúde e pode até mesmo prevenir algumas doenças.

Há quem pense que uma viagem é apenas uma momento para conhecer outros lugares, culturas e para sair da rotina.

Pesquisas demonstram eu viajar faz bem à saúde e que os benefícios são muitos. Se ainda não sabia disso, veja quais são os ganhos que se pode ter ao colocar o pé na estrada.

Viajar faz bem à saúde e fortalece o sistema imunológico

Quando vai para lugares diferentes acaba tendo contato com bactérias e doenças diversas, o seu corpo começa a criar anticorpos para combater todas elas.

Com o tempo o seu sistema imunológico vai se fortalecendo e fica cada mais difícil das doenças te atingirem.

Conhece lugares com propriedades medicinais

Dependendo do seu destino, pode ter acesso a lugares com propriedades medicinais, como águas termais e piscinas naturais ricas em minerais que podem ajudar no alívio das dores e combate de algumas doenças.

Pode também conhecer algumas ervas usadas em culturais diversas eu possuem propriedades curativas.

Diminui o stress

Por estar em um local diferente com menos preocupação, as pessoas relaxam, melhoram o humor e ficam menos ansiosas.

Isso faz com que o stress diminua em apenas alguns dias e, consequentemente, acaba evitando algumas doenças.

Te ajuda a ficar em forma

O viajante pode não perceber, porém quando está em um local diferente acaba se movimentando mais, anda para conhecer os pontos turísticos, faz trilhas, enfim, fica mais ativo.

Isso ajuda a queimar algumas calorias extras e a manter o peso aquedado. Só não vale exagerar quando for provar as delícias gastronômicas.

Diminui o risco de infarto

Por conta da redução do estresse, fortalecimento do sistema imunológico e vida mais ativa, as pessoas correm um menor risco de sofrer um ataque cardíaco.

É claro que somente viajar não cuida completamente do corpo, por isso ter um plano de saúde e um seguro viagem para os locais que não possui cobertura é sempre recomendável.

Melhora a qualidade do sono

Sem estresse e com a mente relaxada, qualquer pessoa consegue dormir melhor, mesmo que esteja em um lugar desconhecido.

Os viajantes ficam mais felizes e ao gastarem suas energias durante o dia, conseguem ter ótimas noites de sono.

Ajuda a manter o cérebro ativo

Ao viajar para locais novos você sempre estará aprendendo, seja sobre uma cultura, língua ou costumes.

Isso garante que o cérebro esteja sempre ativo, sem falar no fato de se relacionar com pessoas diferentes.

Nesse último caso terá de trabalhar as habilidades sociais e de relacionamento constantemente.

Ajuda a viver mais

Viajar faz bem à saúde em diferentes aspectos, mantém a mente e o corpo mais saudáveis e geram satisfação e bem-estar.

Essa combinação é essencial para quem busca uma vida mais longa, afinal, o estresse é uma dos principais problemas atuais e que faz com que muitos adoeçam.

Se a sua ideia é conciliar qualidade de vida com diversão e cultura, viajar é uma excelente opção.

Sabendo que viajar faz bem à saúde, não existem mais motivos para adiar o seu passeio, por isso organize o roteiro e vá se cuidar.

Por Jeniffer Elaina, da Smartia Seguros

Anúncios
Publicado em Achado, Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 29 Comentários

Como comprar produtos de moda gastando pouco

Quem não adora ter uma roupa nova para o dia a dia ou momentos especiais? Dentro desse processo que é uma necessidade e desejo ao mesmo tempo, todo mundo busca maximizar o investimento em peças que refletem a personalidade com a maior qualidade possível e sem estourar o orçamento.

E dentro desse jogo, alguns artifícios como o parcelamento podem dar a impressão de uma boa compra, mas quando se fala em gastar pouco os números não mentem: o valor final é o que realmente importa. Certamente algumas dicas para aproveitar as melhores ofertas valem ouro na hora em que a necessidade aparece.

Buscadores

Atualmente existem milhares de lojas virtuais de sapatos, roupas, bolsas e acessórios das mais diversas marcas e estilos, mas para que o processo de busca e comparação não seja tortuoso, os Marketplaces e buscadores estão aí para facilitar a vida.

“Hoje o processo de compra de um produto de moda é rápido, pois basta que o consumidor defina uma característica, marca ou faixa de preços que o buscador entregará o que deseja, inclusive com as maiores promoções no colo para uma tomada de decisão sem esforço”, comenta Leonardo Alonso, fundador do Lounge A, um dos principais buscadores de moda do Brasil.

“Essa característica de Marketplaces dispensa em grande parte a espera por queimas de estoque, trazendo uma enorme vantagem às pessoas ao permitir que toda compra possa ser baseada em promoções que a própria Plataforma capta de centenas de lojas virtuais”, complementa Leonardo.

Promoções sazonais

Outro grande ponto alto do comércio, seja de rua ou virtual, é  o período de troca de coleções pela mudança da estação, a Black Friday e a queima após as festas de fim de ano. Apesar de se estar comprando peças curtas muitas vezes no fim do verão por exemplo, o custo-benefício ainda é grande pois os descontos muitas vezes ultrapassam os 50%. Peças atemporais são as mais recomendadas, fazendo com que roupas e calçados de qualidade sejam usados novamente no ano seguinte.

Já no caso da Black Friday a atenção é crucial para que se possa realmente fazer boas compras, evitando cair na armadilha da “metade do dobro”, estratégia usada por muitas lojas que manipulam os preços alguns dias antes da data.

Outlets e lojas de fábrica

Os outlets e lojas de fábrica existem geralmente próximos aos grandes centros urbanos, se tornando um verdadeiro passeio de fim de semana para quem deseja paga pouco em itens que custam caro nas vitrines dos shoppings. Até mesmo no mundo virtual eles estão presentes, sendo muitas dessas lojas especialistas em determinado público ao selecionar marcas pontuais para a prática do desconto.

O segredo é economizar um pouco antes e tornar o passeio em um verdadeiro evento, fazendo da viagem algo realmente econômico e divertido – além de voltar para casa com aqueles produtinhos de grife que esvaziariam a carteira se fossem comprados de forma convencional.

Mas sejam camisetas, vestidos, bermudas ou sapatos, a busca pelo melhor preço pode e deve estar dentro do cotidiano de quem ama descontos. E com a combinação da praticidade dos buscadores e Marketplaces, da atenção às queimas de produtos de estação e aos outlets e lojas de fábrica, pode-se ter um guarda-roupas recheado de produtos de qualidade sem gastar fortunas para isso, elevando o visual às alturas e aumentando consideravelmente a imagem pessoal.

Anúncios
Publicado em Dicas, Moda e Beleza | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

Espere algo apenas de você mesmo

Dizem que quem muito espera se decepciona, e que quem nada espera se surpreende. É por isso que me parece muito mais atraente viver sem expectativas. Entretanto, é verdadeiramente difícil não esperar nada de ninguém…

Se você quer ter um problema, então coloque toda toda a sua ilusão em que aconteça alguma coisa ou em que alguém faça alguma coisa. Suas expectativas têm um poder maior para lhe machucar quanto mais esperanças você depositar nelas. Simples assim.

O certo é que a vida é um mistério que merece ser vivido. Neste sentido, o recomendável é não estar sempre preocupado com o que vai acontecer ou com como os outros vão se comportar conosco

Estamos cansados de que nossos planos nunca deem certo, ou de sentirmos que nossos amigos, nossos companheiros ou nossa família nos falharam. Mas é muito complicado deixar de esperar que seu companheiro esteja em cada momento ao seu lado ou que seus amigos estejam sempre disponíveis.

Se pararmos para pensar sobre isso, nos daremos conta de que não é algo que nos afeta somente porque nos sentimos desapontados, mas sim porque estamos coagindo os outros e privando-os de sua liberdade de ação.

Para nos darmos conta disso, deveríamos pensar no que acontece quando alguém espera algo de nós. É verdade que, quando isso acontece, nos sentimos com uma certa “obrigação moral”?

Às vezes chegamos, inclusive, a agir contra nossa vontade somente para nos reafirmarmos. Isso acontece com muita frequência nas relações amorosas.

Espere algo apenas de você mesmo

O ideal é que, para não nos decepcionarmos, não esperemos nada de ninguém. Devemos deixar que a vida flua como corresponde.

Quando deixarmos de impor este tipo de trava a nós mesmos, vamos notar que tudo se torna muito mais simples, que podemos até dizer adeus às necessidades e que conseguimos descarregar as pedras da nossa mochila.

O objetivo final é emoldurar nossas expectativas em nós mesmos e não nos outros, pois assim conseguiremos evitar a decepção. Esse desencanto ou desilusão costuma produzir certa desconfiança e, portanto, estados emocionais indesejáveis e atitudes pouco saudáveis.

Estamos tão doentes de certeza que não conseguimos tolerar a incerteza nas nossas relações. Por essa razão, o único remédio que pode evitar que nos sintamos abandonados ou decepcionados é trabalhar nossos medos e nossos aspectos emocionais mais íntimos, de forma que não dependamos de outros para ser felizes.

Quer dizer, é muito angustiante pensar que a pessoa que você ama pode deixar de fazê-lo, mas cuide para que esse medo não leve a inseguranças e idealizações.

Ninguém precisa ficar com você o tempo todo. Cada membro do casal ter os seus próprios interesses não significa que os dois não se amam. Significa apenas que são pessoas diferentes.

Entretanto, se alguém nunca quiser a sua companhia, não se trata somente de uma questão de expectativas, mas sim de falta de respeito e de interesse.

Voltando ao assunto principal, se você não quiser se decepcionar, não se escravize esperando que os outros agirão como você considera certo. Não esteja continuamente preocupado com as jogadas dos outros, pois há partidas que precisamos jogar sozinhos.

Pitaco: Seja você como quer ser, aprenda a percorrer o mundo com confiança e maturidade, construa a sua própria felicidade com respeito pelos outros. Espere tudo de si e viva em harmonia com os demais.

Anúncios
Publicado em Comportamento | Marcado com , , , , , , , , , | 18 Comentários

4 dicas que toda noiva deveria seguir ao escolher o vestido

Todos nós sabemos o quanto o dia do casamento é importante para a noiva. É nesse dia que tudo deve ocorrer de maneira perfeita e isso demanda muitos preparativos. Dentre os preparativos, a escolha de um vestido perfeito é uma das maiores preocupações da noiva. Por isso separamos 4 dicas que podem fazer com que essa escolha seja menos difícil. Confira!

Procure referencias e entenda o seu estilo

Não é sempre que estamos em contato com o mundo das noivas e menos ainda sabendo sobre os vestidos, quando abordamos sobre, normalmente são mulheres de primeira viagem nesse assunto. Por isso, um dos primeiros passos para a escolha perfeita do vestido é pesquisar, em lojas, ateliês. Você pode, por exemplo, ver o site da VestSara e separar por categorias e estilos, o que já facilita no processo por onde começar.

Além de pesquisar, é importante também procurar separar quais são os estilos que combinam com você. Isso porque nem todos os vestidos que são bonitos combinam de fato com o seu estilo. No mundo das noivas existem inúmeros estilos como: romântica, clássica, boho, vintage, moderna e muitas outras. Por isso, separe um tempo para olhar cada um dos estilos e dentro disso os diferentes modelos.

