Você sabe a diferença entre cosmético orgânico, natural e sintético?

best-Natural-Skin-care-products

Olá!!

Você sabe a diferença entre cosmético orgânico, natural e sintético? Se a resposta é não, então Pitacos e Achados te explica.

Com consumidores cada vez mais exigentes e conscientes, as empresas precisam correr atrás. Hoje, a tendência mundial é produzir cosméticos e maquiagens orgânicos e naturais, com matérias-primas que não são testadas em animais, sem parabenos (derivados do petróleo) ou ativos que agridam a natureza e, principalmente, a pele.

Na Europa e nos Estados Unidos, estes produtos já são consagrados e atendem as demandas de um público cada vez mais exigente e preocupado com os seus hábitos de consumo. 

cosmetics-category

Orgânico ou Vegano

Seus ingredientes não são de origem animal e sim da produção natural, como o mel, flores, folhas e frutas. Não utilizam produtos sintéticos, conservantes, parabenos, corantes artificiais e também não são testados em animais. 

O consumidor deve buscar na embalagem os selos como Ecocerte o IBD  que certificam que o produto está dentro das normas de qualidade e sustentabilidade exigidas nacional e internacionalmente. Para ser considerado orgânico, o cosmético deve passar por uma avaliação de certificação criteriosa, que verifica os insumos utilizados, os processos produtivos, armazenamento de matérias-primas, embalagem, rotulagem, dentre outros aspectos. Essa é uma garantia de que o consumidor está adquirindo um produto que realmente respeita o meio-ambiente e que foi concebido respeitando parâmetros de sustentabilidade importantes atualmente. 

Em geral, os cosméticos orgânicos costumam ter um preço mais elevado em relação ao preço dos cosméticos sintéticos. A vantagem é que utilizam ingredientes retirados de recursos renováveis, beneficiados por processos ecologicamente corretos. Os conservantes são óleos essenciais e a durabilidade é a mesma de outros cosméticos, aproximadamente dois anos. Por não ter ativos sintéticos que potencializem a ação, seus efeitos podem demorar um pouco, mas os resultados são satisfatórios e duradouros. 

Segundo o IBD, são considerados as normas para a produção e comercialização de cosméticos orgânicos:

  • preservar as qualidades originais das matérias-primas: formulações utilizando o máximo possível de matérias-primas orgânicas e naturais;
  • evitar, sempre que possível, modificação nas matérias-primas in natura;
  • promover mínimo impacto ao ambiente, tanto na produção como no uso e descarte;
  • assegurar a alta qualidade e rotulagem clara para a orientação dos consumidores;
  • não fazer testes em animais;
  • não usar matérias-primas oriundas de animais vertebrados, que tenham sido sacrificados em função da extração deste material;
  • é permitido o uso de matérias-primas de origem animal somente quando essas forem oriundas de coleta de seres vivos como, por exemplo, o mel e seus derivados; o leite e seus derivados; a lanolina, desde que não extraída com hexano, etc. Preferencialmente, esses animais devem ser criados no sistema orgânico de produção;
  • fica proibido o uso de produtos geneticamente modificados;
  • deve ser assegurada a segurança máxima ao consumidor.

Os cosméticos orgânicos apresentam as seguintes vantagens em relação aos outros produtos:

  • Respeito maior em função da compatibilidade da pele, causando menores processos irritativos ou alérgicos por serem mais receptivos em função das restrições de matérias-primas;
  • Substituição de produtos a base de substâncias sintéticas por naturais com a eficácia e menores efeitos tóxicos;
  • Em sua grande maioria, as matérias-primas são consideradas biodegradáveis e pouco poluentes.

616x150_reflection_for_essential_body

Naturais

Eles utilizam matérias-primas naturais na produção e precisam observar uma lista de restrições quanto a determinados materiais.

Ecocert, certificadora francesa atuante em mais de 50 países, define que os cosméticos naturais podem ter, no mínimo 95%, do conteúdo total de matérias-primas naturais. Os outros 5% podem ser constituídos por substâncias sintéticas listadas pela certificadora, mas que não estão inseridas nas matérias-primas proibidas para cosméticos naturais. Para o Instituto Bidinâmico (IBD), cosmético natural apresenta entre 5% a 70% de ingredientes orgânicos, excluindo água e sal em seu cálculo.

Matérias-primas proibidas em cosméticos naturais (pelo Ecocert e IBD):

  • Corantes sintéticos;
  • Fragrâncias sintéticas;
  • Derivados do propileno;
  • Amônia;
  • Silicone;
  • Conservantes sintéticos;
  • Dietanolamidas;
  • Derivados do petróleo;
  • Geneticamente modificadas;
  • Testadas em animais;
  • Providas do sofrimento de animais.

