Saúde bucal em bebês: eles também precisam de cuidados

Conheça as principais doenças bucais em bebês e saiba o que fazer para cuidar da saúde bucal dos pequenos

A saúde dos filhos é sempre prioridade para os pais. Por isso, desde a infância, é importante ficar de olho em sinais para evitar que seu filho tenha algum dos problemas dentários mais comuns em bebês.

Quando falamos em saúde bucal dos bebês, é imprescindível que se tenha as informações corretas o quanto antes. Ainda que os dentes de leite sejam temporários, também estão suscetíveis a cáries e infecções.

Portanto, conhecer a abordagem certa para a higiene bucal em cada estágio de desenvolvimento do seu bebê vai ajudar a ter certeza de estará cuidando dele da melhor maneira possível.

Por que tomar cuidado com a saúde bucal em bebês?

O crescimento e desenvolvimento da fase do nascimento aos primeiros anos de vida, bem como o início do convívio social, contribuem para as doenças da infância. 

Dentre as principais, vale o destaque para as infecções fúngicas e virais. Na primeira infância, temos um sistema imunológico em evolução, o que faz com que o contato inicial com vírus, bactérias e fungos seja ainda mais perigoso.

Paralelamente, porém, o contágio se dá pelo ar e pelo contato físico, o que faz com que, nos primeiros meses de vida, tenha-se a necessidade de se ficar alerta ao aparecimento destas doenças. 

Afinal, é nessa fase que grande parte das crianças frequentam creches e escolas, ficando em contato íntimo e diário umas com as outras, muitas vezes em ambientes pouco ventilados. 

Há também a troca constante de objetos, além do hábito de levá-los à boca e ao nariz, o que facilita a transmissão de microrganismos.

A principal e mais comum doença na infância é a candidíase. Apesar de não ser tão grave, exige cuidado para que não acarrete em sequelas e outras complicações.

Principais doenças bucais em bebês

  • Cáries e placa bacteriana

As cáries e placas bacterianas são muito comuns em crianças. Acontecem especialmente por causa das dificuldades na hora de escovar os dentes e de fazer a higienização. 

Além disso, o consumo excessivo de doces e alimentos com concentração de açúcar também aumentam as chances de o acúmulo de placa bacteriana evoluir para uma cárie. Veja alimentos e nutrientes que ajudam na saúde bucal.

Mas quais os sintomas de cáries em crianças? Começa com a aparição de manchas brancas e opacas nos dentes, principalmente perto da gengiva; mesmo se tratando de dentes de leite.

  • Cárie de mamadeira

Isso sem contar as cáries de mamadeira, que nada mais são do que a deterioração dos dentes causada pelo acúmulo de bactérias nocivas na região bucal. 

Enquanto a cárie dos adultos surge pela falta de higienização da cavidade oral, a cárie infantil é causada por líquidos açucarados. 

Vale ressaltar que esse problema é muito mais comum em crianças que dormem com a mamadeira ou com chupetas embebidas em alguma solução açucarada, como mel ou produtos similares.

  • Fluorose

O excesso de flúor causa outro problema muito comum na infância: a fluorose dentária. Caracterizada pela aparição de manchas brancas ou marrons nos dentes, acontece geralmente no momento da transição para os dentes permanentes, que já nascem manchados. 

Para se livrar das manchas da fluorose dentária, o recomendado são tratamentos de clareamento.

  • Perda precoce dos dentes

Embora não pareça tão grave, a perda dos dentes precocemente pode fazer com que a criança fique muito tempo sem o dente até que o permanente nasça.

O grande problema nisso é que pode fazer com que a boca e seus movimentos, como a mastigação, não funcione corretamente. O que resulta em dentes tortos ou desalinhados.

  • Má oclusão e dentes desalinhados

Além de dentes tortos ou desalinhados, os problemas de encaixe dos dentes ou má oclusão também são muito comuns na infância. Mordida profunda, cruzada e aberta são alguns dos tipos de má oclusão.

O tratamento mais usado para correção é o uso de diferentes tipos de aparelhos disponíveis. 

Como garantir a higiene bucal adequada em bebês?

É muito importante cuidar da saúde bucal durante a gravidez. Limpeza e cuidados básicos são práticas seguras para seu bebê, além de reduzir os riscos de bactérias e infecção.

O primeiro exame de saúde bucal do bebê deve ser agendado até ele completar um ano, ou quando o primeiro dente nascer. 

Limpe as gengivas do bebê no mínimo duas vezes por dia, durante a manhã e à noite, e após as amamentações, para prevenir o aparecimento de bactérias e acúmulo de comida. 

A melhor técnica é enrolar gaze úmida no dedo indicador e limpar as gengivas do bebê com delicadeza.

Quando os dentes começarem a nascer, limpe com todo o cuidado. Usando creme dental sem flúor e escova infantil. Procure sempre por escovas de cerdas macias e de fácil aderência para bebês e crianças de até dois anos.

Bebês também precisam de cuidados 

Evite exposição excessiva ao flúor. Consulte seu dentista ou pediatra para saber mais informações sobre o uso de flúor. 

Não deixe o bebê dormir durante a amamentação ou com a mamadeira na boca, pois isso aumenta o risco do desenvolvimento de bactérias. Se possível, também não compartilhe utensílios, como canudos e copos. 

As bactérias podem ser transmitidas e causar infecções. Para prevenir problemas graves durante a infância é muito importante ensinar e incentivar os pequenos a fazerem a correta higienização dos dentes e da boca.

Além, é claro, de visitar o dentista com periodicidade para avaliar e prevenir problemas no futuro.

Aproveite para realizar um plano dentário para o seu pequeno. Ele vai ajudar você a ter mais respaldo e confiança na hora de cuidar da saúde bucal do seu bebê! 

Por Maria Gabriela Ortiz

Anúncios

Sobre Pitacos e Achados

Olá! Aqui você encontra dicas e pitacos para o seu dia a dia. Muitas novidades sobre moda, beleza, atualidades, comportamento, utilidades, entre outras. Aproveite!
Esse post foi publicado em Dicas, Saúde e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

25 respostas para Saúde bucal em bebês: eles também precisam de cuidados

  1. Somos Mais! disse:

    Gostei de saber.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Saltibum disse:

    Que graça.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Sempre Zem! disse:

    Muito útil!

    Curtido por 1 pessoa

  4. Sempre Alerta disse:

    Tão pequenos…

    Curtido por 1 pessoa

  5. Nossa, quantos cuidados, não imaginava.

    Curtir

  6. Republicou isso em .

    Curtido por 1 pessoa

  7. Juju Bela disse:

    Republicou isso em Juju Bela .

    Curtido por 1 pessoa

  8. trilegalblog disse:

    Todo cuidado é pouco com os nossos bebês.

    Curtir

  9. srevistas disse:

    Gostei muito de saber.

    Curtir

  10. Esses dentinhos dão trabalhos…

    Curtir

  11. Observador disse:

    Interessante.

    Curtir

  12. Para os primeiros dentinhos, eu usei uma escova de silicone que vestia o meu dedo indicador;

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.