Descubra o seu tipo de corpo e o que combina com ele

Outro ponto importante que deve ocorrer conjuntamente com a pesquisa dos estilos é descobrir o seu biotipo. Para descobrir basta tirar as medidas do seu corpo com uma fita métrica. Dentre as medidas é preciso saber a dos ombros, busto e quadris e a partir disso descobrir se o seu modelo corporal é o triângulo invertido, retângulo, triângulo, ampulheta ou oval.

A partir disso, alguns modelos combinarão mais ou menos com o corpo. Por exemplo, para os corpos triangulares e retangulares, os vestidos no modelo império e evasé são os mais indicados. Assim como o vestido sereia cai muito bem no corpo triângulo invertido, e ampulheta.

Com essas informações conjunto com seu estilo e gosto pessoal é possível já selecionar ou direcionar seu olhar para um tipo de vestido.

Procure um profissional da área

Considerando que o dia do casamento é um dia muito importante, assim como o vestido é um item muito importante, nada mais sábio que pedir auxílio de um profissional. Por mais que as medidas estejam corretas e você tenha inúmeros modelos em mente, o profissional conhece na prática, diversos modelos e como eles se encaixam com os diferentes tipos de noiva.

Além disso, um especialista será capaz de pegar o seu estilo e o seu biotipo e acrescentar detalhes no vestido que podem fazer toda a diferença. Por isso, outra dica no momento de ir até um especialista é não ir com algo muito fechado. Quanto mais aberta você estiver a ideias, mais chance de você se aproximar do seu vestido perfeito.

Experimente quantas vezes for preciso

Por fim, não deixe de experimentar quantos modelos forem necessários e quantas vezes forem necessários. Por mais que você tenha amado um vestido o gosto pode mudar, o seu corpo pode mudar e outro vestido pode acabar se tornando mais bonito. Lembre-se também de reparar em cada detalhe, mova-se, sente-se, tudo para que no fim, o seu vestido caia perfeitamente em você.

Anúncios
Publicado em Dicas, Moda e Beleza | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | 14 Comentários

Qual o seu perfil de viajante? Descubra!

Escolher um destino ideal para viajar nem sempre é tão simples. Muitas pessoas ficam em dúvida na hora de decidir para onde ir, que é um comportamento comum na hora de tomar decisões.

Para que você possa escolher um destino certeiro, é ideal que descubra qual o seu perfil de viajante. Mas fique tranquilo, nós vamos te ajudar.

Veja aqui detalhes que vão mostrar o que você mais procura em um destino de viagem!

Como descobrir qual o meu perfil de viajante?

Saber quais são seus objetivos em uma viagem pode facilitar muito na hora de decidir para onde ir. Existem muitos perfis de viajante que variam de acordo com as coisas que mais os atraem em uma viagem.

Confira uma lista com os perfis de viajantes e descubra qual é o seu!

1. Perfil Gastronômico

Esse perfil é para aqueles viajantes que sempre buscam saber sobre a culinária típica do lugar para onde vão viajar. Se você passa horas buscando informações sobre a gastronomia e os pratos típicos da cidade, você é um viajante com o perfil gastronômico.

Sabendo seu perfil de turista, a hora de decidir o próximo destino será muito mais fácil. Países como a Itália, Peru, Japão e Tailândia, por exemplo, são alguns dos destinos mais procurados, devido sua grande variedade e diversidade. Busque lugares a qual a culinária chame sua atenção e ative a sua curiosidade.

2. Perfil Comprador

O perfil comprador é para aqueles viajantes que economizam durante o ano todo só para poder fazer compras durante a viagem. Se você é fã de fazer comprinhas, e adora uma lojinha de souvenir, você com certeza é um viajante com perfil gastador.

Viajantes com esse perfil não tem problemas na hora de escolher o destino da viagem. Eles sempre desfrutam de cada momento e adoram comprar lembrancinhas para levar para casa. Adoram também visitar os shoppings e feiras das cidades que viaja. Não precisamos nem mencionar que Paris é um destino top para seu perfil. Mas você ainda pode visitar: São Paulo, Rio de Janeiro, fronteira em Foz do Iguaçu, Miami, Tóquio e Dubai.

3. Perfil Aventureiro

Sempre em busca de atividades radicais, trilhas, tirolesas e escaladas, os viajantes com perfil aventureiro estão sempre em busca de adrenalina e adoram o contato com a natureza. Diversão é o objetivo da viagem. Se você é um viajante com o perfil aventureiro, os destinos ideais são aqueles que proporcionam momentos únicos de aventura e diversão.

Lugares que tenham montanhas, grutas, cachoeiras e mar, são ideais para você. Entre as dicas, o Brasil oferece muitos destinos: Jalapão, Chapada dos Veadeiros, Capitólio, Bonito, Serra do Cipó, Chapada dos Guimarães e muitos outros. Para você, que adora estar em meio à natureza, não deixe de contratar um seguro viagem para aventura e ficar mais tranquilo.

4. Perfil Cultural

Se você é fã de um museu e adora conhecer os pontos históricos dos lugares, o seu perfil é de um viajante cultural. Os viajantes com esse perfil adoram conhecer sobre a história do destino escolhido e buscam se interagir com a cultura local.

Não existe um lugar específico para viajar, viajantes culturais adoram conhecer tudo sobre qualquer lugar. Entre as opções: Florença, Paris, Londres, Cidade do México, Jerusalém, Roma, São Luís, Ouro Preto e outros.

5. Perfil Baladeiro

O perfil baladeiro é para pessoas que buscam destinos com boas casas de shows e adoram curtir com os amigos. Buscam sempre um bom show durante a noite para se divertirem e conhecer pessoas novas para tomar um drink.

Se você é um viajante com perfil baladeiro, os lugares ideias para viajar são as cidades grandes e capitais onde se pode encontrar diversas casas de shows e grande diversidade de bares.

Pitaco: Então, conseguiu descobrir qual o seu perfil de viajante? Agora ficou mais fácil escolher o destino de viagem, certo?

Escrito por: Andreia Silveira, redatora no SeguroViagem.org. Graduando em Gestão de Turismo, é técnica em gestão de turismo pelo MTur e possui certificação em Operação de Roteiros Turísticos e Monitoria de Atrativos Turísticos.

Anúncios

Publicado em Achado, Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , | 32 Comentários

Dicas para deixar seu apartamento mais clean para o dia a dia

Não é fácil olhar para uma montanha de roupas ao abrir o armário ou abrir um “quartinho da bagunça” e achar que tem ali trabalho para meses. Na verdade, o grande obstáculo é começar a arrumação. Depois que você dá o primeiro passo, a coisa anda e em poucos dias tudo vai encontrando o seu lugar – até mesmo quando esse lugar não é mais a sua casa.

Uma atitude como essas exige esforço, força de vontade e desapego. Além disso, mostra que você quer uma mudança na sua vida e transformações sempre são bem vindas. É fundamental abrir espaço para novas memórias, ideias, sonhos e projetos. Cuidar de cada canto do seu lar é um ótimo primeiro passo!

Sua sala mais confortável

Em muitos casos, o maior ambiente da casa acaba sendo também o que tem maior potencial para bagunça. O mais importante nesse espaço é diminuir a poluição visual provocada pelos objetos expostos. Para isso:

– Escolha móveis com compartimentos como sofás com bolsões, mesas de centro e racks com gavetas e armários com portas.

– Organize seus objetos de decoração em nichos ou prateleiras. Além de trazer um toque sofisticado, você ganha mais espaço na sala.

– Fios de dispositivos eletrônicos são grandes vilões na arrumação de uma casa. Esconda-os com móveis planejados, presentes em muitos apartamentos à venda em São Paulo  ou organizadores pensados para isso.

Seu sono mais tranquilo

Dormir em um quarto cheio de informações é pedir por um sono sem muita qualidade. É importante levar em consideração uma diminuição na quantidade de objetos, móveis e até mesmo roupas para que o espaço fique clean e perfeito para as suas noite.

– Móveis desenvolvidos para mais de uma função são, além de práticos, uma tendência. Uma forma simples de organizar o seu quarto é investir em cama com baú e gaveteiros.

– Não tenha dó ou apego na hora de separar roupas antigas para doação! Outras pessoas sempre estão precisando de peças de vestuário, então a atitude servirá tanto para fazer o bem quanto para ganhar mais espaço no seu armário.

Uma cozinha cheia de inspiração

O espaço organizado é um convite às ideias, a tentar algo novo, ao pensamento com clareza. Na sua cozinha não é diferente. Uma otimização desse ambiente não só deixa o ato de preparar alimentos mais prático como também pode te inspirar em novas receitas.

– Faça uma organização completa dos armários. Tire tudo de dentro, separe o que tem e o que não tem mais utilidade.

– Encaixe os potes de formato igual e organize as tampas em um outro compartimento e de acordo com sua forma (retangular, quadrado, circular).

– Elimine elementos fora da validade da sua despensa! Além disso, organize-a colocando elementos que irão demorar para vencer mais ao fundo e o restante na frente, diminuindo o desperdício.

– Dê um toque profissional à cozinha investindo em prateleiras, organizadores e ganchos para pendurar utensílios maiores.

Sua casa bem mais leve

É importante criar um método antes de começar toda a sua arrumação. Faça um cronograma em uma planilha indicando a data de arrumação de cada cômodo e seus respectivos móveis. Com isso você se dá prazos e termina bem mais rápido sua organização. Agora é só manter!

Anúncios

Publicado em Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , | 22 Comentários

5 dicas para inserir o body nos seus looks do dia a dia

Você tem um body esquecido do seu guarda-roupa e quer aprender formas de compor um look com ele? Então, você veio ao lugar certo! Continue a leitura e confira 5 dicas para inserir o body nos seus looks do dia a dia.

O body ganhou destaque na moda dos anos 1980, como uma adaptação dos maiôs e collants de bailarinas. Geralmente, era feito em cores neons e usado na companhia das famosas meias polainas, totalmente voltado para o ambiente da academia.

Nas últimas temporadas, o body voltou transformado e já ganhou a simpatia das mulheres. Estampas, decotes, cortes irreverentes, rendas e transparências tornaram a peça adaptável para várias ocasiões.

Seu modelo bem ajustado ao corpo, coloca as curvas em evidência, conferindo à peça um aspecto sensual.

Uma dificuldade bastante comum a mulheres que desejam usar body é em relação à escolha do sutiã. Se você é daquelas que não se sente confortável sem, busque um sutiã com alças removíveis ou aqueles que colam na pele. Também pode ser interessante optar por um body com bojo.

No geral, seja criativa na criação dos looks e não tenha medo de inovar. Em primeiro lugar, use o que te faça se sentir bem. Mas, você está procurando algumas dicas para se inspirar, não é mesmo? Então, fique atenta nos próximos tópicos.

Body no dia a dia

Como você já percebeu, o body é uma peça super versátil que permite criar diversas combinações. Nos dias mais quentes, é uma ótima opção, tendo em vista que a maioria dos modelos são produzidos em tecidos leves e assim você estará confortável, mas bem arrumada.

1. Body com short

A combinação body e short é perfeita para a estação mais quente do ano. Rasteirinhas, sapatilhas e sandálias de salto anabelas podem completar o visual simples, porém super adequado para passeios durante o dia.

Shorts bem curtos e justos podem ser combinados a um body mais larguinho. Para sofisticar o look, o body pode ser usado acompanhado de um short estruturado de alfaiataria e salto alto e até de meia-calça e botas em dias frios.

2. Body com saia

Se tem uma peça que super combina com o body é a saia. Todos os comprimentos e modelos ficam belíssimos e vão te proporcionar looks para os mais variados momentos.

