Acessórios Masculinos: Confira o guia completo

Olá pessoal!!

Se você já teve alguma dúvida sobre algo relacionado a acessórios masculinos, está no lugar certo. Pitacos e Achados criou esta postagem para fornecer informações e abrir o mundo dos acessórios para homens.

Existem muitos acessórios diferentes para homens. Tudo o que é adicionado ao seu conjunto comum de camisa e calça pode ser considerado um acessório. Os acessórios tendem a ser coisas pequenas que você adiciona à sua roupa e a tornam mais exclusiva.

Podem ser usados para personalizar seu estilo e refletir seu sentimento pessoal ou um certo tipo de atitude.

Agora que você conhece as informações gerais sobre acessórios masculinos, vamos apresentar uma lista completa de acessórios indispensáveis.

Pulseiras – As pulseiras são a cara da moda masculina atual, trend de todas as estações. Quem quer ficar mais descolado deve investir em pelo menos um modelo tanto para o estilo casual quanto para uma ocasião formal. 

Relógios – Relógios são preferência de 9 a cada 10 homens, um acessório essencial e importante para deixar qualquer rapaz mais elegante. Hoje em dia, virou até peça de ostentação dependendo da grife e preço do modelo. Selecione um relógio para o seu estilo e ele será seu parceiro por anos.

Gravata – Seja a slim ou borboleta, ela vai muito além de ambientes formais. Para um look casual no trabalho e lazer, esse acessório pode fazer toda a diferença. É só ficar ligado em algumas regras para apostar sem medo!

Anéis – Os anéis são o exemplo perfeito de como uma pequena mudança pode resultar em uma enorme diferença visual na maneira como você é percebido. Os anéis são conhecidos como o menor acessório, com um grande impacto visual em seu estilo geral.

Óculos de sol – Assim como o boné, o óculos de sol é uma peça usada para a proteção dos olhos naqueles dias de sol forte. O problema é que pouca gente acredita no potencial desses acessórios masculinos, embora eles sejam primordiais para destacar tanto um visual casual quanto um estilo mais formal.

Carteiras – As carteiras pertencem a quase todos, tornando-o o acessório mais comum em todo o mundo. Você pode até pensar que não faz diferença nenhuma o tipo que você usa, mas muitos especialistas garantem que uma boa escolha diz muito sobre seu bom gosto.

Colares – Colares são as maiores tendências de acessórios masculinos por serem muito versáteis. No caso dos colares, você pode usar prata, ouro, couro…

Boné – O boné é aquele tipo totalmente versátil que tem muitas utilidades: protege a cabeça e os cabelos dos raios solares e poluição; serve para incrementar o look e pode ser usado naqueles dias que você acordou com o cabelo todo bagunçado e está com pressa ou com preguiça de arrumá-lo. Além do boné, tem opções das boinas, chapéus e toucas.

Cinto – Alguns rapazes podem até gostar de deixar a calça caindo, sem saber o quanto um cinto pode melhorar o look. Vestir um tipo neutro e de qualidade pode te deixar muito elegante, ainda mais em ocasiões especiais.

Há três etapas simples a serem lembradas ao usar acessórios masculinos.

1. Mantenha as coisas simples. Verifique se você não está exagerando nos acessórios.

2. Escolha três cores principais. Ter três cores principais facilita a aparência. Quatro ou mais cores geralmente são difíceis de combinar.

3. Coloque os acessórios com suas roupas. Bem, este deve ser bastante óbvio, mas se você estiver usando um cinto com calça de moletom ou uma gravata com uma camiseta, ele não servirá. Use o bom senso e um espelho para ver o que melhor se adapta à sua roupa atua.

O uso diário de acessórios pode trazer vários benefícios para sua vida, incluindo:

Autoconfiança – Os acessórios fazem com que você se pareça mais com você. Olhar no espelho nunca foi tão gratificante.

Sua personalidade é melhor compreendida pelas pessoas ao seu redor Os acessórios que as pessoas usam dizem algo sobre sua personalidade. As pessoas podem contar muito mais sobre você com uma rápida olhada do que o que podem sobre as pessoas que não usam acessórios.

Mais sucesso nos negócios – Você se torna mais memorável para os outros, e isso pode levar a muitas discussões e oportunidades positivas.

Melhor qualidade de vida – Saber que você sempre fica por dentro do seu jogo é incrível. Dá a você um impulso extra na vida em termos de positividade e pensamento otimista.

Ouvir elogios com mais frequência – É sempre bom ouvir elogios.

Pitaco: O segredo para não errar no acessório é sempre utilizar alguma referência ou inspiração. Faça uma pesquisa ou encontre alguém que você gosta do estilo nas redes sociais para acompanhar.

É importante selecionar o estilo e o tipo de seus acessórios antes de começar a usá-los diariamente. Claro que você não precisa usar tudo, mas deve escolher aquele que se sinta mais a vontade! Vale muito a pena apostar!

Publicado em Dicas, Moda e Beleza | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | 17 Comentários

Confira os prós e contras do Empréstimo Consignado

Olá pessoal!!

Frequentemente, o salário de um brasileiro não é o suficiente para pagar mais do que as despesas essenciais de casa, não sobrando para fazer novas compras ou em casos de eventualidades. Nessas situações, fazer um empréstimo rápido e fácil, de uma fonte segura, é a melhor opção para conseguir dinheiro para organizar a vida financeira.

Empréstimo consignado é um tipo de empréstimo em que o pagamento é descontado diretamente da folha de pagamento do salário ou da aposentadoria de quem assinou o contrato. Por isso, essa modalidade de empréstimo é destinada para quem trabalha com carteira assinada, funcionários públicos e pensionistas do INSS. Consequentemente, não é possível para quem não se adeque em uma dessas características.

Confira os prós e contras do empréstimo consignado para saber se este é o melhor caminho para você:

Vantagens do crédito consignado

Taxas de juros menores – Com taxas inferiores às das demais linhas de crédito do mercado, o consignado pode ser útil em uma situação emergencial, como a compra de um medicamento mais caro ou conserto de um vazamento de água em casa, por exemplo.

Facilidade para contratar – Como o banco tem a garantia de recebimento, há pouca burocracia para contratar e a liberação do dinheiro na conta é rápida. O ideal é que todas as suas dívidas não superem 20% do que você ganha – a não ser que você esteja financiando um imóvel: neste caso, o limite para suas dívidas é de 30%.

Prazos mais longos – As instituições financeiras costumam oferecer prazos de pagamentos mais longos no empréstimo consignado. Em alguns casos, os bancos oferecem até 120 meses para pagar.

Desvantagens do crédito consignado

Risco de perder o emprego – Se você trabalha em uma empresa privada, caso fique desempregado, terá de quitar o empréstimo de uma vez só ou trocar o consignado por outro empréstimo, que custa mais caro. Além disso, é comum o contrato de consignado prever o desconto de até 30% do valor que você irá receber na rescisão. Confira as regras atentamente antes de assinar o contrato.

Dívida de longo prazo – Imprevistos acontecem o tempo todo. Se um deles pegar você de surpresa e você ainda tiver o consignado descontado de seu salário por muitos meses, terá outra opção para resolver seu problema sem entrar em mais dívidas? Reflita antes de contratar.

Sem chance de adiar – O desconto será feito diretamente de seu pagamento, portanto, você não poderá adiar ou suspender o débito. Você também poderá encontrar mais dificuldade para renegociar o empréstimo, caso surja essa necessidade.

Agora que você já conhece os prós e contras, veja as situações em que vale ou não a pena usar o crédito consignado.

Pitaco: Simule, compare e contrate um Empréstimo Consignado rapidamente, online. Sem burocracia, sem enrolação, sem sair de casa. Garanta já o empréstimo que cabe no seu bolso!

Publicado em Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , , | 14 Comentários

6 dicas para manter seu computador livre de problemas

Olá pessoal!!

O computador é hoje item obrigatório em qualquer casa. Em média, uma máquina do gênero tem um tempo de vida, sem apresentar grandes problemas, em torno de três ou quatro anos. É claro que, dependendo da forma como o usuário cuida dele, esse período pode aumentar ou diminuir.

A manutenção preventiva é o melhor caminho para manter os equipamentos funcionando perfeitamente e também prolongar o seu tempo de vida.

Por isso, vale a pena tomar alguns cuidados que, com certeza, vão dar mais durabilidade à sua máquina.

1- Evite deixar o notebook na tomada durante todo o dia

Esse procedimento não é recomendado, pois desgasta a bateria e também pode causar sobreaquecimento do computador. O ideal é deixar o notebook carregar até 80% e depois só voltar a conectá-lo à tomada quando a bateria restante estiver entre 40 e 20% da capacidade.

2 – Cuidado com o sobreaquecimento

As altas temperaturas e falta de ventilação podem danificar os computadores no longo prazo. Procure manter o gabinete afastado no mínimo 10 centímetros da parede, tanto na lateral, traseira e teto. Evite cobrir o gabinete com capas quando estiver com seu computador ligado.

Outro detalhe interessante é evitar manter seu gabinete para PC próximo a paredes que recebem luz do sol diretamente (na parte externa), pois a parede fará a temperatura do ambiente aumentar, principalmente próximo a ela.

3 – Atenção à limpeza

Com o tempo, tanto notebooks quanto gabinetes acumulam poeira, o que prejudica seu funcionamento. Por isso, é recomendado limpar peças como o cooler a cada seis meses.

Até mesmo a própria gordura da pele atinge componentes como teclado e mouse. Portanto, é uma boa ideia higienizar também esses periféricos com certa frequência.    

4- Tenha sempre um antivírus atualizado

Vírus e softwares maliciosos em geral prejudicam o desempenho do computador, causando travamentos, lentidão e perda de dados. Para evitar transtornos, tenha um bom antivírus instalado e lembre-se de atualizá-lo frequentemente. Existem boas opções tanto gratuitas quanto pagas. É importante ressaltar que não se deve usar mais de um antivírus ao mesmo tempo.

5 – Atenção ao desligar

Alguns usuários de notebook, na pressa, costumam desligar o equipamento apertando a tecla Power diretamente. Esse procedimento pode acelerar o desgaste de alguns componentes. O ideal é sempre desligar seu computador por meio do comando do menu iniciar (Windows).

6 – Colisões e raios 

Evite utilizar o computador quando estiver chovendo, pois a tensão elétrica costuma variar muito, e isso pode danificar a fonte de energia do PC. Já as colisões no gabinete podem danificar os discos rígidos, que funcionam a todo vapor dentro do computador.

Pitaco: Com o passar do tempo, é natural que o computador comece a ficar mais lento conforme o HD vai sendo escrito por diversos softwares. Nesses casos, desinstalar programas não usados ou mesmo uma formatação pode ajudar a melhorar o desempenho.

  • Faça uma manutenção preventiva anual com um técnico de confiança.
Publicado em Achado, Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , | 14 Comentários

Dicas básicas na escolha certa do seu óculos de sol

Olá pessoal!!

Os óculos de sol, inicialmente, tinham o objetivo único de proteger os olhos da claridade e dos raios do sol. Atualmente eles passaram a acompanhar o look e a serem parte importante na composição do visual e do estilo de uma pessoa, afinal cada modelo de óculos de sol passa uma “imagem” da pessoa.

A exposição frequente e prolongada ao sol pode possibilitar a progressão de catarata, pterígio (comum em países tropicais), degeneração macular senil e tumores da córnea e conjuntiva. Por isso, o uso de óculos com proteção solar ultravioleta A e B, mesmo por crianças, é muito importante para prevenir doenças como essas.

Seja apenas para proteção ou para dar um “up” no look, vale a pena sempre investir em produtos de boa qualidade, afinal a lente é fundamental no bloqueio dos raios UV.

Na hora de escolher a armação perfeita, existem dicas valiosas que vão economizar seu tempo e te ajudar a acertar na escolha!

Em primeiro lugar, é importante lembrar que sempre é possível unir o seu estilo as dicas de formato ideal. Isso garante uma armação que se encaixa em seu rosto transmitindo sua personalidade.

Existem algumas regras básicas que devem ser aplicadas em todos os formatos de rosto:

1–  Os olhos devem estar centralizados na armação;

2–  Não cobrir as sobrancelhas, a armação deve acompanhar seu formato;

3–  As hastes não devem ser justas a ponto de marcar a pele;

4–  As pontas tem que se ajustar de maneira que fiquem confortáveis e seguras;

5–  A parte inferior da armação não pode estar pressionando a maçã do rosto;

6–  A ponte deve respeitar o formato do nariz e encaixar de maneira confortável.

Na hora de optar por um modelo de óculos é preciso levar alguns pontos em consideração. Veja abaixo as dicas:

– Rosto quadrado: O ideal são aros com cantos retangulares e fios de nylon prendendo as lentes.

– Rosto redondo: As linhas retas ajudam a afinar a face, então prefira aros quadrados.

– Rosto triangular: Esse modelo fica bem com aros redondos, estreitos e ovais. Na parte inferior, podem ser retos e curtos.

– Rosto oval: Esse tipo de formato combina com vários tipos de armações. Não há restrições de modelos para esse tipo de face.

– Rosto grande: Opte pelas peças menores, que darão mais harmonia ao seu rosto, balanceando o peso dos seus traços.

– Alinhamento do nariz: É onde está o segredo do conforto dos óculos. A ponte deve se encaixar perfeitamente no nariz, sem apertar nem deixar marcas. Uma dica é escolher peças leves e mais fáceis de serem sustentadas.

Tipos de lentes

As lentes precisam oferecer proteção contras as radiações ultravioleta do sol (UVA e UVB). Além disso, as cores das lentes proporcionam formas de proteção diferentes, que devem ser levadas em conta na hora da escolha dos óculos de sol:

As de cor âmbar e marrom, por exemplo, são mais indicadas para míopes e hipermetropes, pois protegem contra a luz azul do sol, que pode favorecer o surgimento de catarata.

As castanhas, cinzas e verdes são ideais para pessoas acima de 60 anos, pois nessa idade costuma ocorrer uma perda, em maior ou menor grau, da capacidade de contraste da visão.

As lentes cinza também são indicadas para quem possui astigmatismo e hipermetropia. Elas reduzem o brilho, sem alterar as cores naturais, podendo ser usadas sob luz solar intensa.

As azuis proporcionam maior conforto no uso do computador, pois eliminam os tons vermelhos e amarelos. É importante que antes de adquirir seus óculos de sol, a pessoa consulte um oftalmologista para saber quais as lentes mais indicadas para o seu caso.

Pitacos: Alguns cuidados básicos, como guardá-los dentro das caixas de proteção, lavar suas lentes sempre que necessário, não deixar na mão de crianças ajudará a prolongar a vida útil dele.

Agora que você já conhece as melhores dicas, escolha o seu modelo aqui na Fuel.

Publicado em Dicas, Moda e Beleza | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , | 10 Comentários

5 tipos de hospedagem e qual é a melhor para você

Você já pensou em viajar, mas ainda não sabe por onde começar a planejar esse momento? A dica que vamos dar hoje pode esclarecer tudo.

Não adianta pensar apenas em economizar nas passagens e diárias em acomodações muito baratas. É importante levar em conta o que realmente vai te fazer feliz no seu destino e te fazer relaxar.

Existem inúmeros benefícios de uma viagem, mas, para conquistá-los, você precisa escolher a melhor hospedagem, a que tenha mais a ver com você.

Como existem várias opções, separamos as 5 melhores com breves explicações de cada uma para você ver qual te agrada mais. Continue lendo!