Se você quer saber se o cosmético é natural, verifique a ausência dos ingredientes proibidos listados acima. Se apresentar o selo IBD ou o selo ECOCERT é mais um fator de confiança de que ele é realmente um cosmético natural.

149724462

Sintéticos

Respondem por 90% do mercado de beleza. A composição desse tipo de cosmético se dá inteiramente por produtos e substâncias sintéticas. As substâncias sintéticas são, basicamente, imitações das substâncias orgânicas, de elementos naturais. Por ser uma imitação do natural, o produto passa a ser artificial, sintético. Os cosméticos sintéticos são feitos para durar o máximo de tempo possível e, por esse motivo, podem conter substâncias nocivas aos tipos de pele mais sensíveis. É muito importante ficar sempre atento na hora de comprar e de usar um cosmético sintético, tendo em mente sempre que é preciso conferir as substâncias presentes naquele produto. Caso você tenha dúvida sobre algum produto e se você é alérgico ou não a ele, consulte um dermatologista para tirar todas as suas dúvidas.

Alguns dizem que as vantagens é que existem substâncias que são muito utilizadas para deixar os fios do cabelo macios, como os silicones. Há também um crescente investimento em tecnologias no setor que favorece a atualização de formulações cada vez mais eficazes.

Dicas importantes: As reações alérgicas aos produtos naturais também devem ser levadas em conta. Muitas pessoas, por exemplo, são alérgicas ao carvão. O carvão é o principal elemento de maquiagens naturais que possuem coloração preta. Apesar de ele ser um produto orgânico, natural, o carvão também pode desencadear reações alérgicas em certos tipos de organismo. A principal dica é sempre ficar atento às embalagens e às substâncias que compõem aquela maquiagem que você quer adquirir. Embora a maquiagem sirva para realçar a beleza, para esconder manchas ou demais imperfeições da pele, ela também pode causar reações como ardência, irritação, coceira, entre outras. Ficar sempre atento a essas questões pode evitar que sua pele se transforme no oposto do que você pretendia ao usar a maquiagem.

bioart-selos

Certificações cosméticas: Ecocert, IDB e Cruelty Free são alguns dos selos de certificação que garantem a procedência dos cosméticos e maquiagem. Somente são certificados aqueles produtos que realmente seguem protocolos de produção, extração e desenvolvimento que respeitem os animais e a natureza. Essa é uma segurança e uma garantia de que o consumidor está adquirindo um produto que realmente respeita o meio-ambiente e que foi concebido respeitando parâmetros de sustentabilidade importantes atualmente.

http---signatures.mylivesignature.com-54493-325-F86BF4BE0CF45C99F8764AEFD31C8F8A

Anúncios

Sobre Blog Pitacos e Achados

Olá! Sou a Pitaquinha. Profissional apaixonada pelo que faz. Sou romântica, sonhadora, sensível, sincera e persistente. Vivo intensamente meus momentos! Gosto de Viajar e acompanhar as tendências de Moda e Beleza. Quero continuar ensinando e aprendendo sempre.
Esse post foi publicado em Dicas e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

39 respostas para Você sabe a diferença entre cosmético orgânico, natural e sintético?

  1. Diana disse:

    muito boas dicas, nos dias de hoje existe muita discussão se estes cosméticos – mesmo os naturais – fazem bem à pele ou não… ou se causam mais problemas do que fazem bem. É preciso ter muita atenção ao ver os ingredientes!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Acredito que o Marketing de sucesso das empresas será aquele que estiver alinhado dentro da conscientização, para onde as avaliações das pessoas de mente aberta estão caminhando. Uma sociedade mais culta e seletiva que prestará muita atenção de onde os produtos são gerados, o que as industrias praticam de sustentabilidade e por aí vai. Por que isso? Porque com a internet, não funciona mais um mega projeto publicitário e depois os consumidores pesquisarem sobre a empresa. Se a empresa vender o que não pratica provavelmente ela deixará de existir. Eu não conhecia o termo vegano, até conhecer um designer gráfico que trabalha na mesma Agência Publicitária que eu, e ele comentou ser desse segmento. Achei as ideias válidas e esse movimento está crescendo muito. Obrigado pelas dicas. Bjs

    Curtido por 2 pessoas

    • Concordo com você! Eu espero que as empresas tenham mais consciência em suas práticas assim como as pessoas. Pesquisei muito sobre o assunto e fiquei chocada com o que descobri. A partir de agora é atenção redobrada! Obrigada Bjs

      Curtido por 2 pessoas

  3. Juju Bela disse:

    Amei saber mais sobre eles. Pena que os cosméticos naturais e veganos são tão caros. Mas esperamos que isso mude logo e todos tenham mais consciência. Bjokas

    Curtido por 2 pessoas

  4. Zezinha disse:

    Eu ainda tinha algumas dúvidas.
    Muito bom post, irei repassar.
    Bjs *.*

    Curtido por 2 pessoas

  5. Pretinha Básica Blog disse:

    Gostei do post. No meu caso procuro passar longe dos produtos sintéticos!
    Cada vez mais o que não agride a natureza e nosso corpo vai ganhando vez!

