Babosa: conheça os benefícios da Aloe Vera

A aloe vera (babosa) traz inúmeros benefícios para a saúde, principalmente para problemas na pele. Descubra como ela pode te ajudar.

A babosa é um dos remédios naturais mais versáteis que se pode ter em casa. As propriedades medicinais da babosa foram descobertas pelos egípcios há mais de 6000 anos e a popularidade da sua seiva dura até hoje. Suas folhas taludas contêm uma substância semelhante a um gel considerado por muitos terapeutas como o kit de primeiros socorros da mãe natureza.

Essa prima do lírio se desenvolve bem sem exigir muitos cuidados, e é muito resistente. Mas não a guarde na despensa! O peitoril da janela é o melhor lugar para cultivar essa suculenta espinhosa. Plantando um pé de babosa você poderá contar, por muitos anos, com sua magia capaz de curar feridas, hidratar a pele e aliviar úlceras.

Mas não se engane, babosa e aloe vera não são necessariamente a mesma planta. Na verdade, aloe vera é o nome de uma das mais de 500 espécies de babosa. Isso quer dizer que toda aloe vera é babosa, mas nem toda babosa é aloe vera. Seja babosa ou aloe vera, suas propriedades anti-inflamatórias, cicatrizantes e hidratantes são indiscutíveis.

Benefícios da babosa (Aloe Vera)

Muito utilizada na cosmetologia, a aloe vera é excelente para a recuperação da pele e do cabelo. (Imagem: Sundaemorning/iStock)

Apesar de 99% do aloe vera ser composto de água, o gel transparente que há dentro de suas folhas contém uma grande quantidade de poderosos compostos medicinais. Sua composição engloba vitamina A, B, C e E, além de aminoácidos, zinco, magnésio, cálcio e potássio.

Vejamos as glicoproteínas e os polissacarídeos, por exemplo. As glicoproteínas aceleram o processo de recuperação, fazendo a dor e a inflamação parar. Já os polissacarídeos hidratam a pele, estimulam seu crescimento e recuperação e ainda aceleram a cicatrização. Dessa forma, faz com que o aloe vera seja um ótimo tratamento para queimaduras de sol.

Além disso, o gel contém a enzima bradicininase, com atividade anti-inflamatória. Ainda assim, mineral lactato de magnésio, mais um componente do gel de aloe vera, alivia a coceira e as erupções cutâneas de origem alérgica.

O gel de babosa também traz muitos benefícios para o cabelo. Por ser rico em vitaminas, a hidratação com gel de babosa revitaliza o cabelo, deixando-o com um brilho incomparável. A seiva de aloe vera pode ser passada diretamente no comprimento do cabelo, evitando a raiz para não deixá-la oleosa. O mesmo serve para o óleo de babosa, geralmente achado em farmácias.

Para que serve a babosa?

A seiva da babosa é muito utilizada em centros de tratamento para queimados. (Imagem: Agustin Vai/iStock)

Em 2009, pesquisadores iranianos relataram haver provas científicas para corroborar o uso da aloe vera para tratar herpes genital, psoríase, papilomavírus humano (HPV), dermatite seborreica, ulcerações na pele causadas pelo frio e queimaduras. 

No mesmo ano, outra equipe de cientistas iranianos estudou a capacidade de cicatrizar queimaduras de segundo grau. Essas queimaduras afetam a primeira e a segunda camadas da pele, causando inflamação e bolhas dolorosas. Ademais, os pesquisadores compararam a aloe vera a uma consagrada pomada chamada sulfadiazina de prata. Essa pomada evita infecções em queimaduras de segundo e terceiro graus. Por fim, observou-se que as queimaduras tratadas com aloe vera sararam três dias mais rápido que aquelas que receberam o medicamento convencional.

Na Tailândia, pesquisadores especializados em tratamentos da psoríase publicaram um estudo que comparava o aloe vera a um creme convencional à base de esteroides. Oitenta pessoas com quadros leves a moderados de psoríase foram tratadas aleatoriamente com aloe vera ou o creme à base de esteroides durante oito semanas. Dito isso, os resultados  foram mais ou menos os mesmos, embora o tratamento com a babosa tenha apresentado ligeira vantagem em relação àquele feito com esteroides.