1 – Hotel

Nos hotéis, você tem acomodações mobiliadas para uma estadia mais confortável. Existem também serviços de café, internet, estacionamento e outros que podem ou não ser incluídas no preço da diária.

Para escolher um bom hotel, não basta apenas ver quais são os mais em conta. É necessário conferir se ele tem as acomodações necessárias para você e dar uma olhada também nas avaliações de outros usuários.

2 – Apart Hotel e Flat

Enquanto o hotel traz a sensação de estar fora de casa e em um lugar totalmente desconhecido, os apart hotel/flat são apartamentos com banheiro, cozinha, sala e quartos.

O lado bom é que apesar de se sentir em casa, esses lugares possuem uma administração muito parecida com a do hotel.

3 – Airbnb

Dentre os mais novos tipos de hospedagem, existe o Airbnb. Ele é, na verdade, um aplicativo que reúne locadores com locatários. Ou seja: alguém tem um local disponível para alugar, coloca no aplicativo, e você pode escolher se hospedar por lá.

O lado bom é que eles estão em vários países – o que dá uma oportunidade melhor para você que quer pagar em conta, ter boa acomodação e opções internacionais.

Com o Cupom do Airbnb você pode alugar uma casa inteira para se hospedar durante a sua viagem ou até mesmo parte da casa como acomodação extra. No próprio app, você consegue buscar e reservar o local que deseja ficar.

4 – Resort

Se você precisa de um local que tenha um entretenimento incrível, com infraestrutura maior que a de um hotel, esse local é o resort.

As diárias dos resorts são parecidas com as dos hotéis, porém eles possuem opções melhores para quem quer ter um lazer dentro do local, em vez de procurar pela cidade.

Apesar disso, o resort normalmente fica em algum ponto turístico. Isso é ótimo porque você tem opção de aproveitar os seus dias dentro e fora do hotel, regulando os gastos e já tendo certeza de que vai ter o que procura.

5 – Hotel fazenda

O Hotel Fazenda possui atividades ao ar livre e tem um ar mais rústico e um contato maior com a natureza. A instalação inteira é voltada para isso.

Se você é mais ligado em agropecuária, ambiente rural e cenários do campo, o hotel fazenda é para você.

Normalmente, você vai encontrar comidas caseiras em fogões a lenha, o clima é mais aconchegante, as instalações não são de luxo, mas a calmaria pode valer a pena.

E aí, tem alguma dúvida sobre qual escolher? Deixe um comentário e esclarecemos tudo para você.

Publicado em Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , , | 13 Comentários

5 dicas práticas de como limpar suas semijoias

Olá pessoal!!

As semijoias são acessórios indispensáveis na vida de muitas mulheres, além de lindas, elas são duráveis e fáceis de cuidar.

Para que elas durem por um longo tempo, a primeira coisa a se fazer é investir em peças de qualidade que devem ser certificadas, dessa maneira você terá uma semijoia para compor seus looks por um bom tempo! Afinal, economia, praticidade e beleza é tudo que uma mulher quer!

O segredo para ela durar mais é a limpeza, mas você sabe limpar suas semijoias corretamente? Vem que Pitacos e Achados te ensina!

1. Flanela seca

Não há mistério para poder deixar seus acessórios sempre limpinhos. A dica mais primordial de todas antes de começar a limpar semijoias é a clássica flanela ou um paninho limpo e seco para tirar aquela sujeirinha comum ou se for para apenas dar um “up” no brilho das peças.

2. Creme dental

O creme dental branco sem agente corrosivo ou branqueador é uma excelente opção para deixar suas semijoias sempre brilhantes.

Passe um pouco de pasta sobre a semijoia e deixe agir. Depois é só esfregar o produto com uma escova de dentes de cerdas macias ou com um chumaço de algodão.

É preciso lavar a peça em água morna para retirar os resíduos do produto aplicado. Depois, é só secar com uma flanela e está pronto.

3. Produtos específicos para limpar

Existem produtos desenvolvidos especificamente para a limpeza de peças folheadas. É o caso do “limpa chapeados”, que você encontra na loja virtual da Linda Bela e que deve ser utilizado da seguinte forma:

Primeiro passe o produto na semijoia usando um chumaço de algodão. Em seguida enxágue em água corrente e enxugue bem. Simples e prático, não?

4. Sabão de coco

Aqueça sem ferver uma mistura de água com sabão de coco líquido ou em barra e deixe sua peça de molho por no máximo 15 minutos. Depois é só enxaguar. Importante: não deixe nenhum resíduo na peça!

5. Bicarbonato de sódio

Faça uma pastinha com um pouco de bicarbonato de sódio e água. Com ajuda de uma escova de dente macia faça movimentos suaves para não riscar sua semijoia. Depois enxague bem.

Vale lembrar que alguns cuidados são necessários para manter suas semijoias com aspecto de novas por mais tempo: evite que fiquem expostas à água do mar ou ao cloro da piscina, lembre-se de retirá-las quando for fazer faxina e não aplique maquiagem ou perfume sobre as peças.

Pitaco: A primeira dica de como limpar semijoias é sempre após o uso com uma flanela seca. Guarde-as separadamente. Coloque cada uma em um saquinho diferente, de preferência com material em veludo. Guardá-las individualmente vai evitar que elas arranhem uma às outras. Se não quiser colocar em saquinhos, as caixinhas separadas também são válidas para resolver esse problema.

Ah, e outra dica bem bacana: coloque um pedacinho de giz dentro de seu porta-joias. Ele ajuda a tirar toda a umidade de locais pequenos!

E ai gostou das dicas? Siga nossas dicas e mantenha suas peças limpas e lindas por muito tempo.

Publicado em Achado, Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , , | 6 Comentários

10 atitudes simples para desfrutar dos prazeres da vida

Uma das coisas mais difíceis da vida moderna é a sensação de banalidade, quando os dias são todos exatamente iguais, quando você acorda na mesma hora, faz os mesmos movimentos, fica no mesmo engarrafamento e faz o mesmo trabalho. Há algo extremamente desumano nessa rotina repetitiva, mas o truque para recuperar sua humanidade é entender que as coisas não são as mesmas, e cabe a você identificar a diferença. Veja como: 

1. Saboreie o que você come

Há milhares de anos, a comida não é apenas uma questão de sustento para nós, humanos, e sim uma experiência culinária. Embora comamos porque precisamos, também comemos porque gostamos de comida. Comprometa-se com o prazer que a comida lhe traz. Permita que seu paladar sinta antes de mastigar e engolir a comida. Considere cada mordida e como isso faz você se sentir. Comendo dessa maneira, você também se sentirá mais satisfeito porque extraiu o máximo em termos de experiência de sua refeição.

2. Procure a beleza onde quer que você esteja

Olhe ao redor com sua própria câmera privada e procure a coisa mais bonita ao redor, não importa onde você esteja. O belo pode ser um objeto, uma planta, um animal ou uma pessoa, um sorriso, mas também pode ser uma composição particular, o modo como a luz incide sobre algo, um esquema de cores agradável, etc.

3. Pondere sobre coisas ao seu redor

Pense nas coisas mais triviais e as opções sobre elas. Por que essa cidade é assim e quem deu esse nome? Por que homens crescidos não usam shorts? Como é que os insetos dormem? Esta é uma ótima maneira de promover a curiosidade.

4. Pergunte a si mesmo como está se sentindo

Olhe para dentro de seus pensamentos e emoções e tente observá-los sem julgamento. Converse consigo mesmo (não em voz alta!) sobre as coisas que estão incomodando e tente resolvê-las dando um bom conselho a si mesmo. Afinal, se você puder ajudar outras pessoas, por que você não poderia se ajudar?

5. Caminhe mais

Isso não é apenas uma questão de saúde e esportes (embora caminhar quase nunca seja uma má ideia), é sobre estar presente no ambiente sem os limites das paredes. Se você precisa chegar a algum lugar de carro ou de transporte público, faça uma parte do caminho a pé.

6. Procure motivos para sorrir

Tudo é uma piada para você? Bem, deveria ser, porque, como todos sabemos, o riso faz muito bem. Olhe para todas as ocorrências ao seu redor e descubra o que é divertido, ridículo, absurdo ou hilário sobre elas, e ria em voz alta e de coração (não apenas para as pessoas).

7. Envolva-se em conversas

Procure uma conexão significativa (se passageira) com as pessoas, sejam elas estranhas ou colegas de trabalho com as quais você não está familiarizado. Olhe para o papo fútil como uma oportunidade para se agarrar a um pequeno detalhe que formará a base da sua conversa. Ouça ativamente as histórias que as pessoas estão contando e deixe-as liderar.

8. Aprecie o caminho

A estrada não é um inconveniente no caminho do ponto A para o ponto B. É o mundo. Preste atenção ao trânsito, mas também aprecie o clima, a vista, a música no rádio. Estar com pressa em um engarrafamento não ajuda muito, então esqueça o tempo e a frustração e concentre-se nas coisas que você pode ver e sentir que lhe trazem alegria. Ligue o rádio e deixe tocar suas músicas favoritas, por exemplo.

9. Compartilhe sua alegria

Conte às pessoas sobre as coisas que trouxeram alegria ao seu coração, faça-as rir, faça-as reconsiderar aquelas coisas que acreditam ser tediosas e chatas, traduza sua alegria em brincadeira e ouse ser um pouco infantil. Seja uma luz brilhante em seus círculos sociais.

10. Ouça seu corpo

Coma se estiver com fome, mas pare quando estiver cheio. Se seus músculos estiverem doloridos, alongue-os. Se estiver cansado, descanse um pouco. Desconsidere as vozes internas que estão dizendo que você não está fazendo bom uso do seu tempo ouvindo as necessidades do seu corpo. Empregos, tarefas, atribuições, tudo vem em segundo lugar para o seu corpo.

Pitaco: É nas coisas simples do cotidiano, na disposição para a vida, e no desfrutar de momentos comuns que nos reabastecemos internamente, ganhando força e energia para seguirmos em direção às conquistas que almejamos.

Publicado em Comportamento | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 20 Comentários

Como cuidar da sua saúde no trânsito

Segundo estimativa da CSA Research, aproximadamente 4 anos e 11 meses da vida de todo indivíduo são passados dentro de um carro. Isso não apenas em caronas, mas também na direção do veículo. Por isso, cuidar da sua saúde no trânsito é tão importante.

Com cuidados simples, o tempo dentro do carro não se tornam um problema para o bem-estar do usuário. Além disso, a atenção ao corpo evita incômodos e mal-estares que poderiam resultar em acidentes.

Ou seja, cuidar da sua saúde no trânsito faz bem para o usuário, mas também para as demais pessoas nas ruas. Para te a ajudar nessa tarefa, de cuidar de si e dos outros, listamos algumas dicas a seguir. Acompanhe!

5 modos de cuidar da sua saúde no trânsito

1. Conforto no assento

Na hora de dirigir, é essencial ter a certeza de que o assento está posicionado da forma correta perante o volante. Mais do que confortável, a posição do banco deve favorecer o alcance dos pedais e as manobras do veículo. Quando o auto estiver parado, seus joelhos deverão permanecer um pouco flexionados.

Somado a estes aspectos, é importante garantir bom apoio para a lombar. Para isso, uma boa solução é fazer a regulagem do banco do carro, ou então utilizar uma almofada. Isso vai evitar a pressão exagerada nas costas e prevenir dores.

2. Controle do volante

Como citado na dica anterior, é importante prestar atenção na posição do motorista frente ao volante. Não apenas em relação ao assento, mas considerando os braços do usuário.

Para evitar dores, os braços do motorista devem permanecer levemente flexionados. Ao mesmo tempo, tenha o cuidado de manter os ombros relaxados, para que as costas e região do pescoço não fiquem pressionadas.

3. Alongamento do corpo

Outra dica eficaz para cuidar da sua saúde no trânsito é realizar alongamentos frequentes. Eles são indicados para antes de começar a dirigir e para logo depois de sair do carro. Em percursos maiores, como em uma viagem de horas, também é importante fazer algumas paradas e alongar o corpo.

Ao realizar alongamentos, o indivíduo relaxa os músculos e previne dores. Especialmente aqueles que recebem grande tensão durante a direção do carro, como os braços e pescoço.

Os movimentos para alongamento do corpo são bastante simples. Você pode, por exemplo:

  • Esticar e flexionar as pernas e joelhos;
  • Elevar os braços e mantê-los esticados por alguns minutos;
  • Flexionar os punhos;
  • Girar os pés; e
  • Esticar o pescoço.

4. Manutenção do carro

Fazer a manutenção do carro vai evitar problemas e acidentes. Já pensou estar dirigindo e uma peça se soltar, por exemplo? Um perigo para o seu bem-estar e o de terceiros! Por isso, tenha a certeza de levar o veículo à oficina de modo periódico.

5. Seguro de carro

Por fim, você pode fazer um seguro de carro. Com essa proteção para o veículo, você terá seus prejuízos ressarcidos caso algum sinistro ocorra, evitando “dores de cabeça”. Além disso, um seguro pode cobrir despesas contra terceiros, sejam elas de danos corporais ou despesas médicas variadas.

Pitaco: Pronto! Agora você já sabe como cuidar da sua saúde no trânsito. Seguindo as nossas dicas, seus 4 anos e 11 meses no carro serão bem mais prazerosos e livres de problemas.

Por Jeniffer Elaina, do SeguroAuto.org

Publicado em Dicas, Saúde | Marcado com , , , , , , , , , , , , | 12 Comentários

Como funciona o visto de investidor nos Estados Unidos

Está pensando em mudar-se para os Estados Unidos e quer entender como funciona para tornar-se um verdadeiro cidadão americano antes de embarcar? Uma das formas de conseguir o seu Green Card é aplicar para o visto EB-5, destinado a investidores imigrantes. 

Contudo, as regras para obtenção desse visto geram dúvidas e diferentes interpretações, o que pode lhe causar grande confusão sobre o documento. Por isso, neste artigo você vai descobrir detalhes importantes sobre o EB-5 e entender como se tornar um imigrante legal no país norte americano por meio dele. 

O que é o visto de investidor EB-5?

O Visto EB-5 foi criado em 1990 nos Estados Unidos pela Lei da Imigração (Immigration Act) com o objetivo de incentivar a geração de empregos em áreas com alto índice de desemprego, conhecidas como Áreas de Emprego Alvo ou TEAs.

Para isso, o visto abriu a oportunidade para que investidores estrangeiros interessados em obter o Green Card – cartão de residência permanente americano – tivessem a chance de conquistar o documento por meio da geração de empregos nos Estados Unidos. Dessa forma, todo mundo ganha.

Quais os Benefícios do Visto de Investidor EB-5?

O que torna o Visto de Investidor EB-5 tão procurado é, principalmente, a possibilidade de obtenção da cidadania americana. Afinal, a chance de poder viver de forma permanente em um dos países mais desenvolvidos do mundo, é bastante atraente.

Em 2018 o Brasil bateu recorde na obtenção de Green Cards por meio do visto EB-5. Para se ter ideia, foram 388 vistos permanentes concedidos a investidores brasileiros, número 37,5% maior do que no ano de 2017 e mais de 1000% maior a 2015. Abaixo você pode conferir 2 grandes benefícios do visto:

Acessibilidade

Diferente da cidadania obtida por meio do nascimento ou naturalização, o visto EB-5 permite que estrangeiros tornem-se cidadãos ainda que não tenham nenhum grau de parentesco com americanos. 

