Dia do consumidor: veja dicas de direitos e deveres

Olá pessoal!!

Hoje é 15 de março, dia em que é celebrado o Dia do Consumidor. Ainda há muitas dúvidas em relação às relações de consumo estabelecidas em sociedade. O crescente interesse pela data está, pouco a pouco, transformando-a num dia de incentivo ao comércio e promoções. Por isso, segundo o advogado Jossan Batistute, é preciso tomar cuidado. “É uma via sempre de mão dupla, pois a legislação regulamenta as relações contratuais entre fornecedor e consumidor”, afirma. 

O advogado preparou algumas dicas para o consumidor, que devem ser observadas na relação com o fornecedor, da mesma forma que as empresas devem estar atentas nesta relação de consumo. Tudo para evitar quaisquer transtornos e obter uma prática saudável de compra e venda de produtos. “O Código de Defesa do Consumidor é norma de ordem pública e aplica-se independente da vontade das partes contratantes, se estivermos diante de uma relação de consumo”, ressalta o advogado. 

1. Empresas são consumidoras? 

-(art. 2º) Empresas também podem ser consideradas como consumidoras e terem todos os direitos garantidos na lei 8078/1990. Mas, será que estão atentas a tudo isso? Elas podem ter vários benefícios e legais vantagens materiais e processuais. 

2. Direito à informação

– (art. 6º) Por ser um direito básico do consumidor, empresas devem atentar-se para a plena informação sobre os diferentes produtos e serviços, com especificação correta de quantidade, características, composição, qualidade, tributos incidentes e preço, bem como sobre os riscos que apresentem. E mais, isso precisa ser de maneira clara e adequada, levando-se em conta que o consumidor possa ser deficiente, idoso, jovem ou mesmo adulto, com baixo, médio ou alto conhecimento e compreensão. Entre os problemas estão rótulos com informações apenas técnicas, rótulos ou propagandas com letras minúsculas ou sem as informações necessárias à compreensão do produto/serviço, rótulos ou propagandas com informações noutra língua que não o português, etc. 

3. O fornecedor pode não ter culpa

– (art. 12 e 14). O fornecedor não precisa ter culpa para ser condenado se seu produto ou serviço causar prejuízo a alguém. Entretanto, se ele provar que não colocou o produto no mercado ou que, embora haja colocado o produto no mercado, o defeito inexiste, ou ainda a culpa ser exclusiva do consumidor, como não seguir as orientações do fornecedor, não ler o manual e operar incorretamente o produto, então o fornecedor não será condenado. 

4. O produto saiu de linha. E agora?


– (art. 32). Empresas devem manter peças e componentes de reposição por um prazo de 5 anos após o término da produção ou importação de determinado produto. Isso quer dizer que se o produto sair de linha não seja considerado lixo. 

5. Prazos legais

– (arts. 26 e 27). Os principais prazos para consumidores exigirem seus direitos e empresas atenderem às solicitações são de 30 dias no caso de vícios de bens não duráveis e 90 dias se for um bem durável. Danos: 5 anos a partir da ocorrência do prejuízo. Outros prazos podem ser estabelecidos entre consumidor e fornecedor, que somam-se às garantias legais.

Pitaco: Muitas empresas estão aproveitando o Dia do Consumidor, celebrado nesta quinta-feira, para fazer ofertas e promoções e, dessa forma, esvaziar seus estoques A data exige maior atenção dos consumidores para evitar armadilhas. Entre os cuidados a tomar estão o estímulo às compras por impulso, que fazem gastar desnecessariamente e o desconhecimento sobre os deveres das companhias, além das fraudes.

 

Pitaquinha

Anúncios

Sobre Pitacos e Achados

Olá! Sou a Pitaquinha. Profissional apaixonada pelo que faz. Sou romântica, sonhadora, sensível, sincera e persistente. Vivo intensamente meus momentos! Gosto de Viajar e acompanhar as tendências de Moda e Beleza. Quero continuar ensinando e aprendendo sempre.
Esse post foi publicado em Dicas e marcado , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

8 respostas para Dia do consumidor: veja dicas de direitos e deveres

  1. Toda a informação não é demais sobre os direitos do consumidor que tantos desconhecem! Excelente trabalho a dar destaque a este tema! 😉

    Curtido por 1 pessoa

  2. Mais um excelente post de grande utilidade pública, Pitaquinha!
    Obrigado pelas dicas! Um abraço.

    Curtir

  3. eu economizo pra caramba nessas datas, nunca compro nada 😀

    Curtido por 1 pessoa

  4. DESCONFIE DAS PROMOÇÕES, OS PRODUTOS ESTÃO SEMPRE PRÓXIMOS DO VENCIMENTO!!!!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.