Sobremesas de colágeno: 5 receitas para manter a beleza da pele, unhas e cabelo

Para que não seja difícil incluir o colágeno na sua dieta, veja as sobremesas que você pode fazer com ele e que vão valorizar sua beleza

O colágeno é uma proteína de rápida absorção produzida e encontrada em nosso organismo.

Essa proteína atua em áreas variadas, exercendo funções importantes para a elasticidade e resistência da pele, saúde dos cabelos e unhas.

Além disso, também constitui as fibras que sustentam os tecidos do corpo, como ossos, tendões e articulações.

Quando os níveis de colágeno são saudáveis, as células apresentam um aspecto firme e jovial.

Porém, a sua falta provoca o envelhecimento precoce do corpo, principalmente na pele, acelerando o aparecimento de rugas, perda da elasticidade e flacidez.

Geralmente, é a partir dos 35 anos uma que essa deficiência de colágeno começa a surgir, devido a uma série de fatores.

Entre eles, estão:

  • Alimentação inadequada
  • Estilo de vida
  • Estresse
  • Excesso de álcool e cigarro
  • Questões de saúde
  • Mudanças hormonais
  • Exposição excessiva ao sol sem o uso de protetor solar

O interessante sobre o colágeno é que, ao estimular a sua produção, provoca-se um efeito dominó.

Ou seja, quanto mais colágeno você tiver, mais seu corpo será capaz de produzir e manter.

Para que não seja difícil incluir o colágeno na sua dieta, veja algumas sobremesas deliciosas que você pode fazer com ele e que vão valorizar sua beleza.

Geleia de morango natural

O morango contém vitamina C, que ajuda a combater os radicais livres, que causam dano para células e colágeno.

Além disso, possui licopeno e antocianinas, dois antioxidantes que atrasam o envelhecimento.

A gelatina é uma fonte natural de colágeno, porém recomenda-se ingeri-la sem açúcares artificiais.

Isso porque os adoçantes aceleram o processo de degradação das proteínas. 

Aprenda uma receita que você vai adorar e é eficaz na produção de colágeno.

Ingredientes:

  • 2 xícaras de água
  • 14 g de gelatina em pó sem sabor (1 sachê)
  • 2 xícaras de suco de maçã natural
  • ½ xícara de purê de morango (morango amassado)

Modo de preparo:

Aqueça a água e, quando começar a ferver, dissolva a gelatina em pó.

Quando estiver bem dissolvida e não houver grumos, adicione o suco de maçã natural, o purê de morango e misture.

Muffins de laranja

Frutas cítricas, como a laranja, são ricas em vitamina C, que é fundamental para a produção natural de colágeno.

Ingredientes:

  • 2 xícaras e meia de farinha de amêndoa
  • 1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
  • 1 ovo
  • ¼ de xícara de leite de amêndoa
  • 1 xícara de suco de laranja – extraído na hora
  • 3 colheres (sopa) de óleo de coco
  • 3 colheres (sopa) de raspas de casca de laranja
  • Gotas de essência de baunilha a gosto

Modo de preparo:

Misture todos os ingredientes na mesma ordem descrita acima.

Incorpore bem, despeje em formas de muffin untadas com manteiga e leve ao forno preaquecido a 180ºC por 20 a 30 minutos.

Deixe esfriar, desenforme e está pronto para servir.

Brownie de banana

Se você tiver colágeno hidrolisado em pó e sem sabor, esta receita é excelente.

Este tipo de colágeno contém 20 tipos de aminoácidos, sais minerais e vitaminas, principalmente vitamina C.

 Já a banana contém boa quantidade de vitamina C, nutriente importante para a produção de colágeno.

Além disso, a fruta possui manganês, outra substância que faz parte da síntese de colágeno.