Toda a família é contemplada

As pessoas que obtiverem o Visto EB-5 também conquistam o direito de levar a família consigo para os Estados Unidos, o que inclui cônjuge e também filhos solteiros com idade inferior a 21 anos.

Quais os requisitos para obter o Visto EB-5?

Ok, a esse ponto você já deve estar mais do que convencido de que o visto de investidor é um bom caminho para conquistar a cidadania americana. Portanto, é hora de descobrir quais são os requisitos para se qualificar ao EB-5. Veja:

  • Investimento de, no mínimo, US$ 500.000 nos Estados Unidos;
  • Criação de, no mínimo, 10 empregos formais em período integral nos Estados Unidos por um período de dois anos;
  • Ter, no mínimo, 21 anos de idade completos;

Muita gente acha que basta ter a quantia de US$ 500.000 para tentar o visto, o que não é verdade. Como é possível ver na lista acima, a criação de 10 empregos formais em período integral também é um requisito. Para solicitação do EB-5 é necessário atender a todas as exigências, do contrário ele será negado.

Como dar início ao processo de obtenção do Visto EB-5?

Depois de preencher os requisitos, o investidor está apto a dar a entrada no requerimento do visto. Veja algumas etapas do processo:

Escolha uma modalidade de investimento desejada, que pode ser “equity” ou “loan”, sendo esse último o mais comum e menos complicado, pois consiste em investir em projetos de negócio já existentes. O equity é para quem deseja iniciar um negócio do zero, o que pode ser arriscado caso o investidor não tenha pleno conhecimento do mercado norte americano.

Para investimento tipo loan, o requerente deve ir até um centro regional nos Estados Unidos e escolher um dos projetos disponíveis para investimento;

Escolhido o projeto, invista o capital seguindo as instruções fornecidas pelo centro regional e dê entrada no visto por meio do preenchimento da petição chamada I-526;

Seguidos esses passos, o investidor já terá direito a residência permanente condicional. Com ela é possível mudar-se para os Estados Unidos e permanecer por lá durante dois anos ininterruptos. A ideia é acompanhar o seu negócio de perto.

Após o período de residência permanente condicional, o investidor deve comprovar que concluiu com sucesso todos os requisitos do EB-5, em especial a geração de 10 empregos formais de período integral. Essa comprovação deve ser feita por meio da petição I-829.

Com a aprovação da petição I-829 o investidor terá, finalmente, o direito à cidadania incondicional por meio do documento de residência permanente, o Green Card.

A compra de imóveis pode ser considerada investimento?

Essa é uma dúvida bastante comum, mas se você leu até aqui, já sabe a resposta. 

Não basta possuir fundos suficientes ou uma propriedade no valor de US$500 mil. Para a obtenção do Visto EB-5, o investidor deve gerar pelo menos 10 empregos formais de período integral por meio do dinheiro aplicado. Por esse motivo, a compra de imóveis nos Estados Unidos isoladamente, ainda que para fins de eventual locação, não é suficiente.

No entanto, é possível conseguir o visto por meio de outros tipos investimento no mercado imobiliário, como negócios relacionados à reforma ou construção de imóveis. Esses tipos de investimento abrem espaço para a contratação de mão de obra especializada, o que pode alcançar o número de empregos exigido nos requisitos do visto.

A boa notícia é que para comprar casa em Orlando, por exemplo, endereço onde cada vez mais brasileiros têm adquirido imóveis, não é necessário possuir residência permanente no país. Um simples visto de turista, o B1/B2, já é suficiente para ter o seu próprio lar ao lado dos maiores parques temáticos do mundo. Já imaginou ter hospedagem vitalícia em uma das cidades mais visitadas dos EUA?!

Publicado em Achado, Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | 12 Comentários

9 lugares para aventura no Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro surpreende todos os seus visitantes, inclusive, aqueles que já visitaram a cidade por mais de uma vez. Tanto a capital quanto a sua região oferecem belezas e opções de passeios incríveis.

E para os amantes de aventura, tem uma lista recheada com pontos imperdíveis e com muita adrenalina. Aproveite as opções listadas abaixo, monte seu roteiro e curta cada atração ao redor.

Lugares que oferecem as aventuras mais procuradas no Rio de Janeiro.

Se você quer desfrutar de momentos especiais na Cidade Maravilhosa, mas com muita aventura, vai adorar a nossa seleção. Trilhas, escaladas, cachoeiras, rapel, enfim, são muitas as oportunidades para os aventureiros no Rio de Janeiro. Veja!

1. Pedra da Gávea

Natureza, Pedra Da Gávea, Paisagem, Pedra, Rocha

Visual esplêndido da cidade mais linda do Brasil e muita aventura é o que você vai encontrar ao fazer a trilha por lá. A Pedra da Gávea conta com 842 metros de altitude que, em seu ponto mais alto, é possível contemplar as praias mais belas da cidade. Sem contar na vista incrível da Baía de Guanabara, Pico da Tijuca, Corcovado, Pedra Bonita e outros. 

2. Tirolesa e arvorismo

Tirolesa, Aventura, Ao Ar Livre

O lugar mais recomendado para se praticar tirolesa e arvorismo no Rio de Janeiro é o Parque da Catacumba. Ele conta com quase 27 hectares com plantas, árvores e flores de diferentes espécies. Os visitantes podem fazer trilhas, piqueniques, mirantes fabulosos e praticar atividades de lazer. Esta última é oferecida por empresas particulares e inclui muro de escalada, tirolesa, arvorismo e rapel.

3. Morro Dois Irmãos

Ficheiro:Praia do Vidigal + Morro Dois Irmãos by Diego Baravelli.jpg

Oferece uma trilha incrível, partindo do topo do Vidigal. O lugar possui 533 metros e oferece uma das caminhadas mais espetaculares do Rio. Além disso, os turistas interessados podem conhecer a favela do Vidigal, que é uma comunidade pacificada, cheia de cultura. 

4. Açude do Camorim

Resultado de imagem para Açude do Camorim rj

Conta com uma trilha que dá até as cachoeiras Véu da Noiva e Camorim. O banho nas águas do açude não é permitido, porém, nas cachoeiras sim. O caminho oferece mirantes e riachos que faz valer a pena o trajeto de uma hora, em média, até Açude do Camorim.  

5. Circuito das Cachoeiras Secretas

Ação, Cachoeira, Mulher, Tomar Banho, Banho, Ambiente

O percurso oferece uma sequência fascinante de quedas d’água dentro do Parque Nacional da Tijuca. As trilhas são de nível leve superior, já que conta com obstáculos naturais. O caminho é um dos mais belos oferecidos pela natureza, com direito a apreciação da flora e animais selvagens. Todas as quedas d’água no percurso são propícias para banho.

6. Costão do Pão de Açúcar

Pão De Açúcar, Praia Vermelha, Urca, Rio De Janeiro

Para quem curte escalada, a experiência de escalar um dos mais famosos cartões postais da cidade é inesquecível. Como início na Pista Cláudio Coutinho, a caminhada se torna cada vez mais interessante. Após uma sequência de trilha que passa por mirantes e rampas de pedra, você terá que fazer uma escalada. São cerca de 20 metros de altura e requer nível básico. Aproveite os mirantes ao redor e outras trilhas.

7. Asa Delta e Parapente

Parapente, Esportes De Ar, Desporto, Vôo, Céu, Azul

Entre os lugares para aventura no Rio de Janeiro mais procuradas, está o voo de asa delta e parapente. Ambos são oferecidos na Pedra Bonita, um espetáculo natural a se observar. São 520 metros e você ainda poderá curtir o Parque Nacional da Tijuca. 

8. Pedra do Telégrafo

Praia, Litoral, Natureza, Paisagem, Mar, Areia

Que tal fazer a trilha da Pedra do Telégrafo? Conhecida mundialmente por proporcionar as imagens mais audaciosas da internet, o lugar conta com 354 metros de altitude. A caminhada é moderada e você poderá aproveitar vários mirantes pelo caminho.

9. Bico do Papagaio

Resultado de imagem para Bico do Papagaio rj

Com 989 metros, a montanha do Parque Nacional da Tijuca é um atrativo perfeito para os praticantes de rapel. São quase 20 metros de rapel vertical e você ainda pode curtir outras atrações. Entre elas, trilhas, visitas ao museu e cachoeira. Curta o visual fascinante!

Então, preparado para curtir os melhores lugares para aventura no Rio de Janeiro? Já montou o seu roteiro?

Que tal aproveitar a sua visita à Cidade Maravilhosa e fazer um tour grátis pelo Rio de Janeiro? Assim, você se aventura pela história da cidade ao conhecer o Centro Histórico, curte a noitada na Lapa, entre muitas outras coisas.

Fontes: RioTur e G1.

Publicado em Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | 20 Comentários

Dicas sobre finanças

Olá pessoal!!

O que são finanças?

As finanças são a ciência e a gestão do dinheiro. Dessa forma, abrange todas as estruturas de organização, planejamento e gestão do dinheiro. Seja em casa ou em uma empresa, por vivermos em uma sociedade baseada nos ganhos e gastos, todos precisamos compreender sobre as finanças.

  • Pessoais

As finanças pessoais englobam todo o controle de ganhos e gastos individuais e pessoais. Desde gerir essas movimentações com contas de casa, até os gastos com lazer. Por isso, a ideia de finanças pessoais está diretamente ligada às necessidades financeiras de uma família. Portanto, a gestão financeira de um lar não deixam de ser complexas. Analise suas próprias experiências e perceba que não é fácil calcular os ganhos e gastos de uma casa. Isso porque os cálculos envolvem a completa certeza dos ganhos e a precisão em saber cada gasto. Talvez até estar preparado para um gasto que não estava previsto como o gás acabar ou o chuveiro queimar em pleno inverno! Uma planilha de gastos pode ser muito útil nesse momento! Veja nosso exemplo:

Assim, veja que, sabendo os meus ganhos totais, passo a saber qual o máximo que consigo gastar em cada coisa. Por exemplo, minhas contas são minha prioridade, por isso, essa parte já é um gasto fixo dentro dos meus ganhos. Mas meu lazer pode se adaptar aos meus ganhos. A partir dessa tabela, eu poderia criar outras em que poderia destrinchar cada um dos meus gastos, colocando valores exatos, através das minhas notas e assim por diante…

Sendo que, para além dos gastos com o próprio lar, as finanças pessoais podem incluir poupanças e investimentos também. Desse modo, é importante lembrar que ter uma poupança é sempre muito bom. Mas para uma poupança agregar mais valor à sua vida financeira, é imprescindível que o objetivo da mesma seja e esteja sempre muito claro.

Se sua poupança tem como objetivo os gastos inesperados, pense nas finanças de uma república universitária e chame-a de caixinha! Dessa forma, deposite um valor mensal calculado com antecedência (para que não lhe falte depois) e só use o valor da poupança naqueles casos emergenciais.

Contudo, se para sua poupança o objetivo for o sonho da casa própria, faça seus cálculos e deposite seu valor mensal visando a sua casa. Mas não use esse dinheiro para mais nada!

Portanto, ter uma poupança exige muita disciplina, cuidado e mais cálculos! É muito importante pesquisar muito bem onde abrir uma poupança para que você tenha as melhores taxas de juros, por exemplo. E, por fim, não vá depositar em sua poupança mais do que sua conjuntura financeira permite!

  • Profissionais

As finanças profissionais, geralmente, são próprias das empresas. Por isso, as empresas costumam ter um departamento próprio de finanças – o departamento financeiro.

É nesse departamento que todas as movimentações financeiras da empresa serão estruturadas e geridas. Cuidar dos ganhos e dos gastos, calcular a taxa de lucro, pagar os funcionários, pesquisar quando e onde investir, etc. Tudo isso faz parte do cotidiano de quem faz parte desse departamento dentro de uma empresa.

Entretanto, tudo isso que o departamento financeiro faz, deve ter sempre o objetivo de agregar valor à empresa. É através desse cálculo com os valores agregados que todas as outras projeções serão feitas.É também através desse departamento e dessas análises que os riscos financeiros também serão considerados.

Importância do controle de finanças

A administração financeira deve sempre ocupar um papel de destaque e relevância, tanto nas vidas pessoais e individuais de cada um, quanto nas empresas. Isso porque uma boa gestão financeira pode levar-nos à prosperidade financeira, enquanto que uma má gestão financeira só acarreta em graves consequências nessa área.

É por isso que o planejamento sempre acompanha a gestão financeira. Como já foi dito, jamais devemos gastar mais do que ganhamos. Devemos sempre pensar que para alcançar a prosperidade financeira, devemos sempre pensar nos lucros.

Em uma empresa, isso é crucial. Sendo que na vida pessoal, nem sempre notamos essa importância. E é aí, quando sobram aqueles R$50,00 no final do mês que devemos ser disciplinados e não gastá-los, mas colocar numa poupança ou investir! Tudo isso necessita de boas pesquisas, bons estudos e muito planejamento.

Mas tenha certeza que, tomando conta de suas finanças através de uma boa gestão, poderá levar-lhe à realização de grandes sonhos.

Para se aprofundar um pouco mais neste assunto, convidamos você a ler sobre prosperidade financeira​ no site ​Mente Grande​.

Publicado em Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , | 14 Comentários

Dicas de como escolher o melhor modelo de mala para viajar

Olá pessoal!!

Ao viajar, levamos conosco pelo menos duas coisas: nossas expectativas e nossas bagagens. E, sobre isso, há muito o que dizer sobre ambas. Mas, neste post, focaremos na segunda opção, já que separamos dicas imperdíveis para encontrar as malas de viagem ideais para você!

Existem diversos critérios a se levar em conta, ainda mais se forem malas de viagem para avião. Isso porque as regras de bagagem das companhias aéreas são mais restritas que as das viações de ônibus. Sendo assim, atente-se aos pontos listados abaixo e boas compras!

Quatro ou duas rodas?

Prefira malas que tenham quatro rodinhas e é melhor ainda se elas girarem em 360°, o que facilita muito na hora de carregar grandes volumes. Nesse caso, é preciso fazer pouco esforço físico, já que não é necessário tombar a mala para arrastá-la, basta empurrar na vertical. Outra dica é procurar por modelos com rodas de uretano, que não quebram com facilidade como o plástico e nem desgastam rapidamente como a borracha. É o mesmo material usado em rodinhas de skate.

Rígida ou de tecido?

As malas rígidas, geralmente produzidas em policarbonato, propileno ou ABS, duram por anos e são impermeáveis, portanto podem pegar chuva. Contudo, são pouco maleáveis, o que dificulta colocar peças extras (caso tenha feito compras demais) As malas mais duras também podem ser mais pesadas, se comparadas às de tecido.

Já as de tecido, normalmente feitas em poliéster e nylon, resistem mais a impactos. Também se adaptam melhor a volumes extras (mas cuidado com o peso!) e aos bagageiros. Em relação às rígidas, costumam custar menos. Por outro lado, tendem a se desgastar mais rapidamente, ou seja, têm a vida útil menor. Outro ponto é que não são impermeáveis, logo, se pegar chuva, corre o risco de molhar os itens lá dentro.

Note que todos materiais têm vantagens e desvantagens. Sendo assim, resta colocar na balança e avaliar o que é prioridade para você. Por exemplo, se gosta de flexibilidade para imprevistos, melhor uma mala de tecido. No entanto, se prefere maior segurança para sua bagagem, as rígidas atendem.