Para disfarçar um pouco o quadril, você pode optar por saia mais largas, por outro lado, com saias justas como no estilo lápis, é possível alongar a silhueta e agregar um aspecto elegante.

Combinado a saias estampadas ou floridas e rasteirinhas, seu look fica mais delicado e romântico. É importante lembrar que ao utilizar uma peça estampada, o ideal é que as demais sejam lisas.

Body com saia midi e salto alto torna o visual mais sofisticado e impecável para eventos e ambientes formais.

3. Body com calça

Aquela ideia de que a calça jeans pode ser usada com qualquer peça de roupa é a mais pura realidade, e com o body não é diferente.

Neste caso, prefira as calças com modelagens mais largas, para equilibrar com a parte de cima justa. Os jeans destroyed, aqueles rasgados e mais curtos, se combinados com body colorido ou estampado garantem um visual despojado e estiloso.

Calças pentacout viraram uma febre! Associadas a um body bem justinho transmitem modernidade e bom gosto.

Para deixar a produção mais formal e elegante, aposte no body com calça flare ou pantalona. Esses estilos são ideais, pois a barra mais aberta da calça proporciona harmonia à parte de cima colada.

Sapatos de salto e um terninho arrematam o look que ganha elegância e está apropriado até para o ambiente de trabalho.

4. Body de renda

O body, até o modelo mais simples, carrega traços de sensualidade, logo, uma peça rendada consegue ser ainda mais sexy.

Mas calma, na medida certa e com as combinações devidas, o look pode ganhar diversas variações e ser adaptado para múltiplos objetivos.

Para criar um visual um pouco mais discreto, combine um body de renda escuro com um blazer ou casaco comprido, estilo sobretudo.

Varie nas cores de acordo com a finalidade da sua produção. Body rendado branco tende a diminuir a sensação de sensualidade, enquanto em tons quentes como vermelho e vinho criam o efeito inverso.

Para uma aplicação mais casual, você pode compor o look com uma saia ou short jeans e sapatilha.

Bodies rendados costumam brincar com transparência e quando utilizados se tornam o artigo principal do seu look. Portanto, para evitar exageros, evite usar outras transparências em peças complementares.

Em contrapartida, acessórios são muito bem-vindos e dão mais personalidade ao visual. No entanto, tome cuidado para que esses itens venham valorizar sua peça principal e não criar conflito de atenção com ela.

5. Body para balada

Graças as características que já mencionamos aqui, o body é uma ótima opção para compor looks para festas noturnas e baladas, locais onde é permitido ser mais ousada.

Nesse sentido, você pode apostar em brilho, transparência, rendas e decotes a vontade!

O veludo é um ótimo truque para dar essa impressão de brilho, além de conferir um visual mais elegante. Para complementar, você pode combinar um body nesse tecido com uma saia de couro e salto.

Se você é mais do estilo alternativo e despojado, monte um look utilizando body preto, jaqueta de couro, salto e uma calça destroyed bem clássica.

O body é liso e mais discreto? Então, abuse do brilho em outras peças ou acessórios. Casaquinhos ou saias cheias de brilho são uma possibilidade incrível para a noite.

Agora se o body é chamativo, combine-o com uma calça flare ou pantalona e salto que você estará pronta para arrasar na pista!

O segredo para usar o body e produzir looks maravilhosos é experimentar. Teste várias composições, dê uma voltinha em frente ao espelho e saia confiante!

Pitaco: Ficou inspirada usar bodies no seu dia a dia? Está pensando em comprar um body agora mesmo? Dá uma olhadinha na coleção da Click Sophia com modelos para todos os gostos e estilos.

Anúncios

Publicado em Dicas, Moda e Beleza | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , | 23 Comentários

Os 3 tratamentos dentários que podem te deixar com um sorriso incrível

Você já parou para pensar na importância de ter um sorriso bonito? Descubra o porquê e veja dicas de tratamentos que poderão te ajudar neste processo.

Quando estamos falando de universo feminino, sabemos que o zelo diário com a beleza é fundamental. Cada detalhe tem a sua importância, e são muitos os cuidados que as mulheres têm com seu corpo e sua aparência.

Há pesquisas que fazem referência à relevância da vaidade e do autocuidado na própria qualidade de vida das pessoas. Ela é de fato importante e um dos pontos que contribuem para uma vida saudável e leve. Estar bem consigo mesmo(a) é tudo.

O cuidado com a beleza é ainda mais acentuado nas mulheres brasileiras. Há inúmeras fontes que indicam a grande atenção dada pelo povo brasileiro neste aspecto.

Por exemplo, uma reportagem de 2014, do Fantástico, chegou televisionar entrevistas com mulheres que gastam R$700,00 por semana com os cuidados estéticos.

Sorriso

Diante desse cenário, um dos mais importantes tipos de cuidado que a mulher precisa ter é com os seus dentes. Um sorriso bonito é importante em muitos aspectos: social, profissional e pessoal.

No entanto, com tanta informação e procedimentos novos surgindo por aí, muitas pessoas podem ficar perdidas sobre quais os principais e mais procurados tratamentos dentários.

Foi pensando nessa dúvida recorrente que elaboramos este artigo, com 3 tratamentos dentários que podem te deixar com um sorriso incrível.

1- Clareamento dental

Pare e pense nos seus hábitos alimentares. Você já parou para notar que bebidas como café, refrigerante e vinho, além dos alimentos, contém substâncias que podem escurecer os seus dentes?

Trata-se de um processo natural e que ocorre com boa parte das pessoas. Portanto, não há motivo de preocupação! Constatar o fato é um primeiro passo em direção a um tratamento que irá te deixar com os dentes brancos num piscar de olhos.

Esse é um tratamento que possui diversas opções, podendo ser feito no consultório do dentista ou até em casa. No consultório pode ser realizado o tratamento a laser, que costuma ser o mais eficaz, porém mais caro.

Marque uma consulta e procure saber qual se encaixa melhor na sua rotina e no seu bolso!

2- Lentes de contato para dentes

Uma tecnologia recente que vêm tendo bastante adesão são as lentes de contato para dentes. Trata-se de moldes de resina impressos numa impressora 3D que permitem a você e ao médico saber com exatidão se há buracos ou imperfeições nos seus dentes.

Com ele, é possível ter uma intervenção mais precisa, que ajudará muito a corrigir pequenos desníveis que atrapalham o seu sorriso e a saúde dos seus dentes.

3- Aparelhos ortodônticos

Para quem precisa utilizar aparelho e se preocupa com a modificação causada na aparência, pode ficar tranquilo(a). Hoje em dia existe a opção do aparelho discreto, que é quase imperceptível.

Ele ajuda na preocupação estética e te impede de abandonar um tratamento que talvez seja importante para o seu sorriso a longo prazo.

Procure por um especialista

Ao falar sobre beleza e da atenção com a estética no geral, também precisamos falar da precaução eu devemos tomar ao buscar informações.

Você precisa ir atrás de profissionais confiáveis e que transmitam a segurança necessária para contar com o seu investimento. Para isso, pesquise bastante, e esteja atento(a) às avaliações de outros pacientes.

A postura de autocuidado, começa pela insatisfação física e então passa pela escolha do especialista. Seja cuidadoso(a) com a sua saúde e observará que em pouco tempo, sua vida mudará muito.

Anúncios
Publicado em Dicas, Saúde | Marcado com , , , , , , , , , , , | 22 Comentários

5 dicas para não se estressar ao viajar no Carnaval

O Carnaval, conhecido como o maior recesso do ano, pois começa no sábado e vai até a quarta-feira de cinzas, faz com que a maioria das atividades no país fiquem suspensas.  Muitas pessoas aproveitam esse período para fugir das suas atividades e curtir o feriado viajando.

Portanto, é essencial fazer um planejamento para que você desfrute da sua viagem de forma tranquila e relaxante. E para te ajudar, preparamos algumas dicas de como evitar alguns estresses desnecessários para que a sua viagem no Carnaval seja maravilhosa. Veja!

Como não se estressar ao viajar no Carnaval?

Por serem quatro dias de recesso, adotado por muitas empresas, vários brasileiros optam por viajar nessa época do ano. Com isso, as estradas ficam sempre cheias, além das ruas das cidades mais badaladas no Carnaval.

Sem contar na quantidade de turistas estrangeiros que o país recebe, o que aumenta ainda mais o número de veículos e pessoas nesses locais. Com tanto agito por todos os lados, é preciso saber como manter a calma e evitar situações estressantes.

Confira agora as 5 dicas para não se estressar ao viajar no Carnaval!

1. Defina o destino com antecedência

Se você é daqueles que gostam de curtir o clima do Carnaval, deve saber que existem diversos lugares no Brasil em que a festividade é comemorada de diversas formas.

No Rio de Janeiro, existe o tradicional desfile das escolas de samba no sambódromo, mais conhecido como Marquês de Sapucaí. Porém, há mais festa nas avenidas e bares mais movimentados da cidade.

No Nordeste, o evento é comemorado com os blocos e trios elétricos que passam nas avenidas. Especialmente na Bahia, onde vários artistas acompanham o povo agitando a galera com diversos ritmos musicais, especialmente o axé.

Mas, se você quer fugir do movimento e ir para lugares mais tranquilos, também temos opções. Há as regiões serranas, como Campos do Jordão ou a Serra Gaúcha. Você também pode escolher pelo Pantanal mato grossense enquanto ocorre a estação das águas, podendo aproveitar os passeios de barco.

Independentemente do destino escolhido, é fundamental reservar o quanto antes. Isso porque os meios de hospedagens costumam lotar, bem como as passagens aéreas se esgotam rápido.

2. Escolha o meio de transporte

Muitas pessoas optam por uma viagem de carro para poder curtir as paisagens e vistas nas estradas. Porém é importante verificar alguns detalhes, como a mecânica do seu carro, possíveis gastos com pedágios e combustível. Dependendo do lugar de destino pode haver trânsito e atrasos na sua viagem.

Lembre-se de que o check-up no veículo garante proteção tanto para a sua vida, dos ocupantes do seu veículo e todos que cruzarão com você na viagem. Contratar um seguro de carro vai te ajudar bastante também. Isso porque em caso de sinistros, inclusive roubo do veículo, a seguradora vai te socorrer.

Outra opção para poder viajar é de ônibus e avião, mas ambas costumam esgotar as passagens bem rápido nessa época. Comprar as passagens antecipada também garante aproveitar as promoções e ofertas. Use sites de busca e economize nas companhias aéreas e rodoviárias em um só lugar. Faça isso com antecedência, porque de última hora os valores costumam ser mais elevados.

3. Faça um roteiro da sua viagem

Se você quiser aproveitar todos os pontos turísticos da sua viagem, é importante fazer um roteiro para que não deixe de passar por nenhum local ou também para evitar perder tempo escolhendo onde ir de última hora.

Saiba dos locais que deseja conhecer e pesquise os horários de visita mais tranquilos, se há atrativos ou estabelecimentos de alimentação por perto e a distância entre os pontos turísticos que você irá.

Além disso, para evitar o estresse de visitar locais lotados, pesquise sobre o destino e os atrativos menos visitados na região. Esse roteiro vai te ajudar a economizar tempo, aproveitando da sua viagem o máximo possível.

4. Faça um orçamento do que irá gastar

Coloque na ponta do lápis tudo que irá gastar, desde os gastos com combustível, pedágios, passagens, hotéis e verificar se algum dos pontos turísticos tem taxa de entrada, alimentação, etc.

Faça um balanço antecipado e evite uma dor de cabeça com possíveis gastos a mais. É importante levar uma grana extra para possíveis compras de lembrancinhas e imprevistos.