Ingredientes:

  • 100 g de banana madura
  • 1 ovo
  • 70 g cacau em pó sem açúcar
  • 3 colheres (sopa) de farinha de amêndoa
  • 2 colheres (sopa) de colágeno hidrolisado em pó
  • ½ colher (chá) de bicarbonato de sódio
  • 3 colheres de (sopa) de gotas de chocolate amargo
  • 3 colheres (sopa) de leite

Modo de preparo:

Em uma tigela, coloque a banana amassada e adicione os demais ingredientes, na mesma ordem acima.

Misture bem, despeje a massa em uma forma forrada com papel manteiga e leve ao forno preaquecido a 180ºC.

Deixe assar durante 15 a 20 minutos, espere esfriar um pouco, desenforme e seu brownie está pronto.

Gelatina sem glúten

gelatina é uma proteína derivada da hidrólise parcial do colágeno animal, constituído dos ossos e peles de bovinos e suínos.

Ela possui cerca de 90% de proteínas, sendo considerada uma excelente fonte natural de colágeno.

Com isso, auxilia na reconstrução de alguns tecidos danificados.

Além disso, contém água, minerais, vitaminas e outros nutrientes que favorecem a saúde da pele, unhas e cabelo.

Ingredientes:

  • 1 gelatina diet de limão
  • 1 gelatina diet de morango
  • 1 gelatina diet de abacaxi
  • 1 pote de iogurte grego zero
  • 1 picolé diet de uva – ou o picolé que ensinaremos na receita abaixo

Modo de preparo:

Primeiro prepare as gelatinas individualmente, como de costume, seguindo o passo a passo da embalagem.

Depois, deixe-as endurecer na geladeira separadamente e, quando estiverem firmes, corte-as em cubinhos.

Em seguida, coloque em uma taça uma camada de cubinhos de gelatina, uma camada de iogurte, outra camada de gelatina e outra camada de iogurte.

A ordem dos sabores fica a seu gosto, como preferir.

Finalize colocando o picolé no meio e sirva na sequência.

Picolé de colágeno

Para preparar este picolé, você vai precisar utilizar o colágeno em pó com algum sabor.

Ingredientes:

  • 1 xícara de leite de amêndoa
  • 5 tâmaras
  • 2 colheres de colágeno em pó 

Modo de preparo:

Misture bem os ingredientes, despeje em formas de picolé e coloque no congelador até endurecer e estar pronto para o consumo.

Curapelanatureza

Anúncios
Publicado em Culinária, Moda e Beleza, Saúde | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Inverno: dicas de saúde e bem estar

Pitacos e Achados

Inverno - dicas de saúde e bem estar - pitacos e achados

Com a chegada do inverno e, consequentemente, do frio, o corpo fica mais vulnerável a uma série de condições. São muito comuns casos de gripes e de resfriados no inverno, assim como de amidalites e de dores de ouvido, por exemplo. A baixa temperatura tende a nos deixar mais debilitados, por isso, é preciso atenção redobrada nesta época do ano.

Além das condições típicas do inverno, como as que citamos acima, algumas pessoas sofrem ainda com o agravamento de doenças crônicas ou não como a asma, a rinite, a pneumonia, a bronquite e a sinusite. A circulação do ar fica bastante dificultada nesta estação, o que favorece a proliferação de ácaros e de bactérias. Outro motivo do desencadear destas condições é o fato de que, no inverno, passamos a frequentar mais lugares fechados, com pouca ou nenhuma ventilação e com amontoados de pessoas, o que facilita bastante a transmissão.

Pitacos…

Ver o post original 741 mais palavras

Publicado em Sem categoria | 6 Comentários

9 dicas de como fazer festa junina em casa

Ama festa junina mas quer se manter seguro em relação à Covid-19? Saiba aqui como fazer uma festa segura no conforto da sua casa.

Nós piscamos o olho e estamos novamente em junho, o mês das festas de São João. Mesmo com a tristeza de não poder participar de uma grande festa junina, é possível se adaptar e fazer os seus próprios festejos em casa. Separamos aqui algumas dicas para te ajudar a preparar este evento sem estresse e com muita alegria.