Tamanho ideal

As malas de viagem não podem ser nem grandes demais, nem pequenas demais. O ideal é chegar a um meio termo, de modo que consiga carregar tudo o que precisa, porém com máxima praticidade. Nesse sentido, a dica é optar por kit com uma grande, uma média e uma pequena. Assim, terá opções para cada tipo de viagem, das curtinhas às mais longas.

Por exemplo, quando for uma viagem curta, poderá levar somente bagagem de mão, já que terá uma mala pequena. Quando a permanência for maior, terá a mala grande à disposição. Em ambos os casos, a média sempre será uma boa alternativa, se conseguir acomodar tudo nela.

Agora, caso não queira investir em um kit completo, vá pelo caminho do meio: compre uma mala de tamanho médio. Além de ser mais fácil conduzi-la do que a grande, cabe em qualquer porta-malas de carro, por exemplo.

Normalmente, as malas são produzidas nos padrões aceitados para embarque. Mas é importante avaliar as exigências específicas das companhias aéreas quanto a peso e dimensões.

Tão importante quanto escolher as malas de viagem para avião, é planejar adequadamente a bagagem. Desse modo, evita dimensões ou peso excedentes, o que pode levar ao pagamento de taxas extras com despacho.

Divisão interna

As malas de viagem normalmente têm os seguintes compartimentos: bolso com zíper na tampa; telas ou tecidos com elástico nas laterais, para comportar sapatos ou cosméticos; e cintos, para conter e organizar as peças.

Algumas mais sofisticadas contam com zíperes ou velcros no meio, podendo dividir as peças igualmente. São bons recursos para quem vai dividir a mala com outra pessoa ou para os que gostam de muita organização.

Com relação à parte interna da mala, não há tanta variedade assim. Mas vale observar se algum detalhe te chama a atenção, já pensando nos itens que vai levar para sua viagem.

Cores a gosto

Por mais que você seja discreto, esse perfil não é indicado para a compra, sobretudo de malas de viagem para avião. Dê preferência àquelas de cores fortes, coloridas ou decoradas. Isso porque, na hora de retirar a bagagem na esteira, fica bem mais fácil identificar a sua. Assim, diminuem-se os riscos de confusão e troca acidental com outro passageiro.

Agora, se você não quer comprar malas de viagem chamativas, sem problemas, porque há alternativas para diferenciá-la na multidão. Uma delas é personalizá-las amarrando lenços coloridos, fitas, adesivos, etc. A ideia é colocar algo que torne a mala diferente e facilite a identificação.

Pense na segurança

Quando se trata de bagagem, segurança nunca é demais. Por isso, vale a pena conferir se a mala já vem com cadeados embutidos. Na falta deles, é interessante colocar o acessório à parte e aumentar a proteção dos seus pertences.

Uma dica é procurar modelos de mala de viagem para avião com cadeado TSA embutido. Estes podem ser abertos com uma chave-mestra pela alfândega dos Estados Unidos, por exemplo. Assim, caso seja necessário averiguar a bagagem, os agentes não precisarão danificá-la.

Mala de viagem própria para vinhos

Trazer alimentos e bebidas do exterior para o Brasil é prática comum. Nesse contexto, por que não considerar uma mala de viagem própria para vinhos?

São malas projetadas especialmente para transportar as garrafas em viagens curtas e longas. As principais vantagens são a facilidade de acomodá-las e a proteção contra impactos, de modo que chegam intactas ao destino.

Opte por mochilas, conforme seu estilo

Seu estilo de viagem é menos tradicional e sua ideia é rodar o mundo como mochileiro? Invista em uma… mochila!

Para escolher a mochila de viagem ideal, primeiro considere o tamanho. Se o plano é acampar ou viajar no inverno, escolha uma maior, visto que levará barraca, sacos de dormir e roupas e acessórios de frio.

Em destinos que pedem roupas mais leves e nos quais se hospedará em albergues ou hostels, prefira mochilas não tão grandes. Afinal, sua demanda por bagagem será bem menor.

De modo geral, busque por mochilas com aberturas laterais ou inferiores, além da tradicional superior. Isso porque facilitam o acesso às peças guardadas no fundo. Pesquise, também, opções com zíperes à prova d’água, que te darão tranquilidade em caso de chuvas, por exemplo.

No que diz respeito ao conforto, mochilas com cintos que travam na cintura são mais fáceis de carregar. Mas não olhe só isso. Tente experimentar a mochila antes de comprá-la. Desse modo, terá suas impressões pessoais sobre o encaixe dela ao seu corpo.

A dica de ouro para qualquer mochileiro é: só leve aquilo que você é capaz de carregar sem ajuda. Por isso, nada de vaidade nem de excessos. Coloque somente as peças que atendem às suas reais necessidades.

Veja também: 6 vantagens e benefícios que uma viagem proporciona

Pitaco extra: preço das malas de viagem

Você encontrará tanto malas de viagem que ultrapassam R$ 1.000 quanto que não chegam a R$ 200. Tamanha variedade de preços pode causar confusão, pois os critérios vão desde a qualidade do material até a simples marca. Nesse caso, temos duas dicas preciosas.

A primeira orientação é desconfiar quando a oferta for muito grande. Sim, existem promoções imperdíveis (e disso entendemos bastante!). No entanto, uma coisa é promoção, outra, é preço baixo às custas da qualidade. Para evitar a armadilha do “barato que sai caro”, primeiro escolha as malas de viagem que deseja comprar seguindo nossas dicas. Então monitore o preço delas. Assim, terá noção do preço-base e conseguirá pagar menos por um produto que valha a pena.

Outra dica fundamental é não seguir a lógica de “se é caro, é bom”, porque nem sempre é a qualidade que definirá o preço. Talvez o simples fato de ter uma marca estampada joga nas alturas o valor das malas de viagem. É verdade que produtos mais caros tendem a ser superiores, contudo, vale analisar antes os materiais, comentários de quem já comprou, entre outros critérios.

Tendo explicado essas duas questões (preços baixos e altos), a conclusão é simples: avalie não só o preço, mas também a qualidade, para evitar armadilhas. Desse modo, encontrará as malas de viagem com a melhor relação entre custo e benefício dentro do seu orçamento!

Pitaco: Questione o vendedor se a mala possui garantia e assistência técnica próxima de onde mora. Vale, também, abrir e fechar o zíper algumas vezes, para ter certeza de que ele é resistente e não emperra. Antes de levar, preste atenção nos acabamentos, como costura, zíper, alça e rodinhas. Por fim, segure a mala com uma mão só para sentir o peso e também simule o transporte na loja, arrastando a bagagem de um lado para o outro.

Com a decisão feita, é só viajar e aproveitar para recarregar as energias!

Publicado em Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | 20 Comentários

Síndrome do Impositor – Faça o teste e aprenda a identificar

Olá pessoal!!

Você vive inseguro sobre o seu potencial? Fez várias especializações e mesmo assim não se sente capacitado como seus colegas de trabalho? Constantemente acredita que falta algo, que você não é bom o suficiente e na verdade o seu maior medo é que descubram que você é uma fraude?

Se, apesar de todas as suas conquistas, você se sente assim, cuidado! Você pode estar lidando com a Síndrome do Impostor, nome dado para a autocobrança excessiva, que prejudica milhares de profissionais ao redor do mundo.

A Síndrome do Impositor é uma desordem psicológica que faz com que o profissional, embora qualificado e capacitado, se sinta sempre em situação inferior aos colegas. Para quem o sofre, sempre falta algo que o faça igualar-se aos demais. A pessoa, embora bem sucedida e de sucesso, acredita que não está a altura do reconhecimento e da posição a que chegou, temendo que, a qualquer tempo, seja descoberto que ela é uma fraude.

É muito comum a jovens em início de carreira, especialmente se suas habilidades são testadas de modo recorrente. São pessoas que internalizam críticas e potencializam as suas falhas, tornando-se, assim, excessivamente inseguras.

Pessoas que sofrem síndrome do impostor geralmente apresentam 3 ou mais dos seguintes comportamentos:

1. Necessidade de se esforçar demais

A pessoa com síndrome do impostor acredita que precisa se esforçar em excesso, muito mais que as outras pessoas, para justificar as suas conquistas e por achar que sabe menos que os outros. O perfeccionismo e o excesso de trabalho são utilizados para ajudar a justificar o desempenho, mas causa muita ansiedade e esgotamento.

2. Auto-sabotagem

Pessoas com esta síndrome acreditam que o fracasso é inevitável, e a qualquer momento alguém experiente irá desmascará-lo na frente dos outros. Assim, mesmo sem perceber, pode preferir se esforçar de menos, evitando gastar energia para algo que acredita que não dará certo e diminuindo as chances de ser julgado por outras pessoas.

3. Adiar tarefas

Estas pessoas podem estar sempre adiando uma tarefa ou deixando compromissos importantes para o último momento, situação chamada de procrastinação. Também é comum levar máximo de tempo para cumprir estas obrigações, e tudo isso é feito com o objetivo de evitar o momento de ser avaliado ou criticado por estas tarefas.

4. Medo de se expor

É comum que as pessoas com a síndrome do impostor estejam sempre fugindo de momentos em que podem ser avaliadas ou criticadas. A escolha de tarefas e profissões são, muitas vezes, baseadas naquelas em que serão menos perceptíveis, evitando ser alvo de avaliações.

5. Comparação com os outros

Ser perfeccionista, exigente consigo mesmo e estar sempre achando que é inferior ou sabe menos que os outros, são algumas das principais características desta síndrome. Pode acontecer de a pessoa achar que nunca é boa o suficiente em relação aos outros, o que gera muita angústia e insatisfação.

6. Querer agradar a todos

Tentar causar boa impressão, se esforçar no carisma e necessidade de agradar a todos, a todo o momento, são formas de tentar alcançar aprovação. A pessoa pode, até, se sujeitar a situações humilhantes.

Além disso, a pessoa com síndrome do impostor passa por períodos de muito estresse e ansiedade, por achar que, a qualquer momento, pessoas mais capacitadas irão substituí-la ou desmascará-la. Assim, é muito comum que essas pessoas desenvolvam sintomas de ansiedade e depressão.

Pitaco: Realizar atividades capazes de aliviar o estresse e a ansiedade, que melhorem a auto-estima e promovam auto-conhecimento, como yoga, meditação e exercícios físicos, além de investir em momentos lazer são muito úteis para o tratamento deste tipo de alteração psicológica.

Publicado em Comportamento | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , | 16 Comentários

Conheça os principais sinais da Síndrome de Burnout

O

Olá pessoal!!

A síndrome de Burnout ou, Síndrome do Desgaste Ocupacional, é uma resposta extrema ao estresse laboral grave e crônico que pode ter repercussões não apenas em nível profissional, mas também pessoal, familiar e social.

Sua principal característica é o estado de tensão emocional e estresse crônicos provocado por condições de trabalho físicas, emocionais e psicológicas desgastantes. A síndrome se manifesta especialmente em pessoas cuja profissão exige envolvimento interpessoal direto e intenso.

Profissionais das áreas de educação, saúde, assistência social, recursos humanos, agentes penitenciários, bombeiros, policiais e mulheres que enfrentam dupla jornada correm risco maior de desenvolver o transtorno.

Abaixo, apresentamos algumas das principais indicações dessa síndrome:

1. Um dos sinais mais importantes é o esgotamento e a falta de interesse pelo que você está fazendo. Você não está mais animado com seu trabalho

2. Essa falta de entusiasmo muitas vezes leva a uma atitude negativa e até apática. Você já não se dedica.

3. Esse desinteresse leva a um pior desempenho porque você não se preocupa mais em fazer as coisas da maneira certa. Seu desempenho no trabalho diminui.

4. Você sente fadiga e uma sensação geral de exaustão. Isso indica que você está totalmente exausto do seu trabalho.

5. Você passa a ter doenças físicas, como insônia, dor no peito, dores de cabeça, falta de ar, problemas gastrointestinais, muitas vezes você fica com frio. Isso significa que o estresse crônico começou a ter consequências em seu corpo.

O

O que fazer?

•  Aprenda a reconhecer hábitos de pensamento negativo e trabalhe neles sempre que vierem à sua mente.

• Diminua sua carga de trabalho, pois a exaustão ocorre quando você tem muitas tarefas e o que você precisa fazer é aliviar a carga.

• Aprenda a delegar. É importante que você não cuide de tudo por si mesmo e aprenda a delegar responsabilidades de trabalho.

• Finalmente, se necessário, peça ajuda. Converse com alguém de sua confiança sobre o que está acontecendo com você ou procure ajuda de um profissional de saúde mental.

Pitaco: O tratamento da síndrome de burnout inclui o uso de antidepressivos e psicoterapia. Atividade física regular e exercícios de relaxamento também são altamente recomendados para ajudar a controlar os sintomas.

Publicado em Comportamento | Marcado com , , , , , , , , , , , , | 19 Comentários

8 dicas para deixar a roupa seca e cheirosa nos dias frios

Olá pessoal!!

Com os dias gelados no inverno, deixar as roupas secas e cheirosas após a lavagem é um desafio. As baixas temperaturas dificultam o processo natural de secagem e podem deixar a roupa com mau odor.

Para te ajudar a não sofrer com esse problema, Pitacos e Achados dá dicas para que você nunca mais precise de uma segunda lavagem!

Siga estas dicas:

1. Mantenha o ambiente muito arejado

Nós sabemos que no frio, deixar as janelas abertas não é nada confortável. No entanto, se você quiser que suas roupas fiquem secas e cheirosas, é preciso fazer esse sacrifício, porque a ventilação natural é imprescindível para o processo. A dica é abrir as janelas da lavanderia e fechar a porta.

2. Posicione o varal perto de janelas

O vento direto acelera a secagem. Por isso, as roupas devem ser secas à sombra e ao ar livre ou em ambientes bastante arejados.

Evite os locais onde bate muito sol, pois as fibras, além de queimarem, também desbotam com mais facilidade e acabam ficando enrijecidas. Você pode deixar algumas peças no sol da manhã, por poucos minutos, para facilitar a secagem.

3. Use o ventilador

Em dias chuvosos, úmidos ou quando as janelas não derem conta, aposte no ventilador. Ele funciona apenas para agilizar o processo em dias que estamos com pressa ou que o tempo não esteja ao nosso favor.

4. Pendure as roupas do jeito certo

Nem todas as peças de roupa podem ser penduradas da mesma maneira no varal para secar. O ideal é que as peças de cima, como camisa, paletó, blazer, casaco e vestido, sejam colocadas em cabides. Ao passo que calças, bermudas, saias, shorts e peças de uso íntimo podem ser colocados no varal pelo cós, utilizando pregadores.

E atenção: pendure as peças de maneira simétrica e alinhada, sem sobreposições.  Se a roupa for pendurada com uma ponta mais alta que a outra, há ainda chances de ela pender para um lado e ficar distorcida.

5. Não exagere no sabão

Pode parecer estranho, mas o mau cheiro da sua roupa também pode ser causado sabão. Se utilizado em excesso durante a lavagem, ele acabará deixando resíduos, que, por não serem completamente dissolvidos pela água, resultam em um cheiro pouco agradável nas peças. Por isso, siga à risca as instruções dos rótulos da embalagem e acerte na quantidade!

Evite também pesar a mão no amaciante, cujo cheiro em excesso pode causar irritação no olfato.

6. Mantenhas as máquinas de lavar e secar sempre limpas

Ao longo do tempo, os resíduos de produtos e fiapos de peças de roupa vão se acumulando, podendo, assim, causar o mau odor. Para evitar que isso aconteça é importante limpar com frequência, aproximadamente uma vez a cada dois meses, as máquinas de lavar e secar.

