Dicas de ingredientes para uma marmita sustentável

Dicas de ingredientes para uma marmita sustentável - Pitacos e Achados

Olá pessoal!!

Levar marmita ao trabalho é uma prática comum, especialmente entre trabalhadores assalariados. Mas como tirar o máximo da marmita? Quais as opções mais econômicas e vantajosas à saúde? Este artigo tem como objetivo responder essas questões.

Em primeiro lugar, vale a pena considerar em que ocasiões levar marmita é uma boa opção. E, claro, saber o que pode te ajudar a fazer essa comida deliciosa, caseira e barata.

Alimentação balanceada

O primeiro benefício de levar marmita ao trabalho é comer o que se quer. Quem depende de restaurantes para comer no dia a dia nem sempre encontrará cardápios apetitosos, ainda mais com tempo contado para se deslocar até um lugar, comer e voltar ao trabalho.

Isso é especialmente verdade no caso dos vegetarianos, veganos e celíacos, que sofrem com a baixa oferta de restaurantes adequados a seus padrões. Isso nos leva à outra vantagem alimentar da marmita – que é comer o que se deve.

Seja você um jovem adulto ou um profissional experiente, é preciso saber que a comida é um combustível e comer mal pode influenciar no seu trabalho. Quem levar uma marmita pode, por exemplo, checar o folheto Carrefour promoção e focar na parte de verduras.

A disciplina alimentar pode ir pelo ralo muito facilmente quando se combina pouco tempo e uma oferta limitada de alimentos.

Nesse sentido, reservar uma parte do domingo para preparar os pratos da semana é uma escolha acertada. É questão de pensar cozinhar grandes quantidades e armazenar no congelador o excedente. A saúde agradece.

A economia é inegável

Dinheiro não cai de árvore e o VR também não cai do céu: é dinheiro vindo do salário para comprar comida. Por isso, a marmita é uma opção tão convidativa também do ponto de vista econômico.

Aqui, começamos a estudar as melhores maneiras de aliar hábitos alimentares saudáveis e economia doméstica na marmita.

Folhetos de ofertas

Não deixa de ser curioso como as novas gerações incorporam hábitos de seus avós. O caso dos folhetos de ofertas é emblemático: quem mora em cidades com grandes redes de supermercado certamente se lembra do valor que suas avós davam a esses informativos de preços baixos.

Com o avanço tecnológico dos últimos anos, esse hábito saudável para o orçamento doméstico ganha suas adaptações inovadoras. Novos portais de folhetos, como o Kimbino, são o melhor exemplo disso. Levar ao cliente uma grande variedade de bons preços ao toque simples no celular faz deles uma novidade bem-vinda: o Kimbino traz desde ofertas Walmart até promoções de redes locais.

Além disso, a digitalização desses folhetos influencia positivamente na preservação ambiental, economizando a impressão de papel e evitando seu descarte indevido.

Coringas alimentícios

Feita uma dica econômica, cabe aqui detalhar alimentos que aliam o “fator saúde” com o “fator orçamento”.

* Berinjela

A berinjela é um dos alimentos mais versáteis da cozinha. Está presente nas culinárias asiáticas, de diversos países europeus bem como na brasileira.

Pode ser utilizada na cozinha de diferentes formas:

  • Lasanha (moussaka)
  • Babaganouche
  • Conserva de berinjela
  • Berinjela cozida com gengibre
  • Torta de berinjela
  • Salada
  • Quibe com ricota
  • Berinjela à parmegiana
  • Acompanhamento para carnes e peixe

Muita gente não gosta da textura dela em lasanhas e conservas, por exemplo, mas pode apreciar consumi-la em saladas ou na forma de pasta – como o delicioso babaganouche árabe. 

A grande variedade de modos de preparo e uso da berinjela na cozinha permite que o “marmiteiro” faça as compras num dia e possa variar o cardápio no preparo com o mesmo insumo, evitando muitas idas ao mercado e uma semana de mesmices culinárias.

Por fim, vale mencionar que o legume é rico em proteínas, vitaminas A, B1, B2, B5, C, minerais. Seu consumo está ligado à diminuição da pressão sanguínea e, de acordo com alguns estudos, à redução das taxas de colesterol.

* Ovo

O ovo é uma opção interessante para a marmita. Em primeiro lugar, pelo preço reduzido.

Ainda que não tão versátil quanto a berinjela, ele também pode ser preparado de diversas maneiras e é especialmente interessante como acompanhamento para outras comidas.

Preparado sozinho, o ovo encontra seu melhor uso como omelete na marmita. É mais rápido de fazer do que um ovo cozido e fica mais bem preservado para consumo do que o ovo frito, estalado.

Também é o queridinho dos praticantes de esporte porque é 12% composto de proteína – quantidade nada desprezível. Então quando você estiver vendo as ofertas Tatico, dê uma olhada no ovo porque ele é polivalente.

* Bolo de Cenoura

E aqueles momentos no meio da tarde que você tem fome e acaba comendo alguma coisa não muito boa. Seja um doce calórico, batata chips, pipoca, enfim. Substitua isso por um bom bolo de cenoura, com a receita cortesia do Tempero Alternativo.

Assim você pode comer um alimento muito gostoso, menos calórico e ainda vegano.

* Ingredientes da época

Além dos coringas alimentícios, vale atentar a outra questão na hora da compra: a oferta de certos ingredientes frescos varia conforme a época.

Um hábito interessante de se desenvolver é listar os ingredientes frescos que você mais gosta e pesquisar a época de produção deles, para ter uma noção da variação do preço e até mesmo da previsão de quando poder encontrá-los à venda.

Sobre Pitacos e Achados

Olá! Aqui você encontra dicas e pitacos para o seu dia a dia. Muitas novidades sobre moda, beleza, atualidades, comportamento, utilidades, entre outras. Aproveite!
Esse post foi publicado em Dicas, Saúde e marcado , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

16 respostas para Dicas de ingredientes para uma marmita sustentável

  1. revistasmais disse:

    Gostei muito das dicas de cardápios.

    Curtir

  2. Sempre Alerta disse:

    Dicas fantásticas mesmo.

    Curtir

  3. vavarosblog disse:

    Vou dar um UP nas minhas agora. Valeu mesmo.

    Curtir

  4. Zezinha disse:

    Uma marmita bem feita é tudo de bom além de saudável.

    Curtir

  5. Saltibum disse:

    Com as dicas ficará mais fácil agora. Obrigada.

    Curtir

  6. Fadabela disse:

    São ótimas.

    Curtir

  7. Bia Perez disse:

    Adoro beringela… adorei as dicas 👏🏻

    Curtido por 1 pessoa

  8. Bia Perez disse:

    Eu adoro beringela… hoje as marmitas estão na moda e além de ser econômica nos dá a possibilidade de se bem planejadas serem muito mais equilibradas e saudáveis. Obrigada por compartilhar estas dicas. Abraços

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.