1. Invista na decoração

Decorar a casa com motivos juninos é fundamental! Você não precisa de muito para deixar sua casa perfeita para a ocasião: pendure bandeirinhas pelo seu lar e aposte em muitos objetos decorativos com madeira e palha. Também é interessante fazer uma pequena fogueira de brinquedo, que pode ser desenhada ou feita de papelão. Se tiver mais espaço, é bacana também fazer brincadeiras típicas de São João adaptadas, como pescaria e bingo.

2. Aposte nas comidas típicas

Impossível uma festa boa sem comida gostosa, certo! Para São João, isso vale também. Com uma variedade imensa de comidas típicas que podem ser preparadas, desde bolo de milho, até vinho quente e pé de moleque, investir nessas receitas é fundamental. Muitas delas, como canjica, curau e pipoca, levam poucos ingredientes e são práticas de fazer até mesmo para quem não está acostumado a se aventurar na cozinha.

3. Não esqueça de se vestir a caráter

Outro ponto importante para o sucesso da sua festa é usar as roupas típicas dessa festividade! Não é porque você vai ficar em casa que o look certo se torna dispensável: coloque seu chapéu de palha, muita roupa xadrez, faça uma barba ou pintinhas na bochecha com o lápis de olho e se divirta! Caso você tenha botas em casa, elas completam o visual com perfeição.

4. Convide amigos por vídeochamada

Dê preferência por fazer a sua festa apenas com as pessoas que moram na sua casa, como uma forma de prevenir a propagação da Covid-19. Para matar as saudades dos amigos e da família que moram longe, aposte na vídeochamada! Se possível, vocês podem combinar de fazer os festejos cada um na sua casa e marcar um horário no Zoom para todos celebrarem virtualmente juntos.

5. Invente as brincadeiras

As brincadeiras são a parte mais divertida da festa, em que podem participar crianças e adultos. Reúna a família e os amigos com brincadeiras simples, mas que vão garantir boas risadas. Afaste os móveis e faça as brincadeiras de festa junina na sua sala! Para montar a pescaria, use um balde com plástico-bolha, papel celofane ou pedaços de isopor. Desenhe os peixes em papel ou EVA e fure-os com clipes de papel. Faça a vara de pescaria com palitos de churrascos, dobre um pedaço pequeno de barbante e cole na ponta da vareta. Pronto, agora você tem uma barraca de pesca em casa!

6. Acerte na trilha sonora

Impossível ter uma boa festa de São João sem música boa e muita dança, certo? Aposte em Luís Gonzaga, Elba Ramalho, Alceu Valença, Geraldo Azevedo… além das tradicionais músicas para quadrilha. Se você não souber exatamente quais canções selecionar, pode procurar por playlists com esta temática no YouTube ou em aplicativos de streaming de música, como o Spotify e o Deezer.

7. Aproveite para assistir as lives dos artistas que você adora

E se você preferir, também é possível entrar na onda das lives! Assista novamente alguma live que você curtiu muito ou separe um dia com uma transmissão marcada, de um artista que você gosta, para reproduzir a Festa Junina e ainda aproveitar o show virtual!

8. Fogueira

Mais uma dica é a fogueira. Festa junina sem fogueira não é a mesma coisa, mas, fazer uma fogueira em casa pode ser complicado. Então, a dica é colocar a imagem de uma fogueira na TV ou criar uma fogueira de papel crepom. Enfim, são várias as formas de improvisar uma fogueira.

9. Lembrancinhas

No final da festa, os convidados podem levar algumas lembrancinhas, como um saquinho de chita amarrado com fitinha de cetim contendo um escapulário de Santo Antônio e algumas orações ou uma garrafinha de vidro com o Santo Antônio em miniatura e as orações dentro. A garrafinha deve ser fechada com uma rolha e algumas fitinhas coloridas podem ser penduradas para dar um acabamento bonito. Docinhos embalados em saquinhos e potes criativos também vão agradar a todos!