Coloque dois ou três litros de água sanitária no processo de lavagem longo. Depois adicione um litro de vinagre de vinho branco ou maçã e, em um programa curto e com água fria, deixe a máquina fazer todo processo. No final, ela estará limpa e pronta para uso novamente.

E não se preocupe, pois o vinagre possui ácido acético que neutraliza o cloro da água sanitária, inibindo qualquer resíduo que possa danificar outras roupas.

7. Lave com desinfetante específico (como Lysoform), bicarbonato ou vinagre

Colocados juntamente na máquina, eles ajudam a evitar e eliminar o mau cheiro das roupas, pois agem como um adstringente nas moléculas.

Outros produtos como suco de limão e sal marinho não são recomendados, já que contêm substâncias mais agressivas e podem danificar a peças, resultando em manchas e perda de cor.

8. Roupas cheirosas no armário

Depois de todo o trabalho para lavar e secar, ninguém quer perder todo o esforço justamente na hora de guardar as peças. Por isso é muito importante saber como deixar as roupas cheirosas no armário. É bem simples!

● Mantenha o guarda-roupas sempre limpo e conte com a ajuda de produtos de limpeza com ação anti-mofo e também que impedem a umidade, como os desumidificadores. Esses produtos também ajudar ajudar em como tirar o cheiro de guarda-roupa novo.

● Nunca guarde as roupas se elas não estiverem completamente secas.

● Jamais coloque peças de roupas usadas junto com as roupas limpas dentro do armário. Tenha um cesto separado só roupas usadas e que também fique arejadas até a lavagem.

● Coloque saches perfumados nas gavetas e no guarda-roupas.

● Sempre que puder, tire as roupas de inverno e cobertores do armário para arejar. Quando guardar, use sacos plásticos ou capas protetoras para evitar o cheiro de guardado.

Pitacos: Secar bem é fundamental para preservar perfume. Dá uma olhada nessas dicas de secagem:

● Nunca deixe a roupa molhada dentro da máquina para evitar o mau cheiro que vem da umidade. Acabou o ciclo? Direto para o varal!
● Sempre pendure as peças bem esticadas, com bastante espaço entre elas para que o ar possa circular livre.
● Se seu varal é coberto ou fica na área de serviço, abra bem todas as janelas e portas para deixar o espaço bem arejado.

Viu como deixar as roupas cheirosas não é difícil? Seguindo essas dicas, suas peças ficarão perfumadas como recém lavadas por muito mais tempo

Publicado em Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | 14 Comentários

5 sinais de que você nasceu para liderar

Olá pessoal!!

Você se conecta demais com as pessoas? Acredita ser alguém compreensivo, que demonstra muita compaixão? Nem tanto tempo atrás, essas características marcariam o despreparo de um grande líder. Mas o mundo corporativo mudou e, agora, empatia e cumplicidade são atributos reconhecidos entre empreendedores que engajam suas equipes. 

Nesta lista, a Inc. relaciona alguns raros sinais entre pessoas que nasceram para liderar – e talvez ainda não saibam. Transparência compaixão, por exemplo, são altamente eficazes na missão de reduzir o estresse da sua equipe, demonstrando que você entende o que eles estão sentindo.

Abaixo, confira a lista completa com características comuns entre os grandes líderes:

1. Você se conecta facilmente

Grandes líderes se conectam facilmente com outras pessoas. Isso acontece, normalmente, porque deixam exposta a sua humanidade. Ou seja, com falhas e vulnerabilidades, demonstrando que são pessoas e elas também cometem erros. Se o líder mostra esse tipo de autenticidade, fica mais fácil se conectar e manter um diálogo transparente com o time de funcionários.

2. Divisão de tarefas

Outra característica comum entre bons líderes é não ter medo de delegar e dividir tarefas com sua equipe. Envolver o máximo de pessoas em um projeto demonstra confiança. Isso possibilita que cada funcionário do time se sinta à vontade para exercitar sua criatividade.

3. Compaixão e empatia

Colocar-se no lugar de alguém é a melhor forma de saber o que passa na vida daquela pessoa. É por isso que os grandes líderes devem sentir compaixão: fica mais fácil saber o quão sobrecarregada está sua equipe. O livro Oxford Handbook of Compassion Science mostra que gestores com empatia em suas empresas entregam resultados melhores, porque contam com funcionários mais contentes com o trabalho.

4. Transparência

Estudos provam que organizações transparentes reduzem o número de funcionários estressados com o trabalho. Isso acontece em razão do fato de que, quando informada, a equipe entende o motivo da cobrança. Por isso, é recomendável que empreendedores busquem o máximo de transparência e honestidade com os membros da sua equipe. Manter segredos é uma forma de se distanciar daqueles que correm ao seu lado para o negócio dar certo.

5. Acreditar no potencial da sua equipe

Os grandes líderes também têm em comum uma característica: todos acreditam no potencial da sua equipe. Esse tipo de ação possibilita que os seus funcionários encontrem propósito em fazer parte da empresa.

revistapegn

Pitaco: É certo que são competências que podem ser aprendidas e desenvolvidas, mas é também correto afirmar, que algumas pessoas têm essa vocação inata o que, apesar de não ser uma certeza, pode, sim, encurtar o caminho até um cargo de gestão. Tem gente que tem vocação, mas não tem motivação, então não desenvolve e tem gente que não tem vocação, mas tem persistência e determinação e desenvolve as habilidades.

Publicado em Comportamento | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , | 16 Comentários

Contorno: saiba mais sobre a técnica de maquiagem do momento

Olá pessoal!!

As técnicas de maquiagem se tornaram uma verdadeira tendência nos últimos anos. Tudo isso graças as inúmeras blogueiras que se tornaram um grande sucesso no Brasil e no mundo afora, mostrando suas técnicas e resultados com as abordagens completamente diferentes das usuais.

Até dado momento, a maioria das mulheres somente aplicava o básico, fazendo simples modificações na cor do batom, do blush ou da sombra nos olhos — que normalmente era preta e sem grandes complexidades.

Hoje, basta ficar atento nas redes sociais para perceber as novas técnicas que realmente criam excelentes resultados. O contorno é uma dessas novas metodologias, que ajudam a realçar os traços da beleza natural da mulher para complementar o look que foi criado para o dia ou para a noite.

No post de hoje, falaremos como você pode replicar esses resultados com simples passos. Com um pouquinho de dedicação e treino, temos certeza que você utilizará o contorno durante os finais de semana ou para aquelas ocasiões importantes.

Pronta para saber mais a respeito? Continue sua leitura até o final!

O principal objetivo do contorno

Como citamos, o principal objetivo do contorno é a conquista do realce dos traços do rosto. Inclusive, um dos efeitos desejados é um nariz afinado — semelhante ao de uma mulher que passou por uma rinoplastia.

A definição dos traços mais proeminentes da face da mulher também faz parte dos objetivos desta técnica, que hoje faz a cabeça — ou literalmente o rosto — de milhares de pessoas ao redor do mundo.

Abaixo, falaremos como você pode conquistar esses resultados em um passo a passo simples e fácil de ser aplicado — eles podem ser tão impressionantes, que algumas pessoas podem imaginar que a pessoa acabou passando um por uma verdadeira cirurgia plástica.

Como fazer

Para começar, é preciso mapear as áreas mais importantes do seu rosto com corretivos de cores diferentes. O ideal é optar pelas cores tradicionais, como bege, marrom claro e marrom escuro.

Esses são os pontos que você efetivamente deseja destacar e dar um verdadeiro realce. Portanto, esta etapa de preparação pode ser considerada como a mais importante de todas.

A região abaixo dos olhos, do queixo, testa e em volta do nariz são normalmente as que são sinalizadas. A cor mais clara vem primeiro nessas áreas, que também são conhecidas como zona T.

Em seguida, o corretivo escuro é aplicado nos locais em que o realce é ainda maior. Desta vez, o efeito procurado é de profundidade, e o marrom escuro é aplicado para delinear estas áreas da face.

Normalmente, as maçãs do rosto e as laterais do nariz são as regiões mais realçadas nesta etapa. Algumas mulheres também realçam a parte superior da testa para dar ainda mais destaque para suas feições principais.

Em seguida, basta fazer um leve esfumaçado com a esponja. Por fim, faça o restante da maquiagem de acordo com o seu gosto para finalizar todo o trabalho. As cores podem ser variadas e extremamente complexas em alguns casos.

Agora tudo vai da sua criatividade e principalmente da sua inspiração para o momento especial.

Não se esqueça das sombras nos olhos.

Quais produtos escolher?

Os produtos ideais dependem da textura e efeito final que você deseja conquistar, além do seu tipo de pele e até mesmo orçamento para compra. É possível utilizar produtos líquidos, cremosos ou em pó, e quanto a isso, não existem muitas restrições.

O ideal é ter base corretiva com pelo menos dois tons acima da pele, iluminador e blush. Ter tons claros também ajuda bastante.

Quanto aos pincéis a serem utilizados, eles podem ser o chanfrado, o pincel de sombra e o pincel leque. O primeiro para fazer contornos laterais e aplicação do blush, o segundo para os contornos da região do nariz e o terceiro para passar o iluminador na região T.

Para quem vai utilizar produtos líquidos (ou cremosos), a escolha ideal fica na esponjinha — que até mencionamos acima — ou o pincel kabuki.

Seja qual for sua escolha, existe uma técnica correta de aplicação e todas essas opções exigem um pouquinho de prática. O ideal é treinar algumas vezes no espelho para realmente conseguir boas tonalidades e contornos.

Raramente uma mulher consegue acertar na primeira vez, o que faz com que sejam necessárias várias tentativas. O ideal é não desistir e entender que tudo faz parte de um processo de aprendizado.

E, por incrível que pareça, é mais importante errar agora — dentro de casa —, do que em um grande dia, no meio da rua, não é verdade?

Como saber qual parte realçar?

Esta é uma pergunta relativamente difícil de responder. De maneira geral, os rostos mais redondos devem escurecer as laterais e iluminar toda a zona T.

Os rostos quadrados, as laterais da testa e do maxilar devem ser escurecidas, e o topo do nariz, o centro da testa e do queixo devem ser iluminadas.

Para quem tem rosto oval, é só deixar a zona T mais clara e realçar as regiões das bochechas.

Por fim, os rostos triangulares devem escurecer as laterais e iluminar todo o centro do rosto.

A escolha dessas regiões também exige prática e é muito importante que você veja exemplos e tutoriais para cada uma dessas pessoas. Isso ajudará você a definir o que é melhor para seu rosto, além de garantir maior conhecimento geral sobre maquiagem.

Em pouco tempo, você estará se maquiando com grande competência, fazendo com que você consiga melhorar sua autoestima e até mesmo sua confiança sobre si mesma nas ocasiões mais especiais.

O importante é continuar testando e aplicando novas abordagens até que você consiga resultados surpreendentes e de grande destaque.

Pitaco: Gostou do conteúdo de hoje sobre a maquiagem de contorno? Não deixe de comentar abaixo sua opinião ou suas dúvidas. Se possível, compartilhe este post nas redes sociais e faça com que esta “mensagem” chegue a mais mulheres que também podem estar buscando por essas informações!

Publicado em Moda e Beleza | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | 14 Comentários

Desafio Acadêmico com tema “A Ditadura da Beleza” oferece $4000 dólares para a melhor fotografia artística.

Olá pessoal!!

Todos os dias, pessoas lidam com problemas de auto-estima ao procurarem pela aparência perfeita. Muitas meninas e meninos crescem, moldados pela sociedade, a procura dessa aparência. A pressão para se encaixar resulta em muitos problemas e para apoiar essa causa, o Shoes4You está lançando o PhotoChallenge 2019.

O que é?

O PhotoChallenge é um desafio acadêmico que tem como um de seus principais objetivos a promoção de debate e reflexão sobre temas relevantes na sociedade, estimulando estudantes a se engajarem em projetos fotográficos de cunho social, político e cultural. O tema escolhido este ano é A Ditadura da Beleza, já que as pessoas sofrem diariamente com a busca pela aparência perfeita com intuito de se sentirem incluídas. O desafio é que estudantes, matriculados em instituições de ensino superior, de todo o mundo possam representar através da fotografia esse problema. As fotos serão avaliadas e julgadas pelo comitê de jurados que levará em conta os seguintes critérios: qualidade técnica, criatividade e tema. 

A foto vencedora ganhará um prêmio de $4.000 dólares, sendo que desse valor será doada a quantia de $1.000 dólares a uma das ONGs apoiadoras do desafio, escolhida pelo vencedor.

Inscrições

As inscrições para o PhotoChallenge irão até 31 de Outubro de 2019 e devem ser feitas exclusivamente pelo portal oficial do concurso, clique aqui.

Todas as informações sobre as regras, prazos, e sobre o PhotoChallenge 2019 podem ser encontradas nos termos e condições do concurso.

Publicado em Achado | Marcado com , , , , , , , , , , , | 15 Comentários

Dicas de como cuidar da pele no inverno

Olá pessoal!!

O inverno é uma estação que pode causar muitos danos à pele. Por isso requer alguns cuidados extras. Veja aqui como cuidar da pele no inverno!

O frio traz um tempo seco e baixa umidade do ar, o que acaba prejudicando a pele do corpo todo. Além dos fatores naturais, é comum que os banhos sejam quentes, a ingestão de líquidos diminui e as pessoas usem aquecedor de ar.

Todos esses fatores somados, acaba por diminuir a oleosidade da pele, fazendo com que ela fique ressecada e com aspecto esbranquiçado. Mas, além de manter a hidratação do corpo, você deve investir em vitaminas e antioxidantes obtidos por meio de uma alimentação saudável. Conheça outras dicas para cuidar da pele no inverno!

Dicas para cuidar da pele no inverno

Temperaturas frias e umidade do ar baixa não são favoráveis à pele. E se você deseja ter cútis macia e bonita, precisa se atentar a alguns cuidados nessa estação para que ela não fique ressecada.

É importante saber que a falta de cuidados com a pele pode contribuir com o envelhecimento precoce. Quando as rugas estão em estágios avançados, você terá que recorrer a cirurgias plásticas para sanar o problema. E o pior que se você não tiver um plano de saúde para cirurgia plástica ou dinheiro para o procedimento, terá que conviver com o problema.

Para evitar que a pele fique sem vida e resulte nas indesejadas rugas, conheça algumas formas de cuidar da pele no inverno e prepare-a para o verão!

1. Mantenha uma alimentação saudável

A alimentação saudável contribui com a saúde de todo o corpo e no caso da pele, ela fica saudável e bonita. Entre as opções, inclua hortaliças, frutas, legumes e sucos naturais. Estes são fontes de vitaminas e minerais que ajudam a prevenir o envelhecimento. Isso por serem fontes naturais de nutrientes que neutralizam os radicais livres e oferecem a hidratação que a cútis precisa.

As frutas ricas em vitamina C, por exemplo, bem como os vegetais: repolho, brócolis e cenoura, são bastante indicados. Já a soja contribui contra o ressecamento e ajuda na elasticidade da pele, já que é rica em isoflavonas. Além desses, consuma também nozes, castanhas e amêndoas para ter uma pele saudável.