Tipos de babosa

Apesar de sua grande variedade de espécies, não existe nenhum tipo de babosa venenosa. (Imagem: frank600/iStock)

Ao redor do mundo existem mais de 500 tipos de babosa. Entretanto, no Brasil, apenas três tipos podem ser encontrados com facilidade pela população. São eles:

 Aloe Vera (babosa)

O tipo mais encontrado na casa dos brasileiros. Pode apresentar ou não manchinhas esbranquiçadas em suas folhas grossas. Além disso, o gel verde presente dentro das folhas é ótimo para fins estéticos. Seja para hidratação da pele ou alívio de queimaduras, a Aloe Vera tem um alto potencial de cicatrização.

Aloe Maculata

O seu diferencial estético está nas manchas e pontas da folhas. Ao contrário da Aloe Vera, a Aloe Maculata tem as pontas avermelhadas. É necessário ater-se a isso considerando o potencial de irritação da seiva quando entra em contato direto com a pele humana. Sendo assim, seu gel precisa ser manipulado quimicamente antes ser aplicado na direto na pele. Por isso, a Aloe Maculata costuma ser utilizada somente como item decorativo em casa, deixando suas propriedades anti-inflamatórias para as fábricas de cosméticos.

Aloe Arborescens

Este tipo de babosa tem um grande diferencial: sua altura. Sendo assim, Aloe Arborescens pode alcançar mais de um metro de altura. Suas folhas brotam em eixo circular e podem ter aspecto mais azuladas do que as folhas dos outros tipos. Além disso, é a babosa mais indicada para cuidados com a saúde em virtude das suas propriedades fitoterapêuticas.

Faz bem saber

beneficios da babosa (aloe vera)
A aloe vera não deve ser consumida para fins gastrointestinais. (Imagem: baibaz/iStock)

A aloe vera produz outra substância chamada látex de aloé, extraído da casca da folha. Trata-se de um líquido amarelo e amargo que é um poderoso laxante. Aliás, poderoso até demais! 

Classificada como laxativo estimulante, essa substância pode causar fortes cólicas e diarreia, podendo inclusive afetar o equilíbrio eletrolítico, os sais minerais que desempenham um papel crucial no organismo.

Acredite: não é um bom remédio para resolver casos de funcionamento irregular do intestino ou prisão de ventre.

Dicas para as compras

beneficios da babosa (aloe vera)
Produtos com base de aloe vera são facilmente encontrados em farmácias. (Imagem: cgdeaw/iStock)

O melhor gel de aloe vera é o extraído diretamente da planta viva. Basta retirar um talo bem bonito, cortá-lo no sentido do comprimento e espremer o gel sobre a pele. Tome cuidado para não deixar o gel cair na roupa, pois ele mancha muito.

É possível encontrar pés de aloe vera na maioria das lojas especializadas em plantas. Ele se desenvolve bem, mesmo com poucos cuidados, e cresce lindamente em ambientes arejados como o peitoril da janela.

Pitaco: Não tem um pé de aloe vera? Não tem problema! É possível encontrar o gel puro na maioria das lojas de produtos naturais. Mas, leia o rótulo com cuidado antes de comprar para verificar se o produto é orgânico. 

Fonte: Seleções

Anúncios

Sobre Pitacos e Achados

Olá! Aqui você encontra dicas e pitacos para o seu dia a dia. Muitas novidades sobre moda, beleza, atualidades, comportamento, utilidades, entre outras. Aproveite!
Esse post foi publicado em Dicas, Saúde e marcado , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para Babosa: conheça os benefícios da Aloe Vera

  1. Ótimos benefícios.

    Curtir

  2. Juju Bela disse:

    Não fico sem!

    Curtir

  3. Na minha família nunca faltou vários vasos com babosas. 🙂

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.