5. Relaxe e aproveite a viagem

Se você seguir todas essas dicas e fazer um planejamento para a sua viagem, com certeza desfrutará ao máximo e voltará para a sua cidade totalmente relaxado e tranquilo.

Então, gostaram das dicas para não se estressar ao viajar no Carnaval? Tem outras para compartilhar? Comente!

Por: Andreia Silveira, copidesque no site SeguroAuto.org.

Anúncios
Publicado em Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , , | 18 Comentários

Dicas para quem quer tomar suplementos

O consumo de suplementos alimentares cresceu ao longo do último ano no Brasil. Eles são muito usados por quem quer perder peso ou ganhar massa muscular. No entanto, esse poder vai além, e serve também para complementar os nutrientes que a gente nem sempre consegue absorver só com a comida.

Se você começou a treinar recentemente — ou ainda vai iniciar sua rotina de exercícios — certamente deve ter ficado confuso com a grande quantidade de nomes que habitam o mundo fitness.

É whey protein para lá, creatina para cá, BCAA… Afinal, qual o melhor suplemento? Aliás, quem está começando na academia pode suplementar? No pré ou no pós-treino?

Ficou perdido? Não se preocupe! Na verdade, entender o que significam esses termos e quais são os melhores suplementos  é uma tarefa mais simples do que pode parecer em um primeiro momento. Acompanhe nosso guia e tire todas as suas dúvidas sobre o assunto!

Quem está começando pode tomar suplementos?

Sim. É importante, no entanto, que antes de pensar em suplementar, você entenda bem o que é um suplemento e qual é a sua função. Pois bem: suplementos alimentares são compostos que têm como objetivo complementar a sua dieta, fornecendo nutrientes que estão faltando no seu organismo ou que não podem ser obtidos somente por meio do consumo de alimentos.

Suplemento ideal para cada pessoa

Ainda que você seja adepto de uma dieta balanceada, é importante ficar atento ao incluir os suplementos na sua alimentação. Por possuírem função complementar, eles não devem ser utilizados como substitutos para refeições, com a desculpa de que você já estará consumindo proteínas, por exemplo.

Quais os suplementos mais comuns?

Se você vai começar a treinar agora, não é necessário comprar um combo gigantesco de produtos sem entender direito para que eles servem e como funcionam. Como em qualquer coisa que você for fazer na vida, comece pelo básico.

A seguir, mostramos os benefícios que alguns produtos podem trazer para seu treino e o momento certo de tomar suplementos.

Cafeína – Para aumentar o pique na corrida e queimar gordura
Os estimulantes à base de cafeína atuam diretamente no sistema nervoso central, aumentando a frequência cardíaca e a temperatura corporal durante o exercício – isso favorece a queima de gordura. Mais: a substância eleva a disposição e a concentração, fatores importante para ter bom desempenho esportivo, e reduz a fadiga física e mental.
Quando tomar? Pesquisas apontam que o suplemento de cafeína tem efeito ergogênico, ou seja, ajuda no rendimento quando consumido cerca de 30 minutos antes do treino.

Whey Protein Hidrolisado – Para recuperar e construir músculos
A proteína do soro do leite (whey protein) é fonte de aminoácidos essenciais para a reconstrução das fibras musculares. O suplemento ajuda na recuperação pós-treino, no ganho de massa magra e ajuda a evitar o catabolismo (perda de músculos) durante o exercício.   
Quando tomar? 
Estudos mostram que o organismo consegue captar melhor os aminoácidos da proteína até uma hora depois do exercício. Porém, o mais importante é garantir a ingestão diária de proteína que seu corpo precisa.

Creatina – Para ganhar explosão e reduzir a fadiga
Ela ajuda a aumentar a potência muscular. Por isso, é mais indicada para atletas que praticam esportes de explosão (levantamento de peso, futebol, lutas, tênis etc.). No entanto, corredores podem tirar proveito desse suplemento se o utilizarem em uma fase do treino na qual estão fazendo muitas atividades de alta intensidade (os populares treinos de tiro). Outro benefício da creatina é que ela ajuda a reduzir a fadiga muscular. Só tome cuidado, pois a cretina causa retenção de líquidos e, consequentemente, aumento de peso – o que atrapalha em esportes de resistência como a corrida.
Quando tomar? Trabalhos científicos revelam que não há diferença significativa na performance se esse suplemento for consumido antes ou depois do treino. No entanto, muitos especialista recomendam ingerir a creatina até uma hora após o exercício, já que nesse momento a absorção de aminoácidos pelo organismo tende a ser maior.

Suplementos não fazem milagres

É importante, no entanto, que você entenda que suplemento não faz milagre. Não adianta você passar a ingerir determinado produto porque leu que ele auxilia no ganho de massa muscular se negligencia o seu treinamento, fazendo as séries sem o foco e a dedicação necessária, pulando repetições ou, pior, passando semanas inteiras sem sequer aparecer na academia.

Um corpo definido se constrói com suplementos, mas principalmente com muito foco e dedicação. O mesmo vale para a alimentação. De pouco adianta um suplemento acelerar o metabolismo, ser pobre em gordura ou até auxiliar na queima dos quilinhos extras se você nunca abre mão dos doces, das frituras e do álcool em excesso, não é mesmo?

Por isso, saiba que os suplementos podem ser excelentes aliados, mas quem faz acontecer é você, com a sua dedicação!

Pitaco: Ao mesmo tempo em que podem ajudar, esses suplementos também podem fazer mal à saúde, se tomados da maneira incorreta. Por isso, o ideal é sempre procurar um médico ou um nutricionista antes de começar a consumi-los.

Anúncios
Publicado em Dicas, Saúde | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , | 21 Comentários

7 dicas úteis na hora de trocar o celular

Um smartphone pode ser um bom e indispensável companheiro no dia a dia, mas há uma hora em que é preciso aposentar o antigo aparelho e comprar outro. Qual é o melhor momento para fazer isso? Problemas técnicos ou configurações defasadas estão entre os fatores que devem ser levados em consideração. 

O ideal é fazer uma pesquisa e ver se há, realmente, a necessidade da troca de celular, e verificar a forma mais sustentável para fazer isso sem prejudicar o planeta.

Para te ajudar nesta tomada de decisão, selecionamos algumas dicas úteis para você.

1 – Não queira ser o primeiro a comprar o último modelo lançado

Isso acontece muito. Um novo smartphone é lançado, você vê propaganda dele em tudo que é canal. Na web, uma enxurrada de pop-ups em portais, te empurrando para o site do mesmo.

Com um marketing desses é fácil se apaixonar pelo celular, e querer ser o primeiro a tê-lo. E no final, se nem ter informações concretas, você resolve comprá-lo.

Em um curto espaço de tempo será lançado um modelo melhor e mais moderno, e o seu ficará desatualizado! E não venha com a desculpa de que você poderá vender o seu aparelho atual para comprar o novo: ainda assim esta eterna necessidade de troca de aparelhos de celular é insustentável para o seu orçamento financeiro!

2 – Faça uma pesquisa e veja se há necessidade de trocar o aparelho

É comum que muitas pessoas se desesperem ao ver o celular travando ou com a tela quebrada, porém, lembre-se que todos os fabricantes oferecem assistência técnica para o seu smartphone. Leia o manual do seu aparelho e vá até uma loja especializada para ver se há a real necessidade de trocar o celular, já que pode sair mais em conta o conserto.

3 – Pergunte a alguém que já tem o celular ou smartphone

Se você já resistiu fortemente aos impulsos de comprar um aparelho que não tem certeza se é bom, chegou a hora de perguntar!

Pergunte aos seus amigos, colegas, ou para alguém em um shopping usando o aparelho. Ou vá mais longe, visite fóruns, blogs, comunidades, etc. Aquela olhadinha rápida no oráculo em busca de alguma informação pertinente, sempre cai bem.

Com certeza você descobrirá se o aparelho é mesmo tão bom quanto a sua propaganda.

4Veja antes o manual e as especificações técnicas do aparelho

Parece até bobagem, mas é indispensável. Pode faltar algum recurso que é indispensável para você, apesar de extremamente simples.

De qualquer maneira, vale a pena dar uma espiadinha no site do fabricante, para checar as especificações e aplicativos já instalados no seu  novo smartphone. Como a versão do Sistema Operacional, indispensável saber.

5Procure por assistências técnicas autorizadas na região que você mora ou trabalha

Essa vai pra quem quer comprar celulares de marcas novas no Brasil. Se a empresa não tem assistências técnicas num raio de 50 Km da sua casa ou trabalho, fica difícil um conserto rápido, caso seu smartphone pife assim, sem mais nem menos.

6Quais são as suas necessidades?

É preciso se perguntar o que pretende realmente, fazer com o novo smartphone. Muitas vezes, a pessoa quer um top de linha, mas usa o aparelho apenas para navegar na internet e acessar redes sociais. Para isso, não é necessário ter um processador super potente e dá para se contentar com um modelo básico ou intermediário.

Hoje há muitas opções de celular oferecidas pelo mercado. Para não comprar um smartphone que não se adequa às suas necessidades, pesquise muito bem antes de comprar e verifique quais são as funcionalidades e benefícios do aparelho, como internet, velocidade e 4G.

7 – Busque alternativas mais baratas

Existe celular barato e bom, com todas as funções necessárias à nossa ‘sobrevivência’ neste mundo moderno, por um preço bem mais acessível.

Tudo bem, estes aparelhos não têm a melhor câmera do mundo, nem a melhor resolução, nem a tela mais nítida. Também não causarão em seus amigos e amigas aquela sensação de ‘admiração’ que o último modelo de celular proporciona. Mas, e daí? Admiração ‘material’ não enche a alma nem o bolso de ninguém.

Fica a dica: Com bom senso e um pouquinho de pesquisa, as chances de se arrepender ao comprar um novo aparelho de celular ou smartphone se tornam quase nulas.

Pitaco: É essencial pensar em sustentabilidade no momento da troca de celular, pois descartar os smartphones de forma inadequada no lixo é algo que prejudica o meio ambiente. Isso porque as telas e baterias dos smartphones são compostas de substâncias que agridem a natureza.

Você pode vender o seu smartphone em sites de usados ou desmontá-lo e vender as peças separadas. Essa é uma forma de contribuir com o planeta e não prejudicar o meio ambiente. Jamais descarte o seu celular velho direto no lixo!

Anúncios
Publicado em Dicas, Utilidade | Marcado com , , , , , , , , , | 16 Comentários

Confira as dicas para escolher o seu top biquíni de moda praia

Escolher o seu top biquíni de moda praia está cada mais fácil! Hoje em dia, existem diversos modelos de top biquíni disponíveis no mercado. As possibilidades de modelagens, cortes, tecidos, estampas e cores dos tops biquíni está cada vez maior e isso é ótimo, pois assim você pode escolher o top biquíni que mais lhe veste bem e combina com o seu estilo.

Quando pensamos em moda praia, a palavra conforto sempre vem à cabeça, não é mesmo? Todos queremos estar seguros com as nossas peças de moda praia para poder aproveitar ainda mais os momentos de sol, no mar ou à beira da piscina. Portanto na hora de escolher o seu top biquíni dê preferência aos modelos com tecidos especiais para moda praia e as modelagens que mais valorizam seu corpo.

Alguns modelos de top biquíni já viraram queridinhos das mulheres e se destacam na estação mais quente do ano como o top biquíni cortininha com bojo, top biquíni frente única, top biquíni com bojo, top biquíni tomara que caia, top biquíni triangular, top biquíni com amarração, top biquíni com alças, top biquíni transpassado e top biquíni ciganinha.