2. Não deixe de se hidratar

Muitas pessoas acham que, devido ao clima frio, não é necessário manter a ingestão de líquidos como no verão. Esse é um erro bastante comum e prejudica todo o organismo, inclusive a pele. Sem a hidratação correta, ela perde a elasticidade e fica ressecada. Caso encontre dificuldades em ingerir água, invista no consumo de chás e sucos naturais. Além desses, a ingestão de frutas como laranja, por exemplo, ajuda bastante.

3. Evite banhos demorados e quentes

É difícil conseguir coragem para tomar banho no inverno, porém, ao estar embaixo da água quentinha, fica difícil conseguir sair. Porém, a água quente aliada a banhos demorados e uso exagerado de sabonetes e buchas, alteram a composição do manto hidrolipídico. Ou seja, o hidratante natural que o organismo produz para proteger a pele.

4. Invista em hidratantes externos

Além da hidratação de dentro para fora, foque também em hidratantes de uso externo. O ideal é aplicá-lo logo após o banho para melhor penetração do creme à pele. Caso prefira, use óleo hidratante!

5. Dicas extras

  • Use sabonetes neutros e apenas uma vez por dia.
  • Evite esfoliar a pele no inverno e usar buchas.
  • Evite cremes muito perfumados.
  • Cuide também dos lábios, aplicando hidratantes labiais com vaselina, lanolina e ceramidas.
  • Não deixe de usar protetor solar!

Pitaco: Então, quer chegar no verão com uma pele bonita e saudável? Ao seguir essas dicas de como cuidar da pele no inverno, você obterá benefícios a longo prazo.

Por Andreia Silveira, colaboradora do site PlanodeSaúde.net

Publicado em Dicas, Moda e Beleza | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , | 22 Comentários

9 autoafirmações para alguém saber se é ambivertido

Olá pessoal!!

Para uma parcela da população, essa é uma escolha fácil de fazer e simples de identificar, mas, para a maior parte das pessoas, é difícil escolher um caminho ou outro e manter-se constantemente nele. De acordo com Travis Bradberry, especialista em inteligência emocional e autor de livros sobre o assunto, essa escolha costuma ser difícil porque a dicotomia introvertido/extrovertido reflete uma visão ultrapassada de personalidade.

Os traços de personalidade existem ao longo de um contínuo, e a maioria de nós não é introvertida nem extrovertida, mas sim algo no meio disso: ambivertida.

Raramente encontraremos pessoas com tipos puros de introversão e extroversão. Na verdade, somos ambivertidos, isto é, possuímos características tanto de um tipo como de outro.

Imagine uma escala, que começa medindo “introversão pura” numa ponta e que vai subindo até chegar em “extroversão pura” na outra ponta. Assim, nos encontramos mais ou menos no centro da escala. Ora optamos por ser introvertidos, ora extrovertidos, de acordo com nossos interesses e necessidades.

“Os ambivertidos sabem aproveitar o melhor de ambos os lados. Eles têm mais graus de liberdade para moldar suas vidas do que aqueles que estão nos extremos de suas pontas.” Brian Little

Para quem suspeita ser ambivertido, mas não está certo disso, o autor Travis Bradberry fez uma lista de nove afirmações para se fazer. Caso as respostas forem positivas para a maioria ou todas as perguntas, muito provavelmente a pessoa é ambivertida. Faça o teste:

1. Eu posso executar tarefas sozinho ou em grupo. Eu não tenho muita preferência, de qualquer forma.

2. Ambientes sociais não me deixam desconfortável, mas eu canso de ficar cercado de muitas pessoas.

3. Ser o centro das atenções é divertido para mim, mas eu não gosto que isso dure muito.

4. Algumas pessoas pensam que eu sou quieto, enquanto outras acham que sou extremamente social.

5. Eu não preciso estar sempre fazendo algo ou me movendo, mas ficar parado por tempo demais me deixa entediado.

6. Eu posso me perder em meus próprios pensamentos tão facilmente quanto eu posso me perder em uma conversa.

7. Uma conversa simples e casual não me deixa desconfortável, mas não gosto tanto de ficar engajado em conversas íntimas.

8. Quando se trata de confiar em outras pessoas, às vezes eu sou cético, outras vezes eu confio plenamente.

9. Se eu passar muito tempo sozinho, fico entediado, ainda que muito tempo em torno de outras pessoas me deixe esgotado.

Muitas pessoas ambivertidas não estão totalmente cientes de que são assim, e esse lapso de autoconhecimento pode tornar ambíguas as suas percepções, ações e pensamentos. Mas agora elas podem resolver de vez essa questão.

Com informações da Forbes e The Wall Street Journal / contioutra

Alguns Pitacos:

Um método para determinar se uma pessoa é extrovertida é começar uma frase e de propósito parar por alguns segundos. Extrovertidos geralmente completam a frase para você, diferentemente dos introvertidos.
Por serem sempre muito abertos, os extrovertidos podem dizer algo que você disse para ele em particular para o primeiro desconhecido que encontrar. Então se lembre de dizer claramente quando você quiser que algo seja mantido em segredo.
Lembre-se de dar tempo aos introvertidos para pensarem. Eles internalizam a informação, a remoem por dentro e só então chegam a uma decisão. Pressionar um introvertido a uma decisão rápida pode forçá-lo a dizer não, pois ele não se sente confortável tomando decisões imediatas.
Respeite o tempo de solidão que os introvertidos necessitam regularmente. Eles estão “recarregando as baterias”.

Publicado em Comportamento | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | 18 Comentários

Dicas de como manter frutas e vegetais frescos por mais tempo

Olá pessoal!!

Para fazer a compra de frutas e verduras, além de ter um bom estoque desses produtos em casa, é preciso aprender a armazená-los corretamente e aumentar seu tempo de validade, sem perder qualidade no seu sabor, aroma ou valor nutricional.

Separamos algumas dicas que você precisa conhecer e aplicar na hora de guardar frutas e verduras na sua casa:

Não lave seus vegetais e frutas antes de guardá-los

Esse é, provavelmente, o primeiro cuidado que você deve ter ao guardar frutas e verduras que você acabou de comprar. Muitas pessoas têm o hábito de higienizar todas elas antes de armazená-las na geladeira ou na fruteira, mas não sabem que podem estar cometendo um grande erro.

O contato dos vegetais e das frutas com a água e o sabão, removendo os excessos de terra e outros resíduos que podem ser encontrados em sua superfície, pode retirar também a principal proteção desses alimentos contra a ação do tempo e, principalmente, perda de nutrientes para o ar ambiente. Expostos, os alimentos vão estragar com muito mais facilidade na sua geladeira ou fruteira – além de ter seu valor nutricional prejudicado.

Guarde seus alimentos do jeitinho que você recebeu, seja na geladeira ou em alguma outra parte da sua cozinha, e só higienize quando for utilizá-los. Essa prática serve também para os legumes escovados, ok?

Separe as frutas que emitem etileno das que não produzem esse gás

Todas as frutas e vegetais emitem um gás natural, sem odor e inofensivo chamado de etileno. O etileno, quando em contato com outros alimentos que produzem esse gás em menor quantidade, pode acelerar o processo de amadurecimento desses produtos.

Algumas frutas e vegetais são grandes emissoras de etileno e, por isso, devem ficar longe dos produtos que são considerados sensíveis a esse tipo de gás. Os maiores produtores de etileno da sua cozinha são:

  • Banana;
  • Maçã;
  • Melão;
  • Tomate;
  • Mamão;
  • Abacate;
  • Manga;
  • Pimentão;
  • Abacaxi;
  • Pera;
  • Uvas;
  • Figos;

Deixe esses alimentos guardados em um lugar bem distante de produtos como batatas, folhas, cenouras, aspargos, brócolis, pepino e outros que podem estragar com facilidade.

Atente-se aos produtos que se adaptam à temperatura da geladeira

Alguns alimentos adoram ficar armazenados em temperaturas mais baixas, como as que encontramos na geladeira. Esse cuidado ajuda a aumentar seu tempo de validade, além de manter seu valor nutricional.

Os principais alimentos frescos que devem ir para sua geladeira são:

  • Melão cortado;
  • Pêssegos maduros;
  • Abacates maduros;
  • Mangas maduras;
  • Morangos;
  • Cenouras e abobrinhas em recipientes fechados;
  • Abacaxis maduros;
  • Melancias maduras;
  • Aspargos em sacos plásticos;
  • Folhas frescas (em recipientes fechados e cobertos com papel toalha para não queimar).

Priorize sempre guardá-las no gavetão, onde a temperatura é um pouco mais alta e que pode evitar danificar os produtos.

Deixe na fruteira produtos que gostam de locais frescos e arejados

A fruteira é uma boa aquisição para quem pretende ter mais espaço para guardar frutas e verduras em casa. A grande maioria desses alimentos precisa de um local arejado e fresco para aguardar seu consumo.

Coloque na sua fruteira:

  • As maçãs junto com as peras;
  • As bananas em uma área separada;
  • Tomates, pimentões e pepinos;
  • Frutas cítricas com casca na parte mais arejada;
  • Cebolas e alhos na parte com menor incidência de luz;
  • Batatas também em uma parte com menor incidência de luz (separadas das cebolas).

Guarde suas ervas frescas com a ajuda de um copo d’água

Para quem gosta de comprar ervas frescas para sempre usar em casa, uma boa solução para aumentar seu tempo de validade é colocá-las como um buquê em um copo com um pouco de água. Corte as pontas do caule na transversal para facilitar a entrada da água para hidratação e posicione no copo com as folhas viradas para o lado de fora do recipiente.

Além de trocar a água diariamente, proteje as plantas envolvendo-as com um plástico, para garantir um pouco de umidade na região. Elas podem chegar a durar até 15 dias com esse cuidado!

Pitaco: Quando você vai à feira e encontra ótimos preços, logo leva para casa muitas frutas e legumes deliciosamente frescos. Mas, infelizmente, sem boa conservação, logo eles se deterioram e você acaba tendo prejuízo. Esse vídeo traz dicas ótimas para manter tudo fresco por mais tempo. Assista!!

Fontes: content.paodeacucar / tudoporemail

Publicado em Dicas, Saúde | Marcado com , , , , , , , , , , , | 22 Comentários

Conheça os diferentes tipos de casais de namorados

Conheça os diferentes tipos de casais de namorados - pitacos e achados

Olá pessoal!!

Que tipo de namoro é o seu? Como você é com seu namorado? Sabe lidar com ele da forma correta?

Veja alguns tipos de casais que funcionam muito bem e são conhecidos por características comuns, que  até podem ser bem legais se não ferem aos outros ao seu redor.

Louco por casamento

Desde o primeiro dia já falam  onde vão morar, falam sobre a organização da casa e todos os planos para os filhos. Casais assim costumam sonhar demais, o que pode ser legal se você não fizer tais planos às cegas. Se for consciente, tudo bem, pode ir em frente.

Conheça os diferentes tipos de casais de namorados - pitacos e achados1

Casal vidrado no mundo virtual

O tipo de namoro que se fala mais pelo whatsapp que pessoalmente. Estão sempre conectados e adoram enviar mensagens legais um ao outro, mas pouco se falam em um encontro. Estudos mostram que a tecnologia pode aumentar a distância entre os casais e não é saudável. Pense nisso.

Casal briguento

Esse, todo mundo conhece. Desde o começo do namoro discutem por tudo, brigam por besteira e às vezes nem se importam de ter confusão na frente dos amigos. A harmonia sempre é o ideal, mas casais assim podem durar a vida inteira, sem problemas. Apenas cansa tanta briga e quem está do lado começa a evitar o casal.

Conheça os diferentes tipos de casais de namorados - pitacos e achados2.jpg

Casal grudento

Geralmente é de começo de namoro mesmo, mas pode durar uma vida toda. É aquele tipo de casal até chato porque só fala no outro, anda de mãos dadas e nas redes sociais só dá eles em fotos com beijinhos. Se continuar assim e for sentimento verdadeiro bom, se não, melhor dar um tempo em tanto grude porque cansa.

Casal independente

Cada um para um lado com seu grupo de amigos e se vêem quando dá. São namorados, mas prezam por seu espaço. É considerado um dos casais mais saudáveis porque se vêem por prazer e não por obrigação. Há hoje em dia até marido e mulher dormindo em casas separadas por pensar em prezar seu espaço. E funciona! O importante é estar feliz.

Casal família

Eles amam sair com a família, chamar um irmão ou os amigos como um grande encontro sempre que vão sair. É legal, mas ter espaço para planos a dois também é bacana. Pense nisso.

osegredo

Pitaco: Apesar de cada tipo de relacionamento ter as suas característica e particularidades, existem atitudes que são universais e podem ajudar a melhorar todos eles. Veja quais são elas.

  • Se Conheça em Primeiro Lugar
  • Invista Sempre no Diálogo
  • Ouça o Outro na Essência
  • Tenha Empatia
  • Assuma Suas Responsabilidades
  • Evite Levar Tudo Para o Pessoal
  • Respeite as Diferenças

Todos os tipos de relacionamentos têm a sua importância dentro da vida de cada um de nós. Por isso, prezar por eles é uma medida fundamental para ser feliz. Valorize e honre todos aqueles que compartilham momentos contigo, pois cada um oferece uma oportunidade para que aprenda e evolua como ser humano.

Publicado em Comportamento | Marcado com , , , , , , , , , , , , | 11 Comentários

Dia dos Namorados: 10 dicas para surpreender a pessoa amada

Dia dos Namorados 10 dicas para surpreender a pessoa amada - pitacos e achados

Olá pessoal!!

O Dia dos Namorados é uma tradição importada e, para muitos, não passa de consumismo. No entanto, existem vários motivos para celebrar essa data e fazer dela um momento marcante.

Muitos casais dizem que depois do casamento a relação fica mais sem graça e que o amor se transforma com a rotina. Com isso, algumas datas comemorativas são deixadas de lado (muitos passam a comemorar só o aniversário de casamento/namoro e olhe lá!)

Mas a grande verdade é que isso só acontece quando o casal se acomoda e deixa de priorizar o relacionamento. 

O dia dos namorados é uma ótima oportunidade para que o casal se aproxime e fortaleça assim, a relação. Apesar disso, algumas pessoas deixam essa data passar em branco por falta de tempo, dinheiro, ou até mesmo por estarem de mal um com o outro.

Veja abaixo porque vale a pena separar um tempinho para surpreender a pessoa amada e aproveitar o Dia dos Namorados que está chegando para criar ótimas lembranças e acender novamente a chama do seu relacionamento.

Dia dos Namorados 10 dicas para surpreender a pessoa amada - pitacos e achados1

Namorados para sempre

Longe de ser clichê, o namoro é um comportamento essencial para uma relação feliz. Independentemente do tempo que estão juntos, é o namoro que deixa o casal unido e faz permanecer o encanto. Lembre-se de que o amor exige cuidados especiais e contínuos para durar. Quer motivo mais forte do que esse?

Perdoar 

Como todo casal, vocês têm períodos de crise e dias mais difíceis, e é ainda mais triste quando as datas comemorativas se aproximam e você não tem vontade nenhuma de se aproximar do seu parceiro. Então, faça exatamente o oposto! Vença seu orgulho ou sua mágoa e utilize o Dia dos Namorados como uma data marcante para que vocês possam se reconciliar. Nessa data tão especial você pode escolher perdoar e dar mais uma chance para a relação de vocês.

Sair da rotina 

A rotina é importante e traz segurança para o casal. Da mesma forma, quebrar a rotina é fundamental para motivar e movimentar a vida amorosa.

Oficializar namoro ou casamento

Quem sabe o 12 de junho de 2019 seja a data escolhida para o noivado ou para oficializar o namoro. Será um dia inesquecível!