Pitaco: Comida, companhia, música… passamos por vários pontos essenciais para uma boa Festa Junina, mas não poderíamos esquecer de outros elementos que também dão a cara para a celebração: decoração e look! Espalhe bandeirinhas pela casa, coloque aquela camisa xadrez que você usa sempre nessa época do ano e divirta-se!

Anúncios
Publicado em covid-19, Culinária, Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 20 Comentários

Saúde bucal em bebês: eles também precisam de cuidados

Conheça as principais doenças bucais em bebês e saiba o que fazer para cuidar da saúde bucal dos pequenos

A saúde dos filhos é sempre prioridade para os pais. Por isso, desde a infância, é importante ficar de olho em sinais para evitar que seu filho tenha algum dos problemas dentários mais comuns em bebês.

Quando falamos em saúde bucal dos bebês, é imprescindível que se tenha as informações corretas o quanto antes. Ainda que os dentes de leite sejam temporários, também estão suscetíveis a cáries e infecções.

Portanto, conhecer a abordagem certa para a higiene bucal em cada estágio de desenvolvimento do seu bebê vai ajudar a ter certeza de estará cuidando dele da melhor maneira possível.

Por que tomar cuidado com a saúde bucal em bebês?

O crescimento e desenvolvimento da fase do nascimento aos primeiros anos de vida, bem como o início do convívio social, contribuem para as doenças da infância. 

Dentre as principais, vale o destaque para as infecções fúngicas e virais. Na primeira infância, temos um sistema imunológico em evolução, o que faz com que o contato inicial com vírus, bactérias e fungos seja ainda mais perigoso.

Paralelamente, porém, o contágio se dá pelo ar e pelo contato físico, o que faz com que, nos primeiros meses de vida, tenha-se a necessidade de se ficar alerta ao aparecimento destas doenças. 

Afinal, é nessa fase que grande parte das crianças frequentam creches e escolas, ficando em contato íntimo e diário umas com as outras, muitas vezes em ambientes pouco ventilados. 

Há também a troca constante de objetos, além do hábito de levá-los à boca e ao nariz, o que facilita a transmissão de microrganismos.

A principal e mais comum doença na infância é a candidíase. Apesar de não ser tão grave, exige cuidado para que não acarrete em sequelas e outras complicações.

Principais doenças bucais em bebês

  • Cáries e placa bacteriana

As cáries e placas bacterianas são muito comuns em crianças. Acontecem especialmente por causa das dificuldades na hora de escovar os dentes e de fazer a higienização. 

Além disso, o consumo excessivo de doces e alimentos com concentração de açúcar também aumentam as chances de o acúmulo de placa bacteriana evoluir para uma cárie. Veja alimentos e nutrientes que ajudam na saúde bucal.

Mas quais os sintomas de cáries em crianças? Começa com a aparição de manchas brancas e opacas nos dentes, principalmente perto da gengiva; mesmo se tratando de dentes de leite.

  • Cárie de mamadeira

Isso sem contar as cáries de mamadeira, que nada mais são do que a deterioração dos dentes causada pelo acúmulo de bactérias nocivas na região bucal. 

Enquanto a cárie dos adultos surge pela falta de higienização da cavidade oral, a cárie infantil é causada por líquidos açucarados. 

Vale ressaltar que esse problema é muito mais comum em crianças que dormem com a mamadeira ou com chupetas embebidas em alguma solução açucarada, como mel ou produtos similares.

  • Fluorose

O excesso de flúor causa outro problema muito comum na infância: a fluorose dentária. Caracterizada pela aparição de manchas brancas ou marrons nos dentes, acontece geralmente no momento da transição para os dentes permanentes, que já nascem manchados. 

Para se livrar das manchas da fluorose dentária, o recomendado são tratamentos de clareamento.

  • Perda precoce dos dentes

Embora não pareça tão grave, a perda dos dentes precocemente pode fazer com que a criança fique muito tempo sem o dente até que o permanente nasça.

O grande problema nisso é que pode fazer com que a boca e seus movimentos, como a mastigação, não funcione corretamente. O que resulta em dentes tortos ou desalinhados.