    Curtido por 1 pessoa

  6. elaine reis disse:

    O bacana disso tudo é que, independentemente dos motivos que te levaram à ficar atenta, uma vez aprendido a ler e a compreender os rótulos, nunca mais na vida as composições serão ignoradas. De alimentos a produtos de cabelo, peneira na composição.
    Agora, se tem uma coisa que me irrita profundamente, é o fato de quererem usurpar o nosso direito de ter acesso a informações nos rótulos acerca dos transgênicos. Considero um absurdo sem tamanho e um perigo para todos.
    Beijo, Mocinha!!!! 🙂

    Curtido por 2 pessoas

    • Olá Elaine!! Concordo com você! Uma vez aprendido ler rótulos é para sempre. Eu fico um tempão lendo os rótulos, quero saber o que estou comprando. Quando diz que é transgênico então, devolvo. Ainda falta muito esclarecimento sobre o que vendem e o que compramos. Bjs linda 😉

      Curtido por 1 pessoa

  7. Louise Carneiro disse:

    Já tínhamos uma preferência pela alimentação orgânica, mesmo vivendo em apartamento plantamos algumas coisas em casa mesmo. Os cosméticos estamos mudando agora, começamos com os produtos para cabelos e banho, aos poucos vamos pesquisando e trocando por outras marcas mais adequadas. Adorei o post, muito esclarecedor! Bjs

    Curtido por 2 pessoas

  8. Adorei o post, realmente as vezes fica dificil diferenciar x.x

    Curtido por 1 pessoa

  9. Parabéns pela publicação. É a primeira vez que leio sobre cosméticos orgânico e natural. Gostaria de conhecer algum blog especializado nos dois tipos e, consequentemente, ver a discussão sobre a conciliação do cuidado da beleza feminina com a redução dos impactos ambientais relacionados às indústrias de maquiagem e afins.

    Curtido por 2 pessoas

  10. camilazaions disse:

    Eu não sabia a diferença entre eles, e adorei saber! É sempre bom saber o que é melhor pra gente e pro meio ambiente! Beeeeijão ❤

    Curtido por 1 pessoa

  11. Excelente post. Vou ficar mais atento.

    Curtido por 1 pessoa

  12. Sempre nos trazendo boas dicas!
    Ameiii ,
    Pena que os naturais são mais caros!
    Beijos!

    http://www.roseamazingfashion.com/

    Curtido por 1 pessoa

  13. Oi, minha pitaqueira favorita!
    Eu estava vendo a rainha do natural, a Bela Gil e ela falava sobre fazer os próprios cosméticos e até pasta para escovar os dentes. Me interessei bastante! Sem contar que só o fato de a gente usar algo que não tenha sofrimento animal, seria uma grande evolução, né?

    Baita post, completão!
    Um beijo!

    P.s: amei nosso banner ali. ♥

    Curtido por 1 pessoa

  14. Petitluxo disse:

    Adorei as dicas!! Si pudesse so usaria produtos natural e vegano e que não sejam testados em animais..Bjusss

    http://petitluxo.com/

    Curtido por 1 pessoa

  15. Super importante este post.. Trabalhei com cosméticos e muitos clientes não tinham a minima idéia que existia essas diferenças!! Já tinha me esquecido muito coisa, foi bom relembrar! beijos

    http://www.blogsupermamae.com facebook.com/blogsupermamae

    Curtido por 1 pessoa

  16. Amei o post! Parabéns!!!

    Curtido por 1 pessoa

  17. Bruna Guerra disse:

    Adorei o post, muito interessante mesmo. Arrasou.
    Estou seguindo suas redes sociais pra não perder nenhuma novidade.

    http://www.brunaguerra.com.br

    Curtido por 2 pessoas

  18. Olá, diva! Bom dia! Te indiquei para a brincadeira das Tags.

    http://wp.me/p5oCEU-xS

    Beijos!

    Curtido por 2 pessoas

  19. D Cachos disse:

    Republicou isso em D'Cachose comentado:
    Importantíssimo

    Curtido por 1 pessoa

  20. Pingback: Você sabe a diferença entre cosmético orgânico, natural e sintético? – Turbonauta – Rede de Informações

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s