Dia dos Namorados 10 dicas para surpreender a pessoa amada - pitacos e achados2

Romantismo à flor da pele 

A comemoração de uma data romântica como o Dia dos Namorados é um ótimo estimulante para acender o romantismo e estimular o desejo um pelo outro.

Priorizar a relação

Essa é uma data para ser comemorada a dois e isso é combustível  para o relacionamento. Com o tempo de namoro ou casamento, os passeios acabam sendo sempre em família ou com casais amigos, o que é muito bom e saudável. Mas um programa a dois faz com que o casal de conecte e mantenha viva a chama da paixão.

Dia para dizer “eu te amo”

Muitos casais se amam de verdade, têm uma ótima relação, mas esquecem de dizer isso no dia a dia para o parceiro.

Mesmo que o outro já saiba, aproveite o Dia dos Namorados para olhar nos olhos da pessoa amada e dizer que a ama e o quanto ela é importante para você. Aproveite para falar das qualidades que admira nela e para relembrar os momentos felizes.

Renovação

É natural que as pessoas mudem com o tempo. Porém, isso afeta o relacionamento, que também passa por transformações importantes. Os namorados do passado já não são mais os mesmos e é preciso renovar votos, palavras e sentimentos.

Dia dos Namorados 10 dicas para surpreender a pessoa amada - pitacos e achados3

Tempo de qualidade

Você conhece seu parceiro melhor do que ninguém e sabe o que ele adora. Tirem um tempo para ficar juntos, façam o que mais gostam, como preparar a comida favorita, ver um filme a dois, caminhar, fazer uma viagem, ir ao restaurante preferido, etc. Ah! Sem o celular, ok?

Amor em forma de presente 

Essa é uma data bem oportuna para impressionar seu parceiro e dar um presente legal. Sabe aquela coisa que a pessoa está precisando e você sabe o quanto ele(a) ficará satisfeito(a) e feliz em usar? Bingo! Mas lembre-se de que presentear não deve ser uma obrigação pesada e dura de ser encarada todos os anos. Não há a necessidade de se endividar para satisfazer os desejos do outro, o que vale é a intenção. A lembrança pode estar num botão de rosa ou num buquê de flores. Use a criatividade!

Pitaco: Ainda dá tempo de planejar algo especial para este dia, só não deixe passar em branco. Sua relação agradece!

Publicado em Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , | 14 Comentários

4 razões pelas quais algumas pessoas têm medo de se relacionar

4 razões pelas quais algumas pessoas têm medo de se relacionar - pitacoseachados.jpg

Olá pessoal!!

“Namorar é um risco, com uma grande recompensa, basta lembrar que você pode continuar ou parar a qualquer momento, esta é a sua vida.” – Anon.

Todos nós temos diferentes perspectivas sobre namoro. Algumas pessoas o veem como algo divertido e cheio de possibilidades. Outras odeiam. A perspectiva ruim sobre namoro é compreensível, pois o caminho para encontrar um parceiro é, muitas vezes, um pouco difícil.

Alguns de nós já passamos pelo inferno antes de encontrar o nosso amor – um tempo de tremenda alegria acompanhado por uma sensação de alívio.

A incerteza do namoro faz algumas pessoas terem medo – uma resposta natural à vulnerabilidade. Seja paciente e espere quando estiver pronto.

Neste artigo, discutimos quatro razões pelas quais algumas pessoas têm medo de se relacionar:

1. Medo da rejeição

Ninguém gosta de se sentir rejeitado. Infelizmente, relacionamentos, frequentemente, envolvem rejeição. Em essência, ser rejeitado é semelhante a ouvir “Você não é bom o suficiente.”

Além do influxo de emoções negativas, a rejeição inflige danos ao bem-estar psicológico. Usando Ressonância Magnética Funcional (fMRI), os cientistas descobriram que a rejeição segue os mesmos caminhos do cérebro que recebe sinais de dor. A rejeição literalmente machuca a partir de uma perspectiva neurológica.

Considerando a tendência do cérebro a reviver eventos negativos da vida – e a manifestação de dor emocional e física que a rejeição traz – rapidamente torna-se aparente porque uma pessoa que foi ferida teme a  envolver-se em um namoro.

4 razões pelas quais algumas pessoas têm medo de se relacionar - pitacoseachados1.jpg

2. Experiências anteriores com pessoas com sérios problemas

Talvez seu ex parceiro fosse um alcoólatra ou viciado, manipulador, narcisista, descontrolado, ou qualquer outra coisas. Infelizmente, essa pessoa ainda está lutando com o abuso a que foi submetida.

Ser alvo de abuso emocional, psicológico ou físico é traumatizante. Infelizmente, também é muito comum.

3. Medo de estar em um relacionamento

Existem muitas pessoas que amam ser solteiras, e a razão é bastante simples: elas podem fazer o que quiserem, sempre que desejarem. Sem parceiro = sem problema.

Porém, chega um momento em que muitas dessas pessoas sentem o desejo de compartilharem suas vidas com alguém. Este sentimento é semelhante a mergulhar seu pé na água fria. Lembre-se de que não há “limite de tempo” para namorar alguém. Não tenha pressa.

4 razões pelas quais algumas pessoas têm medo de se relacionar - pitacoseachados2.jpg

4. Medo de compromisso ou da falta dele

Medo de namoro, como um subproduto de questões de compromisso, geralmente resulta de uma de duas coisas: medo do compromisso, ou a falta de um parceiro potencial.

Existe uma multiplicidade de razões para ter medo de compromisso: estar ligado a uma pessoa por toda a vida, temer o “fim” hipotético de um relacionamento, não ser capaz de atingir objetivos de vida, necessidade de espaço pessoal – e assim por diante.

A exposição repetida à falta de compromisso de outra pessoa leva um preço emocional considerável, suficiente para abster-se de namoro por um período de tempo indefinido.

Não há vergonha em admitir a si mesmo que você está com medo de se relacionar – ser vulnerável.

Não importa se você foi uma vítima, ou se está com medo de desistir de sua própria vida.

Mais importante, não permita que outra pessoa defina a felicidade por você. Não deixe ninguém lhe dizer como sua vida “deve ser”.

Pitaco: É a sua vida; persiga sua própria versão de felicidade.

Referências do texto: thedatereport – psychologytoday

 

Publicado em Comportamento | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | 14 Comentários

Abraçadeiras: 24 truques inteligentes que tornarão sua vida muito mais fácil

24 utilidades que você pode fazer com lacre plástico - pitacos e achados

Olá pessoal!!

As abraçadeiras são materiais simples e que são ótimas “quebra galhos” na nossa rotina. Cheias de utilidades, elas são comercializadas em diferentes tamanhos, para atender a diferentes necessidades. Confira aqui algumas das diferentes funções das abraçadeiras:

Organização

As abraçadeiras são ótimas para manter a organização. Para amarrar cabos, por exemplo, como de TV, computador e eletrônicos, pois eles podem ser presos com uma abraçadeira após estarem instalados, evitando assim que fiquem soltos pelo chão ou enrolados entre eles. As abraçadeiras também servem para aqueles cabos que não estão sendo utilizados, sendo ótimas para prendê-los e deixa-los enrolados na gaveta.

Podem ser usadas também para organizar decorações, como luzes de natal, enfeites pendurados com varal de fotos e também flores. O buquê pode ser preso com uma abraçadeira antes de ser colocado no vaso, por exemplo, deixando mais organizado, bonito e seguro.

Até mesmo as roupas de cama e toalhas podem ser enroladas com abraçadeiras, para organizar o armário e também deixar mais espaço sobrando no local.

Segurança

As abraçadeiras são um ótimo lacre. Se você possui embalagens ou armários que não podem ser abertos por crianças, aposte nas abraçadeiras para manter os locais fechados com segurança. Quando for viajar, usar este material para fechar os zíperes das suas malas é uma boa ideia para manter suas bagagens seguras.

Reparos

Até acessórios como colares podem contar com as abraçadeiras: se o seu colar arrebentou, você pode prender o fecho com um pequeno laço de abraçadeira. E também zíperes quebrados podem ser substituídos pelas abraçadeiras como medida de emergência.

Viu só quantas utilidades em um mesmo material? Abraçadeiras são ferramentas coringa para ter sempre à mão na sua casa, pois certamente irão te ajudar nas mais diferentes situações.

No vídeo abaixo, você verá 24 truques inteligentes que tornarão sua vida muito mais fácil.

 

 

Publicado em Dicas, Utilidade | Marcado com , , , , , , , , , , , | 19 Comentários

Ego: a grande armadilha de julgar os outros

O ego a grande armadilha de julgar os outros - pitacos e achados

Olá pessoal!!

Todos nós, alguma vez na vida, já caímos na terrível armadilha de julgar os outros. Mas, por que nos referimos dessa maneira a este fato tão comum? Cada vez que emitimos um julgamento sobre alguém, criamos uma ou mais histórias que podem estar muito distantes da realidade, histórias que inventamos.

Pense naquela mãe que sempre se atrasa para levar o filho à escola. Talvez você a considere uma péssima mãe, ou aquela preguiçosa que gosta de dormir até mais tarde, ou então a bagunceira que não consegue organizar a sua vida. Você já parou para pensar se tudo isso é verdade? Nem sempre o que você imagina é o mais correto.

As pessoas são rápidas para julgar os outros, mas são lentas para se corrigir.

Sem perceber, você está supondo o que pode estar acontecendo na vida dessa pessoa. Você está caindo na armadilha de completar com informações que você não conhece uma história inventada por você… Você está errado e não está ciente disso. Nós todos temos que colocar uns “óculos especiais” para enxergar melhor a realidade.

O ego a grande armadilha de julgar os outros - pitacos e achados1

O culpado é o nosso ego

A razão pela qual julgamos tão precipitadamente o outro tem a ver com o nosso próprio ego. Conscientemente ou inconscientemente, precisamos nos sentir melhores do que outros ou expressar nossa rejeição diante de determinada atitude. Quando julgamos, estamos fechando a porta da empatia.

Quando falamos de ser empático com os outros muitas pessoas dizem “sim, eu sou empático”. Se uma amiga desabafa comigo e precisa ser ouvida, eu sou capaz de me colocar no seu lugar, compreender e animar sem cair na tentação de julgar. É verdade, você é empático, mas apenas com as pessoas que você conhece; com os demais, você cai na armadilha de julgar.

Precisamos acreditar que somos superiores, especiais e diferentes. Preferimos observar de uma distância segura a pessoa que achamos que não está agindo bem. Pensamos dessa forma porque isto alimenta o nosso ego e, de alguma forma, nos faz sentir melhores com nós mesmos.

“O tamanho do ego de uma pessoa pode ser medido pela forma como ela lida com os erros dos outros”. -David Fishman-

Alguma vez você já se sentiu isolado porque ninguém o compreendia? Certamente, mais de uma vez passou pela sua mente a frase “se soubessem o que eu estou vivendo, pelo que estou passando …” Tudo isso pensam todas aquelas pessoas que você julga sem saber realmente o que está acontecendo com elas. É bem diferente ver as coisas do lugar do outro, não é mesmo?

Além disso, você acredita que está certo e que a outra pessoa não está agindo corretamente, mas quem é você para julgá-la? Você não sabe o que aconteceu no seu passado. Nós somos perfeitos? Todos nós temos o direito de errar, e inclusive de aproveitar essa oportunidade para aprender.

O ego a grande armadilha de julgar os outros - pitacos e achados2.jpg

Se você não sabe, pergunte em vez de julgar

Voltemos ao exemplo da mãe que é descuidada com o seu filho, ou pelo menos é o que você acredita. Talvez ela esteja vivendo sob o domínio de um marido abusivo, pode estar passando por uma depressão ou morreu alguém da família recentemente de quem ela gostava muito. Não gostamos dessas explicações porque nos obrigariam a nos envolvermos na situação; não é fácil.

Por outro lado, não vivemos a vida do outro; o que nós vivemos é o que faz com que seja difícil para nós levantar todas as manhãs. Talvez por isso, apontamos no outro o nosso ponto fraco.

Se você acredita que o outro age tão mal, se a sua atitude o desconcerta e você lhe aponta o dedo, porque não pergunta a ele o que está acontecendo? Se você estivesse em qualquer uma das situações acima, poderia até se sentir agradecido se alguém completamente desconhecido se preocupasse com você. Porque talvez seja isso que está faltando na sua vida.

Talvez seja o início de uma bela amizade, ou simplesmente uma situação na qual você estende a sua mão para dar o carinho de que o outro necessita. Certamente, em algum momento, você desejou que alguém fizesse algo semelhante com você: em vez de ignorá-lo ou vê-lo com os olhos cheios de julgamentos negativos, lhe abrissem os braços com compreensão e entendimento.

O ego a grande armadilha de julgar os outros - pitacos e achados3

No entanto, temos medo de perguntar. Se fizéssemos isso, todos os nossos preconceitos entrariam em colapso, teríamos que desmontar o esquema que construímos em nossas mentes e nosso ego poderia ser afetado. De alguma forma, nos protegemos caindo em uma das armadilhas mais letais: criticar o outro constantemente.

Julgar uma pessoa não define quem ela é, mas define quem você é.

Pitaco: Nós sempre caímos na armadilha de julgar os outros. Evitaríamos esse tipo de armadilha tomando consciência daqueles processos que são executados de forma automática. Então, chegou a hora de mostrar interesse em ajudar os outros, ter paciência e aprender até que possamos agir dessa forma espontaneamente.

 

Publicado em Comportamento | Marcado com , , , , , , , , | 22 Comentários

4 dicas para fazer a melhor massa

4 dicas para fazer a melhor massa - pitacos e achados

Olá pessoal!!

Você provavelmente já ouviu centenas de dicas para fazer a massa perfeita, e na maior parte das vezes funcionou bem, mas às vezes nem tanto. Com as dicas a seguir, você pode conseguir massa ao nível dos melhores chefs.

1. Mantenha todos os produtos resfriados – esta regra se aplica não apenas durante o verão, mas durante todo o ano. Isso fará com que a gordura que você usa não derreta, fazendo com que a massa resultante fique muito gordurosa e instável.

2. Nunca enrole a massa fria – Depois de fazer a massa, enrole-a em uma bola ligeiramente lisa e deixe esfriar. Antes de usar, retire a massa da geladeira por cerca de 15 minutos e, em seguida, comece a alisá-la em uma superfície levemente enfarinhada. Deixar a massa quente garantirá que seu pão fique livre de rachaduras.

3. Controle a quantidade de farinha que você usa – a quantidade certa de farinha é a chave para o sucesso da receita, mas você também deve considerar a farinha que você usa quando desenrola a massa. Por exemplo, cobrir a superfície de trabalho com muita farinha faz com que a massa absorva e modifique a proporção dos ingredientes na receita, o que pode levar a uma massa quebradiça, ou seca, e muito dura. Por outro lado, a utilização de pouca farinha pode rasgar a massa ou furá-la quando você usar o rolo, e até mesmo cair sobre as bordas da panela.

4. Saiba onde colocar a torta para assar – Enquanto recomenda-se que a maioria dos bolos asse no meio do forno, a torta deve ser assada no parte inferior para garantir que a massa no fundo do forno esteja suficientemente cozida e não fique branca, enquanto o recheio solidifica.