Biquíni Top

Os tops de biquíni são super versáteis, porque você encontra diversos modelos apaixonantes que te ajudam a valorizar o visual e desenham seu corpo. O melhor de poder contar com tanta variedade é encontrar opções que consigam expressar cada personalidade e estilo. Confira as dicas para escolher sua peça e arrasar na praia, piscina, em clubes ou qualquer ocasião que for usá-la.

Modelos de Top de biquíni

Como já sabemos, existem modelos para todos os gostos, mas a cada lançamento de coleção somos surpreendidas com algumas novidades nos modelos já conhecidos ou com novos tipos.

O maior exemplo disso é o biquini top cropped. Quando apareceu como tendência muitas mulheres usaram e abusaram de modelos mais tradicionais. Com a alta procura por modelos desse estilo, começaram a surgir novidades que ganharam espaço na moda praia e foram super aceitas.

Em 2020, além do top cropped, as maiores tendências são: top frente única, top ciganinha, top em crochê, top strappy (com tiras), top esportivo e top um ombro só. Mas, obviamente os modelos como cortininha com bojo, tomara que caia, meia-taça e com babados não perderam seu espaço, já que são modelos clássicos!

Top frente única

O frente única é perfeito para qualquer tipo de corpo. Além de equilibrar a silhueta, ajuda muito quem tem quadris maiores por dar a sensação de ombros mais largos. Ele também garante a sustentação necessária para quem tem seios grandes e ajuda a tirar o foco do colo para quem tem seios pequenos. E ainda possui diversas opções de estampas e amarrações!

Top meia-taça

O top meia-taça é ótimo para quem precisa de sustentação nos seios, já que as laterais são mais grossas, proporcionando muito mais conforto.

O modelo de biquíni meia-taça é ideal para quem tem seios fartos e busca muita firmeza e sustentação. Tendo a opção de amarrar no pescoço ou prender nos ombros, ele é ideal para mulheres que procuram segurança para a praia.

Top tomara que caia

Os modelos tomara que caia esbanjam estilo e nunca saem de moda. Eles combinam com qualquer outra peça, possuem vários acabamentos e deixam os seios em evidência. Um desbunde maravilhoso para criar o look praiano que arrasa e inspira sua beleza, o top tomara que caia é peça que não pode faltar no seu guarda-roupa. Um leque de modelos, cada um mais charmoso que o outro. O top preto tomara que caia é super requisitado, pois impacta o visual alongando e afinando a silhueta.

Top cropped

O top cropped veio para ficar e é encontrado em diversos estilos, por exemplo, com tiras, manga longa, manga curta, regata, esportivo, entre outros.

Top cortininha

De verão a verão o top biquíni cortininha com bojo sempre marca presença. Ele está entre os modelos favoritos das mulheres, por proporcionar muito conforto e permitir grande variedade de estampas. Para quem gosta de se bronzear ele é a peça perfeita, já que deixa marquinhas lindas.

Top com tiras

O modelo com tiras ganhou o coração de todas as mulheres, principalmente das que gostam de peças ousadas e modernas. Também são conhecidas como strappy e ajudam a evidenciar as curvas e chamam muita atenção!

Top com bojo

Qualquer modelo pode ser um biquíni top com bojo! Geralmente o bojo é usado por mulheres que têm seios menores e para quem gosta de ressaltar a região do colo.

Mas, é preciso tomar cuidado com exageros nesse caso, porque muito bojo pode causar impressões indesejadas. O segredo é escolher um tamanho que se encaixe perfeitamente ao tamanho dos seus seios!

Top Biquini Avulso

Em alguns casos as proporções do corpo não se encaixam no tamanho indicado pelos fabricantes, então, a melhor opção é comprar peças avulsas de tamanhos diferentes. Os tops avulsos são uma solução para quem tem seios maiores que o manequim do quadril e vice e versa.

Os tops avulsos também servem para mudar o visual daquele biquíni mono cromático, ou para dar um ar de sobriedade ás peças mais chamativas. São ótimos aliados para dar ilusão ótica de seios maiores ou menores dependendo da estampa e cores escolhidos. Se você quer dar a ilusão de seios maiores, use tops coloridos e bem estampados, se quiser chamar atenção para o quadril, opte por tops em cores escuras e com poucos detalhes.

Pitacos: O mais importante do verão é amar e respeitar seu próprio corpo para que você consiga aproveitar tudo o que há de melhor nessa estação. Escolha um biquíni que te faça sentir bonita e curta a praia e a piscina tranquilamente.

Ah, não se esqueça: o importante na hora de comprar um biquíni é se sentir confortável. Ao provar a peça, faça todos os movimentos possíveis para testar o caimento no seu corpo para, na hora de curtir o verão, você se sentir bem e confiante.

Anúncios
Publicado em Dicas, Moda e Beleza | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , | 8 Comentários

9 dicas de como deixar a casa mais fresca no verão

Tem gente que ama e tem quem odeie, mas a verdade é que o Verão chegou com tudo! Porém, se o calor ainda está forte, mesmo com shorts e chinelo, talvez seja a hora de tomar medidas de outra natureza: na decoração!

Já que é impossível mudar os números marcados nos termômetros, a solução é tomar algumas medidas para refrescar o ambiente.

Confira algumas dicas:

1.Tudo levinho e claro

Durante o inverno a tendência é colocar tapetes e tecidos mais grossos nos móveis e espalhados na casa.

Para deixar a casa mais fresca, é importante lembrar de trocar esses tecidos por opções mais leves. No caso dos tapetes, por exemplo, considere não utilizá-los ou escolher versões menores e mais finas.

O mesmo vale para as cortinas, lençóis e capas. Desse modo, o acúmulo de calor nos cômodos será eliminado e você conseguirá refrescar a casa.

Utilizar tecidos como fibras naturais e algodão é uma ótima opção. Além disso, optar por cores mais claras e neutras também ajudam no efeito leve desejado.

Outra dica importante é retirar os móveis onde há muita incidência de sol. As altas temperaturas do verão tendem a fazer com que os móveis acumulem calor, além de danificar o item.

2. Cultive plantas dentro de casa

As plantas umidificam naturalmente qualquer espaço, além de manterem o ar fresquinho e serem lindas. Se você não tem espaço para espécies grandes, pode investir nos vasinhos ou até em uma parede viva. Lembre-se de verificar quais espécies de plantas se adequam a sua rotina e sua disponibilidade de Sol.

3. Cortinas

A gente ama um bom bronzeado, mas não dentro de casa. Cortinas claras nas janelas e portas são uma boa solução para refrescar o espaço sem comprometer a entrada de luminosidade. Os materiais recomendados são o linho ou o voal.

4. Vento

Sim! É possível simular aquele ventinho gostoso do final da tarde com algumas dicas de projeto. Verifique quais são as janelas e portas que mais ventilam. Aí, durante a noite, quando as temperaturas são naturalmente mais baixas, deixe-as abertas. Assim, durante o dia, mesmo com elas fechadas, a casa ficará mais agradável.

5. Espalhe panos encharcados de água pela casa

Isso ajuda bastante, pois a água evapora e deixa o ar mais úmido e torna a respiração mais confortável.

Opte pelo pano ao invés de baldes de água. Além do pano conseguir reter a água por mais tempo, não corre o risco de acúmulo de água (ambiente propício para a procriação do mosquito transmissor da Dengue e outras doenças).

6. Escolha roupas de cama de algodão

Quando mais fechada a trama do tecido, melhor, porque permite maior troca térmica entre o corpo e a superfície de contato e absorve melhor o suor.

Roupas de cama de algodão podem ser ótimas para refrescar o ambiente na hora de dormir, além de evitarem o mau cheiro.

7. Substitua as lâmpadas incandescentes

A lâmpada incandescente transforma a energia elétrica em energia térmica e luminosa.

Ao invés disso, opte por modelos fluorescentes ou de LED, que não emitem calor ou possuem uma emissão baixíssima, consomem menos energia e duram mais tempo.

8. Piso frio

Essa é para quem ainda está construindo o apartamento ou a casa. Se a sua região é quente o ano todo, a melhor escolha para o piso são as pedras ou porcelanatos ao invés da madeira ou carpetes. Elas deixarão seus ambientes bem mais frescos, são muito elegantes e de fácil manutenção!

9. Fonte

A presença do som de água corrente no interior ou exterior de uma casa pode ser um detalhe que faz toda a diferença. Este som pode deixar o clima relaxante, pacífico e perfeito para descansar após um dia de estresse. Além de ser um item que embeleza qualquer ambiente, as fontes são capazes de baixar o nível de mercúrio e assim, resfriando o ambiente. As fontes podem seguir diversos formatos e diferentes estilos. A dica é procurar algum que faça sentido com a decoração do ambiente em que ela ficará exposta. Pedras e plantas podem ser adicionadas ao redor da fonte.

Pitaco: Vale a pena também investir em uma decoração tropical. Acessórios com cores que remetem à natureza, como azul (mar), verde (plantas), rosa (flores) e amarelo (sol), ajudam a turbinar o clima da estação na sua casa.

Anúncios
Publicado em Achado, Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , , | 13 Comentários

Blue Monday: conheça o dia mais triste do ano e como superá-lo

“Segunda-feira nunca é um dia tão feliz ou animado, mas a terceira segunda-feira de janeiro (dia 20, em 2020) carrega um estigma ainda pior. Chamado por “Blue Monday”, ou segunda-feira azul, esse dia é considerado o mais triste de todo o ano, e alguns fatores podem, sim, colaborar para isso.

Embora a origem da data seja confusa – alguns alegam ser uma ação de marketing, outros remetem a um estudo de uma universidade do País de Gales – os motivos que levam ao cálculo do dia mais triste de todo um ano são compreensíveis.

As contas do fim (e do começo) do ano se acumulando, não há mais o clima das festas de Natal, Ano Novo e da família reunida, o retorno ao trabalho (e vendo alguns colegas curtindo as férias pelas redes sociais), as metas que foram postas no papel em dezembro, mas não saíram do mesmo em janeiro são alguns deles.

Há ainda a questão da estação do ano. Entre os habitantes do hemisfério Norte, o frio congelante dos dias nublados é uma variável importante para o descontentamento. Para os moradores do Sul do mundo, sol e calor podem ser um tanto excessivos nessa época e também gerar desconforto.

Esses são motivos que podem, conforme explica Nicole Cristino, psicóloga Clínica e Perinatal, especialista em Psicologia da Saúde e Hospitalar, favorecer as angústias e tornar o dia, de fato, mais triste que os demais.

“A angústia pode se acentuar quando as demandas sociais como essas são impostas. Estar, por exemplo, aquém das expectativas e da realidade fantasiosa das celebridades nas redes sociais funciona frequentemente como gatilho para crises de angústia e de ansiedade em períodos como esses”, explica a especialista em Psicologia da Saúde e Hospitalar, e membro da Wave Medicina Fetal.

Ainda segundo Nicole, essa melancolia é comum e percebida nos consultórios dos especialistas. “Conflitos familiares surgem com mais frequência, e a insatisfação com a vida pessoal, profissional, com o corpo e com os bens de consumo vem à tona com mais força tanto no fim de ano quanto no início”, afirma.