  • Má oclusão e dentes desalinhados

Além de dentes tortos ou desalinhados, os problemas de encaixe dos dentes ou má oclusão também são muito comuns na infância. Mordida profunda, cruzada e aberta são alguns dos tipos de má oclusão.

O tratamento mais usado para correção é o uso de diferentes tipos de aparelhos disponíveis. 

Como garantir a higiene bucal adequada em bebês?

É muito importante cuidar da saúde bucal durante a gravidez. Limpeza e cuidados básicos são práticas seguras para seu bebê, além de reduzir os riscos de bactérias e infecção.

O primeiro exame de saúde bucal do bebê deve ser agendado até ele completar um ano, ou quando o primeiro dente nascer. 

Limpe as gengivas do bebê no mínimo duas vezes por dia, durante a manhã e à noite, e após as amamentações, para prevenir o aparecimento de bactérias e acúmulo de comida. 

A melhor técnica é enrolar gaze úmida no dedo indicador e limpar as gengivas do bebê com delicadeza.

Quando os dentes começarem a nascer, limpe com todo o cuidado. Usando creme dental sem flúor e escova infantil. Procure sempre por escovas de cerdas macias e de fácil aderência para bebês e crianças de até dois anos.

Bebês também precisam de cuidados 

Evite exposição excessiva ao flúor. Consulte seu dentista ou pediatra para saber mais informações sobre o uso de flúor. 

Não deixe o bebê dormir durante a amamentação ou com a mamadeira na boca, pois isso aumenta o risco do desenvolvimento de bactérias. Se possível, também não compartilhe utensílios, como canudos e copos. 

As bactérias podem ser transmitidas e causar infecções. Para prevenir problemas graves durante a infância é muito importante ensinar e incentivar os pequenos a fazerem a correta higienização dos dentes e da boca.

Além, é claro, de visitar o dentista com periodicidade para avaliar e prevenir problemas no futuro.

Aproveite para realizar um plano dentário para o seu pequeno. Ele vai ajudar você a ter mais respaldo e confiança na hora de cuidar da saúde bucal do seu bebê! 

Por Maria Gabriela Ortiz

Anúncios
Publicado em Dicas, Saúde | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 19 Comentários

Dia dos Namorados: como comemorar na pandemia?

dia dos namorados está chegando, e essa é uma data muito esperada e com grande significado os para casais apaixonados que buscam celebrar o amor com romantismo e troca de carinho.

Sejam os casais de namorados, noivos ou casados a espera por esse dia continua a mesma, o que importa é estarem apaixonados e fazer desse dia tão especial um momento único para os dois.

Esse ano estamos passando por uma nova realidade, em tempo de corona vírus e de #fiqueemcasa, com a maior parte dos ambientes externos fechado e com a grande restrição que a pandemia tem impactado o mundo inteiro, muitos casais estão sem saber como será a comemoração desse ano, por isso estamos aqui com o intuito de ajuda-los e dar algumas dicas para que esse dia dos namorados seja tão especial e possa ser lembrado com muito carinho.

Já que estamos vivendo uma nova realidade, esse é o momento de sair do obvio e exercer o poder da criatividade para fazer acontecer, e pensado nisso vamos nos apegar aos detalhes, pois são os detalhes que tornam esse dia único e especial.

Ainda dá tempo de se reinventar neste dia 12 de junho.

Em casa (para casais que moram juntos)

Tudo bem que a quarentena pode desafiar o relacionamento porque coloca você mais perto da pessoa que você ama, se já dividem o mesmo teto.

Mas isso não é motivo para deixar que o clima esfrie nem mesmo no Dia dos Namorados, não é mesmo?

Para tornar o clima mais leve e romântico em casa você pode apostar em algumas destas dicas:

1. Convidar seu amor para assistir um filme juntos

Maratonar os filmes e séries preferidos de vocês é uma ótima pedida para curtir o Dia dos Namorados em grande estilo. É só caprichar na pipoca e pegar um cobertor bem quentinho.

