Documentos e deveres: Saiba como preparar seu pet para uma viagem

Na hora de viajar com seu animal de estimação, você deve providenciar todos os documentos e cumprir os procedimentos estabelecidos para que seu amigo viaje com segurança e conforto

O lugar que os pets ocupam em nossa vida é importante demais e, por isso, queremos que eles estejam o maior tempo possível conosco. 

Levar animais de estimação em voos e transportes terrestres tem se tornado uma prática cada vez mais comum. Mas, para que o deslocamento do seu amigo seja realizado de forma responsável e tranquila, é necessário que você se atente aos pontos que abordaremos nesse artigo.

Documentos necessários para viajar com pet

A maioria das companhias aéreas fornece serviços personalizados para atender as demandas da presença de animais em voos. Mas, para que a viagem seja segura e confortável para todos, é necessário seguir algumas regras e procedimentos:

Certificação do Veterinário: O veterinário deve fornecer um documento que comprove que seu amigo esteja saudável e apto para viver dias de aventura e lazer ao seu lado.

A certificação deve ser emitida apenas pelo especialista e tem validade de 10 dias. Portanto, fique atendo ao prazo para que, na hora do embarque, o documento não esteja vencido. 

Carteira de Vacinação: Ela deve estar em dia e apresentar as etiquetas das ampolas, número do CRMV e assinatura do veterinário. O certificado de vacinação antirrábica é obrigatório para animais a partir de 3 meses de idade. 

Essa vacina deve ser aplicada em um prazo de 1 ano a 30 dias antes da viagem para garantir que o pet esteja devidamente imunizado. 

Filhotes com menos de 3 meses devem viajar mediante documento de autorização do veterinário. 

Viagens internacionais: Para destinos fora do Brasil, a documentação necessária para o transporte do seu pet varia de acordo com o país para o qual você irá. Portanto, entre em contato com o órgão responsável com antecedência e se informe a respeito de todos os procedimentos necessários para que seu amigo viaje sem maiores problemas.

Tipos de documentos que podem ser solicitados dependendo do país de destino

Certificado Zoossanitário Internacional (CZI): Deve ser emitido aqui no Brasil ou no país de origem, caso o pet esteja vindo para cá. Ele deve ser solicitado pelo serviço sanitário do local.

Nele, estará contido o atestado de procedência do animal, que serve para validar as condições sanitárias exigidas para o trânsito internacional de animais. O prazo de validade depende das regras de cada país.

No Brasil, o CZI pode ser obtido nas unidades do Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, localizados nos aeroportos e nas Superintendências Federais de Agricultura de cada estado.

Laudo de sorologia: Esse documento é muito importante se você pretende viajar com seu pet para a Europa. O veterinário coletará uma amostra de sangue que será enviada para análise em um laboratório credenciado pela União Europeia no Brasil. 

O sangue deve ser coletado 90 dias antes do embarque para viabilizar a entrega do laudo em tempo hábil. 

Passaporte: O Passaporte para Trânsito de Cães e Gatos é um documento emitido pelo Ministério da Agricultura. Em alguns casos, pode substituir a Carteira de Vacinação do seu pet.

Não se esqueça de verificar se ele é aceito em seu lugar de destino. Caso não seja, você deverá levar a carteira de vacinação atualizada. 

Microchip/tatuagem: Implantado na pele do animal o microchip possui um código alfanumérico de identificação. Ele funciona como uma espécie de RG do pet. 

A tatuagem é uma alternativa ao microchip. Ela é implantada atrás da orelha do seu amigo e apresenta as mesmas informações do dispositivo. 

Após a microchipagem ou tatuagem do pet, você recebe uma etiqueta. Leve-a com você para apresentá-la no momento do check-in.

Condições de transporte

É importante manter seu amigo em uma caixa de transporte segura e que esteja de acordo com o peso e a altura do animal. Se for viajar de avião, verifique as regras de cada companhia acerca das dimensões exatas dessas caixas. 

Conforto e segurança acima de tudo

Além de todos os procedimentos, normas e documentações, o mais importante que você deve levar em consideração na hora de viajar com seu amigo é seu bem-estar. Lembre-se de que filas para check-in, condições das aeronaves e tempos muito longos de viagens terrestres podem desencadear estados de estresse no animal.

Isso pode interferir em sua saúde, imunidade, problemas de adaptação climáticas e ambientais entre outras coisas. Portanto, “prudência” sempre deve ser a palavra de ordem.

Caso você sinta que ele aproveitará os dias de diversão e lazer ao seu lado, certifique-se de que ele esteja confortável, com água limpa e fresca, ambiente arejado e alimentação de qualidade.

Não se esqueça de seguir sempre a conduta do bom senso, principalmente se você for se hospedar em resort no Rio de Janeiro que aceite pets. Evite deixar seu amigo sem guia e coleira nas áreas comuns para evitar problemas com os outros hóspedes. 

Sobre Pitacos e Achados

Olá! Aqui você encontra dicas e pitacos para o seu dia a dia. Muitas novidades sobre moda, beleza, atualidades, comportamento, utilidades, entre outras. Aproveite!
Esse post foi publicado em Achado, Dicas e marcado , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

18 respostas para Documentos e deveres: Saiba como preparar seu pet para uma viagem

  1. apitaca disse:

    Eu também não tinha conhecimento disso tudo.

    Curtido por 1 pessoa

  2. zezaros disse:

    Não conhecia todas essas regras :0 . Valeu mesmo.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Fadabela disse:

    Precisava dessas dicas, valeu mesmo.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Saltibum disse:

    O meu filhote já tinha até passaporte. É muito importante deixar tudo em ordem. Valeu.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Sempre Alerta disse:

    Artigo muito útil! Parabéns.

    Curtido por 1 pessoa

  6. revistasmais disse:

    Essencial todos esses cuidados. Muito bom.

    Curtido por 1 pessoa

  7. vavarosblog disse:

    Obrigado pelas dicas.

    Curtido por 1 pessoa

  8. Zezinha disse:

    Muito bom saber.

    Curtido por 1 pessoa

  9. natuurfreak2 disse:

    Natuurlijk moet alles in orde zijn als je je dier mee op reis wil nemen maar denk nog altijd dat het beter is als ze in hun vertrouwde omgeving kunnen blijven met een oppas

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.