Proteja-se

Justamente por essa tendência, o primeiro mês do ano foi o escolhido para o projeto de atenção e cuidado à saúde mental Janeiro Branco. Dentre os objetivos da campanha, desenvolvida por profissionais de saúde mental no Brasil, está:

“Aproveitar a simbologia do início de todo ano para incentivar as pessoas a pensarem a respeito das suas vidas, dos seus relacionamentos e do que andam fazendo para investirem e garantirem Saúde Mental e Saúde Emocional em suas vidas e nas vidas de todos ao seu redor.”

De acordo com Nicole, a conscientização é um dos fatores de proteção mais importantes e deve ser o primeiro passo a ser dado. “Pensar nos fatores sociais que nos levam à angústia e ao sofrimento diante de demandas irreais é fundamental para compreendermos que entre um ano e outro há apenas um segundo de diferença”, completa a psicóloga.

O que fazer?

Se estiver se sentindo melancólico nessa época, lembre-se que é comum e ninguém está sozinho. Para manter uma saúde mental em dia, confira abaixo algumas sugestões do Ministério da Saúde:

* Não se isole. Procure família e amigos e compartilhe suas angústias.
* Vá ao médico. Mantenha suas consultas médicas regulares e compartilhe com os profissionais caso sinta melancolia ou sintomas depressivos.
* Mantenha o tratamento. Caso o profissional da saúde tenha prescrito uma medicação e um tratamento, faça o acompanhamento adequado.
* Faça exercícios físicos. Os benefícios da prática de esportes e outros exercícios estão comprovados na saúde mental.
* Alimente-se. Tenha uma dieta regrada, e reduza o consumo de alimentos industrializados ou ultra processados. Prefira sempre os mais naturais.
* Durma bem. Favoreça, sempre que possível, as oito horas de sono. Ter boas noites de sono colaboram com a saúde mental.
* Mantenha o intelecto ativo. Leia livros, aprenda um novo idioma, pratique um hobby novo.
* Sempre converse. Caso precise, entre em contato com os voluntários do Centro de Valorização da Vida (CVV). Os atendimentos são gratuitos, sob total sigilo, e podem ser feitos via telefone, e-mail, chat e voip 24 horas, todos os dias. Em parceria com o SUS, a ligação pode ser feita por meio do número 188, em todo o Brasil, seja por linha fixa ou celular. Acesse www.cvv.org.br para o chat.

Fonte: Gazeta do Povo

Pitaco: A virada do ano é sempre um momento de muitas expectativas e, consequentemente, grande ansiedade. O início de um novo ano sempre vem carregado de metas e planos que podem ou não serem concretizados. Portanto, saber lidar com essas emoções é de extrema importância.

Anúncios
Publicado em Comportamento | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 12 Comentários

Como fazer um spa day em casa

Já pensou em fazer uma sessão de beleza e relaxamento em casa? Com algumas dicas simples, você vai conseguir ter um spa day perfeito para recarregar as energias, equilibrar o corpo e a mente.

Ter um dia relaxante e totalmente focado nos cuidados pessoais é o sonho de muitas mulheres, especialmente se for em um spa completo. Mas se a correria do dia a dia ou o orçamento não permitirem, uma boa sugestão é fazer um spa day em casa. Com dicas simples e alguns produtos de beleza, você vai sair renovada depois de transformar seu lar em salão por um dia!

Separe os produtos de beleza que serão utilizados no dia

Se a intenção do spa day é cuidar de si mesma e relaxar, o primeiro passo é organizar todos os produtos para não ter que procurar por eles mais tarde. Geralmente, em um spa os tratamentos envolvem um banho relaxante, máscara facial, tratamento para os cabelos e hidratação para a pele. Sabendo disso, é só separar os itens utilizados em cada etapa.

Para aquelas que estão planejando esse dia com uma certa antecedência, dá até para conferir o que tem em casa e o que precisa ser reposto. Se for preciso comprar algo, dê preferência para os produtos que realmente fazem diferença para o corpo. Na Revista Natura do mês, um dos lançamentos é o Creme Sorbet Lima e Flor de Laranjeira, que oferece nutrição prebiótica para equilibrar a pele – o tipo de produto ideal para cuidar de si mesma. A revista do O Boticário neste mês também possui mais de 700 produtos com 50% de desconto, ou seja, opção não falta. E pra quem prefere a marca Natura, o produto em destaque é o lançamento da Luna Fascinante, com flores roxas exuberantes.

Aproveite a oportunidade para se desligar do mundo

Com as rotinas agitadas, encontrar um tempo para se desligar do mundo não é tão simples. Mas o spa day tem tudo para ser esse momento! Que tal deixar seu celular no modo avião para que ninguém possa te incomodar? Para não deixar a casa em completo silêncio, vale colocar uma playlist tranquila ou suas músicas preferidas para tocar. Desligar o celular pode também ser uma ótima oportunidade para descobrir quão dependente do aparelho você está. Recentemente, uma pesquisa realizada pela Millward Brown Brasil em parceria com a NetQuest apontou que os brasileiros passam em média 3h14 por dia conectados ao smartphone e a tendência é ficar ainda mais tempo de olho na telinha. E as consequências já aparecem: no mundo cresce o número de pacientes com Nomofobia, que é o medo de ficar sem o celular. Algo alarmante para uma geração tão conectada.

O passo a passo do spa day

Com essas duas primeiras etapas do spa day concluídas, está na hora de aproveitar seu dia! Mas o que fazer primeiro? É claro que você é livre para escolher o que deseja fazer primeiro, mas se bater uma dúvida sobre a ordem de cada procedimento, é só seguir a lista abaixo para não ter erro!

  • Tome um bom café da manhã

Você não precisa tomar café da manhã em um hotel para se alimentar bem. Mesmo se for um pão com manteiga e uma xícara de café, o que realmente faz diferença é a calma no momento da refeição. Se você tiver frutas em casa, vale fazer uma vitamina para começar o dia bem nutrida.

  • Banho relaxante

Na hora do banho, foque em cuidar de todas as áreas do corpo. Lave os cabelos, faça uma esfoliação na pele e aplique uma máscara capilar. Se você tiver óleo essencial de lavanda, pingue algumas gotas no piso do banheiro para que quando a água caia, o aroma seja liberado, aumentando a sensação de relaxamento.

  • Atenção especial para os cabelos

O spa day é uma ótima oportunidade para aplicar aquela máscara de hidratação demorada ou fazer algum tratamento de recuperação dos fios. Saiba que, com alguns cuidados, é possível ter resultados de salão em uma sessão de beleza caseira.

  • Hidratando o corpo

Embora muita gente tenha o hábito de hidratar partes do corpo no dia a dia, há quanto tempo você não dedica um tempo para fazer a atividade com calma? Após o banho, pegue seu hidratante preferido e passe por todo o corpo, dando atenção extra para as áreas que costumam ser mais secas.

  • Limpeza de pele

O rosto está exposto diariamente ao sol, poeira, poluição, entre outros elementos nada saudáveis. A dica é fazer uma limpeza de pele com sabonete esfoliante para tirar todas as impurezas. Depois, aplique uma máscara de hidratação e deixe-a agir.

  • Faça algo relaxante

Para finalizar seu spa day, é hora de relaxar. Você pode assistir um filme, fazer as unhas, ler um livro, meditar, ou simplesmente ir para a cama mais cedo e ter uma ótima noite de sono.

Pitaco: O melhor do spa day em casa é que você pode repeti-lo sempre que julgar necessário e até convidar as amigas para esse momento. O importante mesmo é recarregar as energias e tirar um tempo para reequilibrar o corpo e a mente.

Anúncios
Publicado em Dicas, Moda e Beleza | Marcado com , , , , , , , , , , , , | 14 Comentários

Como exercitar o cérebro no dia a dia

Você já sabe que praticar atividades físicas é importante para manter uma boa saúde, mas e o cérebro? Este órgão também pode ser exercitado para melhorar seu desempenho e o melhor: você pode fazer isso em casa, no seu dia-a-dia com atividades chamadas de neuróbicas.

Quando acostumamos a fazer as mesmas atividades com frequência, é comum ligarmos o modo piloto automático, pois já temos domínio sobre as nossas ações. Assim, o nosso cérebro entra na zona de conforto e pode dar margem para algumas reações, como falhas de memória, raciocínio lento, problemas de concentração…

A proposta das neuróbicas – que funcionam como a aeróbica dos neurônios – é justamente tirar o cérebro da sua zona de conforto e potencializar as suas habilidades cognitivas.

A prática da neuróbica envolve desde exercícios simples – que podem ser feitos no dia a dia – até desafios mais complexos,  que proporcionam situações improváveis e podem ser feitos por pessoas de todas as idades.

“As neuróbicas estimulam padrões de atividade neurais que criam conexões entre as diferentes áreas do cérebro e fazem com que as células nervosas produzam nutrientes naturais do cérebro”, explica Solange Jacob, diretora pedagógica nacional do Método SUPERA, rede de escolas dedicadas ao desenvolvimento do cérebro no Brasil.

Para que uma atividade seja considerada “neuróbica”, é preciso desenvolver um ou mais dos nossos cinco sentidos em um novo contexto e/ou transformar uma atividade rotineira em algo inesperado e não-usual.

Como incorporar a neuróbica na rotina diária

Nós podemos praticar exercícios para o cérebro em qualquer lugar: seja em casa, no trabalho, na escola ou nos momentos de lazer.  Fazer atividades de maneira inusitada é uma nova técnica para melhorar a concentração, treinar a criatividade e inteligência.

Tente fazer um teste fazendo alguns exercícios no seu dia-a-dia. Sugerimos aqui 20 ações diferentes que podem ser feitas em casa e podem proporcionar momentos descontraídos com a família e amigos:

01 – Use o relógio de pulso no braço direito (ou no braço esquerdo, se for canhoto);

02 – Escove os dentes ou escreva em uma folha de papel com a mão contrária da de costume

03 – Ande pela casa de trás para frente;

04 – Vista-se de olhos fechados;

05 – Estimule o paladar, coma coisas diferentes;

06 – Veja fotos de cabeça para baixo e tente observar cada detalhes que antes lhe passara despercebido;

07 – Veja as horas num espelho ou troque o relógio do pulso que costuma usar;

08 – Faça um novo caminho para ir ao trabalho ou introduza pequenas mudanças nos seus hábitos cotidianos

09 – Converse com o vizinho que nunca dá bom dia.

10 – Comece a trocar o mouse de lado.

11 – Decore uma palavra nova por dia, de seu idioma ou de outro e tente aos poucos introduzi-la em suas conversas de forma adequada.

12 – Folheie uma revista e procure uma fotografia que lhe chame a atenção. Agora escreva 25 adjetivos que ache que a descrevem e/ou ao tema fotografado.

13 – Ao entrar numa sala onde esteja muita gente, tente determinar quantas pessoas estão do lado esquerdo e do lado direito. Identifique os objetos que decoram a sala, feche os olhos e enumere-os.

14 – Quando for a um restaurante, tente identificar os ingredientes que compõem o prato que escolheu e concentre-se nos sabores mais subtis.

15 – Selecione uma frase de um livro e tente formar uma frase diferente utilizando as mesmas palavras.

16 – Monte um quebra-cabeça e tente encaixar as peças corretas o mais rapidamente que conseguir, cronometrando o tempo. Repita a operação e veja se progrediu.

17 – Experimente memorizar aquilo que precisa comprar no supermercado, em vez de elaborar uma lista.

18 – Ouça as notícias na rádio ou na televisão quando acordar. Durante o dia escreva os pontos principais de que se lembrar.

19 – Ao ler uma palavra, pense em outras cinco que comecem com a mesma letra.