2. Fazer um circuito de declarações pela casa

Espalhar bilhetes românticos, fotos e outros agrados pelos cômodos da casa, certamente, é de impressionar o seu par. Melhor ainda se os mimos puderem ser encontrados em diferentes momentos do dia.

3. Levar café da manhã na cama

Montar uma bandeja recheada de doces, salgados e bebidas que seu parceiro ou parceira gosta é outra ótima pedida. Se quiser fazer diferente, encomende de uma floricultura que ofereça o serviço.

Só não se esqueça de incluir junto uma foto dos dois e um bilhetinho romântico, claro. A surpresa estará garantida.

4. Preparar um jantar romântico (ou simplesmente comprar um kit para namorados)

A quarta dica é o tradicional jantar de Dia dos Namorados, que pode ser providenciado via delivery ou, então, com os dois juntos na cozinha caso gostem de cozinhar.

Alguns restaurantes estão vendendo kits para namorados que incluem até mesmo talheres, pratos e velas.

Vale a pena investigar as opções disponíveis nas redondezas de onde moram.

A distância (para casais que ainda não dividem o mesmo teto)

É verdade que o Dia dos Namorados combina muito com um jantar romântico no restaurante preferido de vocês ou com aquele passeio diferente.

Mas o isolamento social não impede que vocês possam encontrar outras formas para estar perto (e aquecer ainda mais o coração, do lado de dentro).

Veja algumas sugestões para comemorar o Dia dos Namorados a distância:

1. Convidar seu amor para assistir um filme junto com você com a ajuda da tecnologia

Com a ajuda da tecnologia é possível assistir filmes e vídeos junto com quem você ama, mesmo que essa pessoa não esteja ao seu lado fisicamente.

Basta fazer uso de recursos como aplicativos ou extensões para o seu navegador.

Aqui, vão três opções para transformar essa ideia em realidade:

  • Gaze: oferece a possibilidade de assistir filmes e vídeos pela internet e ainda ver a pessoa que está do outro lado da tela
  • Netflix Party: é uma extensão da Netflix para o Google Chrome que permite que se assista Netflix de modo remoto com alguém especial e tem até bate-papo
  • Rabbit: é um app que permite assistir filmes e séries online de serviços de streaming como Netflix e YouTube por videochamada, bastando ter assinatura em um deles.

2. Convidar sua outra metade para um jantar (por chamada de vídeo)

E quem disse que o jantar de Dia dos Namorados não pode acontecer a distância? Sim, graças ao avanço da tecnologia, isso pode acontecer bastando que vocês tenham um celular ou outro dispositivo com conexão ativa com a internet.

Agora, quanto ao cardápio ele pode ser criado ou comprado. Vocês podem combinar de preparar uma receita igual ou, então, pedir o prato preferido do casal no delivery e fazer uma chamada em vídeo para que jantem juntos.

Afinal, quando existe amor a distância só é física.

3. Enviar um presente

A troca de presentes do Dia dos Namorados também é permitida na quarentena. Basta comprar o mimo pela internet ou fazer seu próprio presente e contratar um aplicativo de entrega para levá-lo até quem você ama.

4. Fazer uma playlist com músicas que fazem você lembrar do seu amor

Também pode ser para lá de romântico aproveitar as oportunidades abertas por aplicativos de música como o Spotify para se declarar em uma playlist.

É só montar a lista com as músicas que fazem você pensar no seu amor, incluindo aquelas que marcaram o relacionamento e as favoritas de ambos.

Assim, um ouve aqui e outro lá curtindo o mesmo clima romântico juntos.

Pitaco: Agora que você já sabe o que fazer, inspire-se nas dicas e aproveite muito o dia ao lado de quem ama, deixando o amor e o companheirismo falar mais alto.

Um feliz Dia dos Namorados para você e seu amor! Cuide-se na pandemia e fique seguro!

all.accor/leonciocosta

Anúncios
Publicado em covid-19, Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 14 Comentários