4 dicas para fazer a melhor massa - @pitacoseachados

Pitaco: Abra a massa distante do seu corpo – Seguindo a dica anterior sobre o cozimento, há uma dica que vale para a maioria das massas, e é altamente recomendável que você fique sabendo. Para obter uma espessura uniforme sem alongar demais a massa, você deve seguir o padrão das 10:00, 12:00 e 2:00. O que isso significa? Abra a massa sobre uma superfície levemente enfarinhada do centro para a direção de 10 horas e depois 12 e, finalmente, para 2, assim como um relógio analógico. Levante levemente a massa e gire-a um quarto de volta na superfície de trabalho, coloque levemente a farinha novamente, se necessário, e repita o processo até que o último quarto de massa seja seu ponto de partida mais uma vez.

Publicado em Culinária, Dicas | Marcado com , , , , , , , | 11 Comentários

3 cuidados que você precisa ter no clima seco

3 cuidados que você precisa ter no clima seco - pitacos e achados

Olá pessoal!!

Todos sabemos que junto com o clima seco vêm diversos problemas, como: irritações do canal respiratório, ressecamento de pele, ardência nos olhos, problemas na voz, entre outras complicações mais graves. Dessa maneira, para manter a saúde em dia é necessário que estejamos atentos a algumas atitudes que podem minimizar ou até mesmo prevenir os problemas causados pelo clima seco. Por isso, separamos 3 dicas para te ajudar a enfrentar o clima seco e poupar sua saúde.

Abuse da hidratação

Pode parecer óbvio, mas a dica mais importante é manter a hidratação em dia. Por isso, é recomendável que seja consumido no mínimo dois litros de água diariamente. É importante ressaltar que o consumo da água deve ser feito durante todo o dia, ou seja, não é eficaz consumir muita água de uma vez só. Isso porque é necessário que a garganta e indiretamente o canal respiratório como um todo, se mantenham úmidos durante todo o dia, para evitar o ressecamento e irritações.

Além disso, a pele pode precisar de uma hidratação extra, pois muitas vezes o consumo de água não é o suficiente. Lembre-se de utilizar cremes hidratantes, principalmente após o banho e em áreas mais secas, como cotovelos e joelhos. Assim, evita-se que a pele resseque e cause irritação.

Outro local que muitas vezes precisa ser hidratado e não sabemos como é o nariz. Para acabar a ardência e o incômodo ao respirar é recomendada a aplicação de soro fisiológico de duas a três vezes ao dia. Isso manterá suas vias respiratórias limpas e hidratadas, livres de problemas.

Deixe os ambientes limpos

Essa dica é importante não só para pessoas alérgicas, mas também para aqueles que sofrem com o clima seco: mantenha todos os ambientes da casa limpos. Isso porque fungos, ácaros e outros micro-organismos aumentam com esse clima, podendo trazer problemas respiratórios, principalmente para crianças e idosos.

Uma medida simples é passar panos úmidos nos móveis e também no chão. Esse cuidado é importante para manter longe a poeira que ainda fica ao varrer a casa. Outra medida muito eficaz é colocar travesseiros e cobertores ao sol. Isso fará com que ácaros e outros micro-organismos presentes morram e não tragam irritações para as vias respiratórias.

Utilize alternativas artificiais para manter os ambientes úmidos

Por fim, a tentativa de manter os ambientes úmidos artificialmente são muito bem-vindas. Uma das alternativas é manter nos ambientes da casa bacias com água ou até mesmo panos úmidos. Isso ajudará a aumentar a umidade do ar, principalmente durante a noite.

Outras opções muito eficazes são os vaporizadores e umidificadores de ar. Lembre-se sempre de manter a água desses aparelhos limpas, evitando maiores danos à saúde. Além disso, o cuidado com o excesso de umidade também deve ser evitado, principalmente em dias sem sol. Ambientes muito úmidos fazem com que surjam outros problemas, como mofo e o bolor, prejudicando igualmente a saúde.

Pitaco: Com essas dicas você verá que ficará muito mais fácil manter-se com saúde mesmo no tempo seco. Lembre-se sempre de procurar médicos otorrinos especialistas caso problemas sérios surjam. Cuidar da saúde respiratória é importantíssimo para viver bem no clima seco! 

 

Publicado em Dicas, Saúde | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | 12 Comentários

A importância do cuidado com os dentes do seu animal

A importância do cuidado com os dentes do seu animal - pitacos e achados

Olá pessoal!!

Ter um animal de estimação é assumir responsabilidades e cuidados para que ele esteja sempre saudável e tenha uma vida repleta de brincadeiras, amor e bem-estar.

Além de manter as vacinas e a vermifugação em dia, é necessário cuidar da higiene. Isso inclui dar banho, escovar os pelos, cortar as unhas, limpar as orelhas e limpar os dentes.

Talvez esse último cuidado não seja feito com frequência, mas a higiene bucal dos pets merece nossa atenção. 

Por que é importante manter a boca do seu pet sempre saudável

É comum que a gente escove os dentes após as refeições por um único motivo: os dentes e o restante da boca ficam sujos, com restos de alimentos. Assim também acontece quando os animais se alimentam.

Restos de comida ficam depositados e vão se acumulando entre os dentes. É nessa região que milhares de bactérias adoram morar e se reproduzir. Se o controle não for feito por meio da remoção de resíduos, as portas para alguns problemas de saúde podem ser abertas.

É bem provável que possa surgir tártaros, gengivites, inflamações, mau hálito e uma série de complicações que são consequência da falta de cuidados e prevenção. Os tártaros, por exemplo, são só a ponta do iceberg.

Eles são formados a partir das bactérias que se acumulam na linha da gengiva. Elas vão formando as placas bacterianas, que são depósitos macios. Com o passar do tempo, essas placas ficam mais rígidas e se transformam em tártaros.

Uma vez que eles estão instalados, podem abrir um caminho sem volta para doenças periodontais, que podem, além de deixar seu amigo debilitado, gerar altos custos de tratamento.

Doenças que podem surgir pela falta de higiene bucal

Além de ficarem com o hálito nada refrescante, animais que não recebem os cuidados necessários à saúde bucal podem apresentar abscessos, infecções na gengiva e perda dentária.

O quadro pode se agravar ainda mais quando as bactérias passam a penetrar na corrente sanguínea e geram inflamações em outros órgãos, como coração, rins, fígado, e pulmões.

A importância do cuidado com os dentes do seu animal @pitacoseachados

Cães que estão mais propensos a desenvolver doença periodontal

Quando o assunto é higiene, ninguém deve ficar de fora. Independente da raça, porte e idade do seu amigo, sua boca deve estar impecavelmente limpa.

No entanto, estão mais susceptíveis a desenvolver doença periodontal os pets de raças pequenas e aqueles que possuem dentes mal posicionados e com presença de tártaros.

Se seu pet for de pequeno porte ou se tiver focinho largo e achatado, como é o caso de Pug e Bulldog, ele precisa de uma atenção maior. Além disso, cães que possuem dentes de leite retidos também devem ser monitorados com maior frequência.

Formas prevenir a doença periodontal

Alimentação adequada – Manter a boca do pet saudável implica em vários tipos de cuidado. O primeiro deles é oferecer sempre uma alimentação equilibrada e de qualidade. Portanto, nada de doces e alimentos que não combinam com cachorro.

Além de ser extremamente tóxicos, ele prejudicam a camada que protege os dentes de seu amigo. Você também deve ter muito cuidado para que ele não leve à boca objetos que podem ferir sua língua e gengiva, como produtos corrosivos e objetos cortantes.

Escovação – Ela deve se tornar um hábito que você deve introduzir quando seu pet ainda é filhote. Para que a escovação seja feita da forma correta, você deve providenciar escova ou dedeira e creme dental que são próprios para cachorro.

O creme dental para cachorro é produzido a partir matérias prima que, além de combater as bactérias, ajudam a soltar o tártaro dos dentes.  No mercado pet, há muitas opções de marcas e sabores.

A importância do cuidado com os dentes do seu animal -- pitacos e achados

Escovando os dentes do pet

Você não terá problemas em relação a isso se você acostumar seu amigo a conviver com a escova desde bem filhotinho. Se ele já for adulto e nunca passou por isso, pode ser que seja mais trabalhoso no início.

Mas, com paciência e persistência, aos poucos ele vai se acostumando. O importante é que você não o deixe irritado e ansioso.

Escolha um horário que seja tranquilo para vocês dois. O tempo de escovação deve durar, em média, 15 minutos. Coloque o creme dental na escova ou na dedeira e massageie os dentes, a gengiva e o céu da boca com movimentos suaves.

Não há necessidade de colocar força. Faça movimentos repetitivos. Terminada a escovação, não há necessidade de enxaguar. O creme dental pode ser ingerido e não causa nenhum problema ao seu amigo.

Enxaguatórios bucais e barrinhas mastigáveis enzimáticas podem ser usados como complemento da limpeza bucal, mas eles não substituem a escovação diária. Na verdade, eles servem para complementar a prevenção de doenças.

Tratamentos para doenças bucais em cães

O tratamento para combater doenças periodontais depende da origem, da gravidade e das condições gerais de saúde o pet.

A remoção de tártaros ocorre com mais frequência. Ela consiste na retirada das placas bacterianas solidificadas por meio de instrumentos específicos. Esse procedimento é feito com o animal sedado e só pode ser realizado pelo veterinário.

Por ser uma intervenção que só pode ser feita mediante anestesia geral, todas as medidas profiláticas devem ser tomadas para que o pet não sofra complicações.

Por isso, é necessário que o coração esteja saudável e que o cão não tenha uma idade muito avançada.

Outras formas de tratamento são administração de antibióticos, polimento dentário e aplicação de soluções antissépticas. Jamais administre antibióticos sem a prescrição do veterinário. Isso pode gerar reações indesejáveis e tornar as bactérias resistentes.

Agora que você já sabe como cuidar da saúde bucal do seu amigo, aproveite para dar a ele todo carinho que merece. Não deixe de procurar por um veterinário 24h em casos de dúvidas e emergências.

 

 

Publicado em Dicas, Saúde | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 14 Comentários

16 dicas para gastar menos no supermercado

dicas para fazer compras.jpg

Olá pessoal!!

O custo de vida aumentou consideravelmente nos últimos anos por uma série de fatores, e as compras do supermercado não ficam de fora dessa estatística. Podemos culpar a economia, o aquecimento global ou problemas ambientais, mas na prática precisamos mesmo é pesquisar e para economizar. Por isso, as ótimas dicas a seguir são essenciais para reduzir o valor das suas compras no supermercado.

1. Escolha o carrinho certo

Esta é a primeira coisa que você faz ao entrar no supermercado, e, acredite ou não, pode te ajudar a poupar dinheiro. A menos que você esteja fazendo uma semana inteira de compras, pegue um carrinho de compras pequeno. Em um experimento realizado por fabricantes de carrinhos, os compradores compraram 40% mais coisas quando receberam um carrinho com o dobro do tamanho que usavam normalmente.

2. Mas não use o cesto

Isso pode soar estranho, mas carregar um cesto pequeno de mão também pode te levar a tentações. Como você precisa flexionar os músculos do braço para segurar o cesto, isso subconscientemente leva você a pegar guloseimas, como doces.

3. Faça compras na quarta-feira

O melhor dia da semana para fazer compras é na quarta-feira à noite, pois os supermercados não estão cheios e, como bônus, as promoções semanais começam justamente na quarta-feira em grande parte dos estabelecimentos. Alguns oferecem ofertas e cupons válidos justamente para esse dia.

16 dicas para gastar menos no supermercado - pitacos e achados5

4. E evite os fins de semana 

Sábado e domingo de manhã e início da tarde são os horários mais movimentados, de acordo institutos de pesquisa. Os estabelecimentos também ficam bem cheio depois do horário de trabalho comercial durante a semana. O tempo médio de compras é de 47 minutos em média durante o fim de semana, e 42 minutos durante a semana. Deixe o sábado e o domingo para descansar e curtir com a família!

5. Vá menos ao supermercado 

Você vai gastar dinheiro todas as vezes que for. Nos Estados Unidos, as pessoas em média vão 1,5 vez por semana ao supermercado. Faça uma boa compra semanal e você vai poupar tempo e dinheiro, evitando comprar itens por impulso, que tomam em torno 60% do seu tempo, além de encarecer a sua compra.

6. Vá sozinho

De acordo com instituto de pesquisa americano Marketing Science Institute, quando vamos acompanhados ao supermercado, compramos 65% a mais do que o planejado.

16 dicas para gastar menos no supermercado - pitacos e achados1

Praticamente todos os estabelecimentos colocam os itens mais populares – e geralmente mais caros – no nível dos olhos. Na verdade, os fabricantes geralmente pagam a mais para que seus produtos sejam colocados justamente nessa parte. Para encontrar as pechinchas, olhe para cima e para baixo nas prateleiras.

8. Cuidado com o peso da água

Caso o estabelecimento venda verduras por quilo e não por unidade, o ideal é remover o máximo de água possível do alimento, caso contrário, você vai pagar por um peso a mais.

9. Faça uma lista de compras 

Sim, você precisa dela. Pode parecer ultrapassado carregar uma lista de papel escrita a lápis, mas é justamente isso que vai te evitar fazer compras por impulso. Você olha lista, pega o que precisa, paga e vai embora. A lista também pode ser feita no seu celular.

16 dicas para gastar menos no supermercado - pitacos e achados8

10. Opte por alimentos da estação

Além de frescos, os alimentos de determinada estação ficam mais baratos do que se comprados em outra época. A melhor época para comprar morangos, por exemplo, é no inverno, entre junho e agosto. Já o quiabo é mais barato e mais fresco justamente no verão, até o fim de março. Entre maio e agosto, é a melhor fase da couve-flor.

11. Seja flexível com as marcas 

Deixe de lado o pensamento de que o mais caro é sempre o melhor. Marcas mais conhecidas são em média 15-30% mais caras do que outras. Há marcas menos conhecidas que também têm qualidade. Faça um teste.

12. Cuidado com rótulos sorrateiros 

Muitos consumidores tendem a supor que alimentos mais saudáveis custam mais, e é por isso que alguns produtos comercializados como “saudáveis” vêm com etiquetas de preço mais altas. Não se deixe enganar. Basta procurar por produtos semelhantes com valores mais baixos que não tenham esse tipo de propaganda.

16 dicas para gastar menos no supermercado - pitacos e achados2

13. Preste atenção nos feriados

Muitos estabelecimentos oferecem bons descontos após os feriados, principalmente em datas mais visadas, como Natal, Ano-Novo, Carnaval e Páscoa.

14. O feio pode ser lindo (para o seu bolso) 

Alguns estabelecimentos vendem frutas e legumes “feios” com um preço menor, porque muitos acham que o alimento está estragado por causa do formato. Você pode pagar até 30% a menos por um legume “feinho”, mas o sabor e a qualidade são os mesmos. Além disso, é ecologicamente correto, pois você vai evitar o desperdício de alimentos.

15. Não vá ao supermercado com fome! 

Essa dica pode parecer um pouco surreal, mas, quando você vai ao supermercado com fome, a tendência é que você aumente as quantidades dos produtos.

16. E deixe as crianças em casa

Se você tem filhos ou netos em casa, veja se alguém pode ficar com eles enquanto você faz as compras. Sabemos como são as crianças: elas vão pedir de tudo e são bem insistentes, e assim você gasta com produtos supérfluos. Conforme falamos anteriormente, o ideal é ir só.

Fonte: rd 

 

Publicado em Dicas | Marcado com , , , , , , , , , , , | 10 Comentários