Setor de moda se torna o líder de vendas online no Mundo

Em janeiro de 2023, a indústria da moda representou 37% do lucro geral do e-commerce no Brasil. A tendência é continuar crescendo.

Uma das indústrias mais importantes do mundo está se especializando nos meios digitais. Segundo pesquisa, o setor da moda é o líder de faturamento no e-commerce global. O segmento gera uma receita anual de US$ 525 bilhões. Além disso, há uma projeção de crescimento médio anual de 11,4% nas vendas online. Com isso, em 2 anos, o mercado deve atingir a casa do trilhão de dólares.

Mas, antes de se tornar referência nas vendas online, a indústria da moda já estava consolidada como um dos segmentos mais importantes para a economia mundial. Dados da indústria internacional de B2B, Fashionunited, apontam que o setor da moda representa cerca de 2% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial, com uma receita de US$ 2,4 trilhões por ano. Para se ter uma ideia, se a indústria da moda fosse um país, teria a 7ª maior economia do planeta.

No Brasil, a moda desempenha um papel ainda mais incisivo no ramo econômico. O setor representa cerca de 12,3% do PIB nacional e emprega 9,7 milhões de pessoas direta e indiretamente. Além disso, o setor é responsável por movimentar anualmente cerca de R$229 bilhões, segundo dados da CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas).

Reconhecida internacionalmente por sua diversidade cultural e criatividade, a moda brasileira se destaca cada vez mais no cenário mundial, com marcas renomadas e talentosos estilistas. O setor da moda é estratégico para um desenvolvimento econômico local, pois tem um grande potencial para gerar novos negócios e aumentar a competitividade do país no mercado.

Inserção da indústria da moda no E-commerce

Com o recente avanço tecnológico, o mercado passou por uma transição e os consumidores alteraram a forma de comprar seus produtos. Roupas, calçados, acessórios e outros itens podem ser comprados pela internet. Com isso, as vendas físicas despencaram. Em 2022, houve um aumento de 16% nas vendas online em relação ao ano anterior. 

Com a indústria da moda não foi diferente. O setor precisou se adaptar rapidamente e em pouco tempo no mercado digital, já se destacou. No último ano, o setor liderou o ranking de e-commerce. Durante o período da coleção outono e inverno, houve considerável aumento de 13% nas compras online do segmento. 

Um ponto de ascensão neste mercado foi o isolamento em virtude da pandemia da Covid-19. Ele influenciou diretamente no crescimento significativo do e-commerce e o perfil dos compradores mudou. De acordo com a pesquisa da NZN Intelligence, 64% dos consumidores preferem fazer compras online.

Como impulsionar suas vendas com o E-commerce?

Atualmente, o e-commerce é uma das principais ferramentas para impulsionar um negócio. Ao expandir as vendas para o ambiente virtual, é possível alcançar um público muito maior, em qualquer lugar do mundo, além de reduzir custos com infraestrutura e logística. Um exemplo de sucesso nessa área é a gigante varejista Amazon, que se tornou uma das empresas mais valiosas do mundo graças ao seu modelo de negócios baseado no comércio eletrônico. 

O e-commerce permite também que empresas menores e com menor poder de investimento possam competir de igual para igual com empresas maiores e mais consolidadas, desde que saibam utilizar as ferramentas corretas e tenham um bom planejamento estratégico.

No Brasil, as vendas online se potencializaram rapidamente. Em janeiro de 2023, o e-commerce faturou R$ 237,5 milhões. O setor da moda tem uma participação determinante para o sucesso final. Isso porque, neste mesmo período, lucrou R$ 88,5 milhões. Em proporções, 37% do lucro geral do e-commerce em janeiro partiu da moda.

Produtos mais vendidos na indústria da moda

  1. Vestuário

Este é o produto de maior impacto no meio da moda. Embora seja uma necessidade básica, as novas coleções e lançamentos chamam a atenção das pessoas. O setor fechou o ano de 2022 com um faturamento de R$208 bilhões.

  1. Calçados

O produto recebe uma alta variedade de perfil de compra. Por exemplo, uma mesma pessoa pode comprar um estilo de calçado para trabalhar, outro para praticar esportes, ou até mesmo viver seus momentos de lazer.

  1. Joias e semijoias

As jóias e semijoias são destaques nas datas comemorativas, como Dia das Mães e Dia dos Namorados. De acordo com o Canaltech, em 2022, as vendas de joias e semijoias aumentaram 24% em relação ao ano anterior. 

  1. Cosméticos

Outro setor que impulsiona a indústria da moda são os cosméticos. O segmento cresce ano após ano. No primeiro semestre de 2022, por exemplo, as vendas cresceram em 10%.

Por Mario Reis

Anúncios
Publicidade

Sobre Pitacos e Achados

Olá! Aqui você encontra dicas e pitacos para o seu dia a dia. Muitas novidades sobre moda, beleza, atualidades, comportamento, utilidades, entre outras. Aproveite!
Esse post foi publicado em Dicas e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

5 respostas para Setor de moda se torna o líder de vendas online no Mundo

  1. Anônimo disse:

    Gostei de saber.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Anônimo disse:

    Great post.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Anônimo disse:

    Muito interessante.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Anônimo disse:

    Interessante

    Curtido por 1 pessoa

  5. Republicou isso em By the Mighty Mumforde comentado:
    YOWZA—AREN’T YOU GLAD WE KEEP TRACK OF THIS?

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.