5 etapas para aliviar a ansiedade do coronavírus

Psicólogos estudaram as fases pelas quais geralmente passamos durante uma epidemia. A primeira fase é geralmente suspeita. É caracterizada pelo medo de contrair a doença ou de que outras pessoas nos infectem. É nessa fase em que há mais incidentes fóbicos, rejeição e segregação de grupos que consideramos possíveis portadores da doença.

A chave para combater a ansiedade do coronavírus está em acelerar esse processo e entrar na fase de ajuste o mais rápido possível, pois só assim podemos lidar efetivamente com a crise. E “a única maneira de fazer isso é guiar essa reação de ajuste, em vez de destruí-la, como muitas autoridades e jornalistas costumam fazer”, segundo Peter Sandman.

1 – Legitimar o medo

Mensagens tranquilizadoras – como “não tenha medo” – são ineficazes e podem até ser prejudiciais ou contraproducentes. Esses tipos de mensagens criam uma forte dissonância cognitiva entre o que estamos vendo e vivendo e a “ordem” de conjurar medo. Nosso cérebro não é tão facilmente enganado e decide autonomamente manter o estado de alarme interno.

De fato, nos estágios iniciais da epidemia, esconder a realidade, tentar compensar ou subestimar é extremamente negativo, porque impede as pessoas de se prepararem psicologicamente para o que está por vir, quando ainda têm tempo para isso. Em vez disso, é melhor dizer: “Entendo que você tem medo. É normal. Todos nós temos isso. Nós vamos superar isso juntos. ” Devemos lembrar que o medo não está oculto, está enfrentado.

2 – Evite informações errôneas alarmistas

Quando sentimos que estamos em perigo, é normal procurarmos todas as pistas possíveis em nosso ambiente para avaliar se o nível de risco aumentou ou diminuiu. No entanto, é importante escolher inteligentemente as fontes de informação que consultamos, para que elas não alimentem ansiedade excessiva.

É um bom momento para parar de assistir a programas sensacionais ou ler informações de fontes duvidosas que só geram mais medo e ansiedade, como muitas das mensagens compartilhadas pelo WhatsApp. Não há necessidade de procurar obsessivamente informações minuto a minuto. Você precisa se manter informado, mas com dados e fontes confiáveis. E sempre contraste todas as informações. Não confie na primeira coisa que você lê.

3 – Distraia-se para afastar as nuvens escuras do pessimismo

A vida continua, mesmo que esteja dentro das quatro paredes da casa. Para combater os efeitos colaterais da ansiedade de quarentena e coronavírus, é importante se distrair. Esta é uma oportunidade para fazer as coisas que sempre adiamos por falta de tempo. Ler um bom livro, ouvir música, passar tempo com a família mais próxima, dedicar-se a um hobby … Trata-se de distrair a mente da obsessão pelo coronavírus.

Seguir uma rotina, tanto quanto possível, também nos ajudará a sentir que temos algum grau de controle. Os hábitos dão ordem ao nosso mundo e nos dão uma sensação de tranquilidade. Se suas rotinas diárias foram interrompidas pela quarentena, estabeleça novas e boas rotinas que farão você se sentir bem.

4 – Afaste os pensamentos catastróficos

Imaginar os piores cenários possíveis e pensar que o Apocalipse está ao virar da esquina não ajuda a aliviar a ansiedade sobre o coronavírus. Lutar contra esses pensamentos catastróficos para expulsá-los à força de nossa mente, porque gera um efeito rebote.

A chave é aplicar aceitação radical. Isso significa que, em um determinado momento, precisamos deixar as coisas fluírem. Depois de tomar todas as precauções possíveis, devemos confiar no curso da vida, cientes de que fizemos tudo ao nosso alcance. Se não nos apegarmos a esses pensamentos e emoções negativas, eles acabarão saindo como vieram. Nesses casos, adotar uma atitude de atenção plena será de grande ajuda.

5 – Concentre-se no que podemos fazer pelos outros

Grande parte da ansiedade sobre o coronavírus é porque sentimos que perdemos o controle. Embora seja verdade que existem muitos fatores que não podemos influenciar, outros estão em nossas mãos. Portanto, podemos nos perguntar o que podemos fazer e como podemos ser úteis.

Ajudar pessoas vulneráveis ou fornecer apoio, mesmo à distância, pode dar a esta situação que estamos experimentando um significado além de nós que nos ajuda a lidar melhor com o medo e a ansiedade.

E, acima de tudo, não devemos esquecer que “uma situação externa excepcionalmente difícil oferece ao homem a oportunidade de crescer espiritualmente além de si mesmo”, segundo Viktor Frankl. Não podemos escolher as circunstâncias que tivemos que viver, mas podemos escolher como reagir e que atitude manter. A maneira como encaramos isso, como indivíduos e como sociedade, pode nos tornar mais fortes para o futuro.

pensarcontemporaneo

Anúncios

Sobre Pitacos e Achados

Olá! Aqui você encontra dicas e pitacos para o seu dia a dia. Muitas novidades sobre moda, beleza, atualidades, comportamento, utilidades, entre outras. Aproveite!
Esse post foi publicado em Comportamento, Saúde e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

38 respostas para 5 etapas para aliviar a ansiedade do coronavírus

  1. Fada Bela disse:

    Obrigada por compartilhar.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Vamos por em prática.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Pingback: 5 etapas para aliviar a ansiedade do coronavírus — Pitacos e Achados – CURIOSIDADES NA INTERNET

  4. Sempre Alerta disse:

    Ótima ajuda.

    Curtir

  5. Não esta sendo fácil.

    Curtir

  6. Amilton Silva disse:

    Obrigado!!muito bom os conselhos…

    Curtido por 1 pessoa

  7. Paco disse:

    Parabéns.

    Curtido por 1 pessoa

  8. Muito bom artigo.

    Curtido por 1 pessoa

  9. Super Mulher disse:

    Precisava ler isso. Obrigada.

    Curtido por 1 pessoa

  10. Val Real disse:

    Importantíssimo.

    Curtido por 1 pessoa

  11. Sempre Zem! disse:

    Muito importante.

    Curtido por 1 pessoa

  12. Patty disse:

    Realmente é dificil lidar com esta época tensa e dificil. Dicas excelentes e muito relevantes 🙂

    Um beijinho*

    http://by-pattyy.blogspot.com/

    Curtido por 1 pessoa

  13. Elisa Moreira disse:

    A forma que encontrei para diminuir ansiedade foi me envolver em pequenos projetos caseiros, como criar uma horta, aprender receitas novas, ou assistir uma série, coisa que antes não encontrava tempo para seguir a sequência. Esses pequenos projetos, com começo, meio e fim, me trouxeram sensação de realização e orgulho. Melhoram meu dia a dia, e quando assisto ‘as notícias, já estou menos pessimista.

    Curtido por 1 pessoa

  14. No meu caso o medo não é só por esse motivo, é tb pela dose acrescida de incertezas para o futuro.

    Curtido por 1 pessoa

  15. natuurfreak3 disse:

    Het is nog niet weg .We moeten heel voorzichtig zijn mEt al die reizigers die terug komen van hun reis in Spanje of Italië

    Curtido por 1 pessoa

  16. valdoresende disse:

    Muito útil. Obrigado.

    Curtido por 1 pessoa

  17. Gus disse:

    6 – Ver as publicações do Pitacos e Achados

    Curtido por 1 pessoa

  18. Bia Perez disse:

    Gostei das dicas 🙏🏻

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.