20 – Leia atentamente e reflita sobre o texto.

Pitacos: Para colocar as dicas em prática, se proponha a experimentar situações novas e sentir sua mente sendo desafiada! 

Temos muito potencial, mas acabamos nos limitando ao ficarmos presos nos mesmos hábitos e formas de agir. Permita-se e divirta-se com os desafios para seu cérebro!

Bônus: Atualmente, existem diversos aplicativos que te ajudam a saber como exercitar o cérebro. Veja algumas opções gratuitas:

  • Fit Brain: o aplicativo trabalha a concentração, o pensamento lógico e a memória visual.
  • Quick Brain: esse aplicativo disponibiliza exercícios matemáticos que te ajudarão a trabalhar a memória, a atenção, a concentração e a lógica. Além disso, você aprende a tabuada de forma fácil!
  • MatchUp: o MatchUp é um jogo para você exercitar a sua memória. É possível jogar individualmente ou em dupla. 
Anúncios
Publicado em Comportamento, Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | 11 Comentários

Quando se submeter a otoplastia?

A otoplastia é a cirurgia plástica indicada para correção de imperfeições estéticas na orelha, como é o caso das “orelhas de abano”, quando a aparência delas é mais proeminente e, por vezes, desproporcional à cabeça.

A otoplastia é recomendada para todas as pessoas que sentem incômodo em relação à aparência da orelha. Um dos destaques desse procedimento é que ele pode ser realizado a partir dos 7 anos.

O desenvolvimento da orelha está completo nessa idade e o crescimento dela passa a ser mais proporcional em relação ao corpo. Além disso, ao fazer a intervenção cirúrgica ainda na infância os resultados estéticos podem ser mais satisfatórios.

A seguir saiba mais sobre os cuidados pré e pós-operatórios da otoplastia e como o procedimento é realizado.

Quais os cuidados pré-operatórios?

O pré-operatório é um momento fundamental para o paciente e os responsáveis tirarem as dúvidas sobre o procedimento e para assegurar se a condição de saúde permite essa intervenção cirúrgica. Para isso, alguns cuidados incluem:

  • Realização dos exames solicitados pelo médico que pode incluir sangue, urina e cardíaco;
  • Avaliação física pelo médico;
  • Verificação e, se necessário, ajuste dos medicamentos atualmente receitados;
  • Interrupção do uso do tabaco por, no mínimo, 30 dias no caso dos adultos;
  • Interromper o uso de aspirina, anti-inflamatórios e algumas vitaminas que podem prejudicar a coagulação do sangue.

Existem diversas outras recomendações que podem ser dadas pela equipe médica no pré-operatório, sendo fundamental seguir corretamente todas elas.

Como é feita a otoplastia?

A otoplastia pode ser realizada utilizando anestesia local com sedação ou geral, sendo que o procedimento tem duração que varia entre 1h30 e 2h.

Em geral, pessoas que se identificam com a orelha de abano não possuem as reentrâncias, saliências e angulações normais da orelha, fazendo com que a estrutura seja aberta.

Pensando nisso, o cirurgião plástico fará uma incisão vertical na parte posterior da orelha para descolar a pele da cartilagem e conseguir fazer a remodelação dos relevos, corrigindo a angulação das orelhas em relação à cabeça do paciente.

Isso é possível por meio de suturas e da remoção de fragmentos de cartilagens em excesso. Em seguida ocorre a modelação das reentrâncias da orelha e a pele é esticada, sendo removido o excesso. Por fim, o cirurgião plástico faz a sutura e conclui o procedimento.

Como é a recuperação da otoplastia?

Normalmente, a recuperação da otoplastia é tranquila e sem dores, no entanto, o cirurgião plástico deverá prescrever alguns medicamentos como antibiótico e anti-inflamatório e analgésicos caso o paciente sinta desconfortos.

O período de repouso é de 7 dias, seja da escola ou trabalho, e após esses dias o paciente poderá retomar essas atividades. Exercícios mais intensivos, como prática de esportes, só poderão ser retomados após um mês.

Durante o pós-operatório é importante o uso da faixa compressora que dará estabilidade à orelha e ajudará no processo de cicatrização. Por tal razão, nos casos de crianças, a recomendação é que o procedimento seja realizado durante as férias escolares.

O paciente também não poderá dormir de lado, sendo preciso ter atenção para não apoiar a cabeça e afetar a região operada.

Essas recomendações devem ser informadas pela equipe médica antes mesmo da realização do procedimento.

Pitaco: Destaca-se que a otoplastia é uma cirurgia simples, no entanto, os resultados estão diretamente relacionados aos cuidados pré e pós-operatórios e a escolha de um cirurgião plástico de confiança para realizar a cirurgia.

Anúncios
Publicado em Saúde | Marcado com , , , , , , , , , , , , | 10 Comentários

Como combater o estresse de forma natural

A correria do dia a dia, a fila do supermercado, o trânsito e crianças correndo pela casa, são alguns dos motivos que cansam nossa mente e corpo. Atualmente, coisas do cotidiano têm causado o famoso estresse em muitas pessoas. 

É normal ouvir alguém dizer que está estressado, o problema é quando isso se torna algo frequente. Esse é um problema que tem como causa um conjunto de situações, acumuladas em um certo período de tempo.   

Para combater o estresse de forma natural, existem algumas recomendações que devem ser praticadas em seu dia a dia. Veja quais são!

Dicas para eliminar o estresse de forma natural

Acrescentar alguns hábitos saudáveis pode mudar totalmente a sua qualidade de vida, tanto física, quanto mental. Para isso, é importante seguir algumas recomendações e, caso não funcione de forma positiva, recomendamos buscar ajuda de um profissional especializado.

Atualmente, muitos convênios médicos oferecem especialistas como terapeutas, psicoterapeutas e psicólogos, ambos preparados para lidar com históricos relacionados ao estresse. Porém, existem muitas coisas que você pode mudar para eliminar o estresse de forma natural. Confira!

1. Atividade física frequente

As atividades físicas são muito benéficas para a nossa saúde e bem-estar. Uma hora de atividades ao dia, e pelo menos três vezes por semana, já ajuda a obter uma melhora para a saúde de nosso corpo e também da nossa mente. Algumas das atividades recomendadas são:

  • Caminhadas
  • Pedaladas
  • Corridas
  • Natação
  • Esportes com bola 
  • Entre outros

2. Ter tempo para descansar

Um ponto importante para ajudar a diminuir o estresse é ter tempo para descansar, ou ter boas noites de sono. O recomendado é de no mínimo 6 horas de sono por dia, mas o ideal mesmo são 8 horas. 

Para dormir bem, você pode começar descartando alimentos pesados na hora do jantar. Outra dica é evitar ir dormir muito tarde. Tome um chá de camomila e desfrute de uma noite de sono bem relaxante. 

3. Boa alimentação

Uma alimentação equilibrada, com os nutrientes necessários para suprir as necessidades do nosso corpo, também é primordial para o bem-estar. A alimentação irregular pode causar prisão de ventre, desconforto e até mesmo desregular o intestino. 

Os alimentos como ifood, frituras e guloseimas não são proibidos. No entanto, não devem ser consumidos com muita frequência. Os mais indicados são as verduras, legumes, frutas, carnes brancas e vermelhas.

4. Contato com a natureza

Quando o cansaço mental atinge o limite e o estresse começa a tomar conta, não existe nada melhor que sair do ambiente fechado e respirar ar puro. Já comprovado em estudos, o contato com a natureza é essencial para quem quer amenizar o estresse. 

Um passeio no parque, um final de semana em um sítio ou chácara. Permita-se a ter momentos de lazer e deixe a correria da cidade grande de por um momento. Respire ar puro, elimine o estresse e recarregue as energias. 

5. Estar sempre em dia com os afazeres

Deixar tudo para última hora gera uma sobrecarga indesejada, a qual eleva os níveis de estresse. Manter as tarefas e os afazeres em dia é uma ótima maneira de estar sempre de bem com a vida e em dia com suas obrigações.

Para algumas pessoas, fazer uma lista de programação ajuda a manter os prazos. Você pode fazer o teste, começando a listar os afazeres que tem prioridade e então inserir os demais logo em seguida. Vale lembrar, que o intuito disso tudo é estar livre dos causadores do estresse. 

Então, gostaram das dicas de como combater o estresse de forma natural? Você já pratica alguma dessas dicas? Comente!

Por: Andreia Silveira, do site PlanodeSaude.net. 

Anúncios
Publicado em Comportamento, Saúde | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | 14 Comentários

6 dicas para quem irá passar o Ano Novo sozinho

A tradicional festa de Ano Novo celebrada entre os dias 31 de Dezembro e 1 de Janeiro costuma juntar grupos de amigos que celebram a ida do ano velho e a entrada no ano novo através de festas. Mas nem todos gostam de festas com muitas pessoas ou por outros motivos, podemo-nos encontrar fora do nosso ambiente e sermos obrigados a passar esses dias sozinhos. Não é um problema um Ano Novo sozinho, pode ser um motivo de alegria e pode ser uma celebração especial, diferente do normal. Em Pitacos e Achados explicamos como conseguir passar o Ano Novo sozinho.

1 – Faça um esforço mental, se realmente se sente triste por passar sozinho o Ano Novo, pense que essa é uma noite como outra qualquer que passa sozinho e que não se passa absolutamente nada. Aprenda a improvisar na vida, lembre-se de quantas noites sem serem nada de especial e sem o pretender foram especiais na companhia dos amigos e festa, e outras noites que não se divertiu nada. Não dê qualquer importância a esta noite.

2 – Planeje a opção de uma viagem ou escapada durante estes dias, aproveitando o fato de serem festivos. Pode ir a qualquer outro lugar do mundo e conhecer como se celebram estas festas fora do seu ambiente. Também pode planejar a opção de viajar e desconectar-se das festas, realizar alguma escapada a um lugar longe, onde o Ano Novo não seja muito celebrado.

3 – Pode fazer uma noite especial só para si: prepare um bom jantar, fora do habitual, cozinhe com alegria e vontade para si os pratos que mais gostar e depois pode optar por várias alternativas se não quiser ir dormir logo: televisão, algum filme, um bom livro, música e um bom vinho no qual possa desfrutar na sua solidão, a qual também é necessária.

4 – Pense nas possibilidades que oferece o dia 1 de Janeiro em qualquer cidade, especialmente concertos e musicais. Desta forma no 31 pode optar por jantar e ir logo dormir para aproveitar o dia seguinte e fazer coisas que preenchem mais do que sair para a festa nessa noite.

5 – Se desejar, depois de jantar pode passear um pouco pela cidade, optar por entrar em algum bar para tomar algo. Com certeza irá conhecer pessoas novas. E se quiser, pode fazer o jantar pela rua, há muitos lugares abertos para todos.

6 – Pode ser uma boa alternativa passar um Ano Novo sozinho, para pensar, por a sua vida em ordem, valorizar o que tem e tomar decisões, há momentos em que a vida o faz desejar. Não se sinta mal por tomar uma decisão, não muito aceitada socialmente, faça o que fizer sentir-se bem, e não pense em mais nada do que em si.

Não esqueça! Tem muita festa espalhada pela cidade e muitas delas são gratuitas. Além disso, costuma rolar a famosa queima de fogos, o que deixa o clima ainda mais festivo. Só fique de olho nas mudanças de trânsito e horários dos transportes públicos para não passar perrengue.

Pitacos:

  • Não se sinta sozinho e desfrute da solidão nestes dias.
  • Aproveite o momento para fazer tudo que tem vontade sem depender de ninguém.
  • Desfrute e conheça-se mais a si próprio.

Feliz Ano Novo!!

Publicado em Dicas | Marcado com , , , , , , , , , | 16 Comentários

DIY – Plaquinhas divertidas e simples para o Ano Novo

Olá pessoal!!

As plaquinhas para festa são uma opção de entretenimento simples e eficaz para garantir fotos mais divertidas em momentos especiais. O Ano Novo, com toda a sua tradição, também tem espaço para plaquinhas e você mesmo pode fazê-las ou usar plaquinhas prontas para imprimir.

Seja qual for a sua opção, neste artigo do Pitacos e Achados te ensinamos como fazer plaquinhas para imprimir e deixamos de inspiração 30 frases para plaquinhas de Ano Novo!

Como fazer plaquinhas de Ano Novo para imprimir no Word

  1. Abra o Word, no seu computador;
  2. Localize, na parte superior da tela a opção ‘Inserir’;
  3. Escolha a opção ‘Formas’;
  4. Ali você encontra o layout de plaquinhas pronto para imprimir e ser ajustado às medidas que você necessita. Selecione a que gostar mais;
  5. Ajuste o balão na tela do Word;
  6. Clique sobre ele no com o botão direito do mouse e selecione ‘Formatar autoforma’ para escolher as cores que deseja usar;
  7. Volte à opção ‘Inserir’ e selecione ‘Caixa de texto’;
  8. Então, arraste para dentro do balão a caixa de texto e digite o que quiser (as frases para plaquinhas divertidas de Ano Novo  estão logo abaixo neste texto);
  9. Você pode alterar as fontes e cores e, inclusive utilizar WordArt, se preferir;
  10. Então, não se esqueça de salvar o arquivo e você já tem uma plaquinha de Ano Novo pronta para imprimir.

Outras alternativas de plaquinhas de Ano Novo para imprimir

Você também pode utilizar outros programas para confeccionar a plaquinha para festa de Ano Novo, como Canva ou o editor de imagens que preferir. O mais importante é atentar-se ao tamanho. Na dúvida, você pode se basear pelo tamanho do papel A4, mais comum para imprimir.

Independente de como você as tenha feito, quando estiverem impressas ou confeccionadas, cole-as em uma superfície mais rígida, como papelão ou cartolina e cole um palitinho ou papelão para poder segurar bem as plaquinhas divertidas para o Ano Novo na hora de tirar fotos.

Plaquinhas de Ano Novo

As plaquinhas para festa de Ano Novo podem exibir desde frases clássicas e bonitas até as mais engraçadas e com piadinhas internas entre a família. Quanto mais opções você oferecer, maiores as chances de que os convidados se identifiquem e as usem como plaquinha de Ano Novo para fotos.

Uma ideia legal é criar uma #hashtag com o nome da festa (você escolhe o nome) e usá-lo na plaquinha. Assim, todos podem usar a #hashtag na legenda da foto e elas ficam todas concentradas e fáceis de serem encontradas por todos. Começamos agora com as sugestões mais clássicas de frases para plaquinha de Ano Novo.

Frases de Feliz Ano Novo curtas

As vezes, tudo que a gente precisa é simplicidade e rapidez, por isso aqui estão algumas frases engraças para o Ano Novo, bem curtinha para não perder tempo nenhum.

  1. A meta desse ano é ser feliz!
  2. Que o próximo ano seja invadido por muita paz e alegria.
  3. Não insista nos velhos erros, se não, jamais terá um novo ano!
  4. Seja a mudança que você gostaria para o seu ano.
  5. Não deixe para depois o que você pode fazer nos próximos 365 dias!
  6. Adeus ano velho!
  7. Feliz Ano Novo!
  8. Só vou beber esse ano!
  9. Projeto fitness 2020!
  10. Não vou lembrar disso amanhã!
  11. Cadê meu copo?
  12. Desce mais champa!
  13. Posta no face!
  14. Posta no insta!
  15. Manda essa no zapzap!
  16. Se beber não mande whats!
  17. Em 2020 eu prometo
  18. Em 2021 eu faço 2020 tá muito encima
  19. Saudades de 2019 #sqn
  20. Esse ano vai!!
  21. Só os tops
  22. Em 2020 eu prometo.
  23. Pode isso produção?
  24. Melhor festa do ano!
  25. Bela, recatada e do bar!
  26. É muito luxo!
  27. Só os lindos!
  28. Feliz 2020!
  29. Paz, Amor e Sucesso!
  30. Vem aí 365 oportunidades!

Como usar a plaquinhas festa Ano Novo?

Você pode distribuir as plaquinhas entre os convidados, porém se preferir pode fazer uma mesa com um pote e colocar as plaquinhas, assim os convidados podem pegar a qualquer momento.

Deixe um espaço adequado para tirar fotos, pode posicionar as plaquinhas próximo ao local.

Uma dica é convidar os convidados em pequenos grupos, talvez uma família por vez, e organizar um momento para tirar fotos com esse grupo, nesse momento leve junto as plaquinhas.

Pitaco: Espero que você faça lindas fotos com as dicas das plaquinhas, e eternize lindos momentos para sempre!

Então, que tal mandar as fotos usando a #dicasdepitacos para que possamos postar no facebook, instagram e no blog, se preferir poste no seu Instagram Stories e marque o @pitacoseachados.

Publicado em Dicas, Diy | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , | 18 Comentários

Sugestões infalíveis para quem vai passar o Natal Sozinho

Acredite que é bem mais comum do que imagina passar o Natal sozinho. Seja por opção própria ou simplesmente por necessidade, tenha razões pessoais ou profissionais, o que é certo é que na nossa sociedade já há muitas pessoas que se encontram nesta situação. E se há quem fique deprimido com tal cenário, muitos outros tendem a encará-lo como uma oportunidade.

Nós damos um empurrãozinho para que a depressão não o ataque nesta época festiva! Afinal, passar o Natal sozinho não precisa ser um castigo. A nossa ideia é dar algumas dicas que permitam usufruir deste “presente” inesperado, desfrutando do mesmo da melhor forma possível, com todo o amor e alegria a que tem direito. Esperamos que goste…

1. Adira a 100% ao espírito natalino

A pior coisa que pode fazer é fingir que está em qualquer outra época do ano, simplesmente porque… é impossível! Vai sempre haver uma decoração no café, uma música no rádio, um filme na TV ou uma pessoa extremamente simpática que lhe vão recordar… Assim, se não os pode vencer, junte-se a eles:

  • Decore a sua casa, o quarto de hotel, a secretária no trabalho ou qualquer outro local onde vá passar a maior parte do tempo nesse dia. A ideia é mesmo deixar tudo com um ar alegre e festivo, seja com peças compradas, seja com elementos feitos por si próprio.
  • Coloque umas músicas de Natal todos os dia: não há nada mais adequado para entrar no espírito. Ah, e acompanhe-as, cantando bem alto e testando algumas coreografias! Aqui não há lugar para vergonhas: está sozinho, lembra-se?
  • Aproveite para colocar as comunicações em dia, mandando mensagens natalinas para toda a família, amigos, colegas e conhecidos. Você até pode não estar presente, mas todos irão lembrar de você!
gift

2. Mime-se. Não, mais do que isso: estrague-se com mimos

Tudo bem, vai passar o Natal sozinho, mas o dia não deixa de ser especial. E vai passá-lo com a pessoa mais querida do mundo, aquela que merece mesmo ser muito mimada: você! Assim, não se ponha com poupanças porque “sou só eu”… A ideia é:

  • Comprar ou preparar uma refeição absolutamente fabulosa: a melhor posta de bacalhau ou o melhor peru do mundo, cozinhados no mais rico dos azeites e servidos com os mais deliciosos acompanhamentos! Para beber, o champanhe mais caro e inebriante de que tenha ouvido falar. Para terminar, aquele doce verdadeiramente decadente, que o vai disparar para o céu à primeira dentada. Na verdade, porque esse dia é dia de festa e acontece apenas uma vez por ano, até pode escolher dois ou três docinhos para completar a sua ceia.
  • Compre para oferecer a si mesmo um presente inesquecível… Sabe aquilo que sempre desejou ardentemente, mas que sempre foi comedido demais para adquirir? Pois é isso mesmo de que estamos a falar. E mande fazer um embrulho super ostensivo. Coloque debaixo da árvore (sim, vai ter uma árvore) e espere pela meia-noite, com um flute de champanhe na mão…
  • Se é adepto de abrir os presentes pela manhã, coloque-os na árvore na noite anterior e vá dormir na expectativa do que vai encontrar no dia 25.

3. Defina um objetivo específico para esse dia

A ideia é que não pense no dia de Natal como “tempo perdido”. Nem que a sua meta seja passar o tempo todo em casa, de pijama, a fazer arrumações com um copo de vinho do Porto como companhia, ou a assistir a uma maratona de filmes com um balde de pipocas ao lado, desde que consiga atingi-la, está tudo bem. Pense no Natal como o “seu dia” de descanso, durante o qual vai fazer apenas aquilo que lhe apetecer, nem mais, nem menos.

E se não quiser ficar por casa? Não seja por isso! Fique com algumas ideias:

  • Saia do país! Se ficar completamente sozinho nesse dia especial, aproveite a época para fazer uma mini férias: neve, praia, montanha… Não hesite: invista em você!
  • Passe o Natal com a Natureza. Prepare-se adequadamente e saia para dar um passeio: a pé, de bicicleta, de carro… a ideia é entrar em comunhão com a fauna e flora que o rodeiam, ouvindo os sons, sentindo os cheiros e, acima de tudo, descontraindo. A Natureza é ótima para isso!
  • Ajude os outros. O voluntariado, além de cumprir o objetivo principal de auxiliar outras pessoas com necessidades prementes, é ainda uma excelente experiência pessoal, que nos ajuda a colocar a nossa própria situação em perspetiva.

4. Relaxe e aproveite cada momento natalino

Talvez seja este o ponto mais importante: acima de tudo, quando se vai passar o Natal sozinho, é essencial que haja uma predisposição para aproveitar cada momento. Afinal, por muito maravilhosa que seja, esta época é bastante estressante, com a necessidade de pensar e comprar inúmeras prendas e, muitas vezes, passar tempo com pessoas que dispensávamos bem ter de ver. Assim, veja as coisas nesta perspetiva: nesse dia, você só vai fazer aquilo que quiser. Aproveite essa liberdade e, sobretudo, o silêncio, paz e tranquilidade que traz com ela.

connection

5. Mantenha-se conectado

Se vai passar o Natal sozinho por circunstâncias da vida e não por opção, saiba que não é necessário que o passe completamente sozinho! Hoje em dia, com todas as tecnologias ao nosso alcance, as distâncias são cada vez mais curtas. Combine com a sua família uma chamada por Skype, por exemplo, e passem a consoada conectados ciberneticamente! Desta forma vai participar em tudo – a única diferença é que não está lá presente fisicamente. Desta forma, até a abertura dos presentes se vai tornar especia!

Pitaco: Gostou das nossas sugestões? Das pequenas dicas e conselhos? Esperamos sinceramente que sim e que tenha ficado convencido a colocar muitas delas em prática quando passar o Natal sozinho. Da nossa parte, resta-nos apenas desejar um Feliz Natal e que aproveite esta oportunidade para viver uma experiência verdadeiramente diferente e inesquecível. Feliz Natal!

Fonte: e-konomista.pt

Publicado em Dicas | Marcado com , , , , , , , , , | 22 Comentários